Anúncio

PUBLICIDADE

Encontre as melhores franquias para o seu perfil

Como abrir uma franquia em apenas 3 passos

9 de setembro de 2021

Compartilhe
mulher sorrindo explicando como abrir uma franquia

Quem decide empreender no franchising sabe que esse é um modelo de negócio mais simples e menos burocrático do que negócios tradicionais, mas o que provavelmente muita gente não sabe é que abrir uma franquia é muito mais fácil do que se imagina.

É verdade que a pandemia acelerou a transformação digital das empresas, mas o franchising já oferecia diversas facilidades do mundo digital bem antes da crise chegar. Começar um negócio sem sair de casa e abrir uma franquia de maneira 100% digital são algumas características com ligação direta ao mercado de franquias.

A microfranquia, por exemplo, modelo de negócio com investimento estipulado pela Associação Brasileira de Franchising (ABF) de até R$105 mil, é o carro chefe de muitas marcas e chama atenção dos empreendedores novatos por ser mais flexível e de simples administração. Abrir uma franquia menor e mais barata, caso da microfranquia, permite que o franqueado trabalhe em casa pela modalidade home office, economizando muito mais do que em unidades tradicionais.

Clique aqui para saber mais sobre as microfranquias.

Para quem tem mais capital disponível e pode arcar com as despesas de uma loja física e funcionários, abrir uma franquia tradicional pode ser a realização de um sonho. Nesse caso, o negócio envolve mais etapas e processos e requer mais conhecimentos em gestão.

E aqui entra mais uma característica importante do franchising: é possível abrir uma franquia mesmo sem ter nenhuma experiência no mundo dos negócios! Com o suporte prestado pela franqueadora, o empreendedor não tem dor de cabeça em nenhuma etapa da negociação, algo bem diferente do que começar uma empresa do zero, não é mesmo?

Por isso, muitos empreendedores de primeira viagem encontram no franchising a oportunidade que faltava para começar o próprio negócio: você aprende na prática com a ajuda de especialistas a se tornar um empresário de sucesso!

Como abrir uma franquia em apenas 3 passos

Mulher fazendo anotações em quadro branco

Desde unidades tradicionais até modelos de negócio mais enxutos, o franchising se adequa às necessidades do investidor e cabe no bolso de empreendedores com capital reduzido. Em alguns casos, é possível conciliar a franquia com o trabalho tradicional, garantindo uma renda extra no final do mês. Foto: Unsplash

 

Passo 1

Entre na página da Franchise Store.

São muitas marcas, segmentos de atuação e informações importantes sobre o franchising que você não pode perder.

Uma dica: antes de abrir uma franquia certifique-se se o segmento escolhido tem a ver com seu perfil.

Por mais que a franqueadora esteja presente prestando o suporte necessário ao longo de toda operação, é interessante escolher uma área que você tenha afinidade, até porque estamos falando de um negócio, ou seja, algo que será seu trabalho e que fará parte da sua rotina.

Se você ainda não sabe qual é seu perfil empreendedor, clique aqui e tire suas dúvidas.

Passo 2

Converse com um especialista.

Como mencionamos anteriormente, investir no mercado de franquias é bem diferente do que começar um negócio tradicional do zero. Abrir uma franquia envolve procedimentos e conhecimentos específicos na área, como entender de que maneira funcionam as cobranças que envolvem a unidade.

Taxa de franquia, royalties e capital de giro são termos que fazem parte da rotina do franqueado. Todas as obrigações do franqueado estão previstas na Lei das Franquias, documento que rege as leis do setor e garante o cumprimento dos deveres e obrigações dos envolvidos no negócio.

Por isso, é fundamental conversar com um especialista antes de abrir uma franquia. Para quem quer mais informações sobre a rotina da unidade, é interessante bater um papo com outros franqueados da rede para conhecer o lado de quem vive a rotina diariamente.

Clicando aqui você entende um pouco mais sobre as taxas do franchising e como abrir sua franquia entendendo todas as cobranças da sua unidade.

Passo 3

Homem trabalhando em casa em seu notebook

Quem não conhece o mercado de franquias se surpreende com tantas opções de negócios e modalidades de atuação. São diversas possibilidades que atendem tanto empreendedores mais tradicionais em busca de operações em lojas físicas, até os mais modernos que preferem trabalhar no conforto de casa. Foto: Unsplash

 

É hora de investir!

Depois de conhecer as principais características do mercado de franquias e compreender como o trabalho funciona na prática, é hora de abrir sua unidade!

Não esqueça do investimento necessário para abrir sua franquia e dar continuidade na operação: assim como todo negócio, a franquia também precisa de um tempo até atingir o ponto de equilíbrio, ou seja, quando as contas do empreendimento conseguem pagar sozinhas.

Até lá, é preciso tomar cuidado com o capital de giro e não gastar (em hipótese alguma!) esse dinheiro, pois ele será responsável por manter a unidade funcionando por, geralmente, dois anos. Depois de finalizar as negociações e assinar o contrato você já pode usufruir de todas as vantagens oferecidas pelo franchising!

Quer conhecer mais sobre o mercado de franquias? Clique aqui e fique por dentro das últimas novidades.