Ilustração - Blog Franchise Store

5 dicas sobre como estruturar um treinamento para franquia

O treinamento é um dos grandes benefícios que uma empresa pode oferecer aos seus parceiros, franqueados ou mesmo para aqueles que possuem lojas próprias.

Os treinamentos existentes nas principais redes de franquia se dividem em dois grandes grupos: os cursos iniciais e os de reciclagem.

O treinamento inicial é o momento da verdade para aqueles que nunca operaram uma loja de varejo – ou ao menos não uma loja daquela marca. Portanto, é necessário que a capacitação seja dividida em dois grandes blocos: teórico e prático. A sua duração dependerá da complexidade de cada modelo de negócio e também do nível de conhecimento do novo franqueado.

Já os cursos de reciclagem, que devem acontecer continuamente, têm sua periodicidade definida de acordo com as necessidades de cada rede. Pode ser um treinamento motivacional, para lançamento de um produto, ou mesmo de novos métodos operacionais. Esses treinamentos são importantes para dar continuidade ao processo de formação e conhecimento da rede. E podem também servir para reciclar novas equipes, quando há troca de quadro de uma unidade.

Abaixo, listo os cinco principais pontos que você deve estar atento para transformar seu treinamento em uma ação de resultados verdadeiros:

1-   Reconheça as necessidades da sua Rede ou lojas: Vá a campo, converse com os gestores e colaboradores das unidades e detecte onde estão as principais necessidades. É na área de vendas? Atualização de produtos? Motivação? Ou mesmo um treinamento de gestão, que tornará seus gestores multiplicadores de conhecimento.

2-   Defina a Metologia: Pense em treinamentos práticos, que proporcionem a materialização e aplicação do que esta sendo falado e simulem situações do dia a dia.

3-   Divulgue, Divulgue, Divulgue: Verifique as melhores datas e horários mais adequados para conseguir o envolvimento de todos. Divulgue a data, programação e temas com antecedência – e mais de uma vez. Evite datas próximas de feriados e horários de pico.

4-   Aproveite este encontro para melhorar o relacionamento: Aproveite também para escutar, é um momento propício para venda de novas idéias e ideal para troca de experiências e compartilhamento de boas práticas do grupo.

5-   Avalie os resultados: Avalie se você atendeu ou não as expectativas dos particpantes. Prepare e aplique a avaliação de treinamento. Meça os resultados e melhore o desempenho nas próximas turmas.

E lembre-se, um dos maiores patrimônios das redes é o atendiemnto que se oferece na ponta, ou seja, junto aos consumidores finais. Deles depende grande parte do sucesso do negócio. Daí a importância de formar continuamente seus colaboradores e transformá-los em multiplicadores do conhecimento.

*Filomena Garcia, sócia-diretora da Franchise Store, é especialista em marketing e atua há 20 anos nas áreas de negócios , varejo e Franchising. É co-autora dos livros “Franchising – Uma estratégia para expansão de negócios” e “Marketing para Franquias”  


:::Baixe grátis o livro “Dicas práticas para quem pensa em investir numa franquia”:::

:::Um roteiro completo para os 60 dias que antecedem a compra de uma franquia:::

:::Assessoria gratuita para quem quer investir em uma franquia:::