Anúncio

PUBLICIDADE

Encontre as melhores franquias para o seu perfil

Franquias de baixo custo: oportunidade para começar a lucrar

5 de janeiro de 2021

Compartilhe
Dois homens apertando as mãos para fechar negócio de franquias de baixo custo

As franquias de baixo custo, classificadas também como microfranquias, são uma excelente oportunidade para quem deseja começar o próprio negócio ou, até mesmo, ter uma renda extra. 

É possível encontrar no mercado modelos de negócio por menos de R$1 mil sendo que o investimento máximo é de até R$90 mil. E mesmo que o valor seja relativamente baixo, as franquias de baixo custo também seguem as normas do franchising.

Ou seja, todas as franqueadoras, independentemente do valor ou tamanho da operação, compartilham todo seu know how, além de fornecer treinamento e suporte ao franqueado para conduzir a operação no dia a dia.

Franquias de sucesso e de baixo custo

A Associação Brasileira de Franchising (ABF) já identificou que no Brasil houve crescimento na venda de unidades de microfranquias, além de redes tradicionais que incluíram esse tipo de modalidade em seu catálogo. 

Mas não é de hoje que as franquias baratas fazem sucesso. Segundo estudo realizado pela ABF em 2018, as microfranquias registraram crescimento de 8% em comparação a 2017.

Franquias de baixo custo são lucrativas?

Homem sorrindo ao falar sobre franquias de baixo custo

Franquias de baixo custo podem faturar mais do que franquias tradicionais, tudo vai depender do empenho e comprometimento do franqueado. Foto: Pixabay

 

Franquias de baixo custo são lucrativas. Inclusive, elas podem obter um faturamento aproximado ao de uma franquia tradicional.

Como podemos tratar franquias de baixo custo como microfranquias, estamos falando de operações de, no máximo, R$90 mil.

As operações tradicionais, por outro lado, custam acima de R$90 mil. 

Agora que você já sabe a diferença entre elas, vamos ao que interessa: algumas franquias de baixo custo crescem, precisam contratar funcionários, atingem um faturamento alto e podem gerar lucros bem acima da média salarial de um funcionário de uma empresa, por exemplo.

Ou seja, apesar de custar bem menos do que as franquias tradicionais, o custo benefício das microfranquias é alto: você investe menos e pode ganhar bem mais do que o valor investido.

Tipos de franquias de baixo custo

De acordo com a ABF, atualmente operam no país 562 redes com modelo de microfranquia, sendo 63% puras e 37% mistas.

As redes puras atuam apenas com essa modalidade de negócio enquanto que as redes mistas oferecem tanto investimento em microfranquia como no modelo tradicional.

Inclusive, as microfranquias possuem alguns formatos distintos disponíveis. Confira:

– Sistema home office (trabalho em casa)

– Venda direta (porta a porta)

– Quiosques

– Pequenas lojas

– Operações móveis, como foodtrucks e bikes

Benefícios ao investir em uma franquia de baixo custo

Celular com gráficos informando sobre franquias de baixo custo

A franqueadora acompanha o franqueado durante todo o processo, desde a compra da unidade até o desenvolvimento da operação. Foto: Pixabay

 

Fora o valor relativamente menor em comparação a outros investimentos – ou a abertura de negócio próprio – a franquia de baixo custo já é consolidada e de qualidade comprovada.

Lembra do “suporte, treinamento e know how” mencionados anteriormente? 

Essas características se baseiam em alguns fatores que respaldam o franqueado a decolar sua unidade mesmo sem ter experiência no segmento de atuação escolhido. 

Se seu sonho é ter uma franquia de alimentação, por exemplo, mas você não tem a menor ideia de como administrar um negócio desse ramo, não se preocupe!

A franqueadora está presente em todas as etapas do processo, desde a assinatura do contrato até durante o funcionamento da operação. 

Ou seja, não existe com o que se preocupar!

Dessa forma, a franqueadora oferece:

– Orientação durante o processo de abertura

– Treinamento com abordagem específica no negócio, área de atuação, vendas, gestão financeira e administrativa, entre outros pontos
– Equipe de marketing e comunicação 

– Parceria com fornecedores (geralmente o preço preestabelecido pela franqueadora é menor do que em negócios que começam do zero)

Negócios de baixo risco

O franchising é comprovadamente um modelo de negócio com menor risco. 

A taxa de mortalidade do setor está em torno de 5%, enquanto em negócios independentes esse número pode ser superior a 30%. 

E o que garante essa “vida longa”, inclusive às franquias de baixo investimento, é todo esse compartilhamento de recursos, estratégias e ações, supervisão, acompanhamento, entre outras características que fazem parte do sistema de franchising.

Microfranquias baratas e lucrativas existem, mas pesquise!

Todos os dias milhares de pessoas pesquisam na internet conteúdos como esses:

– Qual a franquia mais barata?
– Quanto custa a franquia mais barata?
– Qual a microfranquia do momento?
– Franquias até R$5 mil reais

Antes de abrir uma microfranquia ou sair investindo por aí, pesquise as melhores opções, leia todos os detalhes, anote suas dúvidas e entre em contato não só com o franqueador, mas com os franqueados e ex-franqueados também.

Uma dica muito importante é verificar a filiação da franquia junto à ABF. Todas as franquias afiliadas estão disponíveis para consulta no site

Anualmente, a Associação premia as franquias, inclusive microfranquias, com o Selo de Excelência em Franchising. 

Essa honraria é um indicador de excelência dada às marcas por seus próprios franqueados e avalia características como atendimento (aos funcionários, clientes e fornecedores), qualidade do produto ou serviço, entre outros.

Dedicação e competência do franqueado

Como você viu, investir em uma franquia de baixo custo é muito vantajoso.

Contudo, muita gente acha que é preciso apenas aplicar o dinheiro e esperar o retorno do investimento acontecer, mas a verdade é que todo franqueado precisa trabalhar muito, assim como em qualquer outro tipo de negócio.

Os franqueadores mostram o caminho, mas quem irá trilhá-lo é o investidor. Por isso, é preciso muita dedicação ao negócio.

E, claro, organização e disciplina para seguir as normas especificadas pela marca.

Fazer parte de uma rede de franquia significa:

– Trabalhar dentro de padrões estabelecidos pela marca 

– Aceitar sugestões 

– Respeitar as normas e seguir as orientações da franqueadora 

Como foi possível perceber, o franqueado recebe todo suporte para tocar sua franquia de baixo custo e atingir sucesso, mas ele também precisa cooperar com a franqueadora. É uma relação mútua.

Dicas importantes 

Especialistas em franchising sempre indicam investir apenas uma parte da reserva na compra de uma franquia de baixo custo.

Por isso, é fundamental ter uma grana extra como capital de giro para pagar as contas do dia a dia da franquia. 

Quer investir com mais segurança? Clique aqui e converse com quem entende do assunto!