Ilustração - Blog Franchise Store

Como ser máster-franqueado de uma marca internacional

Um máster-franqueado possui as mesmas atribuições do franqueador, só que em outra localidade.

 

Através de um bom estudo de mercado e muito trabalho, é possível implantar uma máster-franquia internacional no Brasil. Hoje no Brasil, podemos ver diversas franquias internacionais renomadas no mercado: Pizza Hut, Subway, Starbucks, Havanna Café, etc. Empreender com um nome dessa grandeza pode parecer bem distante quando se fala de investimento, porém existem oportunidades que exigem investimentos menores. Muitas empresas hoje olham o mercado brasileiro como um mar de possibilidades, cabe ao investidor analisá-las e buscar ajuda profissional para avaliar os setores mais adequados ao seu perfil e à localidade que deseja atuar.

O Máster-franqueado será capacitado para a transmissão do know-how do sistema e terá a responsabilidade das operações, implantações e comercializações locais, com o direito de subfranquear, ou seja, ceder franquias a outros investidores, que se tornarão franqueados. Trazer uma marca internacional ao Brasil traz vantagens econômicas, porque desenvolverá a bandeira no país em parceria com a franqueadora, que procura um empresário local porque é ele que conhece tal mercado. O investidor máster precisa possuir alguma experiência empresarial, pois ele auxiliar na adaptação da marca aos parâmetros culturais, contratuais e fiscais do Brasil.

Deve ser feito um estudo financeiro com especificações locais, para verificar a viabilidade das unidades franqueados e do máster-franqueado, adequando, principalmente, tributos e taxas locais. Esta simulação é importantíssima para avaliar se existe a necessidade de realizar qualquer adaptação ou desenvolvimento de fornecedores. Muitas vezes, uma importação de produto será muito mais onerosa do que o desenvolvimento de um fornecedor local com a mesma qualidade ou muito parecida com a da franqueadora. Após esta simulação, devem ser verificados os ajustes contratuais e determinado o plano de expansão da marca no Brasil.

Há, principalmente, franqueadoras norte-americanas, sul-americanas, europeias e canadenses com grande interesse no Brasil. Marcas conhecidas dos brasileiros e outras que não fazem parte de nossas vidas, mas que oferecem produtos e serviços muito interessantes, podem se tornar bons negócios. Visitar feiras internacionais e entrar em contato com entidades ligadas ao Franchising pode ser um bom começo para quem busca ser máster-franqueado.

 

Fonte: Administradores