Ilustração - Blog Franchise Store

Como lidar com a inadimplência em franquias

Assim como qualquer empreendimento, uma franquia precisa receber valores para ter caixa suficiente para manter a operação e continuar crescendo. Porém, boa parte das franquias não dependem apenas da venda de seus produtos e serviços, mas sim das taxas cobradas de seus franqueados.

 

Normalmente, essas taxas correspondem aos royalties, que garante ao franqueado o direito de usar o nome e receber o suporte da marca, e a taxa de franquia, remuneração pela transmissão do know-how e treinamento. Assim, a inadimplência em franquias se torna uma das principais preocupações das marcas que atuam no franchising, afinal esses pagamentos afetam diretamente a estabilidade financeira da franqueadora.

 

Algumas estratégia podem ser tomadas para evitar ou diminuir os casos de inadimplêmcia em franquias:

Monitore seus resultados

Nenhum franqueado para de pagar da noite para o dia, o quadro pode começar com atrasos e pedidos de descontos que podem ser arrastar por meses. Por isso, é essencial acompanhar de perto os resultados das unidades. Analisando com cuidado o faturamento das franquias, a rede ganha a possibilidade de identificar ou mesmo prever momentos de crise e dar o devido suporte para que o franqueado contorne a situação.

 

Busque descobrir as causas

Estar por dentro do faturamento é um excelente começo, agora é necessário saber interpretá-los. Uma queda no faturamento pode significar várias coisas, como problemas no atendimento, falha de gestão, divulgação ineficiente e até presença de um novo concorrente na área, e é essencial tanto para franqueado como franqueadora, que identifiquem o foco do problema e descobrir a melhor forma de resolvê-lo.

 

Garanta o entendimento sobre finanças

Franqueado e franqueadora devem estar cientes de todos os assuntos da área financeira. Uma das etapas mais importantes é garantir que o empreendedor esteja ciente da importância das taxas cobradas e qual será o retorno de seus pagamentos. Explicar como a marca faz o monitoramento da receita de cada franquia e como as taxas praticadas pela franqueadora levam em consideração o valor da receita bruta obtida pela unidade. Essa comunicação precisa ser muito transparente e direta, sem espaço para enganos.

 

Evite exceções

As relações dentro do franchising devem ser extremamente profissionais. Se a sua franquia possui taxas que devem ser pagar até o dia 20 e a franquia estipula que a partir dessa data, será cobrado um valor de multa por dia de atraso, essa regra precisa permanecer imutável. Se um franqueado pede uma nova fatura sem o reajuste, por que outras unidades precisam pagar no dia correto? Se você deseja que seus franqueados leve o contrato a sério, você também deve levar.

 

Valorize os pagamentos em dia

Assim como para quem atrasa o pagamento há juros, recompensar quem está com o pagamento sempre em dia pode se tornar uma boa estratégia. Oferecer descontos na renovação do contrato, facilidades para as compras de insumos, bonificações em produtos e outas facilidades, mostra que a sua marca valoriza os franqueados que fazem os pagamentos nas datas corretas e que entende que eles tem mais chances de prosperar.

 

Fonte: Guia Franquias de Sucesso