Ilustração - Blog Franchise Store

Metalúrgico investe em franquia de beleza para fugir da crise

Com o cenário econômico desfavorável e o desemprego crescendo a cada dia no país, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) o número de desempregados chegou a 1,8 milhões até junho de 2015, o metalúrgico Edilson Gomes de 44 anos e seus  02 filhos, Sarah (21) e Paulo (17) foram brasileiros demitidos em março deste ano.

Edilson Gomes trabalhou 22 anos na fábrica da Ford na cidade de Taubaté (SP) juntamente com seus dois filhos, que fazem parte dos aproximadamente 230 funcionários dispensados da indústria automobilística. “Bateu uma insegurança porque não tínhamos mais toda a assistência de um emprego com carteira assinada, sem plano de saúde e sem outros benefícios. A questão era como voltar para o mercado de trabalho?”, completa.

Pensando num plano B, sua filha teve a ideia de investir o dinheiro da rescisão em um negócio próprio e rentável. “Ficamos inseguros em tomar uma decisão dessas, mas pesquisando vimos que o modelo de franquia é  adequado já que está pronto e testado, sendo um investimento seguro em um momento como o que estamos passando”, diz Edilson.

Em julho deste ano, o metalúrgico se tornou franqueado da Sóbrancelhas, rede especializada no embelezamento do olhar, onde oferece serviços como design de sobrancelhas a limpeza de pele. Esta mudança radical, de Operador de Máquinas e Técnico Administrativo da Ford para área de beleza aconteceu com o apoio de sua esposa Cida Galvão que é formada em Estética e já trabalhava em sua própria casa com este segmento, oferecendo serviços de esteticista para mulheres conhecidas.

O investimento total para obter a franquia foi de R$ 140 mil reais, boa parte da rescisão do casal. A unidade fica em Pindamonhangaba, no interior de São Paulo e completando um mês de operação, os novos franqueados já pensam em investir na segunda loja em São José dos Campos. “Empreendemos por uma necessidade e apostamos todas nossas fichas nesta nova fase”, comenta Edilson.

De acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF) o segmento de franquias mesmo com a crise vem crescendo e no primeiro semestre faturou aproximadamente 11,2%. Prova é a rede Sóbrancelhas que em seu balanço semestral registra abertura de 39 novas unidades, totalizando até o momento 74 em operação. A marca soma ainda 130 contratos já fechados para iniciar novas lojas. “A retração econômica que está afetando o país não atinge a rede, que mantém um crescimento acelerado. Estamos inseridos em um mercado que a cada ano tem expansões significativas e também nos preocupamos em oferecer serviços de qualidade com modelos de negócios adaptáveis, o que garante nosso sucesso por todo o Brasil. Apenas em um ano, crescemos 617 %”, conta Luzia Costa, fundadora da Sóbrancelhas.

A empresária ainda afirma que pretende chegar a 130 unidades até o final de 2015 com um faturamento de aproximadamente R$ 3 milhões e 300 franquias nos próximos 3 anos.