Ilustração - Blog Franchise Store

Surge um novo perfil de franqueado: o investidor

Durante muito tempo, o sonho de ter uma franquia era algo comum principalmente entre pessoas que queriam deixar seus empregos para trás e abrir um negócio próprio.

Esses empreendedores encaravam a franquia como um plano B para carreira, um novo caminho para quando largassem a vida de empregados para virar patrões.

Esse tipo de franqueado ainda existe, é claro. E em grande quantidade. Mas nos últimos anos surgiu um novo perfil no mercado: o investidor.

O investidor é aquele candidato a franqueado que faz a escolha da franquia se baseando, principalmente, em informações financeiras.

Mais do que querer abrir o negócio dos seus sonhos, esse investidor está preocupado em encontrar uma franquia que tenha uma boa lucratividade, um prazo de retorno de investimento condizente com suas expectativas e que entregue mensalmente a ele uma remuneração compatível com o capital investido.

É cada vez mais comum encontrar esse tipo de candidato. Com a desaceleração da economia, queda dos juros e queda da Bolsa de Valores, mais e mais investidores procuram aplicar seu capital na chamada economia real. Ou seja, investem dinheiro na abertura de um negócio.

E por que eles escolhem as franquias? Porque as franquias são modelos de negócio testados e aprovados. Os franqueados recebem um modelo de negócio pronto. Além disso, a empresa franqueadora oferece treinamento à equipe do franqueado e dá suporte também em ações de marketing e comunicação.

Ao franqueado, cabe a gestão do dia a dia do negócio e financeira – e essa é a parte que os investidores costumam dominar muito bem, o que só contribui ainda mais para o sucesso do negócio.

Por isso, abrir uma franquia tende a ser não apenas um investimento mais seguro como também mais lucrativo para esses franqueados.

Como a imensa maioria dos investidores tem visão também de médio e longo prazo,  é comum que eles reinvistam o lucro que obtiveram com a franquia em uma nova unidade franqueada – normalmente, uma unidade da mesma rede.

Por isso, é cada vez mais comum encontrar franqueados que têm duas, três, vinte lojas de uma mesma rede.  Eles são investidores que tiveram bons resultados com seus investimentos e resolveram repetir a estratégia.

Eles são a prova viva de que as franquias daquela marca são um negócio de sucesso. E é por tudo isso que os investidores são cada vez mais bem-vindos no sistema de Franchising.

*Filomena Garcia, sócia-diretora da Franchise Store, é especialista em marketing e atua há 20 anos nas áreas de negócios , varejo e Franchising. Co-autora dos livros “Franchising – Uma estratégia para expansão de negócios” e “Marketing para Franquias”