Ilustração - Blog Franchise Store

Domino’s Pizza quer expandir para a Zona Norte do RJ e Baixada Fluminense

Maior rede de entregas de pizzas do mundo, com 12 mil lojas em 80 países, a Domino´s Pizza participa pela quinta vez da ABF Expo Franchising Rio 2015 apostando forte na expansão no estado do Rio de Janeiro. O foco do crescimento da marca no Rio está na Zona Norte da capital e na Baixada Fluminense.

Mesmo diante do cenário de crise econômica que atingiu em cheio o varejo nacional, os negócios da Domino´s Pizza no Brasil não foram afetados. Ao contrário, a rede – controlada pelo Grupo Trigo – comemora números recordes de crescimento em vendas, faturamento e número de lojas.

Só nos últimos três anos, a rede vem crescendo acima de 10% ao ano em suas vendas (considerando a mesma base de lojas). No primeiro semestre de 2015, mantém o crescimento de dois dígitos em vendas e crescimento positivo também em número de pedidos. Considerando as novas lojas, o crescimento chega a 51% de 2015 para 2014 no primeiro semestre.

Para o gestor da Domino´s Pizza Brasil, Edwin Jr., “Estamos lucrando na crise porque temos uma marca internacional sólida, porque com a redução de gastos muitas famílias optam pelo delivery  e porque atingimos com grande sucesso a classe C”, avalia. Segundo ele, o modelo de loja de rua com salão ganhou força nesse cenário e a Domino´s virou opção de fast casual para refeições em família, grupos de amigos, além do tradicional delivery que é o DNA da marca.

FOCO no ECOMMERCE

Com 126 unidades abertas no Brasil, a Domino’s Pizza parte agora para a conquista do ecommerce. A marca lançou recentemente um aplicativo para pedidos em celular nos sistemas IOS e Android. O aplicativo permite personalizar a pizza com a escolha dos ingredientes, serviço já disponível nos pedidos via site. Os gestores esperam que o tíquete médio para pedidos on line seja 20% maior do que nos pedidos via telefone ou no balcão.

O site exclusivo para entregas já conta com 70 lojas cadastradas em cidades como Rio de Janeiro, Nova Iguaçu, Volta Redonda, Curitiba, Vila Velha e Campina Grande e a expectativa é que se torne o maior veículo de vendas. O site também informa ao internauta a previsão de tempo para cada entrega.  Hoje, 78% dos pedidos via telefone no país chegam em até 30 minutos, um dos grandes diferenciais da marca frente à concorrência. A previsão é fechar o ano com 75% das unidades de rua conectadas e investimento de R$500 mil para os próximos três anos.