Ilustração - Blog Franchise Store

Como se preparar para a Feira da ABF?

O evento é uma vitrine para marcas nacionais e estrangeiras, que expõem suas franquias. Interessados em um novo negócio podem encontrar empreendimentos de diversos segmentos, desde alimentação, educação e esporte, até saúde, beleza e serviços de mobile marketing.

Antes de ir à feira, responda algumas perguntas:

  • Quais são seus interesses?
  • Qual é seu histórico profissional?
  • De quanto dinheiro você dispõe para investir?

Com essas informações, você já sai de casa com um filtro básico e não vai perder o foco.

Se tiver alguma dúvida, você pode se cadastrar para uma assessoria gratuita da Franchise Store: https://franquia.com.br/assessoria-gratuita/

Veja aqui o mapa da feira e confira quais são as marcas participantes: http://www.abfexpo.com.br/sobre-a-abf-expo/planta-da-feira-2

Depois que você selecionar as marcas que quer conhecer melhor, vá ao stand e aproveite para conhecer a equipe da franqueadora. Muitas vezes, os próprios franqueadores estarão no stand. Será uma boa oportunidade para entender melhor o perfil da empresa e a forma como ela aborda os novos franqueados

Só depois de visitar as marcas de seu interesse, passeie pela feira com os olhos abertos. Conheça novos modelos de negócio, compare os atendimentos e traga mais informação para casa.

Atenção: A feira deve servir para aprofundar sua pesquisa, e não para te deixar mais confuso. Por isso, não perca o foco.

Veja abaixo quatro passos que todo empreendedor deve fazer, segundo Altino Cristofoletti, vice-presidente da ABF.

1. Existem muitos segmentos em que o empreendedor pode abrir uma franquia. Por isso, é preciso que ele escolha o setor em que pretende investir antes de ir à feira. “Caso contrário, ele se sentirá perdido no evento”.

2. Depois que o empreendedor escolhe o segmento em que quer investir, Cristofoletti aconselha que ele faça um pequeno plano de negócios. “A pessoa interessada em abrir uma franquia deve levantar quanto capital tem para investir no negócio. Durante o cálculo, é muito importante que ela tenha em mente os recursos que precisa para sustentar sua família e já escolha itens que poderá abrir mão, se for necessário”.

3. Antes de começar um novo negócio, é preciso que o empreendedor envolva sua família na empresa para que todos estejam cientes dos desafios que virão.

O empreendedor precisa estar cercado de pessoas que torçam pelo sucesso da empresa e ajudem quando for necessário. “É preciso transformar o sucesso do negócio em um desejo coletivo”.

4. O empreendedor que não sabe como funciona o sistema de franquias no Brasil precisa pesquisar sobre a área antes de ir para o evento.

Veja abaixo quatro passos para quem busca financiamento de franquias, segundo Marcelo Cherto, presidente do Grupo Cherto.

1. Na hora de fazer a viabilidade financeira da franquia, projete cenários mais pessimistas, principalmente se buscar financiamento. “Não seja otimista em relação a faturamento e resultados. Momento de crise é momento de tomar ainda mais cuidado”.

2. Alguns bancos firmam parcerias com franqueadoras para oferecer linhas de crédito para os novos franqueados. Geralmente, nesses casos, existem condições especiais. “O cuidado é buscar linhas de crédito que sejam provenientes de bancos com os quais a franqueadora tenha acordos e parcerias”.

3. Os especialistas recomendam que o empréstimo não ultrapasse 30% do investimento inicial. “Quanto menos você pegar, melhor. Acho que 30% é um bom teto”.

4. Antes de fechar negócio, pesquise as condições do financiamento. Prazo e carência são pontos importantes. “Muito focam demais na taxa de juros e se esquecem de ver o prazo e se existem outros custos, taxas que parecem desprezíveis, mas não são”.