Ilustração - Blog Franchise Store

Aumento do consumo do café estimula crescimento do segmento de cafeterias no franchising

Tomar um cafezinho após o almoço ou convidar alguém para um bate-papo num ambiente aconchegante como uma cafeteria já faz parte da rotina dos brasileiros – embora ainda longe da frequência vista em outros países, mas seguindo o mesmo caminho –. Por conta disso, as lojas desse segmento têm conquistado cada vez mais espaço e clientes, o que tem aumentado os investimentos no setor de snacks e café. Segundo pesquisas recentes, as franquias nessa área apresentaram um crescimento sempre acima dos 10% nos últimos anos. Para os interessados em abrir um negócio próprio, o segmento se mostra promissor. Segundo dados da ABIC (Associação Brasileira da Indústria de Café), o consumo de café fora do lar cresceu 36% em 2013. Além disso, as franquias do segmento comercializam produtos de consumo recorrente, o que gera um alto índice de lucratividade.

Opções nacionais e estrangeiras disputam o interesse de candidatos a investirem no segmento. Porém, para se destacar, muitas investem em outros itens que vão além do simples cafezinho, tudo para fidelizar ainda mais os consumidores. Podem ser doces e salgados mais simples, ou então produtos um tanto mais elaborados, complementando o glamour do café. É o caso da Bella Gula, maior rede de tortaria e café da Região Sul, presente no mercado há mais de 20 anos. A marca aposta em uma expansão qualitativa, contando com 36 unidades em quatro estados, e estima terminar 2014 com um faturamento superior a R$ 2 milhões. O sucesso veio com a iniciativa de unir o gostinho do café – servido de diversas formas – ao sabor das tortas e quiches, produzidos de maneira artesanal até hoje.

Outro fator positivo para a viabilidade da marca está atrelado a seu modelo de negócio diferenciado, que, além de unir produtos artesanais exclusivos e de alta qualidade, procura manter um relacionamento de parceria com seus franqueados. Segundo Bernardo Thomaz, diretor-presidente da rede, a Bella Gulainveste constantemente em qualificação em busca dos melhores resultados. “Sabemos que o nosso crescimento depende do sucesso dos nossos parceiros. Por isso, investimos constantemente na profissionalização dos mesmos, oferecendo palestras e treinamentos. Também buscamos dar suporte total aos nossos franqueados, oferecendo um supervisor a cada nove unidades, o que proporciona uma comunicação direta entre os franqueados e a nossa diretoria”, afirma.

Os empreendedores interessados no modelo de negócios da Bella Gula podem optar por abrir lojas ou quiosques entre 30m² ou 60m². A escolha do ponto leva em conta o fluxo de pessoas e a visibilidade da loja no local escolhido. A rede proporciona um alto nível de rentabilidade aos franqueados. Em média, as lojas da marca tem faturamento mensal de R$ 100 mil. “Importante sempre lembrar que o empreendedor não precisa ser especialista em café. Nós o preparamos para ter total conhecimento”, completa Thomaz.

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::