Ilustração - Blog Franchise Store

Mestre- Cervejeiro.com inaugura mais sete lojas no Sul, Sudeste e Centro-Oeste ainda neste ano

As cervejas especiais têm conquistado o paladar do brasileiro. Prova disso é a expansão da rede de franquias Mestre-Cervejeiro.com, que já conta com lojas no Paraná (Curitiba, Ponta Grossa, Cascavel e Guarapuava) e em São Paulo (Caraguatatuba, Piracicaba), e que até o final de 2014 abrirá mais sete franquias, sendo cinco em estados em que ainda não está presente –  Mato Grosso, Minas Gerais, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Espírito Santo -, uma em Indaiatuba e na capital paulista.

“Com o plano de expansão, a perspectiva é que o faturamento da rede aumente em 200% e o nosso público consumidor 300%”’, afirma Daniel Wolff, sommelier de cervejas e fundador.

Wolff, que há dez anos atua no mercado, acredita que o crescimento é conseq0uência de uma mudança de comportamento do consumidor, que tem aprimorado o paladar e busca rótulos diferentes e sabores além dos tradicionais. Dados recentes do Ministério da Agricultura confirmam: estima-se que, em 2012, foram produzidos 13,7 bilhões de litros de cervejas especiais e que existam mais de 200 cervejarias dedicadas a esse nicho. “O potencial de crescimento é enorme. Os rótulos artesanais representam apenas 0,1% do total de consumo no Brasil. Só para efeito de comparação, nos EUA esse percentual atinge 17%”, explica o sommelier de cevejas.

A expansão impõe desafios e exige grandes esforços. Para alçar esse vôo no mercado, a Mestre-Cervejeiro.com conta com diversas consultorias, na parte jurídica, branding, arquitetura, inclusive um coach que trabalha em parceria com a marca há mais de um ano. E as novidades não param. “Já são mais de 400 rótulos cadastrados e diariamente são realizadas pesquisas com fornecedores para acrescentar as melhores marcas nacionais e importadas. Mesmo aquelas que ainda não chegaram ao Brasil”, explica Wolff.

Até o fim de 2014, a rede terá 14 lojas espalhas pelas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do Brasil. Vai dobrar a equipe de funcionários e promover treinamentos periódicos para os franqueados. “Abrir uma nova loja é um grande passo, mas é apenas o primeiro. Há ainda a necessidade de uma manutenção constante que vai desde a leitura técnica de desempenho até estratégias de inteligência. Só dessa maneira é possível alinhar o relacionamento da franquia com público e com a própria franqueadora”, explica.

Prova de que as estratégias têm dado certo é que semanalmente a Mestre-Cervejeiro.com recebe 20 pedidos por semana de consulta por parte de pessoas interessadas em fazer parte da rede de franquias.

:::Saiba mais sobre a franquia Mestre-Cervejeiro.com :::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::