Ilustração - Blog Franchise Store

Como escolher a sua franquia?

 

O mercado de franquias no Brasil obteve um crescimento importante e expressivo nos últimos anos, devido a vários fatores como o crescimento da economia, novas marcas que aderiram ao sistema, além dos novos modelos de negócios que já são criados desde sua origem para se expandirem como franquias.

Outro fator importante para esse crescimento é o espírito empreendedor, que faz com que mais pessoas acreditem no seu potencial e partam para uma carreira solo, tendo o seu próprio negócio.

A principal essência do "franchising" é replicar um modelo que já demonstrou ser sucesso, isso não só possibilita um aprendizado mais rápido para o novo empreendedor, como também proporciona a ele um risco  menor, se comparado ao de abrir um negócio sozinho e partindo do zero.

O amadurecimento do setor também possibilitou a entrada de diferentes perfis de investidores.

Desde aquele que pretende somente substituir seu emprego por um negócio próprio para ter uma renda que atenda as suas necessidades, até grandes investidores que administram 10, 20 ou mais franquias.

Esse movimento fez com que o setor se profissionalizasse ainda mais, para atender as expectativas de quem já tem história de sucesso para contar em sua carreira.

Por se tratar de um investimento de menor risco, já que o modelo foi previamente testado, as franquias também têm atraído cada vez mais os jovens que, recém- formados, ainda não possuem grande experiência profissional, mas contam com garra e energia para absorver todo o conhecimento sobre como gerir um negócio.

Hoje já são mais de duas mil oportunidades de franquias no Brasil, segundo dados da ABF (Associação Brasileira de Franchising), portanto, muitos empreendedores me perguntam por onde eles deveriam começar sua busca.

Não existe uma receita de bolo a ser seguida, mas algumas dicas são fundamentais para que a sua escolha tenha maior chance de sucesso:

1- Tenha acesso aos principais canais de divulgação

Existem sites especializados em franquias, que apresentam conteúdos e notícias do setor, além de uma breve apresentação das marcas, onde você poderá iniciar sua escolha, buscando primeiro os segmentos de maior afinidade.

As possibilidades são amplas, desde alimentação, calçados e acessórios, serviços, beleza e saúde, educação, entretenimento, vestuário, entre outros. Alguns exemplos são o www.franquia.com.br, ou www.abf.com.br.

Feiras do setor também são uma ótima oportunidade para, em um único lugar, você ter acesso a dezenas, ou centenas de marcas. Isso diminuirá muito o seu tempo em receber as informações de cada negócio.

2-  Conheça o seu franqueador      

Entenda qual é a estrutura do seu futuro franqueador e os serviços de suporte que ele lhe oferece, para ter certeza de que você estará apto a abrir e operar um negócio depois de receber esse conhecimento.

Quais são os treinamentos iniciais? Você receberá a visita de um consultor de campo para mantê-lo sempre atualizado de todas as mudanças e atualizações da operação da franquia? Qual a periodicidade?

3- Instrumentos Jurídicos

Analise  o contrato. Se for o caso, contrate um advogado de sua confiança e que entenda de contratos para poder auxiliá–lo. Estude a COF (Circular de Oferta de Franquia), que é um documento descrito na Lei 8.955.

O franqueador deve entregá-lo a todos os candidatos, no mínimo 10 dias antes que estes firmem qualquer documento ou pagamento relacionado à aquisição de uma franquia.

Este documento deve conter informações a respeito da organização da franqueadora, da situação legal da marca ou marcas, da própria franquia, da situação financeira da empresa, dos investimentos que o franqueado deverá fazer, dos pagamentos que deverá efetuar, e assim por diante.

4- Suas premissas

Defina qual o valor que você dispõe para investir neste negócio. Em quanto tempo espera recuperá-lo? Tenha consciência de que pode levar alguns meses até que o negócio comece a gerar lucro.

Portanto, é importante que você possua mais recursos do que o necessário para a implantação do negócio, pois você precisará se manter até lá.

5- Converse com franqueados

Procure visitar e conversar pessoalmente com o maior número possível de integrantes das redes de franquias nas quais estiver interessado. Isso o ajudará a entender o atual momento da rede.

Franquias, em sua essência, trazem um aprendizado fantástico, pois todos os erros e acertos de um franqueador irão encurtar o caminho de um novo empreendedor no seu negócio. É aprender com a experiência do outro.

Por isso, cada vez mais, franquia é um assunto que está ou estará na pauta de todos aqueles que pretendem abrir negócio próprio.

Fonte: UOL

 * Sócia-diretora da Franchise Store, é especialista em marketing e atua há 20 anos nas áreas de negócios , varejo e Franchising. Co-autora dos livros "Franchising – Uma estratégia para expansão de negócios e "Marketing para Franquias"