Ilustração - Blog Franchise Store

Com 25 anos de mercado, Casa do Notebook aposta em lojas de rua

A Casa do Notebook, rede de franquias de assistência técnica e venda de acessórios para notebooks, está comemorando 25 anos e o crescimento constante num mercado em que a carência por este tipo de serviço profissional no varejo é muito grande. A rede, que hoje possui 44 unidades, já comercializou mais 6 franquias desde o início desse segundo semestre e está apostando em lojas de rua em cidades a partir de 50 mil habitantes.

“A venda de notebooks ultrapassou a de desktops em 2011. Em 2013 a previsão mundial é de alcançar o total de 207 milhões de notebooks vendidos. Por sua vez, os tablets e smartphones vêm superando todas as expectativas e a Casa do Notebook já oferece serviços de assistência técnica e venda de acessórios e peças para esses portáteis”, explica Paulo Castanho, diretor da empresa.

Segundo Castanho, não é somente o aquecimento do mercado e a falta de mão de obra especializada e confiável que tem feito a Casa do Notebook ser tão procurada no último ano para a venda de franquias. “As lojas são extremamente funcionais e o custo é infinitamente inferior a uma franquia deste segmento”, declara ele. As lojas são pequenas, de 35m² a 50 m² e possuem duas áreas: o atendimento ao cliente, com a recepção dos equipamentos e venda de acessórios e peças e um pequeno laboratório técnico ao fundo.

Com um investimento a partir de R$ 85 mil é possível ter uma loja montada e equipada, com todo o treinamento necessário aos franqueados, em cidades até 200 mil habitantes. Uma característica que também tem atraído muitos investidores à Casa do Notebook é o fato dos franqueados terem total liberdade para fechar contratos e vender produtos de diversos fornecedores, sem precisarem repassar uma porcentagem do faturamento à franqueadora, já que os royalties são fixos. “Além disso, é uma das franquias que possuem a lucratividade mais alta do mercado. Uma loja, cujo faturamento médio é de R$ 30 mil, pode render uma lucratividade de 25% aos franqueados”, detalha Castanho.

 Até o final deste ano, as 6 novas unidades comercializadas serão inauguradas nas cidades de Belo Horizonte/MG, Araguaína/TO, São Bernardo do Campo/SP, Pouso Alegre/MG, Teresina/PI e Santo André/SP. A meta da empresa para 2014 é alcançar 70 unidades em operação e, em 5 anos, chegar a 200 lojas em todo o país. A Casa do Notebook fechou o ano de 2012 com um faturamento de R$ 8 milhões e deve chegar aos R$ 10 milhões até dezembro deste ano.

Fundada em 1988 em São Paulo, a Casa do Notebook passou por todas as fases da microinformática: Vendeu PCs e acessórios, ofereceu cursos de dBase e Lotus 123, desenvolveu sistemas administrativos em Clipper, implantou redes Novell, seguindo as necessidades e as tendências do mercado. Mas foi em 1992 que ocorreu a grande mudança. A consultoria a uma grande rede de restaurantes possibilitou uma viagem aos Estados Unidos, onde os diretores da empresa puderam observar o sucesso da computação portátil. Os laptops começavam a se tornar uma nova tendência, e peça chave para os executivos que faziam viagens de negócios. Voltando ao Brasil, a decisão já estava tomada e a ideia era focar num segmento novo e de futuro e seus sócios resolveram registrar a marca “Casa do Notebook”.

:::Saiba mais sobre a franquia Casa do Notebook:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::