Ilustração - Blog Franchise Store

Pasteca busca apenas franqueados com mais de 45 anos ou aposentados

A rede Pasteca, pastelaria com duas unidades próprias em Santa Catarina que inicia agora a expansão por meio de franquias, procura apenas candidatos a franqueados que tenham mais de 45 anos ou estejam aposentados. Segundo Miriam Terezinha Fellipi, proprietária da Pasteca, os franqueados mais velhos têm o perfil ideal para gerir o negócio.

“Normalmente, são pessoas que já tiveram longa carreira profissional e agora querem abrir o próprio negócio, fazendo algo que, ao mesmo tempo lhes traga prazer e que possam envolver toda a família, encaminhando filhos e ficando mais perto do cônjuge”, diz Miriam. “Mas eles também querem a segurança de que não será complicado reaprender a trabalhar numa outra área”, explica.

Para as franquias, a Pasteca fez questão de preparar uma verdadeira linha de produção para os pastéis que funciona quase como uma pequena fábrica: com pouco manuseio, mas muito conhecimento de todo o processo que será passado aos franqueados durante o treinamento, os pastéis saem prontos para serem consumidos em 10 minutos.

“Os franqueados recebem a massa pronta, cortada no tamanho do pastel e porções de recheios já pré-definidos. Basta colocar o molho e os temperos e assar ou fritar na hora”, acrescenta Miriam. A rede também montou um centro de treinamento batizado de Universidade Pasteca, que fica em Chapecó/SC.

Depois de selecionado e aprovado, o franqueado da Pasteca inicia o treinamento e, enquanto isso, toda a loja vai sendo montada para ser entregue funcionando e já com 8 funcionários treinados em apenas 30 dias. São lojas compactas, a partir de 60 m², equipadas e preparadas para atender 6 mil clientes por mês, tanto nas lojas como no sistema delivery.

O investimento total para abrir uma franquia da Pasteca é de R$ 170 mil, já com a Taxa de Franquia, e o faturamento médio é de R$ 60 mil/mês, com uma rentabilidade de 10% para o franqueado.

A Pasteca existe desde 1993, quando Miriam Terezinha Fellipi, formada em Administração de Empresas, largou seu emprego num Frigorífico de Chapecó para assumir o negócio juntamente com sua irmã. Desde essa época, ela sonhava em um dia ter uma rede de franquias, espalhada por todo o território nacional.

A rede pretende abrir 45 franquias até 2017, todas na Região Sul do país. Em 2012, a rede com apenas 2 lojas faturou R$ 3 milhões. Até o final do ano, estão previstas as aberturas de 3 unidades franqueadas: mais uma em Chapecó (SC), uma em Erechim (RS) e uma em Passo Fundo (RS).

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::