Ilustração - Blog Franchise Store

Em ano de incertezas, Franchising aposta no interior

Por Juliana Fernandes

                                                      Foto por Studio F

Mesmo em um ano complexo para a economia brasileira, a ABF Franchising Expo continua com a posição de maior feira de negócios em franquias do mundo. Por sua extensão, o Brasil tem regiões em pleno desenvolvimento e que anseiam em receber as marcas já consolidadas no mercado.

Segundo Cristina Franco, presidente da Associação Brasileira de Frachising (ABF), o interior é o principal foco das redes que estão em processo de expansão. Segundo a presidente, a saturação das capitais e a presença de indústrias nas cidades distantes destes centros urbanos atraem empresas que buscam conquistar novos territórios. Em geral, as marcas que migram para estas novas regiões  são voltadas para os públicos de classe C e D.

“Interiorização é um dos pilares estratégicos do franchising brasileiro”, afirma Cristina. Cidades do Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Nordeste e Mato Grosso são o foco de marcas que estão neste processo se expansão. O interior de São Paulo já vem passando por este crescimento há tempos. “O público destas cidades menores quer ter acesso às mesmas marcas que são consumidas pelas capitais”, completa a presidente.

O crescimento de rede de shopping centers nestas regiões também é um atrativo para a chegada destas marcas. As principais cidades do interior já contam uma rede de shoppings comparável a de algumas capitais.

Mercado atrativo 

O mercado brasileiro continua atraindo muitas marcas internacionais. Atualmente, 204 redes estrangeiras atuam país – o que compõe 7% no mercado de franquias. “Brasil, no franchising, é tendência”, disse Cristina na abertura da 23ª edição da ABF Franchising Expo, a respeito da visão estrangeira em nosso mercado, que hoje é o 4º maior do mundo em franquias. A previsão é de que mais 30 franqueadoras internacionais se instalem aqui até 2015.

Entre as redes brasileiras, 124 delas já atuam em outros países. Estas marcas estão ganhando espaço principalmente em países da África e da Ásia, além de já ter conquistado espaço no mercado Latino Americano.

Um desafio que o franchising brasileiro enfrenta neste ano é o evento da Copa Mundial da FIFA. O mês de junho é uma incógnita para o desenvolvimento de diversos setores. Segundo a ABF, alimentação e vestuário serão beneficiados com o aumento do fluxo de pessoas, mas outros provavelmente sofrerão uma queda em suas vendas.

Apesar da turbulência econômica e um evento que promete mexer com o mercado, o franchising no Brasil ainda vive um momento oportuno, e por sua imensidão, ainda há muito espaço para as redes de franquia conquistarem cada vez mais espaço e público consumidor.