Como as franqueadoras divulgam seus modelos de negócio

*Por Filomena Garcia

Um dos principais desafios que os franqueadores enfrentam hoje é entender qual é a maneira mais eficiente de divulgar a sua franquia como uma oportunidade de negócio para, assim, atrair os franqueados certos para a expansão da rede.

Para os futuros franqueados, também é interessante compreender o trabalho de divulgação das franqueadoras. Assim, é possível identificar as empresas mais estruturadas, que fazem um bom trabalho de Comunicação e Marketing, e também evitar algumas armadilhas.

Vamos falar de algumas ações que não podem ficar fora do planejamento de comunicação de qualquer marca que deseja ser escolhida pelos franqueados certos.

Porém, antes é preciso deixar claro que nenhum tipo de divulgação deve ser feita até que a franqueadora tenha feito formatado corretamente e testado o modelo de negócio que pretende replicar, além de planejar a expansão de forma a garantir a logística dos produtos e o suporte ás futuras lojas.

Considerando que esta lição já foi concluída, chega a hora de se apresentar ao mercado e aos interessados em abrir um negócio de franquia.

Para dar início à divulgação, o primeiro passo é avaliar o próprio site da marca. Afinal, a página da empresa é o lugar onde os futuros franqueados buscarão as informações completas da franquia – por isso ela precisa ser atrativa, clara e objetiva.

Na home do site, é indicado que haja um botão indicando para uma página específica com informações sobre a franquia. E nesta página é recomendável que haja informações sobre o histórico da empresa, os diferenciais da franquia, os treinamentos e suportes oferecidos ao franqueado, a quantidade de lojas que já estão em funcionamento e sua localização, fotos dos produtos e das unidades, os números do negócio (investimento necessário para abertura de uma loja, as taxas cobradas, etc), além de um formulário para receber as inscrições dos interessados, é claro.

Essas informações e outros conteúdos que ajudem o futuro franqueado a conhecer melhor a empresa e seus planos devem ser divulgadas não apenas no site, mas também nas mídias sociais da empresa. Afinal, quem segue a franqueadora em qualquer rede social costuma ser um admirador da marca e pode se interessar em abrir uma franquia da rede.

O mesmo serve para os consumidores que frequentam as lojas. É comum que muitos franqueadores esqueçam de informar nos pontos de venda que aquela marca busca novos franqueados para sua expansão.

Ao deixar de falar sobre o modelo de franquia nas lojas, a empresa perde a oportunidade de se apresentar como uma oportunidade de negócio para seu principal público: os clientes e fãs que visitam suas unidades diariamente. E ela poderia fazer isso sem custo algum, apenas colocando “Seja um franqueado” no cantinho da vitrine ou um panfleto sobre franquias no balcão do caixa.

Aliás, é muito importante desenvolver folders ou folhetos impressos que possam que possam materializar o que é o negócio. Eles podem ser entregues nas lojas da rede ou mesmo depois de uma reunião com um futuro franqueado. Normalmente, a decisão de comprar uma franquia passa por uma conversa em família ou com sócios. Poder ter à mão um material bem ilustrativo fará com que a franquia seja lembrada e facilmente identificada.

Também é essencial fazer a franquia ser conhecida em todas as regiões que estão nos planos de expansão da empresa. Contratar uma assessoria de imprensa, participar de feiras de negócio e, principalmente, divulgar sua marca em portais especializados em Franchising são formas eficazes de divulgar o modelo de franquia para potenciais investidores e atrair interessados pela marca.

Por último, não podemos esquecer que uma das formas mais efetivas de chegar a um maior número de interessados com um custo relativamente baixo é a publicidade online. Anunciar em redes sociais e em sites de busca tem se tornado obrigatório para as franqueadoras que querem expandir suas redes. E fazer isso de forma inteligente exige, cada vez mais, uma mão de obra especializada, capaz de engajar os futuros franqueados e reter a sua atenção para a comunicação da marca.

 

Filomena Garcia, Sócia-diretora da Franchise Store, é especialista em marketing e atua há 20 anos nas áreas de negócios, varejo e Franchising. Co-autora dos livros “Franchising – Uma estratégia para expansão de negócios e “Marketing para Franquias”.

Yes! apresenta nova tecnologia na Expo Franchising ABF Rio 2015

Há mais de quatro décadas no mercado, a rede de franquia Yes! é uma das maiores escolas de idioma no Rio de Janeiro. Das 151 unidades espalhadas pelo Brasil, 80 delas estão localizadas no estado. Visando fortalecer ainda mais a marca no segmento, além de conquistar novos franqueados, a Yes! irá participar pela 9ª vez da Expo Franchising ABF Rio 2015. O evento será realizado no Riocentro, de 1º a 03 de outubro, e espera receber mais de 28 mil visitantes.

Por meio de um estande moderno, a rede irá apresentar aos espectadores o novo conceito de sala de aula, que será demonstrado durante a iniciativa. “Investimos em uma tecnologia inovadora, que irá proporcionar aulas cada vez mais interativas. Além disso, a sala tem que ser um ambiente atraente ao aluno, para que ele se inspire a aprender outra língua, como o inglês ou o espanhol”, diz o presidente da marca, Clodoaldo Nascimento.

Segundo ele, fica cada vez mais evidente que as pessoas precisam se qualificar. No Brasil, apenas 5% da população fala um segundo idioma, e quando se aplica uma prova de proficiência, esse número cai para 2%. Diante disso, a missão da Yes! se baseia em diferentes pilares, como ensinar novas línguas, estimular o aprendizado, atualizar conhecimentos constantemente e fazer com que a tecnologia auxilie de forma efetiva no dia a dia das aulas.

A Expo Franchising ABF Rio 2015 também é uma oportunidade para apresentar a marca aos que desejam investir em uma franquia. Os planos de expansão da Yes! são de preencher alguns bairros que, graças ao crescimento geográfico, se tornaram mais atraentes para a rede.

A expectativa é fechar o ano com mais de 180 unidades em todo o país, e crescimento de 25% em volume de negócios. De acordo com a gerente de expansão, Clarice Caliman, a desaceleração econômica faz com que as pessoas busquem ampliar o conhecimento para conquistar novas oportunidades no mercado de trabalho. Com isso, a demanda por cursos de línguas aumenta.

O investimento inicial para abrir uma unidade da Yes! é a partir R$ 100 mil e o lucro médio aproximado é de 30% sobre o faturamento, com prazo de retorno que varia entre 18 e 24 meses. Entre os benefícios que a rede oferece está a isenção do pagamento das taxas de royalties e de publicidade.

Grupo Albero participa da ABF Expo Franchising Rio com as marcas Via Verde e Clube Caramelo

A Via Verde e a Clube Caramelo, redes de franquias administradas pelo Grupo Albero, participam da edição 2015 da Expo Franchising ABF-Rio 2015, entre os dias 1 e 3 de outubro, no Rio de Janeiro. O evento é considerado o maior do segmento de franquias do país.

O evento, que acontece no Riocentro, tem como objetivo reunir as redes de franquias e interessados em serem franqueados.  As duas redes planejam expandir nacionalmente, visto que a feira recebe visitantes do país todo. Bruno Montez Carpes, diretor do Grupo Albero, acredita que o retorno é fundamental para o crescimento das marcas, que devem crescer cerca de 30% este ano.

A Clube Caramelo é um modelo de franquia de biscoitos e guloseimas, com uma proposta ideal para quem quer empreender e abrir o seu primeiro negócio, com baixo investimento. A rede oferece as melhores marcas nacionais e importadas de doces, chocolates e biscoitos para o consumidor, com centenas de opções de guloseimas para atender clientes finais de todas as idades. As lojas têm um design vintage, o que garante um visual que atrai o público. A previsão é de encerrar 2015 com dez contratos fechados, em comparação ao ano anterior.

Com um investimento a partir de R$30 mil e uma área com, no mínimo 6 m², já é possível abrir uma unidade no modelo quiosque da Clube Caramelo. Já para uma loja, mesmo com o modelo compacto, são necessários no mínimo 20 m², e investimento a partir de R$ 55 mil. Ambos os modelos podem ser localizados em shoppings, galerias, centros comerciais e empresariais.

Já a Via Verde oferece os formatos de loja e quiosque. A partir de 35m2 e com R$ 120.000,00, é possível investir em uma loja da Via Verde. Já o quiosque exige um investimento inicial menor, de R$ 30.000,00, e menos espaço físico, entre 6m2 e 12 m2.

A rede, que já conta com quase três décadas de mercado, acaba de inaugurar o e-commerce da marca. O objetivo da empresa, referência no segmento de alimentação saudável, é oferecer aos franqueados um novo canal de vendas, podendo ser usado também pelo consumidor final. São 11 mil produtos disponíveis para entrega em todo o Brasil.

Segundo Carpes, a expectativa de faturamento com a loja virtual em 2015 será de R$350 mil reais. O portal irá permitir que o franqueado efetue a venda tendo o produto em sua loja ou disponibilizando-o para o cliente através do site, no caso de determinado produto não estar disponível na loja física. Para conduzir o processo de mudança, a rede investiu no desenvolvimento de uma plataforma personalizada e exclusiva para atender com  excelência clientes e franqueados.

Waffle Store & Cafeteria quer crescer com lojas, quiosques e food truck

Criada em 2013 e sob o comando dos sócios José Ricardo Rocha Bandeira, Almir Alves e pelo casal David Fernandes e Cristiane Fernandes, a Waffle Store & Cafeteria atuante no segmento de alimentação traduz a versatilidade dos famosos waffles, inspirados nas tradições belgas e com grande aceitação no Canadá, em variadas formas e sabores a serem consumidas a qualquer hora do dia e em qualquer estação. Com sede em Niterói, a marca inicia em fevereiro de 2015 no ramo de franchising, e com menos de quatro meses expande para o Rio de Janeiro com sua primeira franquia.

Estreante na ABF Expo Franchising Rio este ano, a Waffle tem o objetivo de tornar-se conhecido na região sudeste. Para os empresários o foco é mostrar que a marca agrega tendência de mercado, oportunidade de crescimento, taxas de franquias mais em conta e versatilidade ao trabalhar com três modalidades de negócios: lojas físicas, quiosques e carrinhos móveis que apresentam uma perspectiva de retorno de 16 meses.

Com a participação na feira, a marca tem a pretensão de encerrar o ano de 2015 com cinco contratos. A rede vive a perspectiva de encerrar o ano de 2016 com 10 franquias na modalidade loja e triplicar este número até o final de 2017, sendo 20 unidades das tradicionais lojas e mais 20 na modalidade quiosque.

Franquia Nailz Esmalteria oferece serviços para empresas e eventos

Com apenas três anos no mercado carioca, a Nailz Esmalteria, que atua no segmento de beleza e bem-estar, participa pelo segundo ano da Expo Franchising Rio. A marca criada em 2012 pelas amigas de infância Priscilla Mendlewicz (turismóloga) e Camille Valverde (economista), em parceria com a marca internacional de cosméticos L´Oreal, tem o propósito de levar conforto, beleza, praticidade e principalmente um novo conceito para as mulheres modernas inseridas no mercado de trabalho com o tempo cada vez mais diminuto.

A Nailz, que possui sete unidades em funcionamento e uma em fase de implantação iniciou no franchising em 2014 e está investindo em um projeto de expansão audacioso para toda a região sudeste. Com investimento inicial de R$ 95 mil – incluindo taxa de franquia (R$25 mil), capital de giro (R$ 15 mil), recursos materiais e obra – a Nailz tem a pretensão de fechar este ano com o dobro das unidades. O faturamento médio mensal gira em torno de R$ 50 mil e o lucro estimado em 20%. Depois de se destacar com os atendimentos sem hora marcada e horários flexíveis para atendimento, a marca apresenta propostas corporativas que tem feito sucesso, como o Nailz In Company – as especialistas vão à empresa para o embelezamento das unhas das mulheres que não tem disponibilidade de sair no horário de trabalho. Este serviço pode ser feito através de um contrato com as empresas, no qual é estipulado o valor do serviço, a quantidade de dias que as especialistas irão à empresa e a quantidade de funcionárias que atenderão ou a ida das especialistas à empresa de forma individual para o embelezamento das unhas no horário conforme o desejo do cliente.

Além de surpreender com propostas corporativas a marca avança em direção a realização de eventos de outras naturezas como o Nailz Service – trata-se do embelezamento das unhas e relaxamento das mãos e pés por especialistas em lugares como festa de aniversário, eventos corporativos, chá de lingerie, chá de panela, academias, eventos de inauguração, lojas que estejam apresentando nova coleção, dia das mães, dia internacional da mulher, entre outros. Já o Nailz In Home foi criado para ser um mimo apenas para as mulheres que já conhecem a marca a fim de fidelizá-las.

E as novidades não param por aí, a Nailz que possui 17 serviços para unhas, pés e mãos inicia neste semestre o trabalho de sobrancelhas com pinça, linha e rena. Para Priscila Mendlewicz, a participação da ABF Expo Franchising Rio de Janeiro será fundamental para consolidar a marca no mercado carioca e projetar uma expansão para a cidade de São Paulo.  “Estamos muito otimistas com o nosso segundo ano na Expo Franchising do Rio de Janeiro. O mercado de esmalterias na cidade está crescendo de maneira considerável e temos grandes projeções para o ano de 2016. Temos a expectativa de fechar grandes parcerias corporativas, além é claro de possibilidades de negócios, tanto para captação de novos interessados na franquia como estreitarmos relações com empresas para estipularmos parcerias corporativas”.

Pello Menos divulga modelos compactos de franquia na Expo Franchising Rio

A rede de depilação à cera, líder no ranking de melhor empresa nesse segmento e cinco vezes consecutivas contemplada com o Selo de Excelência no Prêmio ABF, o Pello Menos apresenta na Expo Franchising Rio o conceito de loja light ou slim de depilação a cera – uma loja com apenas cinco cabines com investimento estimado em R$180 mil para lojas a partir de 60m², e o modelo de franquia exclusiva de fotodepilação, com um investimento inicial estimado em R$ 135 mil para lojas com 30m² a 40m². O modelo de negócio é 60% mais barato que as lojas tradicionais.

Hoje, depois de 19 anos de atuação e quase 11 de franquia, o Pello Menos possui 51 unidades espalhadas nos estados da Paraíba, São Paulo, Amazonas, Minas Gerais e Rio de Janeiro. Além da criação de uma clínica de atendimento exclusivo em depilação, o Pello Menos resolveu inovar também no seu produto, pensando no maior bem-estar de seus clientes.

O Pello Menos trouxe no decorrer do ano de 2015 algumas novidades como os aplicativos Android e IOS – ferramentas que seus clientes utilizam para ficarem por dentro da política promocional agressiva da empresa-, integração de toda a rede com a implantação do sistema de treinamento online para franqueados e trainee – que otimiza em 40% o tempo para treinamentos, atendimentos e outros serviços bucrocráticos voltados para os franqueados e a comercialização das modalidades de lojas. A marca vive a expectativa de atingir toda a região nordeste até o início de 2017.

10 motivos para investir em uma franquia

Os interessados em ingressar no mercado de franchising brasileiro, que cresceu 11,2% no 1º semestre deste ano, terão uma oportunidade única da Expo Franchising ABF Rio, que ocorre de 1 a 3 de outubro, no Riocentro. Em um mesmo local, empreendedores do Rio de Janeiro e de todo o País terão acesso à capacitação no mercado de franchising e a uma ampla e variada gama de marcas buscando investidores.

Para quem ainda está avaliando o sistema como uma alternativa de empreender no atual cenário econômico, os organizadores da feira – ABF Rio e Fagga | GL events Exhibitions – apontam 10 motivos para se investir em uma franquia:

  1. Ingressar em um mercado resiliente que, mesmo no atual cenário, cresceu 11,2% no primeiro semestre de 2015
  2. Possibilidade de começar um negócio baseado em um modelo pré-formatado e testado
  3. Associar-se a uma marca consolidada e de prestígio
  4. Ter o suporte, orientação e treinamentos do franqueador, além da troca constante de experiências com os demais franqueados da rede
  5. Acesso a métodos profissionais de gestão e recursos compartilhados como softwares, plataformas, materiais de marketing e comunicação etc.
  6. Acesso a produtos e serviços já desenvolvidos e, na maioria das vezes, testados e comprovados
  7. Acesso a iniciativas de comunicação conjuntas, como propaganda cooperada
  8. Possibilita reduzir o tempo de implantação
  9. Ganhos de escala e maior poder de compra
  10. Como todo negócio, uma franquia tem riscos, mas eles são menores do os de um negócio isolado.

Todas essas vantagens permitem que o franqueado concentre-se em vender e na correta operação de sua loja. Além de formar um mercado de R$ 128,8 bilhões de reais no Brasil em 2014, uma das principais consequências da metodologia aplicada pelo franchising é a redução do risco do negócio. A taxa de mortalidade de franquias é de cerca de 4%, enquanto que outros micro, pequeno e médios negócios isolados essa taxa é superior a 30%.

A Feira

Realizado pela Associação Brasileira de Franchising Rio de Janeiro (ABF Rio) com organização e promoção da Fagga | GL events Exhibitions,  a feira tem expectativa de movimentar R$ 200 milhões em negócios e receber cerca de 28 mil visitantes. A Expo Franchising ABF Rio trará opções de franquias de um amplo espectro de segmentos (educação, alimentação, limpeza, reparos, beleza, microfranquias, etc.), para os mais variados perfis de empreendedores e de capital inicial de investimento. Além da exposição das marcas, a feira proporciona aos interessados em ingressar no universo das franquias, a participação no Fórum de Franchising, com uma programação de palestras diária, que visa orientar o investidor para a escolha da franquia mais adequada ao seu perfil. O objetivo &eacut e; proporcionar aos participantes a oportunidade de conhecer especialistas, debater aspectos estratégicos para os negócios, além de obter informações sobre o sistema de franquias.

SERVIÇO

Expo Franchising ABF Rio 2015
Data: 01 a 03 de outubro de 2015
Horário: 13h às 21h
Local: Riocentro
Endereço: Av. Salvador Allende, 6555, Barra da Tijuca | Rio de Janeiro
Credenciamento e Programação: www.expofranchising.com.br
Informações: (21) 3035-3100 | (11) 3044-4410
E-mail: expofranchising@fagga.com.br

Maria Brasileira confirma presença em feira da ABF no Rio de Janeiro

A rede de multisserviços Maria Brasileira decidiu incrementar seu portfólio de produtos e apresentará ao mercado fluminense, durante a Expo Franchising ABF Rio 2015, que será realizada de 1 a 3 de outubro, no Riocentro, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, seu novo nicho de atuação: o de cursos profissionalizantes, que contam com material didático gratuito e certificados de conclusão reconhecidos em todo o Brasil.

Por conta da falta de mão de obra qualificada no setor de limpeza, conservação, cuidados domésticos e comerciais, a empresa aderiu ao segmento com o intuito de oferecer capacitação rápida e eficiente para um público que pretende se aprimorar na área ou mudar o ramo de atuação.

Pioneira ao agregar o novo produto ao tradicional serviço de limpeza, a rede de passa a ser a primeira do mercado a oferecer os cursos profissionalizantes, e prevê que seus franqueados aumentem em 12% o número de clientes por unidade com a novidade.

Em média, os cursos com carga horária a partir de 8 horas custam R$ 149 e as turmas são iniciadas com cerca de 10 pessoas. O público-alvo são empresas e condomínios que buscam capacitar seus colaboradores. As primeiras classes foram iniciadas em abril, com foco na especialização sobre a atividade de porteiro.

Nos próximos meses, serviços domésticos/organização e limpeza de ambientes também farão parte da grade de opções da rede, com cursos de babá, cuidador de idosos, jardinagem, motorista, passadeira, zeladoria, etc.

De acordo com o sócio-diretor da Maria Brasileira, Eduardo Pirré, a diversificação do portfólio é um diferencial da rede que não para de crescer. “Vamos capacitar pessoas em todas as unidades, de acordo com as necessidades do mercado de trabalho e, com o atual cenário econômico, acredito que nossa aposta seja certeira”, diz.

Apostando no Rio de Janeiro

Considerado como um dos cenários mais favoráveis ao empreendedorismo, o Rio de Janeiro tem atraído cada vez mais investidores, principalmente, quando o assunto envolve o mercado de franquias. Segundo levantamento da Associação Brasileira de Franchising (ABF), em 2014, o estado comportava 11,4% das sedes de franqueadoras do Brasil e 11,6% das unidades franqueadas, ficando atrás apenas do estado de São Paulo.

Pensando em atingir esse mercado promissor, a rede de franquias Maria Brasileira aproveita o bom momento do segmento de franchising para direcionar parte do foco de sua expansão ao Rio de Janeiro. Hoje, o estado representa 21% das unidades franqueadas já conquistadas em todo o território brasileiro.

A empresa conta com um portfólio de 15 serviços. Entre eles, alguns que despontam como os mais requisitados pelos clientes são faxina, Dog Walker (profissional especializado em levar o animal de estimação para realizar passeios e exercícios), Bom Vizinho (onde o morador contrata alguém para ir a sua casa e verificar o que for preciso), e cuidados pessoais em geral para crianças e idosos.

Atualmente, a companhia conta com 23 unidades em operação no estado, sendo 19 na cidade do Rio de Janeiro. Além disso, a rede prevê encerrar 2015 com 30 unidades em funcionamento na região. “Em longo prazo, nosso plano ainda prevê triplicar este número de franquias. As regiões serrana, dos lagos e interior estão sendo observadas com muita intensidade”, afirma o sócio-diretor da Maria Brasileira, Felipe Buranello.

Clique aqui e saiba mais sobre a franquia Maria Brasileira.

CEBRAC inaugura a segunda unidade no Estado do Maranhão

Neste mês, O Centro Brasileiro de Cursos (CEBRAC) implanta mais uma unidade, dando continuidade à sua expansão por todo o país. A nova escola está localizada na Avenida Getúlio Vargas, um dos locais mais importantes da cidade de Imperatriz. Com esta inauguração, o CEBRAC passa a operar mais de 150 unidades em todo o Brasil.

“Imperatriz é a segunda cidade mais populosa do Estado do Maranhão, logo o potencial de público é notável. A cidade passa por um desenvolvimento comercial e econômico visível. Tudo isso pede capacitação da população e é exatamente isso que o CEBRAC vem trazer aos cidadãos imperatrizenses”, conta Fabio Pozza, diretor de mercado da franqueadora.

Os alunos terão à disposição os cursos de Geração Web, Assistente Administrativo Completo e Atendente de Farmácia. Além disso, a escola contará com os recursos mais modernos em sala de aula e já está com o grupo de docentes montado. Todos os professores foram selecionados com base na sua formação e na capacidade de ministrar o conteúdo da forma mais dinâmica possível.

Os cursos profissionalizantes do CEBRAC focam nos jovens que buscam melhores oportunidades de emprego. A instituição se diferencia pela metodologia que utiliza com disciplinas teóricas e práticas para facilitar a entrada dos estudantes no mercado de trabalho.

 

Domino’s Pizza quer expandir para a Zona Norte do RJ e Baixada Fluminense

Maior rede de entregas de pizzas do mundo, com 12 mil lojas em 80 países, a Domino´s Pizza participa pela quinta vez da ABF Expo Franchising Rio 2015 apostando forte na expansão no estado do Rio de Janeiro. O foco do crescimento da marca no Rio está na Zona Norte da capital e na Baixada Fluminense.

Mesmo diante do cenário de crise econômica que atingiu em cheio o varejo nacional, os negócios da Domino´s Pizza no Brasil não foram afetados. Ao contrário, a rede – controlada pelo Grupo Trigo – comemora números recordes de crescimento em vendas, faturamento e número de lojas.

Só nos últimos três anos, a rede vem crescendo acima de 10% ao ano em suas vendas (considerando a mesma base de lojas). No primeiro semestre de 2015, mantém o crescimento de dois dígitos em vendas e crescimento positivo também em número de pedidos. Considerando as novas lojas, o crescimento chega a 51% de 2015 para 2014 no primeiro semestre.

Para o gestor da Domino´s Pizza Brasil, Edwin Jr., “Estamos lucrando na crise porque temos uma marca internacional sólida, porque com a redução de gastos muitas famílias optam pelo delivery  e porque atingimos com grande sucesso a classe C”, avalia. Segundo ele, o modelo de loja de rua com salão ganhou força nesse cenário e a Domino´s virou opção de fast casual para refeições em família, grupos de amigos, além do tradicional delivery que é o DNA da marca.

FOCO no ECOMMERCE

Com 126 unidades abertas no Brasil, a Domino’s Pizza parte agora para a conquista do ecommerce. A marca lançou recentemente um aplicativo para pedidos em celular nos sistemas IOS e Android. O aplicativo permite personalizar a pizza com a escolha dos ingredientes, serviço já disponível nos pedidos via site. Os gestores esperam que o tíquete médio para pedidos on line seja 20% maior do que nos pedidos via telefone ou no balcão.

O site exclusivo para entregas já conta com 70 lojas cadastradas em cidades como Rio de Janeiro, Nova Iguaçu, Volta Redonda, Curitiba, Vila Velha e Campina Grande e a expectativa é que se torne o maior veículo de vendas. O site também informa ao internauta a previsão de tempo para cada entrega.  Hoje, 78% dos pedidos via telefone no país chegam em até 30 minutos, um dos grandes diferenciais da marca frente à concorrência. A previsão é fechar o ano com 75% das unidades de rua conectadas e investimento de R$500 mil para os próximos três anos.

Espetto Carioca aposta em modelos móveis de negócios na ABF Expo Franchising Rio 2015

A rede de bares e restaurantes Espetto Carioca, conhecida pelos mais de 50 sabores de espetos, participará pela terceira vez da ABF Expo Franchising Rio 2015. A marca – que trouxe os famosos espetinhos de rua do Rio de Janeiro para uma rede de food service – contabiliza 18 unidades em operação, sendo 5 próprias e 13 franquias, em apenas cinco anos de existência. Outras novas sete lojas já estão sendo estruturadas para inauguração.

A grande aposta da rede para a feira de franquias são os modelos móveis de negócios. Para isso, um food truck será lançado na feira. Inicialmente, a rede franqueadora administrará o novo modelo de negócio que, posteriormente, estará aberto para ser comercializado por futuros interessados/franqueados. O truck participará dos principais eventos de gastronomia da cidade, revelando aos comensais mais um modelo de negócio da marca.

O modelo Espetto truck exige investimento de, no mínimo, R$ 120 mil, com retorno de 12 meses. A projeção é operar 20 trucks no primeiro ano de lançamento.

Até o final deste ano, a Zona Norte da Cidade receberá três unidades do Espetto Carioca: Cachambi (NorteShopping), Tijuca (Shopping Tijuca) e Piedade. Além disso, a rede tem projetos de expansão também para os bairros do Leblon (Zona Sul) e da Barra da Tijuca (Zona Oeste). Depois, o próximo passo será expandir para fora do Rio, principalmente para capital e interior de São Paulo. Seguindo a estratégia, a cidade de Piracicaba sediará a primeira loja, com inauguração prevista para novembro. Outra estratégia é entrar nos shopping centers das principais capitais do país.

O investimento inicial mínimo para fazer parte da rede é de R$ 120 mil (modelo quiosque), variando de acordo com o tamanho da unidade, que pode ser de 9m2 (quiosque) a 120m² (loja). Independente do investimento, o prazo de retorno médio é de até 24 meses, dependendo da operação e administração.

Para o diretor e um dos sócios fundadores da rede, Bruno Gorodicht, a diversidade de modelos de negócio e a popularidade do produto ajudam a atrair cada vez mais interessados. “Temos diferentes modelos de negócio para diferentes tipos de investimentos. O nosso produto é muito versátil e tem boa aceitação pelo público em geral. Todos esses ingredientes juntos motivam e incentivam os novos investidores”, afirma o executivo.

Início do Espetto Carioca

A marca existe desde 2010 e a primeira unidade nasceu na Barra da Tijuca, mais precisamente em um mini mall próximo a um grande condomínio residencial. “O ponto estava às moscas e moravam cerca de 20 mil pessoas nesse lugar. Quando abrimos, foi de cara um sucesso!”, relembra Leandro Souza, outro sócio fundador, que decidiu abrir o negócio depois de voltar dos EUA e apostar na ideia de empreender. O clima descontraído e animado dos bares e a qualidade da comida são a equação de sucesso para o negócio.

Expo Franchising ABF Rio 2015 reunirá 25 novas marcas expositoras

A Expo Franchising ABF Rio 2015, uma das dez maiores feiras de franquias do mundo, acontece no Rio de Janeiro, entre os dias 01 a 03 de outubro. Das marcas expositoras nesta edição, 25 expõem pela primeira vez os seus produtos e oferecem seus serviços ao público do evento. A Feira é realizada pela Associação Brasileira de Franchising Rio de Janeiro, ABF-Rio, e organizada pela Fagga | GL events Exhibitions.

O intuito das franquias, tanto das marcas tradicionais que operam em diversos segmentos da economia, quanto das que acabam de adotar o sistema de franchising, é buscar empreendedores que desejam investir em novos negócios em todos os Estados do Brasil.

A previsão é de que 27 mil visitantes circulem pela Feira durante os três dias de sua realização e movimentem R$ 200 milhões em negócios.

Confira abaixo a lista dos expositores que estarão pela primeira vez na Expo Franchising ABF Rio 2015:

MARCA

Localização

Segmento

Bv Financeira

D29

Crédito

Depyl Action

E14 D15

Beleza, Saúde,

Direito de Ouvir Aparelhos Auditivos

D31

Estética, Medicina e Odontologia

Ducha

A33/B34

Cosméticos e Perfumaria

Empório do Aço

I26/H25

Bijuterias, Joias e Óculos

Fast Açaí

E01/E02

Alimentação

Ftb Franchising

F41

Consultoria

Geneal

Q05

Alimentação

Hare Burger

F16

Alimentação

Idreams

G05/H04

Igui Piscinas

F01/F02

Entretenimento, Brinquedos e Lazer

Imaginarium

Móveis, Decoração e Presentes

Instituto Brasileiro de Linguas

C13

Escola de Idiomas

Las Empanadas

Q02

Alimentação

Mary Help

E36

serviços

Mercadao dos Oculos Sol e Grau

A21/B22

Bijuterias, Joias e Óculos

Papa John’s

C26

Alimentação

Scala

E27

vestuário

Shorr Instalações Comerciais

H37

Sorvete Itália

D18

Alimentação

Unico Asfaltos

D08

Unidas Frotas Coorporativas – Rent a Car

C28

Aluguel de carros

Up Time Consultants

H16

Curso de Inglês

Up Town

C11

Uv Line

C10

O credenciamento antecipado para a visita ao evento já está aberto.

SERVIÇO
Expo Franchising ABF Rio 2015
Data: 01 a 03 de outubro de 2015
Horário: 13h às 21h
Local: Riocentro
Endereço: Av. Salvador Allende, 6555, Barra da Tijuca | Rio de Janeiro

Patroni apresenta modelo compacto na Expo Franchising ABF Rio 2015

A Patroni, maior rede de pizzarias do Brasil, decidiu apostar em um modelo de negócio compacto, chamado Patroni Expresso, desenvolvido para ser implantado em locais que possuem alta movimentação de pessoas, favorecendo a compra por impulso. A novidade será apresentada ao público carioca durante a Expo Franchising ABF Rio 2015, realizada de 1º a 03 de outubro, no Riocentro, no Rio de Janeiro. Os mais de 28 mil visitantes esperados para esta iniciativa poderão usufruir de uma experiência real, já que a marca contará com uma loja do Expresso que irá distribuir fatias de pizza, hot dog, salgados e sorvetes.

De acordo com o diretor de marketing da rede, Rafael Augusto, é importante que o potencial franqueado possa vivenciar e experimentar o que irá vender. “Quando conversamos sobre a franquia, muitos interessados pensam apenas nos indicadores principais – que são obviamente muito importantes – mas é de suma importância entenderem o conceito da marca, e sentirem ao vivo como é a operação. Por isso, daremos a oportunidade para que os presentes possam comprovar a qualidade dos produtos por meio de uma experiência de consumo real”, revela o executivo.

O modelo compacto é perfeito aos que possuem até R$ 150 mil para investir, valor aquém dos R$ 400 mil necessários para a implantação de uma loja Patroni Classic, destinada ao público classes C e D, ou dos R$ 450 mil para uma loja Patroni Premium, com foco nas classes A e B. O cardápio é composto pelas famosas pizzas, servidas em pedaços, além de cachorro quente, lanches na ciabatta, coxinha, pão de queijo, sorvetes, café, sucos e refrigerantes.

“Além de oferecer uma nova opção de investimento, buscamos alternativas para que a franquia possa expandir a atuação no mercado e implantar unidades fora de shopping centers, onde já opera por meio das 192 unidades espalhadas pelo Brasil. O modelo Expresso pode ser inserido em locais que possuem ampla movimentação de pessoas, como ruas, estádios de futebol, estações de metrô, centros empresariais, casas de show e outras alternativas. Neste primeiro momento, as praças de São Paulo e Rio de Janeiro são mais atrativas para receber uma unidade neste formato, mas estamos abertos às propostas para todos os estados”, explica o presidente da Patroni, Rubens Augusto Junior.

Para o ano de 2015, a Patroni conta com um plano de expansão que visa a implantação de 95 unidades, sendo 50 no modelo Expresso e 45 entre os formatos Classic e Premium. “Temos 20 unidades em operação e seis a inaugurar no Rio de Janeiro. A praça, além de ter 13% dos franqueados que compõem a rede, conta com a unidade que mais fatura em todo o Brasil. Com a participação nesta iniciativa, prospectamos novas inaugurações de lojas na região do Grande Rio e interior do estado, chegando a quase 50 lojas nos próximos dois anos”, explica o diretor de expansão, Luiz Cury Filho.

A rede faturou R$ 335 milhões em 2014 e planeja um crescimento de 20% para este ano.

Experimento Intercâmbio Cultural lança aplicativo inovador

A Experimento Intercâmbio Cultural, primeira agência a promover o intercâmbio cultural no Brasil e no mundo, lança sua nova plataforma digital, o aplicativo myEXP, que promete facilitar a vida dos intercambistas. O app já está disponível para download gratuito na Apple store e no Google play.

A ferramenta dá acesso a três grandes funcionalidades principais:

CONNECT – Canal de comunicação via chat com consultores e com outros Experimenters. Nesta ferramenta o viajante pode se conectar para trocar informações com pessoas que também estão viajando ou tenham viajado. Além de poder esclarecer todas as suas dúvidas com os especialistas da loja a um clique de distância.

TRIP TOOLS – Acompanhamento on-line da evolução do intercâmbio e acesso às informações necessárias para que o intercambista tire o melhor proveito de sua experiência sem se preocupar com nada. Essa ferramenta tem a capacidade de armazenar arquivos, como cópias de passaporte, visto e seguro viagem, o que torna a experiência ainda mais prática e mobile.

SOCIAL NETWORK – Rede social para os intercambistas compartilharem posts, fotos e dicas. Nesta rede social, cada experiência compartilhada vale pontos para o intercambista, estimulando a interação na rede. Além disso, amigos podem curtir e comentar os posts.

Segundo Patrícia Zocchio, CEO da Experimento, “O investimento na plataforma é importante para estarmos ainda mais próximos desse público que está sempre conectado e em busca de novas formas de interagir nas redes sociais”, comenta.

A Experimento oferece várias modalidades de programas de intercâmbio: Cursos de Idiomas no exterior, High School, Au Pair, Programa de Férias, Profissionalizantes e Universitários. O objetivo é atender os mais diferentes perfis de jovens e adultos que buscam a possibilidade de ter uma experiência internacional e de contato com outras culturas. Ao longo desses 50 anos, mais de 100 mil pessoas já viajaram com a Experimento.

Mais informações sobre o myExp:

http://www.experimento.org.br/myexp/

https://www.youtube.com/watch?v=szDYQVzu5Zg

 

Sobre a Experimento Intercâmbio Cultural

Completando 50 anos de experiência no Brasil e 82 anos no mundo, a Experimento é a maior rede especializada exclusivamente em intercâmbio cultural do País. Eleita porcinco anos consecutivos a melhor agência de intercâmbio da América Latina pelo Star Awards for International Education, é a única a alcançar o posto de Super Star, título vitalício em excelência. A rede possui mais de 30 lojas no território nacional, oferecendo solução completa em educação internacional, que incluem a oportunidade de estudar ou trabalhar no exterior, em mais de 30 países. Entre os produtos oferecidos estão High School, Cursos de Idiomas, Au Pair, Programas de Férias, estágios e trabalhos remunerados no exterior, Programas Universitários e Profissionalizantes, passagens aéreas internacionais, assistência viagem e muito mais.

A rede conta com sistema de franquias consolidado em diversos estados do país e ainda busca expansão. Para isso, conta com apoio aos franqueados desde a busca do ponto comercial até o treinamento do franqueado no Head Office, além de constante suporte operacional e financeiro.

Para mais informações: www.experimento.org.br

Com 108 lojas, rede de culinária japonesa Koni acelera expansão com modelo express

A rede “carioca” de culinária rápida japonesa Koni, marca do grupo Trigo Franquias, chega a sua quinta participação na ABF Expo Franchising RJ apostando na diversificação de produtos para atrair novos franqueados. Há nove anos no mercado e com 108 lojas abertas em 11 estados brasileiros, a rede de culinária japonesa, que surgiu na Zona Sul do Rio de Janeiro, vem conquistando o país e provando ser uma marca inovadora e de qualidade e confiança para se investir.

A projeção da rede Koni é finalizar o ano com mais de 120 unidades em operação. O plano para alavancar a expansão em todo o Brasil é difundir o conceito Koni Express, voltado principalmente para praças de alimentação de shopping centers. Essa estratégia vem permitindo à marca um expressivo crescimento nos últimos anos tanto em número de lojas quanto em faturamento, além de apresentar ao consumidor um modelo de atendimento mais prático e rápido.

“Tivemos um crescimento em faturamento da rede de 162% entre 2012 e 2015. Fazendo um comparativo com o crescimento total anual, o Koni cresceu em média 38% por ano”, afirma o sócio fundador da rede Michel Jager.

A proposta da marca é oferecer produtos de qualidade aos clientes e aumentar a diversificação de sugestões para serem degustadas a qualquer hora do dia, que tem como objetivo estimular o aumento da frequência dos consumidores da rede na hora do almoço, lanche ou jantar.

“Incrementamos o cardápio com novos “Kombos” e opções de refeição para o fortalecimento de venda em diferente horários. Assim atendemos todos os tipos de clientes e aumentamos nosso fluxo. O Aplicativo Bonuz ajuda muito para aumentar a frequência e fidelizar nossos clientes”, ressalta Jager.

Além dos Kombos, outra grande aposta da marca são os Kaprichados. São 4 kombinações com 3 diferentes opções em cada um, com preços a partir de R$ 19,90.

Antenado nas novas tendências, o Koni tem um DNA digital forte e que fomenta negócios em novas ferramentas. Lançado em 2014, o aplicativo para smartphones BONUZ, que funciona com a mesma mecânica dos tão conhecidos cartões de fidelidade, busca agregar mais valor à experiência do cliente em qualquer loja da rede.

Modelo de Negócio Express

O modelo express é menor em relação às lojas tradicionais da rede. Nele, o cliente faz o pedido diretamente no caixa e acompanha o preparo do prato. Esse processo, que dispensa o serviço nas mesas, agrega facilidade, rapidez e conveniência ao consumidor. O investimento inicial para obter uma franquia Koni de shopping center ou de rua é a partir de R$ 410 mil (sem taxa) para uma loja de 30m2. O faturamento médio estimado está em R$ 130 mil.

Rede de alimentação do grupo Trigo Franquias – que engloba também as marcas Spoleto e Domino’s Pizza -, o Koni obteve em 2014 faturamento de aproximadamente  R$ 115 milhões, 39% a mais do que em 2013. A estimativa para 2015 é manter o mesmo ritmo de crescimento e inaugurar mais 33 novas unidades (aumento físico de 44%), chegando ao faturamento de R$ 156 milhões (o equivalente a um incremento de 37% em relação a  2014).

 

Pátio Paulista dá até R$50 para o cliente que visitar o shopping

A partir deste mês, o Pátio Paulista passa a ser o primeiro Shopping do País parceiro do PiggyPeg, aplicativo que permite lojistas recompensarem a visita dos seus clientes  com dinheiro de verdade. As lojas que participam da ação passam a contar com mais esse aliado para suas estratégias de negócios.

Com baixo custo e alta assertividade, a proposta dessa nova forma de propaganda é destinar parte do investimento dos varejistas em publicidade diretamente para o público-alvo. Assim, um simples passeio pelo Shopping, com visita às lojas participantes, pode render até R$ 50 reais aos clientes. O valor a ser oferecido como recompensa é estipulado pelos lojistas, que também podem alterar outras variáveis da campanha, como horário da oferta, idade e sexo do público a ser impactado – de maneira simples e a qualquer instante, na velocidade que o varejo requer. O lojista ainda tem a possibilidade de criar mensagens incentivando a compra de oportunidade ou oferecendo descontos especiais logo após a captura da recompensa.

Dessa forma, o aplicativo permite que o lojista atraia para a loja o público que lhe interessa, na seção que deseja, criando oportunidades mais assertivas de abordagem e comunicação com o vendedor. O consumidor também será incentivado a compartilhar a marca do estabelecimento em suas redes sociais, possibilitando atingir centenas de perfis similares direto pela timeline do usuário e não como anúncio ou mensagens patrocinadas.

“O grande desafio das ações de marketing é mensurar seu retorno e, no caso do shopping, a taxa de conversão do fluxo. Com essa ferramenta temos a certeza do resultado de cada centavo investido, pois o lojista só gasta, se o cliente que estiver no perfil pré-determinado entrar na loja e fizer ocheck-in no programa, dentro dos dias e horários estipulados pela campanha. Uma vez que o cliente está dentro da loja, cabe à equipe ter estratégias de abordagem para fazer a conversão em vendas ou mesmo fidelizá-lo para outras idas ao estabelecimento”, explica a gerente de marketing do Shopping, Cláudia Lima.

Para Cláudia, criar e buscar oportunidades são ainda mais essenciais em períodos de crise. “Esse é o momento de unir forças, dobrar os esforços, sermos estratégicos e superar as expectativas. E o aplicativo está em linha com esse pensamento, pois traz a inovação, a um custo mínimo de investimento, dando oportunidades não só aos lojistas, que podem estabelecer uma comunicação direta, olho no olho com o seu cliente, em meio à pujança do comércio eletrônico, mas também dá oportunidade de o cliente rentabilizar essa relação de forma consciente, uma vez que ele também recebe mensagens de educação financeira ao juntar certo valor de resgate”.

Criado pelo empresário Eduardo Moreira – ex Pactual, fundador da Plural Investimentos e diretor da Geração Futuro -, o app foi inspirado pelo sucesso da Nota Fiscal Paulista, pelas tecnologias de marketing digital e pelo modelo do Google Ads. “Criamos a primeira propaganda capaz de atingir e direcionar o usuário, cada vez mais conectado, ao ponto de venda. Queremos motivar as pessoas a irem a um estabelecimento sem oferecer cupom ou pontos”, explica Moreira.

Como funciona?

A dinâmica é bem simples: ao abrir o app, o usuário vê os lojistas parceiros no mapa, com indicação da distância e do valor da recompensa oferecida. Por ser um cluster, o shopping já sai com uma vantagem competitiva, pois o valor da recompensa a ser exibido será equivalente à soma das recompensas dos lojistas participantes. Outro ponto interessante é que essa exibição é personalizada de acordo com o perfil de cada usuário. Ou seja, se a campanha do lojista for direcionada a mulheres, entre 30 e 40 anos, às segundas-feiras à tarde, ele só aparecerá no mapa de usuários que estiverem de acordo com todas essas características.

Após a consulta no mapa, o usuário pode se dirigir aos estabelecimentos parceiros para fazer uma rápida leitura do QR Code em exposição. Visualizado por tablets ou celulares dos lojistas, cada QR Code é único e se altera assim que fotografado, não sendo necessário baixar qualquer leitor de QR Code.  O usuário não precisa fazer compra alguma e pode capturar apenas um prêmio por dia.

A cada R$ 20 capturados, o cliente pode resgatar o saldo, que será depositado diretamente na conta corrente especificada. As lojas credenciadas no  PiggyPeg  permitem que todos com mais de 18 anos capturem o prêmio.

O PiggyPeg está disponível nas plataformas iOS (Apple Store) e Android (Google Play). Ao acessar o aplicativo, o usuário deve cadastrar CPF e conta bancária para receber seu prêmio. O cadastro é fácil e, inclusive, pode ser feito com a conta do Facebook.

Números

Primeiro aplicativo que atrai consumidores aos pontos de vendas e recompensa sua visita com dinheiro, o PiggyPeg chegou ao mercado em março deste ano, com um modelo de propaganda sem dispersão de verba e com segmentação fidedigna do público-alvo. Em apenas 30 dias já havia conquistado 24 mil usuários. Hoje são 70 mil usuários e mais de 200 estabelecimentos credenciados, entre eles, grandes marcas do varejo como Marisa e Chilli Beans.

Petland tem recorde de vendas e avança com a abertura de novos pet shops

Na contramão de muitos setores da economia que estão parados ou deixando de investir, a Petland atingiu no mês de agosto o melhor resultado de faturamento em várias unidades da rede. Há um ano operando no Brasil, a franquia americana tem 16 lojas, entre abertas e em construção. Em setembro, serão inauguradas a segunda unidade em Curitiba e as primeiras lojas no Espírito Santo e no bairro de Perdizes, na capital paulista. O faturamento da empresa vem crescendo de 10% a 12% ao mês. Desta forma, o ponto de equilíbrio da operação é atingido, em média, dois meses antes do previsto.

“A Petland trouxe ao mercado brasileiro o conceito único no mercado pet. Lojas de bairro que forneçam uma experiência de compra inesquecível. Possuímos animais nas lojas e áreas de socialização, permitindo que as pessoas brinquem com os filhotes e tenham uma experiência de fato diferente. Atrelado à interatividade, nossos Petlanders são devidamente capacitados para vender informação e não simplesmente produtos”, afirma Rodrigo Albuquerque, sócio-diretor da empresa e responsável pela expansão da marca no país.

Ainda segundo o executivo, esse modelo de negócio traz como conceito o atendimento baseado em geração de valor, permitindo aos lojistas potencializarem suas vendas e aos clientes melhorarem o relacionamento com seus pets, por meio de um vasto conteúdo. “A venda dos produtos está diretamente ligada à qualidade do atendimento e abordagem inteligente. Estamos nos posicionando no mercado como lojas de conveniência pet, com política de preços atraente”.

O plano de expansão da empresa é ter, somente na grande São Paulo, 302 unidades em cinco anos. O faturamento médio, dependendo do tamanho da loja, pode chegar a R$ 876/m² quando a empresa atinge maturidade. O investimento inicial na franquia é a partir de R$ 350 mil, incluindo o treinamento de 10 dias na Universidade Petland. O prazo de contrato é de cinco anos, e o retorno vem de 24 a 36 meses.

Sobre a Petland

Inspirada na filosofia de entretenimento americana, a Petland foi fundada em 1967, com a ideia de potencializar a interatividade entre humano e animal. Em meados da década de 1970 a empresa iniciou seu processo de expansão via franquias e internacionalizou-se a partir do Canadá. Hoje, a rede tem 148 lojas em 11 países: Estados Unidos, Canadá, Japão, China, África do Sul, México, Brasil, Honduras, Guatemala, El Salvador e Nicarágua.

TZ Viagens inaugura, em Londrina (PR), nova loja da franquia

A TZ Viagem amplia cada vez mais o número de cidades em que está presente. Inaugura nesta quinta-feira (17) a 28ª loja da rede, em Londrina (PR), a segunda maior cidade do estado. Diretor da agência, Mauro Murakami acredita no potencial da cidade, visto que ela é o principal polo comercial de dez municípios da região, o que deve aquecer ainda mais os negócios.

Outra motivação que Murakami destaca é a de que o turismo é um segmento que cresce mesmo em períodos de economia instável. “As pessoas sempre precisarão viajar e ter uma empresa multimarcas, como a TZ Viagens, é garantia de proporcionar destinos sempre atrativos”, salienta. Paulo Manuel, CEO da empresa, reforça a presença da marca nos principais polos do país por ser uma empresa multissegmento, com serviços que integram intercâmbio, lazer e viagens de negócios.

Empreender em tempos de crise

*Por Filomena Garcia

Uma das principais características de um empreendedor é a sua capacidade de sempre acreditar que é possível realizar um sonho ou atingir uma meta, mesmo quando os obstáculos parecem intransponíveis.

O empreendedor não é apenas aquele que acredita em si mesmo, mas aquele que acredita no seu poder de realização, na capacidade de engajar os outros a seguirem em sua mesma direção. É essa crença que o move no momento em que decide empreender.

No mundo dos negócios, os verdadeiros empreendedores olham primeiro para si, para dentro, entendendo todos os seus potenciais e também suas fragilidades. Depois de analisar seu perfil e sua capacidade, eles olham ao redor e começam a avaliar quais recursos irão precisar para por em prática uma nova iniciativa, seja ela a abertura de uma empresa, a ampliação de um negócio já existente ou mesmo a criação de novos modelos de negócio.

Muitas pessoas estão abaladas pelo momento turbulento da economia e também pela crise política. É comum que, em uma fase como essa, elas se perguntem: será que o cenário pode ter um impacto negativo sobre o meu negócio? Será que está é a hora certa de dar um novo passo em minha empresa? Este é momento certo de empreender?

É lógico que qualquer negócio sofre o impacto de uma crise. Mas os resultados de uma empresa são impactados, dia após dia, por diversos outros fatores. Podem ser influenciado, principalmente, pela movimentação dos concorrentes, que podem aproveitar a indecisão dos outros para avançar e ganhar espaço – principalmente se a sua empresa só der peso para problemas da economia e outros aspectos negativos do mercado.

O Brasil já viveu, ao longo das últimas décadas, momentos excelentes da economia. Mas também viveu períodos desafiadores – e nem por isso os empreendedores sumiram ou ficaram parados. Os verdadeiros empreendedores seguiram em frente.

Aliás, é muito comum que, em momentos difíceis, as pessoas se paralisem e deixem de tomar novas iniciativas empreendedoras – o que só abre um enorme espaço para os verdadeiros empreendedores crescerem.

É lógico que cada momento pedirá determinadas precauções e exigirá que o empreendedor calibre sua dose de ousadia.  Mas ficar parado é a pior atitude que um empreendedor pode ter. Não fazer nada pode ser, isso sim, o caminho certo para uma futura falência ou para colher péssimos resultados no negócio.

Faça uma pequena reflexão: se você não está satisfeito com a sua atual situação ou com o resultado do seu negócio, não fazer nada significa que, na melhor das hipóteses, você terá o mesmo resultado ruim que está colhendo hoje, certo? Portanto, só há um jeito de modificar essa situação: é mudar a atitude e fazer algo diferente do que vem fazendo.

Para termos resultados diferentes, precisamos experimentar novos caminhos, abrir novas oportunidades. Por isso, o melhor momento para você empreender é quando você enxerga uma possibilidade que poucos estão vendo. Assim, mesmo em momentos de crise, você pode sair na frente, obter negociações diferenciadas e até mesmo abrir um novo negócio enquanto a maioria ficará paralisada, esperando que as condições do mercado melhorem.

Filomena Garcia, Sócia-diretora da Franchise Store, é especialista em marketing e atua há 20 anos nas áreas de negócios, varejo e Franchising. Co-autora dos livros “Franchising – Uma estratégia para expansão de negócios e “Marketing para Franquias”.

Os bons franqueadores ensinam como liderar os líderes

*Por Filomena Garcia

Ao se discutir o bom desempenho das franquias, é comum que franqueados e franqueadores valorizem vários aspectos técnicos do Franchising, como o treinamento constante, o poder de trabalhar em rede para divulgação da marca, etc. Mas será que basta só dominar o lado técnico do negócio para se obter sucesso? Eu acredito que não. E entendo que desenvolver a liderança é um dos aspectos essenciais para o bom desempenho da empresa.

Saber gerir pessoas é um aspecto fundamental para qualquer tipo de negócio, certo?  Mas nas franquias essa questão é ainda mais relevante. A meu ver, os franqueadores, além de enfrentarem o desafio de ensinar franqueados a serem bons gestores de equipe, ainda têm uma tarefa adicional: eles mesmos precisam ser bons líderes. E mais: precisam ser líderes de outros líderes.

Afinal, todo franqueado em essência deveria ser um líder inspirador da sua equipe de loja, já que é dono de um negócio próprio e por este negócio assume total responsabilidade. Um ótimo franqueador, portanto, seria aquele que lidera e inspira seus líderes a se tornarem melhores líderes também. Só assim é possível multiplicar essa liderança e fazer com que haja uma boa gestão de pessoas em toda a rede – desde a franqueadora até cada uma das unidades franqueadas.

Liderar uma rede com 10, 50 ou 500 unidades franqueadas é um grande desafio. E só dá certo quando a empresa tem no comando um grande líder. Sem ele, cada unidade da rede andaria por caminhos diferentes, cada um remando para o lado que mais acredita, e sem um único horizonte que os una para ser almejado.

Por isso, uma rede de sucesso é aquela comandada por alguém que sabe ouvir, compreender e respeitar seus franqueados, engajando cada um no mesmo propósito. A liderança deve ter compromisso com a verdade, assumindo erros sem medo e com transparência total.

É bom lembrar que os líderes mais admirados não são os ’’bonzinhos’’ ou mais “democráticos”, tampouco os que só querem se “impor”’, mas sim aqueles que têm a coragem de criar mudanças que muitas vezes podem doer, mas que acreditam que o remédio amargo também pode curar.

Os bons franqueadores que conheço são excelentes líderes e fontes de inspiração para todos nós. Porque além de terem todas as características essenciais à liderança – saber escutar, se comunicar com transparência e firmeza, apontar caminhos e engajar a equipe – eles ainda são capazes de liderar outros líderes e convencê-los a seguir a sua própria trajetória, com a mesma paixão com que um dia o próprio franqueador começou o seu negócio.

Filomena Garcia, Sócia-diretora da Franchise Store, é especialista em marketing e atua há 20 anos nas áreas de negócios, varejo e Franchising. Co-autora dos livros “Franchising – Uma estratégia para expansão de negócios e “Marketing para Franquias”.