Anúncio

PUBLICIDADE

Encontre as melhores franquias para o seu perfil

Negócios lucrativos: como encontrar o investimento ideal no mercado de franquias

24 de agosto de 2021

Compartilhe
Dois homens sorrindo enquanto olham para seus notebooks com negócios lucrativos

Todo empreendedor quer começar o próprio negócio com a segurança de que terá retorno do que foi investido – e de preferência num curto período de tempo. Existem diversos negócios lucrativos no mercado, mas apenas o franchising oferece o respaldo necessário para empreender com a certeza de que haverá retorno do investimento no tempo previsto e a unidade terá bons resultados a longo prazo.

Isso acontece porque o mercado de franquias por si só já é um case de sucesso. Na prática, uma empresa vira franquia porque seu modelo de negócio dá tão certo que tem potencial suficiente para ser replicado em qualquer lugar. 

Essa característica é favorável para quem sempre quis empreender, mas não tem nenhum conhecimento em gestão ou capital suficiente para começar o próprio negócio, por exemplo. É que o mercado de franquias, além de ser um negócio lucrativo, também é acessível: as microfranquias possuem investimento máximo de até R$105 mil, mas é possível encontrar no mercado opções de R$5 mil ou até menos.

O que são negócios lucrativos

Só de ler “negócios lucrativos” você provavelmente pensou numa empresa enorme com inúmeros funcionários, não é mesmo? Mas essa não é a regra e por incrível que pareça é possível, sim, ter um negócio lucrativo com uma equipe enxuta ou até mesmo trabalhando em casa. 

Uma empresa lucrativa é aquela que depois de descontadas todas as despesas envolvidas no negócio (salário dos funcionários, fornecedores, contas a pagar, investimentos, etc.) ainda dá lucro para o empreendedor. Em outras palavras, o lucro é o que “sobra” no final do mês. 

Perceba que essa definição não envolve o tamanho da empresa, quantidade de funcionários, tempo de mercado ou qualquer outro fator. Por isso, não se preocupe, negócios lucrativos existem em qualquer segmento e são empresas de todos os tipos!

O que você precisa saber antes de investir no franchising

Homens trabalhando com seus notebooks

Não é necessário manter uma grande equipe para ter um negócio lucrativo. Microempresas também podem gerar lucro e oferecer bons resultados ao empreendedor. Foto: Unsplash

 

Para quem está em busca de negócios lucrativos no franchising, o primeiro passo é conhecer como funciona esse mercado. 

Em primeiro lugar, o franqueado sempre será acompanhado de perto pela franqueadora. Essa é, na verdade, uma obrigação prevista pela Lei das Franquias (clique aqui para saber mais) que determina as responsabilidades dos envolvidos no processo. 

Desde a assinatura do contrato até o funcionamento da unidade, o franqueado tem respaldo constante da marca em termos de treinamento, suporte, marketing, assessoria jurídica, entre outros serviços. 

Como mencionamos anteriormente, o franchising é um mercado acessível. E não apenas em termos financeiros, mas também quando o assunto é conhecimento. Na prática, você não precisa ser especialista em alimentação para investir nesse segmento. 

Com o apoio oferecido pela franqueadora, qualquer pessoa pode adquirir uma unidade e investir em negócios lucrativos. 

Quer começar um negócio no mercado de franquias, mas não sabe por onde começar? Confira a seguir algumas dicas que vão te ajudar a encontrar o negócio lucrativo ideal!

Conheça seu perfil

Homem mexendo em tablet

O franchising é um verdadeiro celeiro de negócios lucrativos. Aplicar um modelo de negócio testado e aprovado pelo mercado oferece mais segurança ao investidor e aumenta suas chances de sucesso com a operação. Foto: Unsplash

 

É comum para muita gente que quer empreender em negócios lucrativos do franchising escolher segmentos que estão em alta por acreditar que serão garantia de sucesso, mas no dia a dia da operação as coisas não são tão fáceis assim.

Nada garante que uma grande unidade de fast-food terá sucesso só por fazer parte do segmento de alimentação, líder do franchising com R$9.091 milhões de faturamento no 1º trimestre deste ano, segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF).

Por isso é tão importante conhecer seu perfil e suas afinidades: nem sempre o que você quer investir é indicado para você. Lembre-se disso!

Quer conhecer qual é seu perfil empreendedor? Clique aqui.

Tenha capital disponível

Por mais que os negócios lucrativos do franchising sejam acessíveis você vai precisar de uma quantia mínima para investir.

É importante lembrar que o mercado de franquias possui taxas fixas para todos os franqueados, como a taxa de franquia, por exemplo, valor unitário que concede os direitos da marca ao franqueado. Geralmente, a taxa de franquia custa 5% do valor total do investimento.

Tenha em mente que negócios lucrativos requerem um comprometimento a mais com a vida financeira. É preciso ser transparente quanto aos gastos da empresa para realmente saber se ela é lucrativa – e contrair dívidas não é bom para ninguém!

Mãos à obra

É verdade que a franqueadora auxilia o empreendedor ao longo de toda sua jornada, mas isso não significa que o franqueado não tem que colocar a mão na massa. Afinal, negócios lucrativos não sobrevivem sem esforço!

Cabe ao franqueado colocar em prática os padrões determinados pela marca, bem como acompanhar seu time de perto para garantir que tudo está de acordo com o planejado. 

Caso o franqueado seja seu próprio chefe, como acontece nas microfranquias, por exemplo, é preciso lembrar que ele será o único funcionário da unidade, ou seja, todo o desempenho da operação dependerá exclusivamente de uma só pessoa. 

Por isso, antes de investir nos negócios lucrativos do mercado de franquias, converse com um especialista e tire suas dúvidas para encontrar a franquia que mais tem a ver com seus objetivos!

Está em busca de negócios lucrativos e não sabe por onde começar? Clique aqui e conheça mais sobre o mercado de franquias!