Anúncio

PUBLICIDADE

Encontre as melhores franquias para o seu perfil

5 franquias de pet shop para trabalhar com animais. Confira!

27 de maio de 2021

Compartilhe
Mulher dona de uma franquia de pet-shop segurando um cachorro da raça Corgi no colo

Com o terceiro maior faturamento do mercado de produtos pet do mundo, o Brasil oferece inúmeras possibilidades de crescimento para quem quer investir no setor. E é através da franquia de pet shop que muitos empreendedores encontram uma forma de começar o próprio negócio de uma maneira prática e segura.

Tamanha participação pode ser explicada pela forma como os brasileiros enxergam seus bichinhos de estimação: mais do que animais, eles fazem parte da família.

Inclusive, mesmo durante a crise muitas pessoas não abriram mão de dar uma boa qualidade de vida ao seu animalzinho, mantendo gastos com alimentação, saúde e bem-estar do animal. Durante a pandemia, o mercado pet registrou alta de 13,5% em relação a 2019, movimentando mais de R$40 bilhões com produtos e serviços do setor.

Impulsionado pela pandemia, a estimativa do Instituto Pet Brasil era que o comércio eletrônico de produtos pet tenha faturado mais de R$1,6 bilhão no ano passado com destaque para empresas que apostaram nas redes sociais para continuar oferecendo serviços e produtos de qualidade aos bichinhos mesmo durante os períodos de isolamento.

De acordo com a Euromonitor Internacional, a estimativa é que até 2025 o Brasil tenha uma expansão de 42,7% no mercado pet. Para quem gosta de animais e pretende investir na área, não faltam bons motivos para ficar de olho nas franquias de pet shop.

Por que investir em franquias de Pet Shop

Labrador chocolate com a língua de fora

Gostar de animais e ter perfil para investir em franquias de pet shop são coisas completamente diferentes. Como franqueado, o empreendedor vai precisar lidar com a rotina da unidade, atendimento, gestão de funcionários e escolher os melhores profissionais para atender os pets. Foto: Unsplash

 

Acompanhamento durante todas as etapas do negócio

Já pensou nos detalhes que envolvem a rotina das franquias de pet shop?

São muitos produtos para acompanhar e garantir que não faltarão no estoque, e serviços que devem ser entregues com a melhor qualidade possível já que estamos falando da vida de animais que são tudo para seus tutores.

Mas para quem decide investir em uma franquia de pet shop nada disso é problema porque a franqueadora acompanha o franqueado e a unidade de perto desde as primeiras etapas do negócio através de suporte e treinamento.

Tudo para garantir que o empreendedor tenha condições de administrar a unidade, independentemente de sua experiência no mundo dos negócios ou no mercado de produtos pet, como você verá mais adiante.

O empreendedor sabe o quanto vai gastar a curto e longo prazo

Além de prestar suporte e treinamento a todos os franqueados da rede, o mercado de franquias fornece informações completas sobre o valor total da operação, incluindo todas as taxas cobradas pela franqueadora, como taxa de franquia, capital de instalação, capital de giro, etc.

Conhecer o mix de produtos e os serviços oferecidos pela marca escolhida também são outros fatores que influenciam no valor da unidade. Por isso é tão importante conhecer as modalidades oferecidas pela franqueadora e decidir a que mais se enquadra no seu perfil e na sua realidade financeira.

De qualquer forma, investir em uma franquia de pet shop significa saber exatamente para onde vai seu dinheiro, sem correr o risco de se deparar com gastos acima do orçamento ao longo da negociação.

Não é necessário ter experiência na área

Uma das principais características do mercado de franquias é a possibilidade de trabalhar em áreas que você possui pouco ou nenhum conhecimento.

Mesmo para quem nunca imaginou trabalhar com animais, as franquias de pet shop oferecem toda infraestrutura e conhecimentos necessários para fazer com que o franqueado esteja à frente de uma unidade de sucesso. No entanto, é importante ressaltar que gostar de animais e trabalhar com franquias de pet shop são coisas diferentes.

O franqueado pode não ser veterinário, mas precisa ter em mente que se a franquia oferece serviços de saúde será necessário ter um profissional qualificado para realizar o atendimento, ou seja, é fundamental encontrar as pessoas certas para trabalhar na unidade.

Franquias deste segmento necessitam de muita atenção na administração do mix de produtos, serviços oferecidos, estoque e cuidado na contratação de funcionários, desde veterinários até profissionais de estética animal.

Lembre-se que os consumidores levam seus animais em locais de confiança onde os bichinhos são tratados com respeito e carinho. Por isso, é necessário pensar muito bem antes de investir em uma franquia de pet shop: se você não estiver preparado para oferecer o melhor serviço talvez seja melhor pensar em outro segmento!

5 franquias de pet shop para quem quer trabalhar com animais

Várias caixinhas de ração para diferentes raças de cachorro

A franquia de pet shop oferece diversos tipos de produtos e serviços, desde lojas tradicionais que vendem ração, brinquedos e acessórios até farmácias de manipulação especializadas em animais. Foto: Unsplash

 

Animal Place

Investimento inicial: a partir de R$240 mil 

Faturamento médio mensal: R$50 mil 

Retorno do investimento: de 18 a 24 meses 

 

Drogavet

Investimento inicial: a partir de R$250 mil 

 

Mercadão Pet 

Investimento inicial: a partir de R$220 mil 

 

Padaria Pet

Investimento inicial: a partir de R$85 mil 

Retorno do investimento: de 24 a 40 meses 

 

Petland 

Investimento inicial: a partir de R$400 mil


Clique aqui para conhecer mais possibilidades de investimentos em franquias de pet shop.