Ilustração - Blog Franchise Store

Venda de cursos, de rede de idioma, cresceu 30% graças a implantação de E-commerce na Black Friday

O e-commerce está entre as modalidades mais usadas pelos brasileiros. Essa tendência cresceu, também, no mundo educacional. Cursos de idiomas e/ou cursos livres podem ser feitos de forma remota 100%, e/ou de forma híbrida. De acordo com o estudo da Ebit/Nielsen, o e-commerce no Brasil bateu recorde e atingiu R $53 bilhões no 1º semestre de 2021. Reflexo, também, dos nossos consumos virtuais decorrentes dos momentos duros da pandemia que exigiu o isolamento.

Uma pesquisa feita pela empresa Conversion, especialista em dados, mostrou que os sites e lojas online são a preferência de 56,98% dos brasileiros  e os aplicativos são o meio de compra pretendido por 14,81% dos consumidores. Pensando neste cenário, na Black Friday, a Minds Idiomas, rede com 14 anos de história no país lançou a sua plataforma de e-commerce. Totalmente adaptada para o mobile. Para se ter ideia do hábito de consumo do brasileiro: as compras realizadas por celulares representam mais da metade do faturamento total do e-commerce no Brasil. No 1º semestre de 2021, as vendas atingiram R $28,2 bilhões, crescimento de 28,4% comparado a 2020.

Além da compra ser feita pelo celular, outro dado interessante da pesquisa da Conversion é a aquisição do produto e/ou serviço, pelo brasileiro, atrelado a credibilidade da marca. O fator “ter selos de segurança” ocupa o terceiro lugar dos requisitos mais levados em conta ao decidir no momento da compra, ficando atrás somente do preço e da relevância da marca. Isso é um ponto positivo para Minds Idiomas que já sustenta 10 selos da ABF (Associação Brasileira do Franchising), além de premiações ligadas a Pequenas Empresas Grandes Negócios, e 14 anos no franchising.

A Minds Idiomas, que conta com mais de 70 escolas de inglês espalhadas pelo Brasil, avaliou a segurança e os interesses da franquia e dos clientes para implantar o piloto do seu e-commerce na Black Friday. “Tudo foi pensado para não impactar a estrutura da rede e aumentar as vendas de forma consciente. Dessa forma, tivemos a plena certeza de que quando o projeto rodasse no Brasil,  já tivéssemos métricas comprovadas. Além disso, já teríamos a segurança que o sistema comportaria muitos usuários e que seria bem aceito por todos os franqueados”, comemora Leiza Oliveira, CEO da Minds Idiomas, rede com 10 selos de excelência da ABF e reconhecimento de instituições como a PEGN e ABEMD.

A rede faturou 30% a mais do que a Black Friday de 2020, e conseguiu alcançar o patamar de matrículas efetuadas em Janeiro, mês que o brasileiro busca as suas metas de carreira/estudo com mais afinco. Em 23 dias de Black Friday, a Minds Idiomas apresentou o melhor resultado de matrícula desde o início da pandemia.

Pandemia fechou escolas: como chegar ao consumidor?

Nos últimos cinco anos, a busca por Escolas de Idiomas cresceu 400%, segundo o Google. 180% das buscas pelos cursos de idiomas são focadas na certificação do curso de inglês.  Com o home office e as empresas cada vez mais internacionais, a população brasileira sentiu na pele a falta do idioma.

O e-commerce veio como uma alternativa para ampliar as oportunidades de trabalho para esses jovens e adultos. Afinal, a um clique e de forma facilitada (pagamentos, modalidade de incluir um módulo por vez, e outras vantagens) é possível se matricular e já ter a sua primeira aula no novo idioma.

O brasileiro consegue aprender a se comunicar, escrever e participar de entrevistas de emprego em até um ano e meio (Ver o curso Flex de 18 meses nas opções do e-commerce) para ter maior vivência com o idioma (Clique AQUI e saiba mais). Para acessar o E-commerce da Minds, clique AQUI!

Para saber mais sobre a franquia Minds, acesse aqui!