Ilustração - Blog Franchise Store

Os ”4 Ps” do marketing em franquias

Em meio à nebulosa tempestade que assola a economia do país, há um desafio diário para os empreendedores no que diz respeito ao mercado. Os clientes costumam adaptar seu comportamento de consumo e, por consequência, as empresas têm a obrigação de inovar e acompanhar as novas expectativas.

 

Nesse contexto, o marketing tem várias ferramentas e aparece como uma ótima aposta, dada a diferenciação que se pode obter. E alguns dos poderosos recursos são os 4 Ps do marketing.  Fazer uma franquia dar certo já é uma tarefa e tanto. Agora, imagine como aplicar as ferramentes de comunicação de forma coerente e sem atropelos.

 

Como ter êxito utilizando o marketing? 

Muitos gestores costumam ficar receosos em empregar recursos no marketing e terminam desistindo na hora de investir no setor. Esse é um erro, pois quem empreende tem de saber que o marketing é responsável por posicionar a empresa e pela maneira como ela é percebida pelos clientes.

Por meio dessas ações, as organizações mantêm clientes fidelizados e prospectam novos. É possível sobreviver à retração e prosperar. O balanço preliminar divulgado pela ABF aponta que, em 2017, o desempenho do setor de franquias cresceu em 8% em relação ao ano anterior quanto às receitas. Para 2018, a previsão é ampliar o faturamento em até 10%. Pode ser que a economia do Brasil ainda demore um pouco para dar sinais claros de recuperação, mas é possível sair vitorioso desse jogo.

.

 

Os 4ps do Marketing

Também conhecido como mix de marketing, os 4ps (Preço, Praça, Produto e Promoção) são os componentes essenciais para moldar uma estratégia de divulgação, a fim de atingir um estabelecido público-alvo.

Preço

É imprescindível perceber que o Preço é volúvel e intrínseco ao posicionamento do mercado. O fato é que ele não é resultando apenas da prestação de algum serviço ou do custo de produção. Tal variavél também passa pelo valor admitido pelo consumidor, o quanto ele está disposto a desembolsar para ter o que você oferta. Esse ”P” determinará o destino da organização, já que gera a saúde financeira necessária para o pagamento de funcionários, tributos ou fornecedores e a obtenção de lucro.

Praça

O P de praça envolve sua disponibilidade em relação ao cliente e a forma com a qual ele chega até a empresa e seus serviços (ou produtos). Uma escola, por exemplo, tem de se preocupar com as instalações físicas, a localização, o acesso de alunos via transporte público, a segurança, o ambiente virtual, etc. Já as organizações que negociam produtos, além dos itens citados há pouco, precisam gerir corretamente os estoques e a distribuição.

Produto

O ”P” de produto refere-se ao que sua empresa sabe fazer de melhor. O empreendedor tem de saber que o produto é decorrência direta de seu trabalho no negócio. Se temos uma franquia de escola de idiomas como exemplo, sua empresa tem com objetivo capacitar os alunos e torná-los aptos no nível de compreensão desejado. Mas como eles vão escolher o locar para estudar? Isso tem relação com a experiêmcia que seu produto ou serviço pode propiciar.

Promoção

O ”P” de promoção, trata-se da forma como o cliente vai perceber o produto ou serviço. Não estamos falando das tradicionais queimas de estoque, mas sim das ações de propaganda, desenvolvidas e aplicadas para alavancar a marca. O produto pode ser bom, além de ter preço de mercado e boa localização, mas, ainda assim, seu potencial cliente simplesmente desconhecer a marca. É preciso construir esse valor agregado, que influenciará inclusive nos preços. No caso das franquias, maximizar as marcas já estabelecidas no mercado é um grande triunfo.

.

 

Resultados dos 4 Ps

Os 4ps do marketing funcionam em conjunto e são complementares uns aos outros. Quando somadas, as forças trazem mais clientes, aumentam o faturamento, geram vantagem competitiva, ajudam identificar as necessidades do cliente e melhora a qualidade do serviço prestado.

Em franquias, o portfólio de produtos já vem estabelecido no pacote. Logo, o franqueado não pode alterar o mix de serviços, apenas se forem correlatos à estratégia e permitidos pela empresa. Porém, isso não limita que você mostre os diferenciais da sua unidade.

Em tempos de crise, como atingir um público que tem de se capacitar para ter sucesso no mercado de trabalho? Tenha o objetivo de ser a melhor franquia de sua rede, por meio do produto ofertado.

O ”P” preço pode ser flexibilizado, porém não interferindo no valor tangível relacionado à marca, é preciso um conhecimento sobre a composição dos números da marca. Já o ”P” praça, apesar de em franquias o investidor já entrar como uma marca conhecida no mercado, é preciso pensar como a franquia está disponível para o cliente. Esse ”P” envolve os canais de comunicação, oferta e captação, entre outros. No caso da promoção, como a franquia já é uma marca estabelecida, faz-se necessário um grande alinhamento de comunicação e ações nessas áreas. Aproveite o máximo o que a franqueadora pode ofertar, explorando corretamente as redes sociais e seus respectivos potenciais.

 
Fonte: Top English