Ilustração - Blog Franchise Store

Pátio Paulista dá até R$50 para o cliente que visitar o shopping

A partir deste mês, o Pátio Paulista passa a ser o primeiro Shopping do País parceiro do PiggyPeg, aplicativo que permite lojistas recompensarem a visita dos seus clientes  com dinheiro de verdade. As lojas que participam da ação passam a contar com mais esse aliado para suas estratégias de negócios.

Com baixo custo e alta assertividade, a proposta dessa nova forma de propaganda é destinar parte do investimento dos varejistas em publicidade diretamente para o público-alvo. Assim, um simples passeio pelo Shopping, com visita às lojas participantes, pode render até R$ 50 reais aos clientes. O valor a ser oferecido como recompensa é estipulado pelos lojistas, que também podem alterar outras variáveis da campanha, como horário da oferta, idade e sexo do público a ser impactado – de maneira simples e a qualquer instante, na velocidade que o varejo requer. O lojista ainda tem a possibilidade de criar mensagens incentivando a compra de oportunidade ou oferecendo descontos especiais logo após a captura da recompensa.

Dessa forma, o aplicativo permite que o lojista atraia para a loja o público que lhe interessa, na seção que deseja, criando oportunidades mais assertivas de abordagem e comunicação com o vendedor. O consumidor também será incentivado a compartilhar a marca do estabelecimento em suas redes sociais, possibilitando atingir centenas de perfis similares direto pela timeline do usuário e não como anúncio ou mensagens patrocinadas.

“O grande desafio das ações de marketing é mensurar seu retorno e, no caso do shopping, a taxa de conversão do fluxo. Com essa ferramenta temos a certeza do resultado de cada centavo investido, pois o lojista só gasta, se o cliente que estiver no perfil pré-determinado entrar na loja e fizer ocheck-in no programa, dentro dos dias e horários estipulados pela campanha. Uma vez que o cliente está dentro da loja, cabe à equipe ter estratégias de abordagem para fazer a conversão em vendas ou mesmo fidelizá-lo para outras idas ao estabelecimento”, explica a gerente de marketing do Shopping, Cláudia Lima.

Para Cláudia, criar e buscar oportunidades são ainda mais essenciais em períodos de crise. “Esse é o momento de unir forças, dobrar os esforços, sermos estratégicos e superar as expectativas. E o aplicativo está em linha com esse pensamento, pois traz a inovação, a um custo mínimo de investimento, dando oportunidades não só aos lojistas, que podem estabelecer uma comunicação direta, olho no olho com o seu cliente, em meio à pujança do comércio eletrônico, mas também dá oportunidade de o cliente rentabilizar essa relação de forma consciente, uma vez que ele também recebe mensagens de educação financeira ao juntar certo valor de resgate”.

Criado pelo empresário Eduardo Moreira – ex Pactual, fundador da Plural Investimentos e diretor da Geração Futuro -, o app foi inspirado pelo sucesso da Nota Fiscal Paulista, pelas tecnologias de marketing digital e pelo modelo do Google Ads. “Criamos a primeira propaganda capaz de atingir e direcionar o usuário, cada vez mais conectado, ao ponto de venda. Queremos motivar as pessoas a irem a um estabelecimento sem oferecer cupom ou pontos”, explica Moreira.

Como funciona?

A dinâmica é bem simples: ao abrir o app, o usuário vê os lojistas parceiros no mapa, com indicação da distância e do valor da recompensa oferecida. Por ser um cluster, o shopping já sai com uma vantagem competitiva, pois o valor da recompensa a ser exibido será equivalente à soma das recompensas dos lojistas participantes. Outro ponto interessante é que essa exibição é personalizada de acordo com o perfil de cada usuário. Ou seja, se a campanha do lojista for direcionada a mulheres, entre 30 e 40 anos, às segundas-feiras à tarde, ele só aparecerá no mapa de usuários que estiverem de acordo com todas essas características.

Após a consulta no mapa, o usuário pode se dirigir aos estabelecimentos parceiros para fazer uma rápida leitura do QR Code em exposição. Visualizado por tablets ou celulares dos lojistas, cada QR Code é único e se altera assim que fotografado, não sendo necessário baixar qualquer leitor de QR Code.  O usuário não precisa fazer compra alguma e pode capturar apenas um prêmio por dia.

A cada R$ 20 capturados, o cliente pode resgatar o saldo, que será depositado diretamente na conta corrente especificada. As lojas credenciadas no  PiggyPeg  permitem que todos com mais de 18 anos capturem o prêmio.

O PiggyPeg está disponível nas plataformas iOS (Apple Store) e Android (Google Play). Ao acessar o aplicativo, o usuário deve cadastrar CPF e conta bancária para receber seu prêmio. O cadastro é fácil e, inclusive, pode ser feito com a conta do Facebook.

Números

Primeiro aplicativo que atrai consumidores aos pontos de vendas e recompensa sua visita com dinheiro, o PiggyPeg chegou ao mercado em março deste ano, com um modelo de propaganda sem dispersão de verba e com segmentação fidedigna do público-alvo. Em apenas 30 dias já havia conquistado 24 mil usuários. Hoje são 70 mil usuários e mais de 200 estabelecimentos credenciados, entre eles, grandes marcas do varejo como Marisa e Chilli Beans.