Ilustração - Blog Franchise Store

Mercado geek: entenda o potencial das franquias do setor

Associado à cultura nerd e pop de modo geral, o mercado geek envolve quadrinhos, jogos eletrônicos, mangás, ciência, ficção científica, livros, séries e filmes relacionados à tecnologia como um todo. 

Falar de uma pessoa geek gera uma associação praticamente automática a alguém nerd, super inteligente, tímido e com gostos peculiares, certo? Pois esse estereótipo, além de ser preconceituoso, já está ultrapassado e, atualmente, o mundo geek movimenta bilhões por ano porque seu público é muito mais do que um simples consumidor, são fãs fiéis que não abrem mão de gastar para ter exclusividade e acesso diferenciado a esses produtos e serviços.

O mercado geek como oportunidade de negócio

O aumento do interesse nesse mercado se dá justamente por causa do perfil de quem consome a cultura nerd: pessoas com alto poder aquisitivo. 

Para quem tem visão de mercado, investir no universo geek é a oportunidade de lucrar com roupas, acessórios, itens de decoração, itens domésticos, peças de colecionador, brinquedos, jogos de vídeo game, entre muitas outras possibilidades.

São consumidores que gastam (e muito!) com esses produtos, e como mencionamos anteriormente, não estamos falando de simples clientes, mas de fãs apaixonados por tudo que a cultura pop/geek oferece. 

Por isso, investir neste segmento garante alto retorno financeiro, além da fidelização característica desse público que gosta de exclusividade e produtos inéditos – e não liga de pagar caro por isso. 

Mas começar o próprio negócio na área requer muito conhecimento por parte do empreendedor por se tratar de um mercado específico e cheio de obrigatoriedades, como o licenciamento de marca, por exemplo.

Na prática, comercializar uma camiseta do Homem de Ferro ou de qualquer outro personagem não é tão simples quanto parece. 

Sem o licenciamento o empreendedor pode ter sua mercadoria apreendida além de receber uma notificação judicial, resultando em danos financeiros, jurídicos e de reputação de marca que talvez sejam irreversíveis. 

Para tornar essa tarefa muito mais simples, o mercado de franquias aparece como a solução para quem quer investir no universo geek sem precisar passar pela burocracia característica deste segmento.

Por que o mercado de franquias é a melhor opção para investir no mundo geek

Pessoa segurando gibi do X-Men de uma franquia geek

Mais seguro e rentável, o franchising acompanha o franqueado desde a compra da unidade e garante o sucesso da operação a partir de treinamento e suporte. Foto: Unsplash

O licenciamento e outras obrigações legais de quem investe em franquia geek não vão deixar de existir só porque a modalidade de negócio escolhida é o franchising. A diferença é que a responsável por resolver essas questões é a franqueadora, não o empreendedor.

Investir no segmento geek através de franquia significa comprar um modelo de negócio já pronto e executá-lo de acordo com os padrões determinados pela marca. Não existe segredo, a unidade já vem pronta para funcionar! 

Assim como a maioria das operações do franchising, o empreendedor que compra uma franquia geek também não precisa ter experiência anterior em administração. No entanto, gostar desse segmento e entender o comportamento do consumidor pode fazer muita diferença durante a venda. 

O mercado geek é tão popular entre os consumidores brasileiros que a franquia Piticas desde que surgiu se tornou o maior case de sucesso do país neste segmento. Fundada em 2010 pelos irmãos Vinicius e Felipe Rossetti, a Piticas pretendia suprir as demandas do mercado geek brasileiro que carecia desse tipo de serviço na época. 

O que começou com a venda de camisetas licenciadas se tornou a maior franquia geek da área com mais de 450 lojas franqueadas e produção de 15 a 20 mil peças de vestuário por dia. A rede também trabalha com acessórios, itens de decoração, roupas para pets, itens de colecionador, bichos de pelúcia, jogos e tabuleiros, dentre outras opções. 

Quer saber mais sobre as franquias geek? Clique aqui e conheça outras possibilidades de investimentos na área.