Ilustração - Blog Franchise Store

Franquias americanas buscam expansão no Brasil e outros países

Fonte: Valor

Enquanto a recessão continua a dificultar a vida dos empresários nos Estados Unidos, algumas franquias começam a achar investidores e oportunidades de expansão no exterior.

A rede de academias de ginástica para mulheres Curves International Inc. e a rede de lanchonetes Subway divulgaram crescimento internacional na casa dos dois dígitos, especialmente em lugares como Brasil e no centro e leste da Europa. Outros mercados promissores para as franquias são Índia e China, onde começa a emergir uma nova classe média.

Assim como nos períodos de boom, a expansão das franquias muitas vezes é estimulada pela saturação nos EUA. O McDonald’s Corp., pioneiro na expansão das franquias americanas para o resto do mundo, abriu 286 novas unidades fora dos EUA este ano, ante apenas 53 no país. O padrão de crescimento do ano passado também teve o mesmo viés internacional.

A expansão das franquias nos EUA enfraqueceu no último ano por causa da falta de crédito. A maioria das franquias no exterior “não está abrindo as portas com crédito e sim com seus próprios recursos”, diz William Edwards, dono da firma Edwards Global Services Inc., de Irvine, Califórnia, que ajuda as franquias a se estabelecerem internacionalmente.