Anúncio

PUBLICIDADE

Encontre as melhores franquias para o seu perfil

5 franquias de chocolate para investir e lucrar o ano todo

4 de maio de 2021

Compartilhe
Foto de barra de chocolate quebrada em pedaços

Alguns negócios do mercado de franquias chamam atenção pela fácil aceitação do consumidor e pela alta lucratividade, caso das franquias de chocolate. Inseridas no segmento mais expressivo do franchising (Alimentação), as franquias de chocolate fazem muito sucesso em épocas comemorativas e não deixam a desejar ao longo do ano. 

Apesar de ser um mercado específico, os brasileiros consomem chocolate o ano inteiro, mantendo o setor aquecido sem ser influenciado por sazonalidades. 

Para quem pretende investir no franchising, as franquias de chocolate são uma ótima opção para trabalhar com produtos nacionais e altamente rentáveis.

Franquias de chocolate e o segmento de alimentação: números em alta

O segmento de Alimentação é disparado o mais expressivo do franchising com R$13.077 bilhões de faturamento durante o 4º trimestre de 2020, segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF). 

Ao todo, as franquias brasileiras movimentaram R$53.976 bilhões no ano passado com alta de 22,8%, indicando sinais de recuperação por conta da pandemia. 

Assim como boa parte do mercado, as franquias de chocolate também foram impactadas por conta da Covid-19, mas o setor soube como se adaptar durante a crise. 

Ao invés de depender majoritariamente das vendas em shoppings ou lojas de rua, as empresas do setor firmaram parcerias com supermercados para manter o mercado aquecido, exemplo da Abicab* e da Abras** que promoveram a campanha #VaiTerPáscoa para estimular a compra de chocolates no feriado através da compra de produtos em supermercados. 

* Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Amendoim e Balas 

** Associação Brasileira de Supermercados

Chocolate: indústria lucrativa o ano todo

Caixa com bombons de franquias de chocolate

Mais de 90% dos brasileiros compraram chocolate para consumir em casa, indica pesquisa realizada pelo Instituto Kantar em parceria com a Abicab. Por conta da pandemia, as empresas do setor tiveram que se adaptar às novas demandas, principalmente à necessidade dos consumidores de receber produtos em casa de maneira fácil e rápida. Foto: Unsplash

 

Quem pensa que investir em franquias de chocolate terá lucro apenas na Páscoa ou no Natal está muito enganado. 

Depois do Natal, a Páscoa é a data comemorativa mais celebrada pelo consumidor brasileiro religioso. O chocolate é a escolha de presente para muita gente que busca opções tradicionais e preços mais acessíveis. 

Como a maior parte da produção de chocolate no Brasil é nacional, é possível comprar o produto por preço mais baixos do que chocolates internacionais. O Brasil é um dos maiores produtores de chocolate do mundo e, atualmente, exporta para 130 países. 

Mesmo estando atrás de outros países em termos de consumo de chocolate, mais de 90% dos brasileiros compraram o produto para consumir em casa no ano passado, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Kantar em parceria com a Abicab. 

Mesmo durante a pandemia, o consumo de chocolate fora de casa aumentou 3,1% chegando a 65,9% de participação no mercado nacional. Outro dado importante revelado pela pesquisa é que 55,4% dos brasileiros consomem chocolate, cenário bem animador para quem pretende empreender em franquias de chocolate.

Como as franquias de chocolate podem superar a crise

Estar próximo do consumidor é uma das melhores estratégias para empresas que querem driblar a crise, e as franquias de chocolate só têm a ganhar com canais de vendas modernos e que estejam cada vez mais próximos do público-alvo. 

Investir em plataformas online e sistemas delivery são recursos que não necessitam de alto investimento e oferecem praticidade e eficiência durante a experiência de compra do consumidor. 

Seja qual for o método de venda adotado pelas franquias de chocolate, o bom atendimento deve estar presente em qualquer estratégia. 

Além disso, o Brasil possui vantagens competitivas em relação a outros mercados como a disponibilidade de matérias-primas nacionais (cacau, leite e açúcar) e a presença de grandes indústrias mundiais instaladas no país, favorecendo o crescimento de negócios locais como as franquias de chocolate e outras empresas do setor.

5 franquias de chocolate para investir e lucrar o ano todo

Vários bombons de chocolate com recheio branco

Acompanhar as mudanças de mercado e diversificar canais de venda para melhor atender o consumidor é o grande desafio das empresas do setor de alimentação. Plataformas online, produtos padronizados e serviços de entrega estão entre as principais estratégias de empreendimentos que querem sair na frente durante a crise. Foto: Unsplash

 

Cacau Show 

Investimento inicial: a partir de R$$160 mil 

Taxa de franquia: a partir de R$20 mil

Capital de giro: a partir de R$20 mil 

Faturamento médio: a partir de R$55 mil 

 

Chocolateria Brasileira 

Investimento inicial: a partir de R$215 mil 

 

Chocolates Brasil Cacau 

Investimento inicial: a partir de R$260 mil

 

Fábrica di Chocolate 

Investimento inicial: a partir de R$110.900

 

Kopenhagen 

Investimento inicial: a partir de R$305 mil 

 

Quer investir em franquias de chocolate mas não sabe por onde começar? Clique aqui para receber ajuda especializada e garantir ótimos resultados no mercado de franquias.