Ilustração - Blog Franchise Store

Redes miram o Rio de Janeiro para crescer

O Rio de Janeiro está em evidência, sendo o foco da expansão de muitas franquias. Dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF) o estado é responsável por 12,6% do mercado de franquias.

“A cidade carioca tem um potencial incrível, ainda mais com os preparativos para os eventos que irão acontecer no estado, como as Olímpiadas e o Rock in Rio, que vão favorecer o faturamento do mercado impactando positivamente para as redes”, afirma Fabricia Vidaurre, consultora de expansão da Let’s Eat.

A Let’s Eat, rede paulista especializada em hambúrgueres gourmet e comida mexicana, tem plano de expansão para o Rio de Janeiro, onde pretende inaugurar três unidades.Ao todo a rede possui cinco restaurantes espalhados no estado de São Paulo e Sergipe e prevê inaugurar mais 20 até o final do ano.

Para Fabricia, além da capital fluminense, há cidades do interior com alto poder aquisitivo e que representam boas oportunidades para quem deseja ter seu próprio negócio. “Com poucas opções de lazer e de compras, essas praças podem ser muito atrativas e a baixa concorrência deve ser levada em consideração”, completa.

Já o Mercadão dos Óculos, rede de óticas, traça seu plano de expansão e foca no estado do Rio de Janeiro, onde já possui uma unidade em Barra Mansa. A franquia pretende chegar a 20 lojas na cidade fluminense. Atualmente, a marca conta com 28 lojas espalhadas por São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Rio Grande do Sul, Mato Grosso, Tocantins, Ceará e Pernambuco.

O Rio de Janeiro se apresenta como excelente opção de estratégia para os negócios da rede. “Estamos implantando uma Diretoria Regional, pois o Rio de Janeiro tem uma densidade demográfica muito grande”, diz Gustavo Freitas, diretor de expansão do Mercadão dos Óculos.

Por fim, a franquia Sóbrancelhas, rede especializada na composição da estética do olhar, já apresenta uma expansão arrojada, que chama a atenção no mercado, neste mês inaugura duas no Rio de Janeiro. A marca, hoje com 40 unidades e 60 contratos fechados, está focada inicialmente em São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, mas seu mapa de expansão prevê ocupar todo o território nacional. “O país está carente de mão de obra e serviços de qualidade no nosso segmento, e garantimos a entrega. Por isso, nossa expansão é rápida em mercados que são muito promissores para a Sóbrancelhas”, afirma a fundadora, Luzia Costa.