Franquia de finalista do MasterChef busca expansão com utensílios de cozinha

19 de fevereiro de 2018

Compartilhe

Mundo Cheff oferece formato compacto de franquias para apaixonados pela culinária; Raul Lemos é sócio da rede. 

O “boom” de programas culinários despertou o interesse de “chefs de fim de semana” e mesmo dos profissionais dedicados à arte da gastronomia. Pensando nas necessidades desse público, quem deseja abrir um negócio próprio encontra a Mundo Cheff como uma opção. Lançada em 2015, a rede de utensílios culinários tem como um dos sócios Raul Lemos, finalista da segunda edição do MasterChef Brasil, e busca a expansão.

Com oito franquias em funcionamento em quatro estados do Brasil, as lojas da Mundo Cheff têm um modelo compacto de cerca de 50 m² e são organizadas de forma a ajudar o franqueado. Seus produtos são distribuídos em “ordem cronológica” de utilização na cozinha – da porta da loja é possível visualizá-la por completo, o que facilita a percepção da falta de algum item. Cada franqueado precisa de apenas um funcionário na operação. “Estamos em busca de pessoas que gostem de cozinhar para família e amigos e que realmente queiram vivenciar o universo da gastronomia”, afirma Rodrigo Chiavenato, sócio-fundador da rede.

Além da venda dos produtos, o franqueado também atende bares e restaurantes parceiros da rede e compartilha as vendas do e-commerce – sempre que é feita uma compra na loja virtual, quem entrega é a unidade mais próxima do pedido, o que acrescenta em média 5% no faturamento. A franqueadora oferece suporte desde a assinatura do pré-contrato até a entrega das chaves e também treinamento. A rede chamou a atenção do chef Raul Lemos, que se uniu à empreitada e compartilha seu conhecimento dos bastidores da cozinha.

Momento de crescimento

A Mundo Cheff surgiu em meio à onda de reality shows culinários e à crise econômica, que incentivou muitas pessoas a começarem a cozinhar em casa. Dentre os cerca de 1.200 itens da loja, que tem 15 fornecedores, há desde churrasqueiras, panelas de cerâmica, afiadores, eletro-portáteis, aventais, frigideiras, facas de titânio, coolers e temperos. “Nossos produtos aliam design, qualidade e funcionalidade”, garante Ronaldo Chiavenato, irmão e sócio de Rodrigo.

Para abrir uma franquia, o investimento começa em R$ 180 mil – sendo que 50% desse valor é em estoque – e o tempo de retorno é de 14 a 24 meses. O faturamento médio é de R$ 40 mil mensais. “Depois de três anos de estruturação e testes, chegamos ao melhor formato possível aos franqueados e estamos prontos para levar essa oportunidade de negócio para todo o Brasil”, declara Rodrigo. A meta é abrir mais 12 unidades até o final do ano.

  Sobre a Mundo Cheff

Franquia de utensílios culinários voltada ao público aspirante à chef de cozinha e para as necessidades do dia a dia. Possui 1.200 itens, entre frigideiras, churrasqueiras, aventais, talheres e outros, com preços desde R$ 2,90 a R$ 1.500. Fundada em 2012 pelos irmãos Rodrigo e Ronaldo Chiavenato, em 2015 tornou-se a primeira franquia do ramo na ABF, apostando em um modelo compacto e lucrativo, com lojas de 50 m² que exigem apenas duas pessoas para administrar.