Ilustração - Blog Franchise Store

É possível encontrar uma franquia novata que já tenha uma marca reconhecida pelo público?

*Por Filomena Garcia

Ao pesquisar as franquias disponíveis no mercado, muitos empreendedores só querem saber das novidades – e isso é algo que o Franchising nacional tem de sobra, já que cerca de 200 novas redes surgem a cada ano. Porém, embora procurem modelos inovadores, alguns investidores se sentem um pouco inseguros em comprar uma franquia que acaba de ser lançada e tem uma marca ainda desconhecida pelo público.

O que muitos não sabem é que é possível encontrar franquias que tragam os dois benefícios: elas representam uma novidade no mercado e, ao mesmo tempo, têm uma marca renomada. Normalmente isso ocorre com indústrias que atuam há muito tempo no mercado e só agora resolvem avançar para o varejo e crescer com franquias.

Nos últimos anos, muitas empresas percorreram esse caminho. A fabricante de eletrodomésticos Brastemp , por exemplo, criou recentemente uma rede de locação de purificadores de água. A Bauducco, por sua vez, formatou uma rede de cafeterias que têm como estrela do cardápio o seu famoso panetone – que é vendido em fatias nas lojas e servido quentinho.

Ao avançarem para o varejo com franquias, as indústrias pretendem criar um canal de venda exclusivo para se aproximar do consumidor. Para quem pretende abrir uma franquia, essa tendência pode ser uma boa oportunidade de representar uma marca conhecida e aprovada pelos clientes, vender produtos de qualidade e ter o suporte de uma indústria forte.

Outra grande vantagem é também contar com uma estrutura de uma empresa que já tem um histórico de sucesso em seu setor. Esta empresa tende a estar mais capitalizada, além de ser reconhecida pelos consumidores.

O empreendedor que decidir investir numa franquia de marcas com essas características poderá aproveitar todo seu know-how e ainda crescer junto com a nova rede. E ainda terá a vantagem de escolher as melhores praças e adquirir mais unidades à medida que recupera o investimento inicial.

Ou seja, se o empreendedor procura uma novidade e sonha em ter mais de uma loja franqueada no futuro, investir numa marca que acaba de aderir ao modelo de franchising pode ser uma boa estratégia.

A única desvantagem para o franqueado de uma franquia que veio da indústria pode ser a competição com outros canais de venda que comercializam o mesmo produto. Para evitar problemas, é recomendável atenção aos contratos. Além disso, é importantíssimo conhecer melhor o histórico da empresa e as pessoas envolvidas no projeto de franquia.

*Filomena Garcia é sócia-conselheira da Cherto Consultoria e membro do Conselho de Ética da Associação Brasileira de Franchising (ABF). Publicitária com MBA pela Universidade de São Paulo (USP) e pela Universidade de Nashville-EUA e especializada em Varejo pela FGV-SP. Coautora dos livros “Franchising – Uma Estratégia para a Expansão de Negócios” e “Marketing para Franquias”.