Encontre as melhores franquias para o seu perfil

Franquia de quiosques dão dinheiro?

12 de dezembro de 2019

Compartilhe
Franquias de quiosque

Franquias de quiosque movimenta cerca de 2,6 bilhões por ano e é uma ótima oportunidade para quem busca uma operação simples.

 

Sabe quando estamos passeando pelo shopping e nos deparamos com franquias de quiosque de doces, sorvetes, roupas, objetos decorativos, joias e bijuterias, produtos de beleza, entre outros? Pois é, esse modelo de negócio também faz parte do segmento de franquias.

Os quiosques também são boas opções para aqueles que desejam investir em uma marca renomada por menos de R$ 150 mil. O negócio é rentável, mas é preciso tomar os cuidados necessários que já comentamos em outros conteúdos aqui do Portal.

As franquias de quiosque surgiram ainda em meados dos anos de 1990. Mas foi a partir de um movimento pela busca de inovações, por conta da crise econômica, as franquias de quiosque passaram a se multiplicar pelos centros comerciais e shoppings centers e entraram de vez no portfólio de modelos operacionais rentáveis e populares de franquias.

De acordo com a Associação Brasileira de Franchising – ABF, essa modalidade de operação entre as franquias que atuam em território brasileiro, predominam os formatos: loja (90%) e quiosque (7%). Outro estudo ainda realizado pela entidade mostrou que as franquias de quiosque movimentam cerca de R$ 2,6 bilhões por ano no Brasil.

Quiosque – porta de entrada no franchising

Quiosque de shopping

As franquias de quiosque oferecem algumas vantagens perante outros modelos de negócios, pois requerem um investimento menor total para aquisição da franquia, custo operacional mais em conta, não há tantos problemas com obras e o retorno do investimento acontece em menos tempo. Além disso, as franquias de quiosque passam ser a porta de entrada para que o futuro franqueado se prepare para administrar um negócio maior. Uma espécie de test-drive.

 

Confira algumas vantagens e cuidados na hora de investir em franquias de quiosque:

  1. Baixo investimento;
  2. Custo operacional mais enxuto;
  3. Equipe reduzida;
  4. Mais próximo do cliente;
  5. Maior faturamento por m²;
  6. Mobilidade do ponto comercial;
  7. Apesar de ser um investimento menor, haverá custos mensais como qualquer outra empresa;
  8. Procure instalar o seu negócio em corredores onde há grande fluxo de pessoas em shoppings, aeroportos, supermercados;
  9. Assim como é fundamental estar presente em qualquer negócio que abrir, no quiosque o proprietário também precisa participar do dia a dia;

 

Investindo em franquias

Saiba quais são os setores mais promissores para investir em franquias de quiosque:

Alguns segmentos como: Alimentação, Saúde, Beleza e Bem-Estar, Serviços e Outros Negócios, Comunicação, Informática e Eletrônicos, além de Moda e Vestuário, são boas opções para quem deseja investir em franquias de quiosque.

Assim como já era de se esperar, o segmento de Saúde, Beleza e Bem-Estar é um dos que se destacam neste modelo de negócio, pela crescente demanda por serviços voltados à beleza e estética.

Outro destaque fica por conta das franquias do segmento de Comunicação, Informática e Eletrônicos. As assistências técnicas e capas de celular continuam com demandas crescentes de serviços. Afinal, quem não precisa de uma capinha nova para o celular ou uma película para proteger a tela dos aparelhos?

 

Mercado de microfranquias e quiosques

Com opções de investimento baixo que podem variar entre mil reais e R$ 90 mil, as franquias baratas se tornaram uma alternativa de investimento e até mesmo de ocupação para milhares de brasileiros que perderam seus empregos nos últimos anos, por conta da crise econômica que o Brasil atravessou. Além disso, o crescimento desse formato auxiliou também as redes de franquias a seguirem expandindo suas operações.

O levantamento realizado pela Associação Brasileira de Franchising – ABF registrou que houve um crescimento de 8% dos negócios classificados como microfranquias de 2017 para 2018. Enquanto em 2017 havia 545 marcas nessa modalidade, no ano passado elas somavam 589. A maior concentração das microfranquias, onde entram boa parte das franquias de quiosque está entre as redes com 1 a 5 anos e com 6 a 10 anos de atuação no franchising.

Se quiser saber mais sobre como abrir uma franquia de quiosque, não deixe de falar com nossos especialistas.

 

Conheça algumas opções de franquias de quiosque para investir:

 

NYS Collection

Quiosque NYS Collection

Fundada em 1996, a marca é especializada em óculos para variados estilos de vida. A rede está presente em mais de 40 países, com mais de mil pontos de venda. No Brasil, a marca que desembarcou em 2014, já possui 20 unidades. Com investimento inicial total de R$ 68.500, o empreendedor opera em um modelo de quiosque, com mostruários nas três frentes.

 

Maybelline

Quiosque Maybelline

A marca é tradicional, e foi fundada em 1915. O primeiro produto lançado pela franquia de beleza foi uma máscara de cílios, que ainda permanece como o principal item vendido. A partir daí, os demais produtos da franquia de beleza foram se tornando cada vez mais populares nos Estados Unidos, atraindo a atenção de grandes empresas, até que foi comprada pelo grupo L´Oreal em 1996.

No Brasil, o formato de venda de maquiagem no varejo e franquias de beleza, com lojas de marca, conta com uma forte expansão. Atualmente a marca está presente em 90 países em todo o mundo e comercializa seus produtos em diversos pontos de venda.

Conhecer a franquia

Touch

Quiosque Touch

A marca pertence ao Grupo Technos e comercializa relógios e óculos modernos para público de espírito jovem por meio de dois modelos de negócios: loja e franquia de quiosques. No total a rede possui 53 unidades franqueadas, sendo a grande maioria quiosques padrão de 6m².O investimento para adquirir um quiosque franqueado da marca Touch é de aproximadamente R$ 88mil e o prazo médio para retorno desse valor é estimado pela rede entre 12 e 24 meses.

 

Tea shop

Quiosque Tea Shop

Há quase 30 anos no mercado com cerca de 70 lojas na Europa, a franquia de beleza, proporciona aos amantes do chá um alto padrão de atendimento, e tem como meta surpreender os clientes através de uma experiência multissensorial do universo desta bebida milenar. No território brasileiro, o quiosque já está há cinco anos e se tornou referência no mercado de chás gourmet.

Conhecer a franquia

Oh My Dog!

Quiosque Oh My Dog

Criado em junho de 2012, a rede de franquias transformou-se em um dos maiores sucessos no segmento de hot dogs no Brasil. A rede apresenta, além das tradicionais lojas de shopping ou de rua, o modelo de franquias de quiosque.  É uma opção de negócio mais barata, com mix de produtos menor e equipe reduzida para aumentar o lucro do franqueado. O investimento inicial (com taxa de franquia e capital de giro) é a partir de R$95 mil, com prazo de retorno entre 24 e 30 meses, com base num faturamento médio mensal de R$40 mil.

 

Olha o Churros!

Quiosque Olha o churros!

A rede de franquias está pautada na qualidade de produção. A marca atua com franquias de quiosque no modelo “Carrinho” ofertado dentro da faixa de investimento das microfranquias, por R$80 mil. A adaptação da marca para esse modelo de negócio visa adentrar em cidades menores e até shoppings âncora.

 

Fini

Quiosque Fini

Com presença mundial em mais de 80 países, conquistou a posição como uma das principais produtoras de guloseimas da Europa há mais de 40 anos.

Conhecer a franquia

Piticas

Quiosque Piticas

Camisetas e acessórios do universo geek, super-heróis, séries, personagens e bandas de rock, a marca iniciou suas atividades em 2010, com a consolidação no mercado, veio o licenciamento com os maiores players de entretenimento do mundo e, com isso, nos tornamos a maior referência em moda GEEK no Brasil.

Conhecer a franquia

Água de Cheiro

Quiosque Água de Cheiro

Há mais de 40 anos de mercado, a tradicional marca de perfumaria de luxo e cosméticos conta com 200 lojas, em 25 estados, e tem a missão de tornar a beleza acessível aos brasileiros. Em dois formatos: loja e franquias de quiosque oferecem mais de 600 itens de alta qualidade e preços para todos os públicos.

 

The Body Shop

Quiosque The Body Shop

A franquia de beleza é a primeira empresa de beleza a se inspirar e buscar na natureza os ingredientes para produzir produtos naturais, 100% vegetarianos e que não são testados em animais. Essa abordagem foi adotada pela franquia de beleza para fazer negócios utilizando cinco valores primordiais para a marca. Isso foi fundamental nas tomadas de decisões e também para engajar seus consumidores.

Conhecer a franquia

10 cuidados antes de abrir franquias de quiosques
  1. O candidato deve fazer uma autoanálise para entender se tem perfil de ser franqueado. Isso deve levar em conta a questão da possível subordinação a alguém que não será um chefe, mas um parceiro de negócios que detém a marca e o modelo franqueado. As regras e padrões desenvolvidos pela franqueadora precisam ser seguidos para que o negócio alcance o sucesso prometido.
  2. Independentemente de ser franquias de quiosque ou outra, o candidato deve buscar os nichos aos quais têm mais afinidade e interesse. No entanto, ele não pode se interessar apenas como consumidor, pois deverá gostar, também, do processo que envolve o negócio.
  3. Capacitação é essencial. Sempre busque cursos em entidades como Cherto, ABF e Sebrae, ou procure um de nossos consultores para ter mais informações sobre o que é ser um franqueado, quais as oportunidades do nicho de franquias de quiosque e se tem perfil para isso.
  4. Busque informações sobre a franqueadora que está propondo o negócio. Uma das formas de se certificar de que a franquia entrega o que promete é por meio da Circular de Oferta de Franquia (COF) que é entregue dez dias antes da assinatura de qualquer tipo de contrato. No documento, constam todas as informações referentes a franquia, bem como o contato de todos os franqueados e ex-franqueados que deixaram o negócio nos últimos doze meses. O ideal é entrar em contato com o máximo de empreendedores possível para se certificar de que a franquia de quiosques que você escolheu cumpre o que promete.
  5. Cheque no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) se a marca é devidamente registrada. Um dos maiores problemas jurídicos do franchising é investir em marca que não está registrada e pode ser facilmente adotada por outros empresários.
  6. A filiação à Associação Brasileira de Franchising (ABF) pode ser um diferencial, mas não um critério determinante. Quando a rede de franquias de quiosque é associada, ela pode se submeter à análise do Selo de Excelência em Franchising, que busca por informações e levanta a satisfação dos franqueados em tudo que é oferecido pela franqueadora.
  7. Outra coisa importante, e que parte da análise do próprio franqueado, e o tipo de público que será atendido pela franquia. Antes de mirar em uma marca, verifique qual o público-alvo dela e qual é o consumidor médio que terá na sua região de interesse. Por exemplo, não adianta levar produtos e serviços de classe A para consumidores que costumem comprar ou consumir marcas classe C. Isso vale tanto para bairros, quanto para cidades com portes maiores ou menores.
  8. É importante que o candidato faça um estudo e análise criteriosos dos documentos e informações recebidas da empresa de franquias de quiosque, inclusive do plano de negócio apresentado.
  9. A franqueadora deve apresentar ao candidato a Circular de Oferta de Franquia (COF) com todas as informações sobre o modelo de negócios operado. Pela lei de franquias (8955/94) nenhum contrato pode ser assinado antes de dez dias da entrega deste documento. A COF não deve conter apenas informações de marketing da empresa, mas todos os aspectos que envolvem o negócio, inclusive jurídicos.
  10. É importante considerar a contratação de um profissional especializado, de preferência um advogado, para a análise da COF e do contrato de Franquia, e ainda, de outros aspectos que o candidato julgue importante para se tornar um franqueado de empresa de franquias de quiosque.

 

Franquias seguem crescendo, mesmo com crise

A ABF divulgou que o setor de franquias mantém o crescimento. No terceiro trimestre de 2019, o mercado de franquias brasileiro registrou um crescimento nominal de 6,1%, ante o mesmo período de 2018. O faturamento passou de R$ 44,479 bilhões para R$ 47,203 bilhões. Considerando-se os últimos 12 meses, a variação positiva foi de 6,8% (R$ 170,988 bilhões para R$ 182,657 bilhões).

Com uma taxa de crescimento semelhante a registrada no trimestre passado (5,9%) e no mesmo período de 2018 (6,3%), o terceiro trimestre mostra que o franchising está mantendo sua trajetória de crescimento gradual, mesmo em um cenário de inflação baixa e demanda oscilante por parte do consumidor.

O índice de abertura de lojas no terceiro trimestre foi de 4,3%, contra o fechamento de 1,4% das unidades, o que resultou num saldo de 2,9% no período. Com isso, o total de unidades de franquia em operação no País chegou a 160.553.

 

Brasil é um dos maiores do mundo

O setor de franquias no Brasil é extremamente consolidado e a nossa lei inspira outros países a regulamentar a atividade empreendedora por meio do franchising. Em pouco tempo, o Brasil se tornou um dos maiores mercados do mundo, respeitado e recebido pela International Franchise Association (IFA), maior entidade de franquias do mundo, como uma autoridade mundial.

 

Ranking de franquias segundo o WFC

De acordo com o último balanço divulgado pelo Conselho Mundial de Franquias (WFC, da sigla em inglês) o Brasil é o quarto maior mercado de franquias do mundo. No entanto, em número de unidades, é o sexto maior.

Veja na tabela a seguir:

 

Ranking de franquias