Ilustração - Blog Franchise Store

Passo a passo para investir

Para o investidor focado em adquirir um novo negócio, o processo de escolha de uma franquia, em média, pode levar de 60 a 90 dias. Isso mesmo, tendo foco em seu comportamento e em sua pesquisa você pode ser bem objetivo e não ficar anos planejando e programando aquele novo negócio que parece tão difícil de encontrar.

Digamos que você, nosso leitor, começou sua pesquisa hoje. Seu primeiro filtro, selecione dentre todos os segmentos de negócios que existem dentro do sistema de franquias, um, dois ou três segmentos de seu interesse. Esqueça os outros segmentos.

Na segunda filtragem, você vai listar as marcas que atuam nesses segmentos, depois vai cruzar com os valores que você está disposto a investir e com a disponibilidade de território de seu interesse que estas marcas também tenham o interesse e a possibilidade de abrir novas unidades.

A partir dessas filtragens, o que vai sobrar normalmente, são três a cinco marcas para escolher. Com esse resultado, chegou a hora de focar em alguns pontos, segundo os especialistas:

COMO SABER SE ESTA é MESMO A FRANQUIA CERTA PARA VOCê?

Para ter a certeza de que você vai escolher a marca certa para seu investimento, a consultora e sócia-diretora da Franchise Store, Filomena Garcia, aconselha: “Primeiro, converse com o máximo de franqueados que já atuam na rede que você quer investir. Entenda o momento atual da franquia, de onde vieram e quais os planos para o futuro dessa marca. Além de saber quais as estratégias que essa marca está colocando em prática para atingi-los. Um segundo ponto é ‘escolha pela paixão’. Faça uma reflexão e tenha claro qual foi a marca e o modelo de negócio que ‘fez seus olhos brilharem’! Porque para se ter sucesso em um negócio o importante é realmente gostar do que se faz.

COMO AVALIAR A SUSTENTABILIDADE DA REDE?

Para a escolha de seu novo negócio a avaliação da sustentabilidade da marca é um ponto crucial. Uma forma de medir isso é avaliando o quanto a rede investe em treinamento contínuo. Hoje, 75% da quebra de vendas e fidelização de clientes no varejo, por exemplo, estão diretamente ligadas a problemas de falta de personalidade da loja. O restante cabe aos vendedores. Para Américo José, diretor da Cherto/ ATCO esse é um fator decisivo para longevidade de uma marca. Use esse termômetro em sua pesquisa.

QUAIS OS CUSTOS PARA ABRIR UMA FRANQUIA?

O investimento inicial que você pode ou está disposto a colocar nesse seu novo negócio tem de ser muito bem planejado.

Existe uma taxa inicial que vai lhe dar o direito de usar a marca da franquia. A taxa de franquia remunera os custos do franqueador.

Os royalties, valor mensal baseado em um percentual de suas compras junto ao franqueador, ou em suas vendas mensais, depende de cada modelo de negócio. Essa taxa remunera o uso da marca, dos sistemas, do apoio e suporte que a rede vai te dar. Algumas marcas também estipulam um percentual também para o fundo de marketing e propaganda.

Além desses custos, muitas vezes você vai ter que comprar ou alugar um ponto comercial, pagar luvas e fazer uma reforma, comprar equipamentos, estoque, contratar uma equipe que normalmente começa a ser remunerada antes do próprio negócio começar a funcionar. Você e essa equipe serão treinados com o apoio do franqueador. Por esse motivo, você tem de ter tempo livre para isso e uma reserva para suprir seu sustento nesse período. E, você tem que ter um capital de giro, pois existe um período para que o negócio comece a se sustentar, chegue ao ponto de equilíbrio e comece a dar lucro. O franqueador tem de informar qual é esse prazo, dentro da rede dele.

Marcelo Cherto, sócio-fundador da Cherto Consultoria alerta que normalmente você deve contar com o imprevisto. Portanto, é importante que você entenda quais são os custos envolvidos na compra da franquia e tenha muito claro esse seu planejamento.

Faça o download gratuitamente do: GUIA DO INVESTIDOR EM FRANQUIA – PROJETO REVISTA FRANQUIA E FRANCHISE STORE