Anúncio

PUBLICIDADE

Encontre as melhores franquias para o seu perfil

Ex-professor paraense se torna dono da sua própria escola e emprega centenas de pessoas

15 de novembro de 2021

Compartilhe
Felipe Oliveira, ex professor fala sobre empreender em escola

Felipe Oliveira começou a dar aula na adolescência e hoje é responsável pela unidade de Macapá, no Norte do país

 

Qual era sua resposta quando te perguntavam “o que você quer ser quando crescer” na infância? Muitas pessoas seguem, na vida adulta, uma carreira bem distinta de seus desejos infantis, mas há outras que seguem o caminho da carreira dos sonhos desde cedo. Esse é o caso do Felipe Oliveira, o paraense descobriu a vocação para ser professor aos 13 anos e, desde seu primeiro emprego como professor de inglês aos 17, se sente realizado com a docência. Hoje, com 35 anos de idade, além da docência, ele é franqueado da unidade de Macapá da escola de inglês Minds Idiomas.

O empreendedorismo foi um caminho que surgiu ao longo da vida de Felipe e de muitas pessoas da região onde nasceu e foi criado. No último ano, o Norte obteve o maior crescimento na abertura de novos negócios, foram registrados 20,9% empreendimentos a mais do que em 2019, de acordo com os dados divulgados pelo Serasa Experian e pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). As motivações para abrir uma empresa variam bastante, desde a necessidade diante de um quadro de desemprego até o desejo de se tornar o seu próprio chefe. Para o professor, o desejo de se tornar empreendedor veio enquanto estava na faculdade:

“Durante a minha segunda graduação, em Publicidade e Propaganda, decidi que o caminho era empreender. Por mais que um dos maiores desafios do empreendedorismo tenha sido iniciar uma unidade da franquia em um mercado já forte com players tradicionais, realizar sonhos, criar uma cultura de trabalho sólida e ver alunos e funcionários trilhando um caminho de sucesso me motiva a seguir investindo no negócio” , destaca Felipe Oliveira, da Minds Idiomas.

Além do empreendedorismo de maneira geral, o ramo do franchising tem se tornado cada vez mais atrativo para aqueles que desejam embarcar na trajetória de ter o próprio negócio. Em um cenário de recuperação econômica gradual, ainda na pandemia, a Associação Brasileira de Franchising (ABF) reportou que o faturamento do setor teve variação positiva de mais de 48% no segundo trimestre de 2021. “O desejo de trazer para minha cidade uma escola diferente, mas com a certeza de sucesso comercial me incentivou a me tornar um franqueado da Minds, junto com segurança no método, na companhia e certeza de condução firme e atualizada de nossa CEO”, completou Oliveira, que completou cinco anos à frente da Minds Idiomas em Macapá.

“Agora é para sempre” 

Para entrar e, principalmente, permanecer no ramo é preciso persistência e coragem, dois atributos valorizados pelo mercado e pelo próprio Felipe, que nunca pensou em desistir de empreender: “Agora é para sempre! Os últimos 2 anos foram testes de fogo para quem sabe as dificuldades reais de um negócio e como é empreender no Brasil. Quem sobreviveu à Covid, lockdowns de meses, apagão (aqui no Amapá) e se adaptou, é capaz de superar qualquer coisa.”

Ele também diz que se visualiza abrindo sua terceira ou quarta unidade daqui a 5 anos.

Vocação e empreendedorismo andam juntos

“Não deixei de ensinar. Sempre que possível, ainda ministro aulas, porque me faz bem e me sinto realizado. Na docência, busco fazer o inglês algo simples e prazeroso para os alunos. Além disso, a minha experiência como professor influencia completamente minha trajetória profissional, desde o ensino de processos no onboarding de novos funcionários até sanar dúvidas de clientes e alunos diariamente.”

 

Clique aqui, e conheça mais sobre a franquia!