Ilustração - Blog Franchise Store

Desemprego impulsiona busca de investimento em franquias

A realidade é cruel: hoje no Brasil, o desemprego tem sido uma ferramenta decisiva para a mudança no cenário empresarial do país. E o mercado de franquias pode apresentar oportunidades nesse cenário. 

 

O desemprego no Brasil provoca números assustadores. No último ano, o Brasil perdeu 178 mil empregos com carteira assinada. E fechou 2017 com mais de 12 milhões de pessoas desempregadas. 2018 tem previsões mais preocupantes.

Mesmo com a economia em cenário de desespero, a capacidade de adaptação dos brasileiros surpreende. As pessoas ainda se mostram dispostas em procurar novas maneiras de lucro. Com isso, a alta do desemprego criou novos empreendedores que enxergaram no setor de franquias a oportunidade de retomada na sua vida financeira.

Segundo dados da Associação Brasileira de Franchising, muitas pessoas que participaram dos programas de missões voluntárias encontraram no mercado de franquias uma oportunidade para ter seu próprio negócio. De acordo com Altino Cristofolett Junior, presidente da ABF, as pessoas que desejam investir em uma franquia possuem perfil empreendedor e estão antenadas sobre o mercado e sobre as características do negócio que almejam. Características primordiais de quem pretende entrar no setor. Altino também ressalta que ano passado notou-se um número significativo de empreendedores com interesse em expandir, que abriram mais unidades, chegaram a outras regiões e gerou mais empregos.

O setor de franquias no ano de 2017 teve um crescimento de 8% no faturamento e em 2018 as previsões é de que cresça ainda mais com um aumento entre 9% e 10% no faturamento. Mesmo com os dados positivos, o setor de franquias registrou uma pequena parcela na criação de novos empregos, apenas 1%. Em 2018, a ABF prevê uma melhoria nesses dados, com um aumento de 3%.

Investir em franquias tem seus riscos, como qualquer outro empreendimento, mas se destaca como um mercado consistente, que mesmo com o cenário econômico não parou de crescer e se mostra promissor tanto para quem deseja abrir um novo negócio, quanto para quem já tem um e deseja expandir.

 

CONFIRA TAMBÉM:  Setor de franquias gerou mais de 1 milhão vagas em 2018