Ilustração - Blog Franchise Store

Onde investir no franchising que está vencendo a ‘crise’

Dicas para quem não pode errar na escolha do seu próximo negócio

Acompanhe aqui um breve raio X das tendências dos diversos segmentos onde você pode investir em franquias. Sua escolha parte, inicialmente, da análise destes segmentos de mercado, para definir qual é o que mais se adéqua às suas expectativas para ser seu próximo negócio.

Diversificação dos canais de venda como: venda direta, quiosques e e-commerce. Essa é uma tendência clara na estratégia de ‘sobrevivência’ das marcas do segmento de PRODUTOS DE BELEZA. As redes possuem diversas maneiras de levar seu produto até o consumidor e estão investindo na estrutura para fidelizar o cliente. Os investidores interessados no segmento ganham amplitude em sua atuação no mercado e opções de investimento mais enxutos.

Especialização em alta. Esta é uma tendência no nicho das ACADEMIAS, hoje existem academias de ginástica para todo tipo de público, para idosos, para mulheres, para praticantes de crossfit ou para atividades funcionais. Dependendo do local, investir focando em um público específico, é a melhor maneira de se destacar da concorrência.  Isso vale também para o segmento de CAFETERIAS E CONFEITARIAS. Cada vez mais, surgem redes de franquia que elegem um único doce como destaque do cardápio. É o caso das lojas de brigadeiros, de bolos, de bombas doces, etc. No ano passado, essa tendência se ampliou para o ramo de BEBIDAS: franquias de sucos, de milkshakes e de chás ganharam espaço no mercado.

Personalização do cardápio e foco na ‘experiência do cliente’ como diferencial. O design do ambiente, a facilidade para fazer pedidos, a personalização de cardápios e a melhoria no atendimento, são pontos que estão fazendo a diferença para conquistar a clientela no segmento ALIMENTAÇÃO. Os clientes desejam customizar seus pratos e lanches. Oferecer porções em tamanhos variados e permitir acréscimo de ingredientes sem cobrança extra são práticas cada vez mais adotadas pelas redes. Além disso, investir em novos produtos para que famílias ou amigos possam compartilhar é uma maneira de aumentar as vendas. Para escolher uma marca, é fundamental que estes pontos estejam na pauta.

A desvalorização do real e a instabilidade do dólar são fatores que inibem a compra dos brasileiros no exterior e trazem insegurança para quem trabalha com materiais importados. Por isso, marcas de ACESSÓRIOS, ÓTICAS, BIJUTERIAS & CALÇADOS estão aproveitando o momento para investir em fornecedores nacionais e conquistar novos consumidores locais. Muitas marcas têm crescido com o modelo de quiosques. Mas em vez de instalá-los apenas em shoppings, miram também galerias comerciais e até mesmo supermercados.

Investir nas marcas que vieram da indústria para expandir seu negócio e divulgar seus produtos, no ramo de CASA E DECORAÇÃO é uma tendência. Cada vez mais o consumidor procura por redes, hoje, somente 36% das vendas do setor ainda são feitas por lojas independentes – ou seja, lojas que não fazem parte de nenhuma rede, e este número vem diminuindo a cada ano.

A grande indústria no segmento de VESTUÁRIO, por mais que esteja investindo nas vendas pela internet precisa da presença de marca com unidades físicas. Por esse motivo, quem quer comprar uma franquia neste ramo tem mais opções de marcas e praças para escolher.

Proficiência e EDUCAÇÃO à distância. Aliar aulas presenciais e à distância é uma maneira de conquistar mais alunos e se destacar da concorrência. E não foi apenas a busca por cursos rápidos e baratos que cresceu nos últimos anos. A demanda por profissionais que se comuniquem bem em outras línguas, fez com que a qualidade do ensino e a proficiência dos alunos também ganhassem mais espaço no mercado.

Enquanto as franquias das redes HOTELEIRAS estão espalhadas por todo território nacional, as agências de TURISMO e intercâmbio seguem concentradas nas principais capitais. Por isso, as cidades do interior passam a ser a principal aposta de expansão dessas redes. E a tendência de instalação de unidades em shopping é evidente.

Nos ramos de SERVIÇOS, um dos maiores desafios é a baixa qualidade da mão-de-obra. Para driblar o problema e conseguir mais consistência e padronização, é cada vez maior o uso de tecnologia e novos equipamentos que garantem qualidade e ajudam a reduzir custos. Analise se a marca de seu interesse oferece esse diferencial.

As vendas de VEÍCULOS novos no país despencaram. Com essa queda o investimento com a manutenção, lavagem ecológica, rastreamento, monitoramento, reparos tecnológicos e funilaria são exemplos de serviços que ainda tem muito potencial a ser explorado.

Faça o download gratuitamente do: GUIA DO INVESTIDOR EM FRANQUIA – PROJETO REVISTA FRANQUIA E FRANCHISE STORE