Ilustração - Blog Franchise Store

Franquia é o Meu Negócio – Casa do Construtor

A Casa do Construtor é a maior rede de aluguel de equipamentos de pequeno porte da América Latina.

Inaugurada em 1993 a Casa do Construtor conta com mais de 200 unidades espalhadas por quase todos os estados brasileiros. Nossa meta é alcançar a marca de 1.000 unidades no país.

Conversamos com o Taciano Weyne. Ele tem duas Franquias Casa do Construtor. Confira abaixo:

– Por que franquia é o seu negócio?

“Sempre busquei ter um negócio próprio. Sou Engenheiro Químico e trabalhei durante mais de 25 anos nas áreas de manufatura (produção, planejamento de materiais, compras, manutenção industrial, segurança e meio ambiente, logística, etc.) e com isto pude construir uma base sólida de recursos e experiências para me lançar a empreender na gestão de um negócio próprio.”

– Quando e por quê foi decidido a escolha por uma franquia e não por uma loja própria?

“A escolha foi no ano de 2008 quando já havia decidido deixar o mundo corporativo e partir para este sonho de tocar o próprio negócio com 100% dedicação. Neste processo envolvi minha esposa, Denise, que é Administradora de Empresas e também buscava retomar suas atividades profissionais. A escolha por franquia foi para evitarmos perdas de tempo e dinheiro para acertar em todos os aspectos do negócio (o que comprar, quanto comprar, sistema informatizado, aspectos fiscais e tributários, estabelecimento de marca, treinamento e gestão de pessoal, definição do ponto, etc.). Ou seja, preferimos partir para experiência bem sucedida e assim focarmos no desenvolvimento e crescimento da empresa.”

– Como foi o processo de escolha da Marca?

“Fizemos a avaliação de diferentes ramos (alimentício, vestuário, serviços) que Denise tivesse afinidade para que houvesse a motivação para embarcarmos na jornada. Neste processo de pesquisa avaliamos várias marcas em seus respectivos segmentos. Logo que apresentei a Denise o ramos de negócios na área de locação de equipamentos para construção civil, de imediato ela se interessou e assim fomos explorar em mais detalhes a marca e potencial deste segmento em nossa região escolhida. Fizemos então o contato com a franqueadora que nos apresentou toda a estrutura de suporte e forneceu mais detalhes a respeito de investimento, lucratividade, riscos do negócio, etc.. Seguimos a recomendação de realizar uma avaliação do mercado em nossa região, observando concorrentes e potencial de crescimento neste mercado. Com tudo isto bem estabelecido, tivemos a segurança de partir para a franquia em nossa região.”

– A implementação do negócio foi tranquila?

“Sim, não houveram dificuldades além das já indicadas pela franqueadora que nos entregou farto material para a implementação, aspectos de administração, território para atuação e uso da marca. Além disto fizemos todo o programa de capacitação como franqueados e também da equipe que foi contratada.”

– Quando você percebeu que estava satisfeito e feliz com a sua franquia?

“Desde o início sempre tive muita satisfação em integrar a rede. Isso tornou bem mais tranquilo os primeiros meses onde surgem bastante incertezas, temores e dificuldades que todo negócio possui. É muito gratificante ter formado uma rede de amigos, os demais franqueados e equipe da franqueadora, que possuem diferentes bases de conhecimento e experiências.”

– Pensa em abrir mais franquias (do mesmo ou de outro Grupo)?

“Já possuo duas unidades da rede e pretendo sim abrir novas unidades da mesma rede. Não considero partir para diversificar em outro segmento.” 

Hoje a Casa do Construtor é uma rede com mais de 200 unidades, diversos prêmios conquistados e cada vez mais atraente para locadores independentes que desejam se unir a essa rede pioneira no aluguel de equipamentos de pequeno porte para a construção civil.