Anúncio

PUBLICIDADE

Encontre as melhores franquias para o seu perfil

Investimento em franquias vale a pena?

20 de outubro de 2020

Compartilhe
Mulher sorridente realizando seu investimento em franquias

Muitas pessoas quando pensam em ter um negócio próprio se perguntam: será que é um caminho promissor o investimento em franquias? Segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF),  o setor é um dos que mais crescem, inclusive em um momento de crise econômica causada pelo novo coronavírus.

 

Ano passado, o investimento em franquias cresceu 6% com a geração de R$ 186,75 bilhões na economia nacional (dados da ABF). Mesmo com a pandemia, o franchising é muito promissor e uma forma mais segura de começar o seu próprio negócio.

 

No entanto, antes de escolher por investimento em  franquias, muitas pessoas pensam se realmente vale a pena. E a resposta é: depende. O sucesso em qualquer negócio, seja ele uma franquia ou não, vai depender do trabalho e disponibilidade dos donos, o conhecimento sobre a área e a dedicação para fazer dar certo. 

 

Caso o seu perfil não seja de um empreendedor, tudo bem! Mas saiba que há diversas maneiras de fazer com que uma franquia tenha sucesso. Neste artigo, vamos mostrar o que você deve levar em conta antes de fazer um investimento em franquias. 


Vale a pena o investimento em franquias ?

 

Investimento em franquias é uma boa opção para começar um negócio próprio? Esta pergunta certamente já passou pela sua cabeça assim como na de muitos brasileiros. O franchising é um bom caminho para quem tem pouca experiência à frente de um negócio, o que representa menores riscos. 

 

Quem optar por fazer o investimento em franquias aposta em marcas já estabelecidas, com modelos de negócios testados e validados no mercado, além de um público-alvo já definido e todo o suporte necessário para operar sem dor de cabeça. Além da vantagem de contar com fornecedores selecionados pela franqueadora.

 

Agora se está pensando que fazer o investimento em franquias vai ter livrar de obrigações não se engane! Existem regras impostas pela franqueadora para que sejam seguidos os padrões estabelecidos pela marca e que ajuda o empreendedor a ter resultados satisfatórios com o seu negócio. É preciso avaliar bem a franquia que você quer investir em diferentes quesitos como se o perfil está alinhado ao seu, segmento, reputação, entre outras informações importantes. 

 

Você sabe o que é realmente uma franquia?

Mulher faz sinal de positivo para investimento em franquia. Ao fundo casal de franqueados.

Conhecer a reputação e conversar com franqueados ajuda a conhecer melhor a franquia pretendida. Foto: FreePik

Para fazer um investimento em franquias, ou optar por trabalhar em qualquer outro tipo de negócio, é imprescindível conhecer os conceitos principais que envolvem o modelo em questão. 

 

Atitudes como alterar a marca sem autorização, ou imaginar que é possível trabalhar com uma franquia sozinho, pode trazer problemas e frustrações. Tudo isso pode ser evitado com a busca de mais informações sobre o funcionamento do franchising, além de um estudo aprofundado da franquia escolhida. 

 

Portanto, antes de pensar se vale a pena ou não optar pelo investimento em franquias, é preciso se perguntar: o conceito de franquia é realmente notório para mim? Para que você entenda melhor vamos dar uma “ajudinha” para melhor entendimento. 

 

Como funciona uma franquia 

O modelo de franquia se dá quando um proprietário de uma marca (franqueador) disponibiliza a mesma para ser usada pelos franqueados, oferecendo a mesma qualidade de entrega de seus produtos ou serviços. 

 

Para os franqueadores, é uma forma de ampliar o alcance da sua marca e conseguir crescimento. Para os franqueados, é a oportunidade de empreender em um negócio que já é conhecido, e na maioria das vezes,  bem sucedido. Apesar de possibilitar autonomia em alguns aspectos, a relação de franqueados e franqueadores é muito próxima.  

 

Ao optar pelo investimento em franquias, vale ressaltar que, mesmo com um formato mais fácil para empreender incluindo marca pronta, produtos reconhecidos e facilidade de adesão do público, alguns pontos precisam ser levadas em consideração. Por exemplo, existem taxas a serem pagas continuamente, como taxa de publicidade da marca, gastos com manutenção e até taxas de renovação. 

 

É bom ter o conhecimento prévio sobre a marca, pois cada rede possui regras internas particulares. Então, mesmo avaliando o investimento em franquias de forma geral, os formatos podem variar. As particularidades de uma empresa estão disponíveis na COF (Circular de Ofertas de Franquias), um documento que viabiliza o acordo entre franqueados e franqueadores e torna o investimento em franquias legalizado e com todo o respaldo jurídico para ambas as partes. 

 

Quais as vantagens e os riscos do investimento em franquias?

Homem saltando de um lado da montanha para o outro

O investimento em franquias exige coragem. O lado bom é que os riscos são menores. Foto: FreePik

Entre as vantagens que mais chama a atenção no investimento em franquias é a parte financeira. Optar pelo investimento em franquias pode trazer um faturamento muito mais rápido, o que valoriza o modelo de negócio.  

 

Além do produto padronizado,  que diminui a necessidade de um investimento a parte nessa área, a publicidade também vem de “mão beijada” e menos questões para pensar. Comparando a um empreendedor que inicia os trabalhos do 0, o tempo para conseguir resultados é bem menor. A média para o retorno de uma franquia é de até 24 meses.

 

O contato com os fornecedores é uma outra vantagem no investimento em franquias. Tratando-se de marcas pré-estabelecidas, a garantia de viabilizar o contato com diversos fornecedores já mapeados, facilita o relacionamento e a aquisição dos melhores produtos dentro de padrões já estabelecidos pela franqueadora. 

 

Mas, nem tudo é tão fácil como aparenta, mesmo quando falamos de investimento em franquias. Os riscos em investir no franchising também existe, e a maior parte deles acontecem pela falta de conhecimento prévio sobre o assunto. Ao fazer o investimento em franquias é preciso ter certeza de fatores como:

 

  • É impossível empreender sozinho  numa franquia – a  prestação de contas e a padronização faz parte do dia a dia de franqueados;
  • Não é possível fazer alteração de produtos ou serviços sob possibilidade de sofrer sanções jurídicas;
  •  Investir em empresas poucos conhecidas e marcas com reputação ruim pode levar a perda de dinheiro 

O que é preciso fazer antes de fazer o investimento em franquias? 

Para iniciar um investimento em franquias, é preciso saber se realmente este modelo pode ser vantajoso para o seu perfil de empreendedor.  Posteriormente, pesquisar sobre empresas confiáveis e com boa reputação. É importante conversar com outros franqueados para saber a experiência deles com a marca. Todo o cuidado é pouco para não perder dinheiro.

 

Consulte as franquias em alta para investir que tenham mais a ver com seu desejo de empreender e segmento que tenha afinidade.  E por fim, analisar bem a COF da empresa escolhida. A COF é um documento que legitimiza qualquer acordo, e está repleta de informações importantes, desde valores de mensalidades, até o histórico financeiro da franquia.  

 

O investimento em franquias dá certo para todos que verdadeiramente desejam optar por começar uma nova jornada, e está disposto a aprender sobre o assunto. Sucesso no seu negócio!