Ilustração - Blog Franchise Store

O que é e para que serve a taxa de franquia?

Por Filomena Garcia*

A abertura de uma franquia compreende vários investimentos, como os custos da aquisição do ponto comercial, a reforma da loja e mobiliário, o estoque inicial e o capital de giro. Esses investimentos terão que ser realizados tanto para a abertura de uma franquia como na abertura de um negócio próprio que um empreendedor faça de forma independente.

Mas no caso específico da franquia, existe ainda uma taxa que é paga diretamente para o franqueador, conhecida como Taxa de franquia.

A taxa de franquia funciona como uma espécie de valor de entrada, porque dá ao franqueado o direito de fazer parte da rede e também de usar a marca da empresa franqueadora.

Em muitos casos, a taxa também cobre os custos de treinamento inicial que será dado para o próprio franqueado e eventualmente também para sua equipe.

Normalmente, o valor é pago uma vez, na assinatura do contrato, e também na renovação do contrato.

Essa taxa é definida pelo franqueador e varia de acordo com cada tipo de negócio e segmento. No mesmo segmento, como por exemplo o de alimentação, você encontrará diferentes taxas de franquia.

O que vale ressaltar, é que esse valor remunera toda a transferência de know how que o franqueador irá passar ao seu futuro fraqueado e sua equipe, seja através da entrega de manuais de como operar o negócio, na capacitaçao inicial, além do uso da marca.

Portanto, esse é um valor que comporta uma série de serviços, que com toda certeza custaria também se um empreendedor tivesse que desenvolver uma marca ou um modelo de negócio por conta própria.

 O que um futuro candidato deve observar na hora de escolher uma franquia não é somente o valor pago na taxa de franquia, e sim o que ele receberá por pagar esse valor.

 Isso quer dizer que, muitas vezes, pagar uma taxa menor não necessariamente será o melhor negócio. O que tem que ser avaliado é o valor total do investimento e as expectativas de retorno sobre o mesmo. Quem fizer isso com cautela e atenção terá boas chances de fazer um bom negócio.

*Filomena Garcia, sócia-diretora da Franchise Store, é especialista em marketing e atua há 20 anos nas áreas de negócios, varejo e Franchising. Co-autora dos livros “Franchising – Uma estratégia para expansão de negócios” e “Marketing para Franquias”