Anúncio

PUBLICIDADE

Encontre as melhores franquias para o seu perfil

Franquias home office nem sempre são uma boa. Descubra porquê!

13 de agosto de 2020

Compartilhe
Homem trabalhando com franquias home office

Franquias home office nem sempre são para todos os empreendedores. Apesar das inúmeras vantagens é preciso avaliar. Foto: FreePik

 

Com a pandemia provocada pelo novo coronavírus, as franquias home office ganharam destaque e se tornaram as mais pesquisadas como forma de investimento em 2020. Muito de fato de ter a possibilidade de operar de casa e investimento mais baixo. Mas será que este modelo serve para todos os tipos de franquia? Será que é para todo o empreendedor? Será que existem desvantagens em adotar esse regime de operação?

 

Para começar uma franquia home office é bom você estar ciente também do que pode dar errado. Afinal, trabalhar de casa também tem seus dissabores apesar de todas as vantagens de operar um negócio em sua residência.  Mas não é um artigo pessimista! Queremos trazer informações para que você conheça mais profundamente o modelo e possa tomar as melhores decisões de investimento para entrar no mercado de franchising. 

 

O que são franquias home office?
As franquias home office são aquelas nas quais a operação acontece de casa. Tem como principal ferramenta a internet, que possibilita a prestação de serviços e comercialização de produtos  à distância. 

O franqueado tem seu escritório em casa. Desta forma, reduz custos operacionais já que não é necessário investimento em salas comerciais ou escritórios. Além do ganho de tempo, pois não é necessário deslocar-se para outro espaço todos os dias. 

Geralmente, as franquias home office se enquadram na categoria de microfranquias por serem de pequeno porte e possíveis de serem instalado na casa dos franqueados. O fator investimento inicial também é mais modesto em relação à outros modelos. Em média, fica na marca de até R$ 90 mil.

Franquias home office: liberdade com controle

Mulher trabalha no lap top no sofá de casa

Operar uma franquia home office segue as mesmas regras do modelo de franchising mesmo trabalhando de casa

 

Para quem quer investir em franquias home office é preciso entender que se tem a liberdade de trabalhar de casa, porém não deixa de ser uma franquia. Logo, há regras a serem seguidas. Muitos empreendedores estão em busca de liberdade financeira, seja trocando uma carreira executiva por uma franquia, seja para ganhar uma renda extra, seja porque quer ter o seu próprio negócio mesmo. Mas é preciso ficar claro que franquias home office também são regidas pelo modelo do franchising. 

 

Desta forma, tem recomendações a serem seguidas de uso da marca e padronizações que tem quer ser seguidos à risca. O empreendedor precisa se dedicar ao negócio seguindo todas as recomendações da franqueadora como participação em programas de capacitação e treinamentos disponibilizados para que franqueados mantenham o padrão de qualidade e processos. 

 

O suporte e acompanhamento por parte do franqueador também continua valendo assim como contrato e as taxas cobradas, que não são regras em todas as franquias, mas podem existir e variam. 

 

Você tem disciplina para trabalhar em casa?

Se engana quem pensa que o modelo de franquias home office é sinônimo de um trabalho reduzido. Você não terá mais a rotina de ir até o escritório, é verdade. Mas você precisa estar ciente que precisa ter disciplina para operar sua franquia.

 

O franqueado não vai ter chefe cobrando, mas isso pode ser um perigo se você não tiver uma rotina produtiva. Alguns empreendedores se esquecem que:

 

  • Flexibilidade de horário não quer dizer acordar a qualquer hora para atender os clientes ou trabalhar em excesso prejudicando sua saúde;

  • Ter mais tempo para família é de fato uma grande vantagem. Mas é necessário estabelecer um horário para isso, de preferência fora do horário comercial;

  • Não dá para trabalhar em qualquer lugar da casa. É importante ter um espaço na casa reservado para trabalhar com uma estrutura mínima;

  • Quando se trabalha em home office não tem essa de “deixar para depois”. Se tornando frequente pode levar à procrastinação e impactar diretamente nos resultados de sua franquia;

  • O planejamento é fundamental. Organização de tarefas, metas, horários são fundamentais. Aposte em fechar o dia com todas as demandas do dia seguinte já planejadas. 

 

Franquias home office na real

Moedas empilhadas num gramado

Franquias home office tem como vantagens o investimento baixo e a economia em custos como deslocamento, entre outros.

Vantagens

Existem modelos de negócios que se adaptam melhor ao modelo de franquia home office, mas não são todos. Isso vai variar de acordo com a natureza do serviços prestado ou produto comercializado. No entanto, uma das principais vantagens deste modelo é uma operação mais enxuta, logo custos operacionais menores. 

 

Comecemos a pensar em pequenos custos como o dinheiro empregado no transporte público ou para a gasolina, por exemplo, já que o trabalho é realizado de casa. Sob o ponto de locação de espaços comerciais, não vai existir a necessidade de alugar um espaço ou comprar um imóvel para a distribuição e armazenamento, dependendo do produto, gerando uma boa economia no final do mês. 

 

Outro ponto considerável que reduz custos é contratação de funcionários, que pode ser diminuído ou até mesmo aniquilado para gerenciar uma franquia home office. Mesmo tendo uma equipe você pode por gerenciar de maneira remota.

Desvantagens

As auditorias de franquia (vistorias que acontecem periodicamente para medir o padrão de qualidade) podem ser feitas mais facilmente pela internet, tanto em contato com os responsáveis pela franquia, como em contato com os consumidores.

 

Mas nem tudo são flores. Alguns modelos de negócios não podem ser adaptados às franquia home office, e precisam de uma vistoria física regularmente como  loja de vendas de carros, por exemplo. 

 

Há produtos que, além de necessitar de espaços com alguns equipamentos específicos, podem perder a qualidade se estiverem em espaços que não possuem lugares para um armazenamento adequado, como a venda de sorvetes, que podem precisar de freezers específicos. 

 

O controle sob os franqueados pode ser mais fácil, no entanto, é mais difícil avaliar exatamente o que está sendo feito, e dependendo do serviço oferecido, pode ser prejudicial para os resultados na franquia. 

 

Modelos de franquias mais favoráveis ao home office 

Existem alguns setores que são mais favoráveis e performam melhor em modelos de franquias home office. São eles: 

  • Setores que trabalham com alimentação (comidas rápidas, venda de alimentos, lanches, etc. com a entrega em delivery);
  • Setores de vendas de roupas (femininas e masculinas);
  • Serviços do marketing digital;
  • Serviços relacionados ao atendimento ao cliente;
  • Vendas de produtos de beleza;
  • Vendas de produtos eletrónicos portáteis. 

 

Estes modelos de franquia home office se adaptam melhor para operar na residência do franqueado de maneira rápida e segura. Considerando também ao tamanho da franquia, as microfranquias são as que podem se adaptar a este regime sem sofrer muitas alterações no resultado para o cliente.

Quando não optar por franquias home office? 

Optar por  franquias home office vai de encontro a realidade particular de cada pessoa que quer entrar no mercado de franchising. E, estando “em casa”, ou não, investir em uma franquia pode ser uma escolha arriscada. Por isso, é importante refletir. 

Se o interesse em investir em franquias home office sem supervisão da franqueadora, esquece! As regras são as mesmas já que você vai utilizar uma marca, ainda que operando em casa. É necessário dar um retorno sobre as estratégias utilizadas por você para medir o desempenho.  O modelo de franquias é um formato padronizado que precisa ser seguido pelo franqueador. O negócio bem definido é um compromisso de franqueador para franqueado. 

 

Presença digital 

Caso não seja do seu interesse investir em internet como vendas online, por exemplo, é melhor não optar por franquias home office.  A padronização do serviço requer um bom investimento nessa área, caso contrário, o seu produto pode não vender tão bem quanto os outros.

Comunicação

Se você deseja escolher franquias home office acreditando que vai ter menos contato possível com o franqueado pode tirar o “cavalo da chuva”. A comunicação entre franqueados é fundamental, e com importância redobrada para empreendedores que trabalham em casa. 

 

Taxas

O pagamento de taxas é um fator importante que você deve considerar ao escolher sua franquia home office, pois mexe diretamente com o seu bolso. Se, por condições financeiras não há como arcar com as taxas embutidas, ainda que esteja em casa, é melhor repensar. Também analise outros custos operacionais necessários. Não é porque a empresa funciona em casa que não tem custo!

 

Ambiente de trabalho

As realidades de cada residência também são fatores importantes. Pais e mães de crianças pequenas talvez encontrem maiores dificuldades para operar franquias home office. E o impacto na produtividade podem refletir no resultado da sua franquia. É importante ter um espaço de trabalho organizado para dar conta de família e também de trabalho. Qual é sua realidade?

 

O padrão de franquias em home office pode ser vantajoso, se estiver de alinhado com suas expectativas, interesses e possibilidades de investimento. Avalie e conclua se o modelo é para você!