Ilustração - Blog Franchise Store

55% dos franqueados da Di Santinni têm mais de uma loja

Uma das principais recomendações feitas a quem pretende abrir uma franquia é conversar com franqueados da rede para saber se eles estão mesmo satisfeitos com os resultados de sua loja e com o suporte que recebem da empresa franqueadora. “Os franqueados são capazes de dizer exatamente o que acontece no dia a dia empresa e darão um depoimento mais realista sobre a situação da rede”, afirma Filomena Garcia, sócia-diretora da Franchise Store. “Por isso, é imprescindível conversar com alguns deles antes de adquirir uma franquia de qualquer marca.”

Um dos sinais de que os franqueados estão satisfeitos está no fato de muitos terem mais de uma loja da mesma marca. É o que acontece com no Grupo Di Santinni, uma das maiores redes de lojas de calçados do país que tem 120 unidades em funcionamento. Hoje, 55% dos franqueados Di Santinni possuem mais de uma loja. “Isso ocorre porque a operação é rentável, permite que o franqueado obtenha o retorno do investimento dentro do prazo estimado e decida reinvestir seu capital em uma nova loja da marca”, afirma Priscilla Ortolani, gerente de franquias da Di Santinni.

O gaúcho Jorge Pereira do Amaral, de 62 anos, é um dos franqueados da Di Santinni que possuem mais de uma loja. Amaral tem sete unidades da marca. Antes de ser franqueado, ele trabalhou por 20 anos como fornecedor da Di Santinni – era representante comercial de uma indústria que atendia a empresa. “Quando comecei a pensar em investir em um negócio próprio, logo pensei em comprar uma franquia da Di Santinni porque conhecia bem o negócio e as pessoas que administram aempresa”, afirma Amaral. “Sabia que o investimento me daria um bom retorno.”

Amaral comprou sua primeira franquia em 2006, na cidade de Vitória (ES). Hoje, tem duas lojas em Vitória (ES), uma em Vila Velha (ES) e quatro em Maceió (AL). “Por já ser franqueado, eu acompanhei a expansão da marca e consegui aproveitar novas oportunidades, como a abertura das lojas no Nordeste”, diz Amaral. “Hoje, a Di Santinni tem muito apelo no Nordeste porque atende um público que não encontrava tantas lojas de sapatos com bons produtos,preços justos e atendimento de qualidade.”

O carioca Alexsander de Carvalho Pinto, de 45 anos, também já conhecia a Di Santinni antes de se tornar franqueado da marca. Ele foi gerente comercial da empresa por muitos anos, até que decidiu empreender por conta própria. “Eu já sabia da solidez da marca e, por isso, decidi comprar uma franquia Di Santinni”, afirma Carvalho Pinto. “E o que mais me chamou atenção foi a rentabilidade do negócio.”

Ele hoje tem quatro lojas Di Santinni – três no Rio de Janeiro (RJ) e uma em Três Rios (RJ). Para quem sonha em abrir uma franquia, Carvalho Pinto dá uma dica: “Procure marcas sólidas e que ofereçam a oportunidade para o franqueado crescer junto com a rede. Assim, as chances de sucesso serão maiores”.

:::Saiba mais sobre a franquia Di Santinni:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::