Ilustração - Blog Franchise Store

Fundo de Marketing: Como implantar em sua franquia?

No mundo das franquias, o Fundo de Marketing é uma contribuição periódica realizada pelo franqueado para ser usada em propaganda ou ações de Marketing. Não há uma definição para o que pode ser feito com o fundo de Marketing, a lógica é que os recursos devem ser usados em benefício de toda a rede. Ou seja, eles podem custear a contratação de um garoto propaganda, uma campanha de mídia de massa ou o patrocínio a um reality show famoso, por exemplo, mas dificilmente será usado para custear o evento de inauguração de uma loja ou um outdoor em sua esquina.

É preciso definir antecipadamente as bases de cobrança, o valor da contribuição e como a verba será utilizada. O valor cobrado é definido em contrato conforme as regras de cada franquia e pode ser fixo, percentual ou um mistos dos dois. É importante que o planejamento periódico das ações custeadas pelo fundo esteja alinhado com os objetivos de Marketing da marca e que seja claro para todos.

Todo franqueado se beneficia através do fundo de marketing. Ao pagar as taxas de publicidade, o empreendedor estará participando do planejamento estratégico da franquia. Afinal, sua unidade fará parte de campanhas de divulgação dos produtos e serviços da qual faz parte. Trabalhando como operador de uma loja de franquia, você garante a visibilidade da sua loja, pois a iniciativa de divulgação da marca está associada a algo muito maior – uma empresa com muitos outros PDVs. Não esqueça de que os franqueados têm o direito de conferir, no mínimo uma vez por ano, a prestação de contas de cada campanha publicitária realizada pela rede.

Entretanto, a maior vantagem da junção dos fundos de marketing, é para a empresa como um todo. Sua importância existe ao facilitar e canalizar todos os esforços que uma unidade teria de realizar sozinha – não apenas visando a padronização da comunicação da rede, mas também de seus investimentos, que se tornam muito mais administráveis. Reunir os fundos de marketing é ter mais controle sob a marca e poder guiá-la a seus objetivos com mais clareza e certeza.

 

Transparência e diálogo são as chaves para evitar conflitos

A contribuição para o fundo de Marketing não é a receita da empresa franqueadora. Os valores deve ser depositados em uma conta independente. Algumas redes, inclusive, compõe associações sem fins lucrativos para gerir os recursos.

É preciso criar canais de diálogo entre franqueador e franqueados pra sempre alinhar as expectativas em relação ao uso dos recursos do fundo, além de prestar contas dos valores periodicamente. Quanto mais transparência, melhor para ambas as partes.

A relação de confiança se estabelece quando a transparência e o diálogo vem acompanhados de resultados perceptíveis.

Ou seja, não basta prestar contas dos valores usados nas ações patrocinadas pelo fundo de Marketing. O mais importante é medir e divulgar os resultados dessas ações, trazendo-os para a realidade dos seus franqueados e valorizando o que para eles é mais relevante.