Anúncio

PUBLICIDADE

Encontre as melhores franquias para o seu perfil

Negócios do futuro: o que vem por aí de oportunidade

22 de abril de 2021

Compartilhe
Robô tecnológico de negócios do futuro

Não é preciso ir muito longe para imaginar como serão os negócios do futuro. Muito do que imaginávamos há dez ou cinco anos atrás já virou realidade e faz parte da nossa rotina.

A principal característica dos negócios do futuro é a presença da tecnologia não apenas na sua “produção”, mas também na sua usabilidade. Pode parecer simples acionar o GPS no celular e ir até o destino escolhido, mas você já parou para pensar no tanto de tecnologia que está inserida nesse recurso?

Nos acostumamos a comprar coisas pela internet e recebe-las em casa como se isso fosse a coisa mais natural do mundo quando na verdade envolve uma série de processos tecnológicos que permitem que isso seja possível.

Esses são apenas alguns exemplos de ferramentas que já foram consideradas negócios do futuro e que hoje não conseguimos nos imaginar sem. 

Ainda não estamos falando de carros voadores e máquinas do tempo como no filme De Volta para o Futuro (1985), mas podemos afirmar que carros elétricos já são uma realidade e para carrega-los basta ter acesso a uma tomada.

No entanto, nem todos os tipos de negócios do futuro são acessíveis. Justamente por serem recursos altamente tecnológicos, seu preço é muito mais caro do que produtos não tão modernos. 

Já pensou em dar uma volta na órbita terrestre ou passar uns dias no espaço? A empresa aeroespacial americana SpaceX pretende mandar pessoas comuns para o espaço ainda neste ano!

Não, você não entendeu errado. Num futuro não muito distante o turismo espacial será uma realidade – acessível para pouquíssimas pessoas que puderem pagar dezenas de milhões de dólares, mas ainda assim uma realidade.

A seguir, separamos uma lista com 5 negócios do futuro para você ficar de olho e, quem sabe, começar a investir hoje mesmo. Confira!

5 negócios do futuro para ficar de olho

Tomada de abastecimento ligada em carro elétrico

Num primeiro momento, os negócios do futuro surgem como algo muito difícil de ser concretizado. No entanto, com o auxílio da tecnologia podemos usufruir desses recursos com naturalidade no nosso dia a dia. Foto: Unsplash

 

Moedas Virtuais

Você provavelmente já ouviu falar em bitcoin, mas essa não é a única criptomoeda presente no mercado.

Apesar de não utilizarmos as moedas virtuais para adquirir coisas no nosso dia a dia (como fazer compras no mercado, por exemplo), as criptomoedas têm basicamente a mesma função do dinheiro comum: realizar transações de compra e venda de bens e serviços.

Por que então as moedas virtuais se enquadram como negócios do futuro? Porque o grande diferencial dessa tecnologia é não precisar de um intermediário para realizar as operações. 

Enquanto o dinheiro comum é emitido por algum governo e intermediado por instituições bancárias, a economia virtual investe em segurança de dados de última geração para preservar as informações de todos os envolvidos. 

Assim como a maior parte dos negócios do futuro, as criptomoedas também não são nada acessíveis para uma pessoa comum: um bitcoin custa atualmente mais de R$329 mil reais.

Wearables

A tecnologia wearables (“vestíveis”, em tradução livre) já faz parte da nossa cultura, apesar de serem produtos ainda muito caros.

Os dispositivos vestíveis são eletrônicos utilizados como acessórios, mas seu objetivo vai muito além de embelezar o usuário.

Relógios, pulseiras, camisetas, óculos de realidade virtual. São todos dispositivos vestíveis com tecnologias capazes de medir a frequência cardíaca, qualidade do sono, quantidade de passos que o usuário dá por dia, previsão do tempo de acordo com a localização, gasto de calorias diárias, etc. além de possibilitar o acompanhamento de notificações e ligações do celular em tempo real.

São objetos que podem passar despercebidos, mas altamente disruptivos que trazem incontáveis benefícios como a possibilidade de realizar pagamentos a distância (relógios e celulares com essa tecnologia tornam isso possível).

Carros elétricos

Se antes os carros elétricos eram vistos como negócios do futuro, hoje eles já estão presentes na vida de muitas pessoas. O apelo ecológico é o que atrai os consumidores para automóveis desse tipo já que o “abastecimento” é feito através da energia elétrica: basta conectar uma tomada no carro para carregá-lo. 

No entanto, por conta de seu alto valor de aquisição ainda se trata de um mercado restrito apenas para quem consegue pagar – os modelos mais baratos custam a partir de R$100 mil. 

Enquanto países da Europa já estão habituados com a presença dos carros elétricos, no Brasil essa tecnologia ainda tem muito a ser explorada, fazendo deste um dos negócios do futuro com grandes chances de crescimento.

Entrega no mesmo dia

A transformação digital se faz tão presente no varejo que não podemos deixar de mencionar esse exemplo como um dos tipos de negócios do futuro.

Além de integrar canais de venda e otimizar a experiência de compra do cliente, as empresas varejistas estão investindo em tecnologia de última geração para fazer os pedidos chegarem até o consumidor no mesmo dia da compra.

Com a descentralização dos pontos de distribuição é possível ficar cada vez mais perto do consumidor final, tornando a entrega mais eficiente e estreitando o relacionamento com o cliente.

Franquias

Pessoa usa caneta digital para desenhar em computador

Negócios do futuro têm o objetivo de tornar a vida das pessoas mais fáceis e seguras, e isso tem tudo a ver com o mercado de franquias: o empreendedor investe com segurança e acompanha de perto o desempenho da sua operação. Foto: Unsplash

 

As franquias também fazem parte de negócios do futuro por se apresentarem cada vez mais como empreendimentos seguros e altamente rentáveis.

Além disso, o franchising acompanha as demandas do mercado e aposta na tecnologia para se manter como um dos principais incentivadores do empreendedorismo brasileiro.

Enquanto começar um negócio do zero envolve muita burocracia e dificuldades que podem atrapalhar o sucesso da empresa, quem investe em franquia conta com auxílio da franqueadora, isto é, uma empresa experiente e com visão de mercado suficiente para replicar seu modelo de negócio.

Na prática, o franqueado pode contar com treinamento, suporte, infraestrutura e todo o know how da marca.

Desde operações mais robustas até unidades que permitem ao franqueado trabalhar de casa, o mercado de franquias é a escolha ideal para quem quer ser dono do próprio negócio, ter independência financeira e atuar com marcas de sucesso.

Além de apresentar inovações, negócios do futuro oferecem alternativas que estão de acordo com as mudanças tecnológicas e, consequentemente, com as novas demandas dos consumidores. A possibilidade de ter o próprio negócio com segurança e chances reais de crescimento é um dos motivos que fazem do franchising um mercado em constante crescimento. 

E os números comprovam: as franquias brasileiras faturaram R$53.976 bilhões durante o 4º trimestre do ano passado e R$167.187 bilhões durante todo o ano de 2020, segundo balanço da Associação Brasileira de Franchising (ABF). 

Mesmo sendo afetado pela pandemia, o mercado de franquias mostra sinais de recuperação e tem expectativas positivas para este ano, onde pretende faturar 8% a mais do que o registrado em 2020.

Quer descobrir se o franchising é o investimento certo para você? Clique aqui e confira diversas possibilidades de investimentos e segmentos de atuação.