Anúncio

PUBLICIDADE

Encontre as melhores franquias para o seu perfil

Franquia de sorvete: negócio promissor o ano todo

13 de janeiro de 2022

Compartilhe

“Moro num país tropical, abençoado por Deus e bonito por natureza”, já dizia a canção de Jorge Ben Jor. As condições climáticas da maioria das cidades do Brasil – com temperaturas médias e altas – favorecem e aquecem o mercado de franquias de sorvete. 

Com as temperaturas nas alturas, muitas pessoas recorrem a alimentos frios, principalmente sobremesas, para amenizar o calor como sorvetes, açaí, milk shakes, entre outras delícias. Por isso, a franquia de sorvete representa uma boa oportunidade de negócio.

Para quem quer apostar numa franquia de sorvete é importante conhecer o funcionamento. Apesar do sorvete ser uma boa pedida o ano inteiro, é um produto sazonal e entender o negócio vai fazer toda a diferença. 

Neste artigo vamos mostrar informações sobre o mercado de franquias de sorvete e os desafios para quem quer empreender no ramo.

Como funcionam as franquias de sorvete

A franquia é  uma modalidade de negócio considerada uma das mais seguras para quem quer realizar o desejo de ter o seu próprio negócio. 

Os franqueadores – como são chamados os donos das marcas de franquias – fazem a transferência de todo o know-how, modelo de operação e suporte técnico para os franqueados – quem compra a franquia. 

Dessa forma, ao adquirir uma franquia você poderá comercializar produtos e serviços da marca seguindo os processos estabelecidos pela franqueadora.

É importante conhecer mais sobre o funcionamento de franquias e as responsabilidades de ambos os lados: franqueador e franqueado. 

As franquias de sorvete seguem os mesmos padrões. Ao investir, o empreendedor  tem a concessão do uso da marca, comercialização de produtos e apoio na montagem das lojas físicas e quiosques.

Mercado de sorvetes no Brasil

Segundo dados da Abis (Associação Brasileira das Indústrias e do Setor de Sorvetes), o mercado de sorvetes movimentou R$13 bilhões em 2019. 

Ainda de acordo com a associação, o brasileiro consome, em média, 5,5 litros por habitante/ano e ocupa a sexta posição no mundo no ranking de consumo de sorvetes.

A pandemia provocada pela covid-19 mudou os hábitos de consumo de sorvetes e as franquias tiveram que se adaptar. 

As pessoas passaram a consumir mais em potes coletivos e entregues por delivery. 

Dessa forma, as franquias de sorvete tiveram que se reinventar para garantir que os sorvetes cheguem gelados ainda na casa dos clientes. 

Novas embalagens, logística diferenciada e investimento em marketing foram importantes para ajudar a se reinventar nessa crise.

As franquias de sorvete estão no segmento de alimentação.

Como escolher uma franquia de sorvete?

Mulher alegre sorrindo com dois picolés expressando alegria

Picolés e paletas mexicanas estão entre os tipos de sorvetes oferecidos em franquias e que fazem sucesso em dias quentes. Foto: FreePik

 

O mercado de franquias de sorvete oferece diversas opções de marcas, modelos e investimentos. 

Por isso, é fundamental buscar informações sobre histórico, suporte oferecido e tempo de retorno sobre o investimento da franquia de sorvete desejada. 

Outro ponto importante é escolher uma franquia de sorvete que você tenha afinidade e conheça a reputação da marca e o quanto está na “boca do povo”. 

Prepare-se para tocar uma franquia de sorvete, pois é um tipo de negócio que exige dedicação e energia. É fundamental  gostar de contato com o público que nos dias quentes querem se refrescar.

Analise o COF

O ponto de partida para avaliar a franquia de sorvetes pretendida é analisar as informações que constam na Circular de Oferta de Franquia (COF).  

É  um documento que apresenta todas as informações relevantes para a aquisição e operação da franquia de sorvete que está adquirindo.

É obrigação do franqueador disponibilizar para consulta ao possível franqueado ao menos 10 dias antes da assinatura do contrato.

De olho no retorno

A parte do retorno financeiro também é um item fundamental. Busque informações sobre o faturamento médio junto à franqueadora. Assim, você tem uma ideia do desempenho mensal e uma previsão de resultados para a sua franquia. 

Uma dica é  solicitar à rede franqueadora acesso ao Demonstrativo de Resultados do Exercício (DRE). É um documento, uma espécie de relatório, que a própria Lei de Franquias exige que seja apresentado àqueles que têm interesse em abrir uma franquia. 

Claro, que são estimativas e não uma garantia de que todas as franquias terão o mesmo resultado. 

Tudo depende da gestão da franquia de sorvete, a dedicação do empreendedor para seguir o modelo de negócio e as trocas com o suporte oferecido pela franqueadora.

Pesquise e converse com outros franqueados

Tenha no radar do seu levantamento, conversar com outros franqueados para conhecer mais sobre a marca da franquia de sorvete que você pretende investir. 

Outros pontos você também deve considerar:

 

  • A localidade onde vai instalar a franquia de sorvete;

 

  • O tamanho da franquia que pode necessitar de mais funcionários;

 

  • Tempo para se dedicar à gestão da franquia.

 

Escolha dos produtos

Qual tipo de sorvete você vai trabalhar na sua franquia?  

É fundamental avaliar o produto que vai comercializar no momento em que está definindo em qual franquia de sorvete investir.  Selecionamos alguns tipo para que você conheça:

 

  • Sorvete industrial

São os sorvetes de pote que encontramos no mercado. 

Durante a produção, o ar é incorporado, o que faz com que esse tipo de sorvete obtenha textura mais suave e leve.

São adicionados também gordura hidrogenada e outros aditivos e conservantes para manter a cremosidade.

 

  • Sorvete artesanal

Os sorvetes artesanais estão caindo no gosto dos brasileiros, ainda mais para quem se preocupa com uma alimentação mais saudável.

Diferente dos industriais, a produção de sorvetes artesanais usa zero corantes e aromatizantes na sua fabricação.  São utilizados ingredientes naturais e frescos. 

Os sorvetes são vendidos, em geral, por  bola ou quilo e tem fabricação própria.

 

  • Picolés e Paletas Mexicanas 

 

Os picolés e as paletas mexicanas são outras opções para vender numa franquia de sorvete. 

Os nossos picolés brasileiros são mais leves e menores em relação às paletas mexicanas – os picolés para os mexicanos. Porém, elas são maiores e mais pesadas. 

Ambos apresentam uma infinidade de sabores como polpas de fruta e recheados. São práticos de saborear em qualquer lugar.

 

  • Gelato

Os sorvetes italianos (Gelato) são feitos de forma artesanal no estilo italiano de produção. 

Utiliza a gordura do leite no preparo e não leva ingredientes como gordura hidrogenada, corantes, estabilizantes, entre outros. É uma opção saudável. 

 

  • Frozen yogurt

 

O iogurte é a base da produção dos sorvetes do tipo frozen yogurt. Com menos teor de gordura, é uma opção que tem conquistado cada vez mais paladares. 

Diferente dos artesanais, os frozen contém leite, estabilizantes, corantes e outros ingredientes também utilizados na produção dos sorvetes industriais.

Dicas para gestão de franquia de sorvete

Homem serve sorvete de bola na casquinha em quiosque

Fazer um fluxo de caixa anual contribui para uma melhor gestão de franquias de sorvete por se tratar de um produto sazonal. O treinamento de funcionários também é fundamental. Foto: FreePik

 

Por se tratar de um produto sazonal, empreendedores de franquias de sorvete precisam ter cuidado redobrado com a gestão financeira.

No verão, o consumo de sorvetes é bem maior, o que garante mais rentabilidade ao negócio. Por isso, é importante cuidar das finanças para garantir a rentabilidade e fluxo de caixa nos meses de baixo. Faça um planejamento anual para ter previsibilidade. 

Treinar os funcionários da franquia de sorvete é fundamental para um bom atendimento e dar conta do movimento de verão. Aproveite também a temporada de baixa para capacitar ainda mais a equipe. 

O produto carro-chefe é o sorvete, mas uma alternativa para os meses de baixa procura, os períodos mais frios, é diversificar o mix de produtos como oferecer cafés, petit gateau, tortas e outros produtos. Assim, é possível incrementar o caixa.  

Conheça oportunidades de investir no mercado de franquias