Inovação no varejo impulsiona atendimento personalizado

Maiara Souza - 3 de setembro de 2018

Compartilhe

Líder no mercado de rótulos e comunicação visual, a americana Avery Dennison tem revolucionado a experiência de consumo. A companhia investe em inovação na área de controle de estoques e relacionamento com o consumidor.

 

A americana está melhorando a gestão de negócios para diversos empreendedores. Com essas tecnologias voltadas para o varejo, o empresário pode focar diretamente nas vendas. Segundo a visão da empresa, o comércio varejista está passando por uma transformação no mercado que vai desencadear um atendimento muito mais personalizado.

Uma das principais tecnologias dessa transformação do varejo é o RFID. Através de pequenas etiquetas que trazem um chip, é possível ter um controle total do inventário, o que possibilita uma série de ganhos de eficiência. Assim, o varejista é capaz de ter um melhor controle de seus estoques e produtos expostos na loja.

Essas etiquetas substituem o processo convencional de código de barras onde, a leitura das etiquetas pode chegar a ser 100 vezes mais rápida. E consequentemente, essa tecnologia abre portas para um relacionamento diferenciado com os clientes, integrando o físico com o virtual.

Um exemplo dos ganhos dessa tecnologia pode ser verificado na Macy’s, uma das maiores lojas de departamento do mundo. Graças ao RFID, a empresa aumentou em duas vezes a velocidade com que vendedores conseguiam achar os produtos nas lojas. A precisão no gerenciamento do inventário aumentou em 20%. E os itens habilitados com RFID registram até nove vezes mais vendas.

A ideia é adotar o conceito de “born digital”, ou seja, fazer com que os produtos tenham um componente digital desde a sua criação. Ao substituir o código de barras por uma etiqueta RFID, o fabricante ou varejista fazem com que o produto passe a ser o ponto de contato principal com o cliente. As mercadorias ganham um tipo de “identidade digital’’.

Há também a possibilidade de usar a tecnologia Near Field Communication (NFC). Presente na maioria dos modelos de smartphones mais recentes, o NFC é um método de leitura por radiofrequência ponto a ponto.  Essa é outra tecnologia muito relevante para o varejo do futuro, pois permite a automação do processo de compra dentro da loja. Em vez de levar os produtos até o caixa, o próprio cliente, com um simples celular, pode fazer a leitura do código e pagar automaticamente, sem filas.

O comércio varejista irá sempre se ajustar às necessidades do mercado. Assim, estratégias centradas no consumidor ganharão sempre. Estamos vendo grandes varejistas virtuais comprando lojas físicas. Isso mostra uma convergência entre varejo física e virtual.

O produtor será o pilar da relação com o consumidor. A partir do momento que há uma identificação digital, você, como consumidor, pode se conectar a outras pessoas que têm os mesmos gostos, a mesma mentalidade. E o consumo deixará de ser centrado no canal para se concentrar na experiência.

 

_f6a45819_