Anúncio

PUBLICIDADE

Encontre as melhores franquias para o seu perfil

Preços de franquias: você sabe quanto custa para investir?

24 de dezembro de 2020

Compartilhe
Tablet exibindo planilhas digitais ao lado de planilhas sobre franquias preços

O franchising é conhecido por oferecer diversas vantagens ao franqueado, entre elas está a variedade de preços das franquias disponíveis para investimento. 

O valor da franquia varia conforme o tipo de unidade, modalidade e tamanho da operação, entre outros fatores. São opções para qualquer perfil de investidor, desde o mais econômico até o mais ousado.

Cabe ao franqueado saber a quantidade certa de capital necessário para investir, levando em consideração todas as informações disponibilizadas pela franqueadora e os detalhes que envolvem a franquia.

Microfranquias: operações mais enxutas

As microfranquias são uma ótima opção de investimento para os empreendedores de primeira viagem que não querem arriscar logo de cara.

São operações menores e mais baratas que permitem a instalação da unidade em quiosques ou até mesmo na casa do franqueado, caso das franquias home based.

Por isso, o preço das microfranquias acaba sendo bem menor.

Para a Associação Brasileira de Franchising (ABF), as microfranquias são aquelas em que o investimento inicial é de, no máximo, R$90 mil. Qualquer operação acima deste valor já não configura mais como microfranquia.

Segundo estudo publicado pela ABF sobre microfranquias, as redes podem ser puras ou mistas. 

As franquias puras são aquelas onde o investimento inicial da operação é de até R$ 90 mil, ou seja, são redes que trabalham apenas com microfranquias.

Já as franquias mistas oferecem investimentos em microfranquias (até R$90 mil) e também investimentos maiores que R$90 mil.

De acordo com o estudo realizado em 2018, 72% das redes adotavam o modelo puro enquanto 28% trabalhavam com operações mistas.

Além de oferecer vantagens ao franqueado, como a possibilidade de investir menos e trabalhar apenas nas horas vagas, as microfranquias seguem uma tendência de mercado que passou a ser cada vez mais urgente: a adoção do home office.

Trabalhar de casa: home office virou rotina

Nobetook em sofá cinza ao lado de cobertas e uma xícara com chá

Conseguir fazer os próprios horários e trabalhar de maneira mais confortável são grandes atrativos do home office. Foto: Pixabay

 

Alguns segmentos específicos já estavam familiarizados com o trabalho em casa, prática comum para profissionais freelancers.

Mas foi a pandemia do novo coronavírus que fez o home office entrar de vez em nossas vidas, inclusive em setores que não imaginavam ser possível o trabalho remoto.

Como vimos, grande parte das redes de franquias já adotavam esse modelo que, ao que tudo indica, veio para ficar.

Além de ser dono do próprio negócio, quem investe em microfranquia pode trabalhar de onde quiser e fazer os próprios horários.

“Trabalhar de casa” pode significar trabalhar da sua casa mesmo ou em uma cafeteria, na praia, onde quer que você esteja. Por isso as microfranquias são tão atrativas, especialmente para novos investidores: são seguras, baratas e flexíveis.

Franquias acima de R$90 mil

Se por um lado as microfranquias estão numa faixa de preço mais acessível, por outro nem sempre a rede ou o segmento que você pretende investir oferece investimentos como o das micro.

Se seu sonho é ter uma franquia de alimentação, por exemplo, tenha certeza que o investimento será acima de R$90 mil.

Pense que, geralmente, franquias de alimentação operam em restaurantes, o que significa que você vai precisar de um ponto comercial à altura com uma cozinha industrial e espaço para servir as refeições.

Além disso, nesse tipo de operação é impossível trabalhar sozinho, ou seja, você vai precisar de funcionários. 

Ah, e não esqueça que o ponto comercial tem um custo: o aluguel. Some isso às despesas com salários, contas de luz e energia, entre outros. Dá pra entender por que são operações mais caras, não é? 

Na maioria dos casos, a rede disponibiliza opções de investimento diferentes acima de R$90 mil. 

Por exemplo: um restaurante de 60 m² com certeza será mais barato do que um de 100 m². Tudo isso deve ser levado em conta antes de comprar a franquia.

E lembre-se: tanto em microfranquias quanto em franquias acima de R$90 mil, o investimento inicial é a soma da taxa de franquia, investimento de instalação e capital de giro.

Todos esses valores são tabelados pela rede e estão disponíveis na Circular de Oferta de Franquia (COF).

Faixa de preços das franquias

Agora que você já sabe os tipos de franquias disponíveis no mercado, está na hora de saber os preços de investimento inicial com os quais você pode se deparar. Confira: 

– até R$25 mil

– de R$25 mil até R$50 mil

– de R$50 mil até R$100 mil

– de R$100 mil até R$200 mil

– de R$200 mil até R$300 mil

– de R$300 mil até R$400 mil

– de R$400 mil até R$500 mil

– de R$500 mil até R$750 mil

– acima de R$750 mil

Como saber qual o valor ideal?

Calculadora com teclado laranja ao lado de uma caneta preta

Para saber ao certo quanto investir é necessário levar em consideração valores de capital de giro, aluguel do ponto comercial e salário dos funcionários. Foto: Pixabay.

 

Quem não está acostumado com o mercado de franquias pode até pensar que franquias mais caras são mais lucrativas ou que as mais baratas não requerem tanto trabalho assim.

Isso é um erro e se você quer ter sucesso no franchising precisa esquecer esse tipo de comparação.

Nem sempre as franquias com preços mais altos são mais rentáveis. Lembra que comentamos sobre todas as despesas envolvendo operações maiores? Pois é, parte do lucro bruto obtido no mês já tem destino certo. 

Além disso, todo negócio depende de capital de giro, a quantia necessária para manter a franquia de portas abertas por pelo menos seis meses.

As maiores dependem de mais capital de giro. Por isso, tenha certeza de que você vai ter a quantia necessária para manter tudo em ordem e não correr o risco de fechar a unidade.

Especialmente se tiver pessoas (funcionários, fornecedores e colaboradores) dependendo de você.

Lembre-se que toda unidade segue um padrão de qualidade testado e aprovado pelo mercado. 

Antes de se preocupar com os preços das franquias, a própria franqueadora vai analisar seus objetivos e recursos para saber se você conseguirá seguir à risca os métodos da rede.

Microfranquia não significa trabalhar menos! 

“Talvez a microfranquia seja o melhor pra mim já que eu quero trabalhar pouco”. 

Se você tem esse tipo de pensamento, já adiantamos que o mercado de franquias não é para você. 

Independentemente do tamanho da operação, o franqueado deve ter responsabilidade e comprometimento. Investir menos e ter flexibilidade de horários não significa trabalhar pouco. 

Como as microfranquias têm operações menores e o trabalho pode ser feito de casa, geralmente você será o único funcionário da empresa. Ou seja, se você não trabalha a empresa não dá lucro. 

Dedicação e foco é a chave para o sucesso de toda franquia!

Microfranquia ou franquia tradicional?

Para ter certeza sobre qual operação é o melhor para você converse com franqueados e ex-franqueados e veja se os resultados estão de acordo com suas expectativas. 

E tenha em mente que os números relacionados ao lucro disponibilizados pela franqueadora são apenas estimativas. Cada operação tem uma experiência diferente. 

Com tantos preços de franquias disponíveis no mercado, com certeza algum vai se encaixar no seu orçamento e perfil!