Franchising cresce 8,3% em 2015 e fatura R$139 bilhões

O franchising brasileiro enfrentou a atual realidade econômica do País com resiliência e criatividade. De acordo com a pesquisa do desempenho de 2015 divulgada pela ABF – Associação Brasileira de Franchising, o setor registrou no ano passado um crescimento de 8,3%, atingindo R$ 139,593 bilhões. Entre os destaques revelados pelo balanço do franchising em 2015 está a maior capilaridade das redes, dentro e fora do País. De acordo com a pesquisa, o movimento do franchising para o interior do País se tornou mais intenso, chegando a cidades com menos de 50 mil habitantes.

“Atenta a essa tendência, nos últimos anos, a ABF tem apoiado o mercado, levando informação e capacitando empreendedores por todo o Brasil, tendo a capilaridade como um dos seus pilares estratégicos”, explica a presidente da ABF, Cristina Franco.

O balanço de 2015 também revelou que o crescimento do setor se deu de maneira mais acentuada nas regiões Nordeste e Centro-Oeste em relação aos tradicionais centros de negócios do país. A presença do franchising nos municípios brasileiros atingiu 40% no ano passado, ante a 37% em 2014.

Em 2015, o trabalho em rede demonstrou ser um fator chave para a manutenção do crescimento do setor. As marcas usaram seu poder de negociação e o know-how compartilhado para enfrentar a nova realidade do País. “Essa estrutura permitiu que muitas redes não repassassem integralmente as pressões inflacionárias para o preço final de seus produtos e serviços. Além disso, as franquias, de forma geral, têm ticket médio compatível com o bolso do brasileiro”, afirma Claudio Tieghi, diretor de inteligência de mercado, relacionamento e sustentabilidade da ABF.

Segundo Cristina Franco, a Associação tem acompanhado trimestralmente o desempenho e os desafios das franquias com o intuito de oferecer instrumentos para que o setor atravesse esse período da melhor forma possível. “As redes conseguiram manter um bom ritmo durante os três primeiros trimestres do ano passado, porém o desempenho do último trimestre foi inferior às expectativas, o que refletiu no balanço anual”, afirma a presidente.


EVOLUÇÃO DO FATURAMENTO DO FRANCHISING

90 mil novos postos de trabalho

O estudo da ABF indica que o franchising brasileiro atingiu a marca de 1,189 milhão de trabalhadores diretos em 2015. No ano, foram abertos mais de 90 mil postos de trabalho.


EVOLUÇÃO DO NÚMERO DE EMPREGOS DIRETOS NO FRANCHISING

Aumenta o número de unidades

De acordo com o levantamento, o número de unidades de franquia em operação no Brasil chegou a 138.343 no ano passado, resultando numa expansão de 10,1% em relação a 2014. O movimento de abertura e fechamento de pontos de venda ao longo do ano resultou em um saldo de 12.702 novas unidades franqueadas.


EVOLUÇÃO DO NÚMERO DE UNIDADES DE FRANQUIAS

Novas redes

Os dados apurados pela ABF indicam que existem no País mais de 3 mil marcas em operação, registrando um aumento de 4,5% no número de redes em relação a 2014. Dessas, 95% são de origem nacional. Em 2015, 131 novas marcas de diferentes segmentos iniciaram operações de franchising. Dentre elas estão Casa Bauducco, Cia. dos Livros, Di Pollini, Espaço Laser e Paris Jóias.


EVOLUÇÃO DO NÚMERO DE MARCAS

Internacionalização

O estudo indica que 28 marcas iniciaram atividade fora do Brasil no ano passado, totalizando 134 redes brasileiras com operações no exterior. A intensificação da participação das redes brasileiras em missões comerciais, feiras e rodadas de negócios internacionais tem contribuído decisivamente para que cada vez mais marcas made in Brazil operem ao redor do mundo. “O recrudescimento da economia brasileira, a desvalorização do real e a recuperação de mercados como dos Estados Unidos intensificaram o movimento de internacionalização de franquias brasileiras. Nesse sentido, as missões internacionais e o esforço de promoção das redes de forma conjunta entre a ABF e a Apex estão ajudando a pavimentar este caminho, que ainda tem muito a ser percorrido”, afirma Tieghi. Alguns exemplos de mar cas que abriram seus horizontes internacionais são Bibi, Clube Melissa, Lilica & Tigor, Liz e Mundo Verde.
|
O mercado mais procurado continua a ser os Estados Unidos, com 37 marcas, seguido de Paraguai (25), Portugal (21), Argentina (16) e México (13). Os segmentos de Alimentação (18%), Esporte, Saúde, Beleza e Lazer (17%), Acessórios Pessoais e Calçados (15%), Educação e Treinamento (12%) e Negócios, Serviços e Outros Varejos (11%) são os mais internacionalizados.

Evolução do faturamento por segmento

De acordo com a pesquisa, Acessórios Pessoais e Calçados apresentou a maior variação de receita, crescendo 12,0% na comparação com 2014. O segmento foi beneficiado, entre outros fatores, pelo profissionalismo na entrega de produtos e serviços, variação cambial e ticket médio baseado no tripé qualidade, design e preço. Marcas como Óticas Carol, Óticas Diniz, Chilli Beans, Carmen Steffens e Havaianas são exemplos dessa expansão.

Registrando um crescimento de 10,2%, Negócios, Serviços e Outros Varejos ficou na segunda posição. Os destaques deste segmento são AM PM Mini Market, BR Mania, Correios, Dia% e Seguralta – Bolsa de Seguros.

Hotelaria e Turismo alcançou o terceiro lugar, com faturamento 9,0% maior. As marcas que representam o segmento são CVC Brasil, TAM Viagens, Accor Hospitality, Flytour Franchising e CI.

A receita do segmento Alimentação cresceu 8,9%, colocando-o em quarto lugar. As promoções e a frequente adequação do cardápio à nova realidade do consumidor garantiram esse crescimento. Entre as redes, destacam-se Subway, Cacau Show, McDonald’s, Bob’s e Nosso Bar.

O segmento de Serviços Automotivos ficou com a quinta posição, registrando um faturamento 8,8% maior no período, beneficiado pelo crescimento da demanda de serviços como mecânica e manutenção de veículos. As marcas representantes do segmento são Jet Oil, Lubrax Mais, Localiza Rent a Car, Multipark e Acquazero.

Projeções para 2016
Tendo como referência as pesquisas trimestrais de desempenho realizadas pela ABF e os indicadores econômicos, a Associação projeta para o setor um crescimento de 6% a 8% em faturamento; de 8% a 10% em número de unidades e de 4% a 6% em número de marcas.

Federal Invest pretende inauguras 50 novas unidades em 2016

A Federal Invest, maior rede de franquias de factoring do país, conta com uma meta ousada em 2016. Pretende neste ano inaugurar 50 novas unidades, o que significa um crescimento de expansão da rede em aproximadamente 50%. O mercado financeiro atual se mostra muito favorável à atividade de fomento comercial (principal serviço oferecido pela rede), que assessora empresários e trabalha com a antecipação de recebíveis como duplicatas e cheques pré-datados. A escassez de crédito apresentada pelas instituições bancárias fazem com que os empresários migrem para essa modalidade de empresa e busquem novas possibilidades para sanar problemas como capital de giro e investimentos em estoque e no desenvolvimento do seu negócio em geral.

O bom momento do mercado para as factorings foi destaque nas últimas semanas em reportagens da Folha de São Paulo, que classifica essa modalidade de empresa como promissora nesse período, pois é uma alternativa para empresas que estão tendo dificuldade com as altas taxas de juros bancários. “É o momento do factoring. A crise abre oportunidades para diversos setores e o nosso é um deles. Nossas agências atualmente possuem cada vez mais demanda de clientes e o cenário do nosso negócio só tende a crescer”, destacou o diretor de negócios do Grupo, Júnior Stocco.

O Grupo Federal Invest é a maior rede de factoring do país, possui cerca de 100 unidades presentes em 23 Estados brasileiros. A meta de abertura de 50 novas unidades foi traçada também devido a um novo plano de negócio que aumenta consideravelmente a rentabilidade da franquia. Em 2015 o Grupo começou a trabalhar com um FIDC – Fundo de Investimento em Direitos Creditórios, oferecendo as unidades franqueadas possibilidades de dobrarem sua lucratividade com o negócio. “Além de todo know-how de uma empresa que está no mercado de factoring há 22 anos e suporte oferecidos pela franqueadora, os novos planos de negócio são extremamente atrativos e têm aumentado a procura por candidatos a expandir novas franquias no Brasil. Estamos preparados para essa demanda e pretendemos em 2016 apresentar um crescimento ímpar no mercado brasileiro de franchising”, concluiu Stocco.

As duas grandes redes espanholas do setor da estética e perfumaria realizam uma grande aliança

Dia 21 de dezembro de 2015, d-unhas nails & beauty franquia líder na beleza das mãos e pés, abriu seu primeiro salão em parceria com Primor, na cidade de Barcelona. Um espaço  com mais de 100 m², onde os clientes poderão encontrar desde uma parafarmacia até um mini mercado.

Esse novo salão, será um centro de referência da marca na cidade de Barcelona, oferecerá aos clientes serviços de manicure, esmaltação permanente, tratamentos para os cílios tratamentos faciais entre outros.

“Nosso objetivo é fazer com que a experiência de nossos clientes nos centros seja agradável. Afirma Marta Martín, diretora de Marketing e Comunicação do d-beauty group. “Cuidamos todos os detalhes desde o ambiente, à atenção ao cliente, e logicamente nossos serviços, fazendo com que nosso cliente viva uma autêntica experiência d-unhas”.

h3 reforça sua presença em São Paulo e pretende chegar a 25 unidades em 2016

O h3, rede especializada em hambúrgueres, que oferece comida de Chef nas praças de alimentação, começa o ano de 2016 com otimismo. O Grupo, com sede em Portugal, pretende expandir os negócios no Brasil com a inauguração de sete novas unidades, entre lojas franqueadas e próprias.

Claudia Malaguerra, country manager da rede no Brasil, ainda garante que para este ano os consumidores serão surpreendidos com muitas novidades. “Vamos diversificar ainda mais o cardápio, mas sem mudar o nosso posicionamento, que é oferecer pratos inovadores, capazes de promover uma experiência diferente da costumeira refeição rápida ou fast food. Nosso diferencial continuará sendo o delicioso e tradicional hambúrguer, combinado a temperos únicos e ao toque especial de chefes singulares”, complementa.

A rede encerrou 2015 com resultados positivos, em um ano de grandes desafios e retração econômica. De acordo com o balanço da marca, o h3 registrou um aumento de 20% em número de unidades, alcançando 17 operações, e um faturamento de R$ 27 milhões de reais.

“Essas conquistas são frutos da dedicação na operação das lojas próprias e dos nossos franqueados, além de um forte investimento em inovação no mix de produtos e na capacitação de pessoas”, destaca.

Empreender em 2016

Para quem deseja apostar em seu próprio negócio, o sistema de franchising é tido com uma oportunidade com risco mitigado, visto que se trata de um modelo testado, no qual o empreendedor conta com todo suporte da rede franqueadora.

O investimento inicial para quem deseja se tornar um franqueado da rede h3 fica entre R$ 650 mil a R$ 750 mil. A projeção de retorno do investimento é de até 36 meses e o faturamento gira em torno de R$ 150 mil reais mês.

SOBRE O h3

Criado por três portugueses em 2007, o h3 surgiu com a ideia de servir comida excelente em um sistema de fast food. O cardápio da rede oferece o hambúrguer como principal iguaria, servido com ingredientes e molhos inusitados, elaborados por Chefs renomados especialmente para o h3.

Atualmente a marca possui mais de 50 lojas em Portugal e já vendeu mais de 30 milhões de hambúrgueres em apenas oito anos.

Depois do sucesso na Europa, o h3 chegou ao Brasil em 2011. Em apenas três anos abriu 14 lojas próprias em São Paulo e mais três franquias. Testou e adaptou o conceito ao mercado brasileiro e agora em 2015 ingressou no sistema de franquias para expandir o conceito em território brasileiro.

Next Level Sports investe em expansão por franquias no Brasil

A Next Level Sports deu início ao seu plano de expansão no Brasil, por meio do programa de franquias Next Academy. Considerada a maior rede de academias de futebol especializada no mercado Brasil/EUA, a Next Academy busca ampliar as oportunidades para atletas que desejam dar continuidade a carreira esportiva, ao mesmo tempo em que concluem os estudos no exterior.

Com a expansão, a empresa pretende proporcionar a jovens brasileiros entre 14 e 23 anos a oportunidade de estudar em universidades americanas, com bolsas de até 100%, atuando como atletas universitários. Para isso, a empresa conta com parcerias como a Adidas e a EF Englishtown, que auxiliam na preparação para que os estudantes-atletas alcancem o sucesso, utilizando o esporte e a educação como ferramenta de desenvolvimento.

Segundo Bruno Pessoa, Diretor de Marketing da Next Level Sports, a empresa pretende inaugurar 100 franquias por todo o país nos próximos cinco anos. “Estamos em busca de cidades que possuam mais de 500 mil habitantes e empresários dispostos vestir a camisa da nossa empresa e contribuir para o sucesso da maioria de jovens que buscam a experiência de jogar e estudar em universidades nos Estados Unidos”, ressalta.

Com quatro unidades no Brasil e uma na Europa, a Next Academy já proporcionou a 252 atletas a oportunidades de jogar e estudar em mais de 50 universidades americanas, gerando um número superior a R$ 7 milhões em bolsas de estudo. Além disso, mais de 500 estudantes-atletas estão sendo preparados no Brasil para também buscar seu espaço futebol universitário dos EUA.

As unidades próprias estão localizadas nas cidades do Rio de Janeiro e São Paulo e as franquias estão em Fortaleza-CE, Niterói-RJ e Lisboa, em Portugal. Outras capitais como Vitória-ES, Porto Alegre-RS, Curitiba-PR, Belo Horizonte-MG e Brasília-DF, assim como a cidade de Presidente Prudente-SP, já estão em processo de negociação para abertura de unidades da franquia.

CEBRAC inaugura primeira unidade na cidade de Juiz de Fora

O CEBRAC – Centro Brasileiro de Cursos – aproveita o bom momento econômico de Juiz de Fora, em Minas Gerais, para inaugurar, no próximo dia 22 de janeiro, a sua primeira unidade na cidade. Com a nova escola, Minas Gerais passa contar com treze franquias da rede em operação.

O município é o quarto mais populoso de Minas Gerais e o 36º do Brasil, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o IBGE. De acordo com uma pesquisa da Fundação Getúlio Vargas, publicada pela revista Você S.A, Juiz de Fora ocupa a 19ª colocação no ranking das mais promissoras cidades para se construir uma carreira profissional. Alinhado a esta tendência, o CEBRAC oferecerá cursos profissionalizantes, que promoverão o treinamento da mão de obra e o acesso aos postos de trabalho locais.

“Estamos investindo em cidades fora dos grandes centros, pois são praças que representam relevantes oportunidades de expansão para os negócios da rede CEBRAC. Além disso, queremos proporcionar a tão sonhada capacitação, responsável por melhorar o currículo dos jovens e a profissionalização da população em geral”, afirma Wilson Giustino, presidente do CEBRAC.

E a nova unidade CEBRAC está localizada no centro da cidade. “Estamos bastante otimistas com a abertura do negócio e com as boas perspectivas de resultados. A região ainda é bastante carente de cursos profissionalizantes e chegamos para preencher esta lacuna. Neste primeiro momento, ofereceremos programas diversificados, como os cursos Assistente Administrativo Completo, Geração Web e Atendente de Farmácia”, comemora Rilber Faria, um dos franqueados responsáveis pela unidade.

Faria foi funcionário do CEBRAC e fará a gestão da escola com outros sete sócios. O franqueado foi convidado para investir no negócio, pois já atuou em todas as frentes do CEBRAC, da área pedagógica à comercial. “Minha experiência foi primordial para a conquista desta oportunidade”, conta o novo empreendedor.

A rede CEBRAC oferece diversas modalidades de cursos profissionalizantes e atende jovens, adultos e idosos em todo o Brasil. “O mercado da educação só tende a crescer, principalmente em um momento de desaceleração, em que as pessoas precisam, mais do que nunca, se manterem inseridas e competitivas no mercado de trabalho”, explica Giustino. Com mais de 150 unidades, distribuídas em todo o País, o CEBRAC faturou R$ 150 milhões em 2014, consolidando um crescimento de 15% somente em 2015. Para 2016, a expectativa é manter este percentual.

Sobre o CEBRAC

O Centro Brasileiro de Cursos nasceu em 1995 com a vocação de educar e qualificar pessoas por meio de seus diversos cursos profissionalizantes. O CEBRAC tem formado para o mercado de trabalho milhares de profissionais do mais alto nível em suas áreas de conhecimento. Além de conhecimentos técnicos, os cursos focam no desenvolvimento pessoal, o que prepara os alunos do ponto de vista comportamental e aprimoram a postura profissional. A rede de franquias ganhou pelo oitavo ano consecutivo o Selo de Excelência em Franchising (SEF), chancela que atesta a qualidade e a competência da marca, concedida pela entidade que rege o setor, a Associação Brasileira de Franchising (ABF). O CEBRAC foi eleito também por quatro vezes consecutivas como a melhor franquia do Brasil no segmento de Treinamentos e Cursos. A franqueadora já superou a marca de 150 unidades em todo o país, marcando presença nas principais cidades brasileiras. Para abrir uma franquia da rede, o investimento inicial mínimo é de R$ 200 mil, com prazo de retorno entre 14 e 24 meses.

4 motivos para investir em uma franquia de alimentação em 2016

Mesmo em um ano de forte retração econômica como foi 2015, o franchising brasileiro manteve o bom desempenho e registrou uma expansão de cerca de 10% em relação a 2014, segundo dados da Associação Brasileira de Franchising, a ABF.

E nesse cenário, o setor de alimentação continuou em destaque, como no ano anterior.  Ainda de acordo com a ABF, somente em 2014, o segmento atingiu um faturamento de R$ 25,6 bilhões, representando um crescimento de 6,8%.

O h3, especializado em hambúrgueres, é um bom exemplo de rede de franquias que enfrentou todas as intempéries com competência e conquistou excelentes resultados em um momento de crise. “A marca encerrou 2015 com um aumento de 20% em número de unidades, alcançando 17 operações, e um faturamento de R$ 27 milhões de reais”, conta Claudia Malaguerra, country manager da rede no Brasil.

Para a executiva, as possibilidades são vastas e as oportunidades bastante promissoras para quem pretende abrir o seu próprio negócio em 2016. “Se você é empreendedor, tem recurso para investir e afinidade com o setor, não perca tempo”, afirma.

Com bastante experiência no ramo, Claudia elenca os 4 principais motivos para investir no setor de alimentação:

  1. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o IBGE, o brasileiro gasta cerca de 25% de sua renda com alimentação fora do lar. “No entanto, mesmo considerando este mercado potencial, a concorrência é cada vez mais acirrada e é preciso investir em diferenciais para conquistar e fidelizar cada cliente. Apostar no tripé produtos de qualidade, excelência no atendimento e preço justo é uma estratégia certeira, pois são atributos que encantam o consumidor, garantem a competitividade do estabelecimento e, sobretudo, o retorno financeiro ao empreendedor”, aconselha;
  1. O setor de alimentação é um mercado inovador, seja no atendimento, no serviço e até mesmo no menu. “Novidades atraem o consumidor, que quer variar o cardápio e estar sempre alinhado às tendências”, contemporiza a executiva;
  1. A performance histórica do segmento é bastante positiva. “Não que não sofra com a crise, mas o setor de alimentação é bastante resiliente e se adapta às condições de mercado, afinal, alimentação é um item de primeira necessidade”, explica;
  1. A maioria redes de franquias de alimentação têm baixos níveis de estoque de mercadoria.“ A complexidade de um cardápio impacta diretamente na necessidade de ter mais dinheiro empatado em estoque de mercadoria. A falta de capital de giro leva muitos empreendimentos à falência. Hoje quem não tem um conceito ancorado nas premissas de boa administração vai sofrer mais”. finaliza Claudia.

SOBRE O h3

Criado por três portugueses em 2007, o h3 surgiu com a ideia de servir comida excelente em um sistema de fast food, com o objetivo de oferecer o hambúrguer como principal iguaria junto com ingredientes e molhos inusitados que são elaborados por Chefs de renome do mercado especialmente para o h3.

Atualmente a marca possui mais de 50 lojas em Portugal e já vendeu mais de 30 milhões de hambúrgueres em apenas oito anos.

Depois do sucesso na Europa, o h3 chegou ao Brasil em 2011. Em apenas três anos abriu 14 lojas próprias em São Paulo e mais três franquias. Testou e adaptou o conceito ao mercado brasileiro e agora em 2015 ingressou no sistema de franquias para expandir o conceito em território brasileiro.

Rede espanhola Tea Shop quer crescer com franquias no Brasil

A Tea Shop, marca líder e a maior rede de lojas de chás gourmet, infusões e acessórios na Espanha, agora começa a crescer com franquias no Brasil. Com 25 anos de existência e mais de 50 lojas na Europa e no Brasil, a Tea Shop se consolidou como um modelo de negócio atrativo e em pleno crescimento. Trata-se de um conceito inovador, que proporciona uma experiência de compra para um consumidor identificado com um estilo de vida saudável e equilibrado.

A marca foi criada por Per Sundmalm, sueco e especialista em chá, que chegou à Espanha na década de 1980 e não encontrava lugares para apreciar um bom chá. Então, decidiu abriu sua própria loja especializada na venda da especiaria a granel. A primeira Tea Shop foi inaugurada em 1990, em Barcelona.

Apesar da dificuldade inicial em inserir a cultura do chá em um país que tradicionalmente não era consumidor da bebida, a Tea Shop of East Weast Company começou sua expansão. Em 1995, mais uma loja foi aberta, quando um colega de escola de Per Sundmalm, Kenneth Rimdahl, decidiu levar o projeto à capital Madri. A marca tornou-se então líder no segmento, com um volume de negócios superior a 8 milhões de euros em 2011 e a distribuição de mais de 100 toneladas de chá.

No Brasil, são duas lojas exclusivas em Porto Alegre, comandadas por Michel Bitencourt. A primeira foi inaugurada em maio de 2013 no Shopping Iguatemi, e a segunda em março de 2014 no Pátio Ivo Rizzo, na rua Padre Chagas. E em setembro de 2015 mais uma loja da marca foi aberta no Shopping Praia de Belas, dessa vez no sistema de franquia.

A Tea Shop possui uma seleção de mais de 120 variedades chás frescos, infusões a granel e rooibos, acessórios para degustação e complementos de alimentação artesanal. Além de mesclas próprias como a Original GraciaBlend® – criada juntamente com a inauguração da primeira loja da Tea Shop em Barcelona e uma das mais apreciadas pelos clientes.

A marca caracteriza-se pela excelência no cultivo de chá, oferecendo aos seus consumidores um produto fresco e de qualidade. Aliando paixão pelo Mundo do Chá e conhecimento, os colaboradores da Tea Shop proporcionam aos seus clientes uma experiência de compra completa e multissensorial. Nosso conceito único adapta-se continuamente aos gostos dos nossos consumidores, gerando confiança e fidelidade com a marca.

Gestão de Retail

A Tea Shop possui uma estrutura organizacional 100% profissional de retail, dedicada à gestão dos pontos de venda tanto próprios como de franchisings. É composta por uma Direção Comercial, Supervisores de Retail e de Formação e uma equipe de Back Office para assegurar a operação das lojas.

A metodologia de trabalho e gestão tem como objetivo a excelência do serviço através da satisfação do cliente, a maximização das vendas, a gestão dos indicadores de gestão, a implementação das campanhas de marketing, assim como a formação e gestão dos recursos humanos.

Tea Shop Online

A marca possui um site (www.teashop.com.br) com todas as informações sobre o Mundo do Chá e seus produtos, e uma página no Facebook diariamente atualizada com novidades e dicas de consumo.

Produtos

São mais de 120 variedades de chás e infusões a granel, entre chás puros, premium e aromatizados e mesclas próprias – vendidos em pacotes de 50g, 100g, 250g, 500g e 1kg. A Tea Shop tem ainda edições limitadas, como o kit especial de Ice Tea. Entre os acessórios, chaleiras, canecas de diferentes tamanhos, infusores, medidores e filtros.

Os interessados em ter uma franquia Tea Shop podem entrar em contato com a equipe de expansão da empresa pelo e-mail teashop@franchisestore.com.br ou pelo telefone (11) 3854-7815. Para mais informações, acesse: http://franquia.com.br/franquia-tea-shop/

Vivenda do Camarão testa delivery em loja de São Paulo

A unidade da Vivenda do Camarão localizada no Shopping Metrô Santa Cruz, na zona sul de São Paulo, passa a oferecer aos clientes, de forma experimental, a entrega de refeições em domicílio.

Os pedidos podem ser realizados pelo site da empresa, pelo aplicativo do shopping ou ainda pelo Pedidos Já. As entregas são realizadas em distâncias de até 6 quilômetros da loja.

Há alguns anos, a Vivenda do Camarão já havia testado a implantação de delivery em uma de suas lojas paulistanas. Porém, na época, a operação não teve sucesso.

Orlean inaugura showroom em Brasília e chega a seis unidades

A rede de franquias Orlean, referência em revestimentos de parede e tecidos no país, acaba de inaugurar seu primeiro showroom em Brasília.

Distribuído em dois andares e assinado pelo arquiteto André Piva, a arquitetura do showroom manteve a identidade visual da marca, fazendo uso da madeira e do aço corten como bases sóbrias. Dessa forma, as estampas e cores dos tecidos e revestimentos de parede se sobressaem por completo, transformando-os em verdadeiras obras de arte.

Para marcar a abertura da loja, a Orlean apresenta a Estúdio Orlean, uma plataforma de design que a marca acaba de criar para desenvolver os seus próprios produtos com alta qualidade, como as coleções Areias, Raízes e Columbus.

Ainda para 2016, estão previstas mais de seis lojas espalhadas pelo Brasil e uma em Assunção, no Paraguai, que será o segundo endereço internacional da marca. O primeiro foi aberto em dezembro, em Miami (Estados Unidos).

Fundada em 1985, no Rio de Janeiro, a Orlean é referência em revestimentos no país e conta com seis showrooms próprios nos melhores bairros de Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília e Miami, e está presente em todos os estados brasileiros através de suas franquias e revendas credenciadas.

Desenvolve suas coleções próprias de revestimentos de parede e tecidos e representa com exclusividade no Brasil vinte das melhores marcas mundiais do segmento, conjugando tecnologia e design, aliado à responsabilidade ambiental.

Bello Pastel Express amplia atuação no Nordeste

A rede de franquias Bello Pastel Express, com sede em Londrina (Paraná), ampliou sua atuação ma região Nordeste. Já presente em Salvador, Natal e Recife, a empresa inaugurou uma unidade em Teresina (Piauí), no Shopping Rio Poty.

“Fizemos uma inauguração muito boa na cidade, conseguimos comunicar nossos produtos e ingredientes de forma efetiva na região”, diz Gustavo Freixo, diretor da marca.

No primeiro semestre de 2016, a rede deve ganhar mais duas unidades nordestinas. Uma em Vitória da Conquista (Bahia) e outra em Fortaleza (Ceará). Também há uma negociação para instalar uma loja em um shopping de Sergipe.

“O interior do Nordeste também é uma região que nos interessa muito pelo fato das cidades serem carentes de marcas”, afirma Freixo. Alheia à crise, a franquia Bello Pastel Express está em pleno crescimento e quer abrir unidades em todo o Brasil.