Ilustração - Blog Franchise Store

Crowdfunding: o que é e como sua empresa pode utilizar essa estratégia

Crowdfunding é uma estratégia de captação de recursos para empresas, projetos e qualquer outro tipo de iniciativa que não conta com o investimento necessário para colocar a operação em prática.

O termo se popularizou e hoje o crowdfunding também é conhecido como financiamento coletivo ou até mesmo como “vaquinha” virtual.

Apesar de parecer simples, essa estratégia de negócios está crescendo e se operacionalizando, ficando cada vez mais complexa e, em alguns casos, servindo como principal aporte em diversas iniciativas.

Qualquer tipo de negócio pode se beneficiar do crowdfunding e isso também vale para o mercado de franquias. Quer saber como? Continue com a gente para entender melhor sobre o financiamento coletivo.

Crowdfunding e o franchising

Muitos negócios têm usado o crowdfunding como principal estratégia de financiamento, e com o mercado de franquias não é diferente.

Seja para transformar uma empresa em franquia ou para começar uma franqueadora do zero, o crowdfunding tem chamado a atenção de muitos empreendedores.

Inclusive, o financiamento coletivo tem sido uma ótima alternativa para driblar a crise.

Por si só, o franchising já oferece ao investidor riscos baixos: é que o mercado de franquias possui uma estrutura completa em termos de padronização que devem ser seguidos em todas as unidades.

Assim, é possível prever resultados e até mesmo eventuais problemas já que a própria franqueadora testou e comprovou seu modelo de negócio.

Nesse sentido, o crowdfunding aparece como uma ótima ferramenta para introduzir novos empreendedores no franchising de uma maneira simples, rápida e transparente.

Como começar uma campanha de crowdfunding

Pessoas em volta da mesa durante reunião

Mesmo se tratando de um financiamento coletivo, o planejamento deve ser prioridade em campanhas de crowdfunding. Definir metas reais e mostrar os resultados das doações são outros pontos que devem estar presentes. Foto: Unsplash

 

Apesar de ser uma maneira alternativa de arrecadar fundos, iniciar uma campanha de crowdfunding não é tão simples quanto parece.

Se você está pensando em desenvolver um projeto com financiamento coletivo, dá uma olhada nessas dicas:

1) Planejamento

Não é porque o projeto será financiado à base de doações que você não precisa de planejamento.

Pelo contrário, é no crowdfunding que o planejamento se faz mais importante, até porque se tudo vai depender de doações, sem elas o projeto não sai do papel!

Por isso, antes de iniciar as arrecadações é importante ter um planejamento bem definido e organizado para que tudo saia conforme você está esperando.

É claro que imprevistos podem acontecer, mas é importante ter tudo muito bem alinhado para que sua campanha de crowdfunding seja bem sucedida.

2) Metas

Tenha em mente que estamos falando de uma espécie de “vaquinha”, ou seja, as pessoas não são obrigadas a doar para seu projeto.

Cada um doa o que pode e se a iniciativa depender 100% do crowdfunding então é fundamental elaborar metas reais ao invés de objetivos que estejam um pouco fora da realidade. Pés no chão!

3) Foco na arrecadação

O principal foco do crowdfunding é a arrecadação, isto é, as doações que a iniciativa vai receber.

Falar de crowdfunding hoje é priorizar meios de pagamentos digitais, fáceis e rápidos, que estejam à disposição do “cliente” onde e quando ele preferir. É interessante que as pessoas consigam fazer doações por diversos canais e a partir de diferentes valores.

Assim, todas as plataformas de comunicação do projeto precisam ter um link direto para efetuar a doação. Se o crowdfunding depende da participação do outro, não faz sentido tornar esse caminho difícil, não é mesmo?

Além disso, outra característica do crowdfunding é justamente desenvolver uma alternativa democrática onde as pessoas ajudam com a quantia que podem.

Algumas campanhas de financiamento coletivo possuem um “lance” mínimo, mas optar por esse tipo de recurso depende muito do segmento do projeto e de seu público-alvo.

Por isso, fique atento às pessoas que você pretende atrair para seu crowdfunding!

4) Resultados

Pessoa olhando planilha em tablet

Com chances reais de crescimento e risco reduzido, o mercado de franquias se tornou um grande adepto do crowdfunding. Seja para começar uma franqueadora do zero ou para transformar um negócio já existente em franquia, o financiamento coletivo oferece muitas vantagens ao empreendedor. Foto: Unsplash

 

Compartilhar os resultados do crowdfunding publicamente é outra característica legal do financiamento coletivo.

Nem todo mundo faz isso, mas essa simples atitude mostra seu comprometimento com a causa, com a transparência e com as doações de pessoas que você talvez nem conheça.

Além disso, não serve apenas para atrair doadores para sua causa, mas também para fazer com que eles fiquem ao longo de toda jornada do negócio.

A maioria dos projetos de crowdfunding continuam seguindo essa lógica de arrecadação, então não faz sentido desenvolver o interesse das pessoas uma única vez. Lembre-se: esses doadores também podem ser seus clientes.

Agora que você já conhece mais detalhes sobre crowdfunding ficou mais fácil de implementar essa estratégia na sua empresa! 

Clique aqui e fique por dentro das últimas novidades do mercado de franquias e do mundo dos negócios.