Anúncio

PUBLICIDADE

Encontre as melhores franquias para o seu perfil

Como empreender no Brasil de maneira rápida, eficiente e segura

30 de março de 2021

Compartilhe
Mulher de blusa cinza e máscara branca apontando para informações em uma grande tela de televisão explicando como empreender no Brasil

Empreender no Brasil é uma tarefa tão difícil que muitas vezes parece mais um desafio do que uma realização. Mas apesar de tanta dificuldade, o empreendedorismo segue ganhando força e sendo uma grande alternativa para o brasileiro em momentos de crise que sabe como ninguém encontrar oportunidades quando tudo parece perdido.

Segundo levantamento da Global Entrepreneurship Monitor (GEM), 52 milhões de brasileiros possuíam negócio próprio em 2019, número que só aumentou de lá pra cá, especialmente por conta da pandemia.

Seja por estratégia, necessidade ou para realizar um sonho antigo, cada vez mais pessoas tomam a iniciativa de empreender no Brasil.

Para muitos empreendedores, a vontade de ser dono do próprio negócio é maior do que todos os obstáculos que envolvem abrir uma empresa e dar continuidade ao empreendimento.

Empreender no Brasil atinge patamar histórico em 2020

Mesmo em meio à pandemia, o ano de 2020 foi marcado pela abertura recorde de novas micro empresas: com quase 2 milhões de novos registros, o Brasil alcançou 11,3 milhões de MEIs ativos (maior número desde 2009).

Muito dessa alta se deve à crise causada pelo novo coronavírus e, consequentemente, pelo aumento do desemprego.

Mais de 700 mil empresas fecharam as portas e, atualmente, 14 milhões de pessoas estão desempregadas no Brasil.

Para muitos, a única alternativa para driblar a crise foi arregaçar as mangas e começar o próprio negócio, mas empreender no Brasil vai muito além do que começar o próprio negócio.

Afinal, o que significa empreender no Brasil?

Pessoas conversando sentadas em volta de uma mesa de madeira com o Sol entrando pela janela discutindo sobre empreender no Brasil

Em termos de burocracia, o Brasil é um dos piores países do mundo para abrir uma empresa. O tempo estimado pode ser de até 80 dias enquanto em países como a Nova Zelândia é possível começar o próprio negócio em menos de 24 horas. Foto: Unsplash

 

Para muitas pessoas empreender significa começar o próprio negócio, o que não está errado, mas empreender no Brasil é algo muito mais abrangente do que isso.

Empreender é encontrar necessidades, falhas e oportunidades no mercado e oferecer soluções, algo que vimos muito durante a pandemia.

Por exemplo: restaurantes, bares e lanchonetes passaram a oferecer serviços de delivery primeiro porque não poderiam receber clientes no local, e segundo porque existia demanda para esse tipo de serviço. 

Unir o útil ao agradável é outra característica fundamental para quem quer empreender no Brasil!

Burocracia e tempo elevado para abrir a própria empresa são entraves para empreender no Brasil

Quem decide começar o próprio negócio por aqui precisa ter em mente que o processo não será nada fácil já que estamos falando de um dos países mais burocráticos do mundo quando o assunto é a abertura de novas empresas.

Segundo relatório divulgado em 2017 pelo Doing Business feito com 190 países, o Brasil ocupa a 175ª posição em termos de facilidade para abrir uma empresa, sendo que o processo completo tem 11 etapas e pode demorar cerca de 80 dias para ser finalizado.

Para se ter uma ideia, empreender na Nova Zelândia, o país mais eficiente na abertura de novas empresas, leva apenas meio dia e um único procedimento para realizar o mesmo trabalho, ou seja, ainda temos um longo caminho para percorrer.

Além de ser um processo longo, empreender no Brasil envolve uma série de impostos, autorizações e alvarás que tornam tudo ainda mais difícil. Enquanto isso, o empreendedor vai gastando tempo e dinheiro que na maioria dos casos não pode se dar ao luxo de perder.

Como empreender de maneira rápida, eficiente e segura

Homem de camisa branca e relógio apontando para tablet durante conversa com homem de terno

O mercado de franquias é uma maneira segura e eficiente de começar o próprio negócio. Não é exigido que o empreendedor tenha experiência anterior no segmento escolhido já que a franqueadora é responsável por treinamento e suporte de novos franqueados e funcionários da rede. Foto: Unsplash

 

Se não é possível anular processos burocráticos para empreender no Brasil, tornar essa jornada menos estressante é um dos objetivos do mercado de franquias.

Facilitador da abertura de novas empresas, o franchising oferece diversas vantagens para quem quer ser dono do próprio negócio com segurança, comodidade e acompanhamento especializado.

Como franqueado, o empreendedor tem acesso a todo know how adquirido pela franqueadora ao longo dos anos, suporte constante e treinamento, auxílio jurídico e de comunicação, entre outras comodidades.

Conhecido por suas grandes marcas e operações robustas, o mercado de franquias oferece inúmeras possibilidades de negócio para qualquer perfil investidor, desde os mais experientes até os empreendedores de primeira viagem, é possível trabalhar com lojas físicas, quiosques, sistema delivery e até mesmo administrar a franquia sem sair de casa!

Se empreender no Brasil é um processo longo e muitas vezes inviável, investir no franchising é a chance que o empreendedor encontra de transformar esse processo em algo prático, rápido e bem menos estressante. 

O franchising oferece possibilidades de negócio em onze segmentos diferentes por investimentos iniciais que variam conforme o tamanho da operação. 

Não é necessário ter experiência prévia em administração ou qualquer outro conhecimento em negócios já que a franqueadora cuida de tudo!

Que tal conhecer mais sobre esse mercado cheio de possibilidades? Clique aqui e encontre a unidade que mais tem a ver com seu perfil.