Anúncio

PUBLICIDADE

Encontre as melhores franquias para o seu perfil

5 dicas para realizar investimentos inteligentes

20 de julho de 2021

Compartilhe
Pessoa fazendo investimentos inteligentes em notebook

O empreendedorismo brasileiro bateu recorde em 2020 com 1,15 milhão de novos registros de microempreendedores individuais (MEI) entre fevereiro e setembro do ano passado, mas isso não quer dizer que todos esses negócios sejam investimentos inteligentes.

Há quem comece o próprio negócio por vocação, sonho de empreender ou até mesmo por necessidade. No entanto, sem uma estratégia sólida que esteja de acordo com sua realidade financeira e com as necessidades do mercado fica muito difícil levar qualquer empreendimento para frente.

É por isso que os investimentos inteligentes são a escolha certa para quem busca mais eficiência e segurança no negócio já que levam em consideração fatores essenciais para começar a própria empresa.

Mas afinal, o que são investimentos inteligentes?

Investimentos inteligentes são aqueles feitos levando em consideração o perfil do investidor, sua realidade financeira, objetivos a longo prazo, entre outras questões importantes.

Pode até parecer óbvio, mas muita gente não coloca na balança os fatores mencionados acima antes de começar o próprio negócio. E isso pode custar muito caro para a empresa, inclusive correndo o risco de fechar as portas definitivamente.

Mas se tais características são tão relevantes para decidir empreender, por que tanta gente começa um negócio “no escuro”? Isso acontece porque para muitas pessoas empreender é uma questão de sobrevivência. 

Por conta da crise, muitos brasileiros perderam seus empregos, ficaram sem renda e encontraram no empreendedorismo a saída que precisavam para pagar as contas. Nem sempre é possível investir tempo e dinheiro em investimentos inteligentes, mesmo essa sendo uma das melhores opções de negócio. 

No entanto, se empreender sempre fez parte dos seus planos, apostar em investimentos inteligentes é o melhor caminho para alinhar seu propósito pessoal e profissional com a realidade do negócio.

Investimento inteligente não é a mesma coisa que investir o que está na moda

Duas pessoas ao lado de um quadro branco com anotações

Diferentemente de empreendedores que começam o próprio negócio por necessidade, o investimento inteligente requer muita pesquisa de mercado, autoconhecimento e planejamento. Não adianta investir no que está em alta se isso não estiver de acordo com sua realidade. Foto: Unsplash

 

Ao contrário do que muitos empreendedores pensam, os investimentos inteligentes nem sempre são aqueles que fazem sucesso ou que estão na moda. 

Todo o conceito por trás desse tipo de investimento está justamente no que é melhor para o empreendedor tanto no presente quanto a longo prazo. 

Investimentos inteligentes nunca induzem o empreendedor a investir em algo que está acima da sua capacidade financeira, por exemplo. Outra importante característica é que eles sempre estão alinhados com as afinidades do investidor, ou seja, o trabalho não será um fardo ou um problema para quem investe. 

Está pensando em empreender em investimentos inteligentes e não sabe por onde começar? Confira a seguir 5 dicas que separamos para você!

5 dicas para fazer investimentos inteligentes

1) Conheça seu perfil empreendedor

Antes de entrar de cabeça nos investimentos inteligentes é importante saber muito bem qual é seu perfil como investidor

Algumas pessoas são mais cautelosas ao investir enquanto outras apostam em investimentos, segmentos ou modelos de negócio mais arriscados. 

Esse fator deve ser levado em consideração antes de optar por investimentos inteligentes já que dificilmente a escolha será bem sucedida se o empreendedor investir em algo que não tem nada a ver com seu perfil. 

Já pensou gastar todo seu dinheiro em um empreendimento que não te faz feliz ou não satisfaz seus objetivos como profissional? Para que isso não aconteça, a primeira regra dos investimentos inteligentes é levar seu perfil como empreendedor muito a sério!

2) Defina seus objetivos

Colocar no papel seus objetivos a curto e longo prazo faz parte da realidade de qualquer tipo de negócio, e com os investimentos inteligentes isso não é diferente. 

– Que tipo de negócio você quer ter? 

– Pretende expandir? Para onde? 

– Está disposto a gastar muito ou pouco dinheiro no investimento? 

– Quanto pretende ganhar por mês? 

Investimentos inteligentes envolvem planejamento e estratégia. Sem eles fica praticamente impossível definir qual o melhor tipo de negócio para você. 

Além de pensar nos objetivos que você pretende realizar hoje ou no próximo mês, os investimentos inteligentes precisam de um planejamento que também envolva o futuro, como você verá mais adiante.

3) Tenha uma reserva financeira

Seja investindo no próprio negócio, na Bolsa de Valores ou em qualquer outro tipo de investimento, saiba que você precisa ter uma reserva financeira e, de preferência, sem nenhuma dívida!

Por mais que os investimentos inteligentes priorizem a realidade financeira do investidor, sempre é importante guardar um pouquinho de dinheiro, por menor que seja essa quantia. 

É preciso ter em mente que por mais específicos que sejam os investimentos inteligentes, alguns fatores externos podem influenciar no desempenho do negócio, o que muitas vezes foge do controle ou do esforço de quem investe. 

A pandemia é um exemplo: não estava nos planos, pegou todo mundo de surpresa e impactou diretamente o mundo dos negócios. Nesse caso, a reserva financeira é importante para completar o orçamento, investir em inovação ou segurar as pontas durante a crise.

4) Pense a longo prazo

Homem olha sorrindo para notebook

Já parou para pensar que suas atitudes de hoje refletem no seu futuro? Por isso é tão importante pensar bem antes de investir e não deixar nenhum detalhe para trás. Foto: Unsplash

 

Um dos principais objetivos dos investimentos inteligentes é proporcionar segurança e estabilidade financeira aos empreendedores a longo prazo. 

Inclusive, não faz sentido investir num negócio que se diz inteligente sem que ele seja capaz de garantir bons resultados no futuro. 

Para definir metas a longo prazo é necessário fazer perguntas como em quanto tempo você pretende aposentar ou quanto espera ganhar por mês durante a aposentadoria. 

Com base nas respostas é possível entender melhor qual o tipo de investimento inteligente mais se adequa aos seus objetivos.

5) Procure ajude de especialistas

É fundamental recorrer à ajuda de especialistas e profissionais da área para garantir um investimento mais assertivo. 

Definir o perfil, organizar a vida financeira e desenvolver estratégias que supram necessidades de longo prazo não são tarefas feitas da noite para o dia. Como falamos anteriormente, os investimentos inteligentes precisam de tempo para saírem do papel. 

E a melhor maneira para fazer isso acontecer é através de ajuda e acompanhamento especializado, algo que você encontra clicando aqui

Mercado de franquias é investimento inteligente, acessível e rentável

Existe uma maneira simples de começar o próprio negócio no Brasil com chances de crescimento mesmo durante a crise: através do mercado de franquias. 

O franchising movimentou R$39.881 milhões durante os três primeiros meses deste ano, segundo dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF), e segue sendo uma das principais opções de investimentos inteligentes para quem quer empreender com segurança e suporte ao longo de toda operação. 

Além das tradicionais lojas físicas, o franchising permite modalidades de atuação mais flexíveis como o home office, por exemplo, que atrai prestadores de serviços, empreendedores jovens ou qualquer pessoa que queira investir de um jeito mais econômico. 

Quer conhecer mais sobre o mercado de franquias? Clique aqui e saiba mais.