Franquia Premiatto inaugura 2 novas unidades

Conhecida como a primeira franquia a se especializar em comida rápida com qualidade Premium, a Rede Premiatto, vem conquistando o paladar do brasileiro de norte a sul do país. Nas últimas semanas a rede inaugurou duas novas unidades, a primeira, na cidade de Guarulhos, no Shopping Maia, e a segunda no Shopping Via Verde em Rio Branco, Acre.

Atendendo a mais de 120 mil clientes por mês a Premiatto está presente nas praças de alimentação dos melhores shoppings do país, a Premiatto, possui 35 unidades e planeja para o segundo semestre de 2015 superar a marca de 40 unidades. Com ingredientes selecionados e frescos, em receitas diversificadas, testadas e avaliadas por nutricionistas rede oferece ao consumidor a possibilidade de criar mais de 150 combinações de pratos entre carnes, pescados, risotos, saladas e massas, proporcionando uma enorme variedade, em tempo de fast food.

“A rede Premiatto é reconhecida por todo o Brasil pela qualidade em alimentação e excelência em atendimento. São 15 anos trabalhando para levar esses diferenciais aos quatro cantos do país. Prova disso é reconhecimento do nosso comprometimento pela Associação Brasileira de franchising que este ano nos presenteou pela quinta vez com o Prêmio de Excelência em Franchising”, comentou o coordenador de Franquias da Premiatto Junior Oliveira.

A Rede Premiatto

Fundada na cidade de Campinas, em 1999, a Premiatto abriu sua primeira franquia em Curitiba, em 2003 e hoje conta com 35 unidades espalhadas nos principais shoppings do Brasil. A rede de restaurantes, conhecida por oferecer comida rápida com qualidade Premium, traçou um plano de crescimento audacioso e tem como objetivo chegar a 50 unidades até o final de 2016. Minas Gerais, Piauí, Campinas e Londrina são as próximas cidades a receber as unidades da marca.

Redes miram o Rio de Janeiro para crescer

O Rio de Janeiro está em evidência, sendo o foco da expansão de muitas franquias. Dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF) o estado é responsável por 12,6% do mercado de franquias.

“A cidade carioca tem um potencial incrível, ainda mais com os preparativos para os eventos que irão acontecer no estado, como as Olímpiadas e o Rock in Rio, que vão favorecer o faturamento do mercado impactando positivamente para as redes”, afirma Fabricia Vidaurre, consultora de expansão da Let’s Eat.

A Let’s Eat, rede paulista especializada em hambúrgueres gourmet e comida mexicana, tem plano de expansão para o Rio de Janeiro, onde pretende inaugurar três unidades.Ao todo a rede possui cinco restaurantes espalhados no estado de São Paulo e Sergipe e prevê inaugurar mais 20 até o final do ano.

Para Fabricia, além da capital fluminense, há cidades do interior com alto poder aquisitivo e que representam boas oportunidades para quem deseja ter seu próprio negócio. “Com poucas opções de lazer e de compras, essas praças podem ser muito atrativas e a baixa concorrência deve ser levada em consideração”, completa.

Já o Mercadão dos Óculos, rede de óticas, traça seu plano de expansão e foca no estado do Rio de Janeiro, onde já possui uma unidade em Barra Mansa. A franquia pretende chegar a 20 lojas na cidade fluminense. Atualmente, a marca conta com 28 lojas espalhadas por São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Rio Grande do Sul, Mato Grosso, Tocantins, Ceará e Pernambuco.

O Rio de Janeiro se apresenta como excelente opção de estratégia para os negócios da rede. “Estamos implantando uma Diretoria Regional, pois o Rio de Janeiro tem uma densidade demográfica muito grande”, diz Gustavo Freitas, diretor de expansão do Mercadão dos Óculos.

Por fim, a franquia Sóbrancelhas, rede especializada na composição da estética do olhar, já apresenta uma expansão arrojada, que chama a atenção no mercado, neste mês inaugura duas no Rio de Janeiro. A marca, hoje com 40 unidades e 60 contratos fechados, está focada inicialmente em São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, mas seu mapa de expansão prevê ocupar todo o território nacional. “O país está carente de mão de obra e serviços de qualidade no nosso segmento, e garantimos a entrega. Por isso, nossa expansão é rápida em mercados que são muito promissores para a Sóbrancelhas”, afirma a fundadora, Luzia Costa.

Rede de folheados e semijoias Mapa da Mina inaugura quiosque no Carioca Shopping

Em 1° de maio, a rede de franquia de semijoias Mapa da Mina inaugurou mais uma unidade no Estado do Rio de Janeiro, no Carioca Shopping, localizado na zona norte da cidade.

O novo ponto será um quiosque que irá oferecer um mix de produtos composto por anéis, brincos, pingentes, gargantilhas, dentre outros acessórios, desenvolvidos com componentes antialérgicos e camada de ouro, para maior durabilidade e que prometem agradar aos gostos mais exigentes. A meta é vender cerca de 3.000 produtos por mês, com um ticket médio de R$ 50,00.

A rede tem como diferencial a fabricação própria dos produtos comercializados e, atualmente, conta com quatro unidades próprias e três franqueadas, todas localizadas no Rio de Janeiro.

De acordo com o diretor do Mapa da Mina, Marcos Pertile, a cidade maravilhosa é um dos principais focos da marca para expandir, tendo como meta chegar ao final de 2015, com 15 unidades no Estado. “Um dos nossos grandes diferenciais é fabricar os próprios acessórios. Temos capacidade para produzir 250 mil peças por mês, o que proporciona ao franqueado rapidez na reposição. Além disso, trabalhamos com preços semelhantes as vendas de atacado, mas no segmento de varejo, o que gera um custo-benefício melhor tanto aos clientes, quanto aos franqueados”, destaca.

Franquia Bello Pastel aposta na inauguração de lojas em formato compacto

Após três anos operando como franqueadora, a rede Bello Pastel, que tem sua sede no Paraná, projeta um ano mais ousado em termos de expansão da sua marca pelo país. A rede trabalhará com dois modelos de negócios para atrair diferentes tipos de investidores.

Hoje são 10 lojas em diferentes cidades do Brasil. Até o final de 2015 a projeção é inaugurar outras 7 unidades do modelo tradicional de loja, e com isso aumentar a visibilidade, e também o faturamento anual, que este ano está estimado em R$ 12 milhões.

Outra investida da Bello Pastel é a comercialização de um modelo de franquia mais compacto, um quiosque ou um pequeno espaço nas praças de alimentação de shoppings, supermercados, rodoviárias e lojas de rua com no máximo 25m2. Este modelo de loja compacta já está disponível para comercialização, inicialmente disponível para São Paulo e interior de SP, até 200 km da Capital.

A ideia é atingir um número maior de franqueados, pois a rede detectou que 80% dos interessados em investir em franquia dispõem de até R$ 300 mil para iniciar um negócio. Dentro do valor de investimento, estimado em R$ 260 a 300 mil, estão inclusos as instalações da loja, taxa de franquia e capital de giro.

Já a loja convencional, em um Shopping Center bem conceituado pode atingir até R$ 550 mil de investimento inicial. Segundo Olavo Freixo, presidente da Bello Pastel, a marca se torna mais dinâmica assim. “Vamos atacar duas frentes de investidores. É democrático para o franqueado. Além disso, o público também ganha, pois terá mais lojas e produtos de qualidade a preços acessíveis”, finaliza.

Uma unidade da marca pode atingir o faturamento mensal de até R$ 100 mil. O tempo de retorno estimado para o investimento é de 36 meses, em média. Para a unidade compacta o faturamento mensal será de aproximadamente R$ 50 a 60 mil, com o tempo de retorno em 36 a 48 meses.

Atualmente o cardápio da franquia possui cerca de 73 itens, incluindo os pratos executivos, pasteis, panquecas e porções. Na unidade compacta o cardápio será reduzido e os produtos serão entregues na unidade prontos, sem necessidade de produção. Este modelo de operação é mais simples e conta com menos funcionários e menor investimento.

Demanda por cursos profissionalizantes e qualificação cresce a cada ano

Mesmo com a economia fraca e instável, a demanda por qualificação deve se manter em alta, aposta o Centro Brasileiro de Cursos (CEBRAC), rede de franquias de cursos profissionalizantes focado no público jovem.

Segundo dados do MEC, nos últimos 9 anos as matrículas nos cursos de ensino profissionalizante aumentaram 55%. Já uma pesquisa da Confederação Nacional das Indústrias (CNI) destaca que este investimento dos alunos vale a pena, pois 82% dos entrevistados afirmaram que profissionais com certificado de qualificação têm melhores salários do que aqueles sem formação específica.

“A procura e exigência do mercado de trabalho por jovens com perfil técnico, cresceu na última década. Além disso, o cenário econômico atual é desfavorável e as oportunidades estão mais escassas, justificando a busca pela capacitação e desenvolvimento pessoal por profissionais de todas as idades”, atesta Fábio Pozza, diretor de mercado.

A rede oferece cursos em sete áreas e entre os mais procurados estão os cursos de Assistente Administrativo Completo, Farmácia, Geração Web e Inglês.

Os planos de expansão do CEBRAC incluem a abertura de 24 novas unidades até o final de 2015 em todas as regiões do Brasil e chegar a marca de 180 franqueados.

O faturamento das franquias de educação e treinamento cresceu 12,4%, chegando a R$ 8,6 bilhões, segundo dados divulgados pela Associação Brasileira de Franchising (ABF), e o segmento tem 95,6% de satisfação dos franqueados.

O Centro Brasileiro de Cursos – nasceu em 1995 com a vocação de educar e qualificar pessoas por meio de seus diversos cursos profissionalizantes.  As opções de cursos têm formado milhares de profissionais do mais alto nível em suas áreas de conhecimento para o mercado de trabalho. Além de conhecimentos técnicos, os cursos focam no desenvolvimento pessoal, que faz com que o aluno também se prepare em termos de comportamento pessoal e postura profissional. A rede de franquias ganhou pelo oitavo ano consecutivo, o Selo de Excelência em Franchising (SEF), chancela que atesta a qualidade e competência da marca e que é concedida pela entidade que rege o setor, a Associação Brasileira de Franchising (ABF).  O CEBRAC foi eleito também por três vezes consecutivas como a melhor franquia do Brasil no segmento de Treinamentos e Cursos. A franqueadora já superou a marca de 150 unidades em todo país, marcando presença nas principais capitais e cidades do país. Para abrir uma franquia da rede, o investimento inicial é a partir de R$ 215 mil, com prazo de retorno entre 14 e 24 meses.

Hope Lingerie reinaugura loja do Morumbi Shopping com conceito flagship

A rede de franquias HOPE Lingerie, com quase 50 anos de história, reinaugura na próxima sexta-feira, dia 22 de maio, a loja do Morumbi Shopping que passa a ser uma loja-conceito da rede, com toda a linha de produtos da marca e um visual inspirador e sofisticado.

Com projeto idealizado pela conceituada Lena Pessoa, que é considerada uma grande visionária na arte de criar conceito e espaços para grandes marcas, do escritório Deux, a loja teve um investimento de R$ 400 mil em sua reformulação. A ideia foi criar um ambiente aconchegante, onde as clientes se sintam mais confortáveis em escolher as roupas íntimas que vestem no dia a dia.

A rede pretende inaugurar até o fim do ano 10 lojas com esse conceito. “Nossa meta é ofertar mais experiência com a marca para um número maior de clientes. Essa é a terceira loja do modelo Wonder Closet. Com isso, estamos conquistando cada vez mais excelência na marca com ações inovadoras como essa”, declara o diretor de expansão de franquia da HOPE Lingerie, Sylvio Korytowski.

Sobre a HOPE Lingerie:

Há quase 50 anos no mercado, a HOPE Lingerie – empresa 100% brasileira, é pioneira no segmento ao expandir por meio do franchising. Abriu sua primeira franquia em 2005 e, desde então têm obtido excelentes resultados. Atualmente, a rede tem 134 lojas espalhadas em todo o Brasil e, além das lojas físicas, também atua no comércio eletrônico, e fornece para varejos multimarcas no Brasil, além de exportar para 18 países.

Mercadão dos Óculos mira no Rio de Janeiro para expandir

O Mercadão dos Óculos, rede de óticas, traça seu plano de expansão e foca no estado do Rio de Janeiro, onde já possui uma unidade em Barra Mansa. A franquia pretende chegar a 20 lojas na cidade fluminense com três inaugurações previstas para junho, no Centro, Madureira e Niterói. Atualmente, a marca conta com 42 lojas espalhadas por São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Rio Grande do Sul, Mato Grosso, Tocantins, Ceará, Pará e Pernambuco.

O Rio de Janeiro se apresenta como excelente opção de estratégia para os negócios da rede. “Estamos implantando uma Diretoria Regional, pois o Rio de Janeiro tem uma densidade demográfica muito grande”, diz Gustavo Freitas, diretor de expansão do Mercadão dos Óculos.

Para atrair o consumidor, nada de prateleiras e vendedores sisudos. Os produtos são expostos à altura das mãos da clientela, que pode tocar e experimentar os produtos enquanto troca opiniões com a família e os amigos. Os preços são até 60% mais baixos que a média do mercado, com ofertas de R$ 19,90 a R$ 149,90 nos modelos de receituário, e a partir de R$ 79,90 para os de sol. “Por mês a rede atende a 6.000 clientes, uma média de 200 consumidores por loja”, completa Freitas.

Outro diferencial da marca é possuir indústria própria de armações de óculos, que fornece os materiais e produtos para o Mercadão dos Óculos, além de outras duas indústrias, localizadas na Itália e na China. “Ao todo, são cerca de 800 itens por unidade. São aproximadamente 20 marcas disponíveis nas lojas”, informa o diretor.

Com previsão de faturamento de R$ 10 milhões neste ano, a marca terá mais 40 lojas até o final de 2015, com expectativa de chegar a 200 unidades em três anos. Para quem deseja investir e ter seu próprio negócio, os números da marca chamam a atenção. O faturamento mensal é de 50 mil reais, com lucratividade de 30%. O investidor que optar pela franquia investirá aproximadamente 120 mil reais, incluindo custo para instalação, taxa de franquia e estoque inicial. O prazo estimado de retorno do investimento é de 12 a 18 meses.

Spedini: fast food com o verdadeiro sabor da Itália

Em 2014, a Spedini Trattoria Expressa completou 20 anos de atuação no sistema de franchising. Ao longo dessas duas décadas de atividades, a rede, especializada em culinária italiana, acompanhou de perto a mudança de comportamento do consumidor, o que foi fundamental para expandir e se consolidar no segmento.

“Durante esses anos de atuação no setor de fast food, vivenciamos o comportamento do consumidor, que ficou mais exigente e mais atento à qualidade de sua alimentação, à procedência e até mesmo ao modo de preparo de suas refeições, feitas cada vez mais fora do lar”, diz Romano Fressato Neto, gerente comercial da rede. Nesse sentido, destaca, “a Spedini, manteve constante preocupação em diversificar o cardápio e criar novos pratos, sem deixar de lado a qualidade, marca registrada da rede”.

O amplo mix de produtos, que inclui massas “grano duro” importadas da Itália e combinadas com diversos molhos preparados na hora, opções de saladas frescas, risotos, grelhados e outros acompanhamentos, é um dos diferenciais que atraem franqueados, além de todo o suporte dado pela franqueadora.

“O apoio é total. Começa na escolha do ponto comercial, montagem da loja, treinamento para a correta operacionalização do negócio, até o acompanhamento administrativo em tempo intensivo, para corrigir eventuais desajustes e potencializar resultados”, explica Fressato Neto.

Reconhecimento:

A estrutura oferecida pela rede é reconhecida por meio do Selo de Excelência em Franchising, criado pela Associação Brasileira de Franchising (ABF) e conquistado em 2015 pela Spedini pelo quinto ano consecutivo.

O selo é uma das certificações mais importantes do setor. É entregue para franqueadoras após um rigoroso processo de avaliação, onde são analisados itens como o grau de satisfação dos franqueados e a capacidade da empresa em manter seus métodos e sistemas de acordo com os padrões éticos empresariais.

“É o reconhecimento maior dos franqueados, que mostram que a rede está realmente no caminho certo, de crescimento”, avalia o gerente comercial da Spedini.

Os números dão ainda mais força ao negócio. Atualmente, a rede está presente nas praças de alimentação de diversos shoppings de São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio de Janeiro. Ao todo, são 20 unidades que, juntas, em 2014, registraram faturamento superior a R$ 24 milhões, valor 10% maior do que em 2013. Para este ano, a previsão é de alcançar faturamento de R$ 28 milhões.

Casa do Construtor anuncia abertura de nove lojas em maio

A Casa do Construtor, maior franquia no segmento de locação de equipamentos de pequeno porte para a construção civil, abre em maio nove novas unidades, sendo sete na região sudeste, nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e duas no estado da Bahia. As franquias estarão nas cidades de Embu das Artes (SP), Guarulhos II (SP), Penápolis (SP), Paraguaçu Paulista (SP), Taboão da Serra (SP), Nilópolis (RJ), Vespasiano (MG), Eunápolis (BA) e Juazeiro (BA). Hoje, com 222 lojas em operação e com faturamento de R$ 175 milhões alcançados no ano passado, a meta central da rede é elevar o número para mil unidades até 2020.

Para Altino Cristofoletti Junior, sócio fundador da rede, há muitas cidades e municípios que podem ser explorados pelo setor do franchising e o nicho que a Casa do Construtor está inserido tende a crescer a cada ano. “O mercado de franquias é a bola da vez para quem deseja conquistar o seu próprio negócio e os investidores destas regiões procuram por uma marca inovadora e de credibilidade. O diferencial de nosso modelo de franquia está em proporcionar um atendimento personalizado ao público, fornecer equipamentos de alta qualidade e tecnologia além de incluir iniciativas em governança corporativa para a gestão completa da loja, proporcionando diversos quesitos para o sucesso da loja”, explica ele.

Criada em 1993 por Altino Cristofoletti Junior e Expedito Eloel Arena, a Casa do Construtor completa 22 anos de mercado. A rede de franquias teve início como uma simples loja de materiais de construção, em Rio Claro, interior de São Paulo. Seja em qualquer loja, construtoras, empresas, condomínios e pessoas comuns que estejam executando a obra ou reforma podem locar equipamentos de pequeno porte, como ferramentas elétricas, rompedores, compactadores, betoneiras e andaimes, além de equipamentos para limpeza e jardinagem.

A empresa recebeu inúmeros prêmios nos últimos anos, inclusive como a “Melhor Franquia do Brasil”, em 2012, pela Associação Brasileira de Franchising (ABF). No mesmo ano, na categoria “serviços gerais”, ganhou como a “Melhor Franquia do Brasil”, pela revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios.

DNA Natural inaugura restaurante em Lages (SC)

A DNA Natural – maior rede de alimentação saudável do país – anuncia a inauguração de mais uma unidade em Santa Catarina. Localizada no Garden Shopping, em Lages, a loja com formato Natural Food faz parte do plano de expansão nacional da rede. Atualmente, a marca possui mais de 75 unidades comercializadas no mercado nacional, sendo 11 delas em operação nesse estado.

Com aproximadamente 160 mil habitantes, a cidade de Lages representa o principal eixo de ligação da Argentina ao litoral de Santa Catarina. “Pela boa localização da loja, acreditamos que a nova unidade receberá tanto o público local quanto os turistas e visitantes que valorizam uma alimentação equilibrada, nutritiva e saborosa”, explica Jeane Moura, criadora da marca.

Segundo a empreendedora: “o sucesso da rede é resultado de muito trabalho, treinamentos constantes para franqueados e colaboradores, atendimento de qualidade, além de dedicação para o desenvolvimento de pratos saborosos, leves e ricos em nutrientes. Queremos que cada uma de nossas lojas se torne um ponto de encontro agradável para as refeições de nossos clientes”, afirma.

A DNA Natural leva para Lages um cardápio completo para todas as horas do dia com opções de saladas, sanduíches, bebidas, pratos, tigelas e sobremesas, versões fitness e infantil. “Os itens do menu são preparados com alimentos ricos em nutrientes e vitaminas e se tornam ideias para as pessoas que gostam de se alimentar bem sem perder qualidade de vida”, finaliza Jeane.

Mestre-Cervejeiro.com pretende inaugurar mais 25 lojas até o fim do ano

Hoje com 14 pontos de venda funcionando em treze cidades de sete estados brasileiros mais Distrito Federal, a rede de franquia Mestre-Cervejeiro.com já tem mais 18 contratos assinados para inauguração de lojas até dezembro de 2015.

Os municípios que terão pela primeira vez ou que ampliarão o acesso dos clientes aos serviços e aos mais de 600 rótulos de cervejas artesanais – nacionais e importados – oferecidos pela rede serão Criciúma/SC, São Paulo/SP, Santo André/SP, Florianópolis/SC, Recife/PE, Belo Horizonte/MG, Poços de Caldas/MG, Porto Velho/RO, Mogi Guaçu/SP, Mogi das Cruzes/SP, Araraquara/SP, Santos/SP, Itajaí,SC, e Rio de Janeiro/RJ. A expectativa da marca é negociar novos pontos, de preferência entre as regiões Sul e Sudeste do país, fechando 2015 com 40 unidades em operação.

“Quando criei o Mestre-Cervejeiro.com, há onze anos, tinha como principal objetivo difundir a cultura cervejeira, dividindo meus conhecimentos sobre esse universo. O site cresceu, se tornou uma marca consolidada, virou loja e, agora, posso muito mais do que compartilhar conhecimento e informação, mas possibilitar a atuação de franqueados como profissionais da área. Transmito a eles toda a minha experiência com a cerveja e com a gastronomia, as técnicas de degustação, harmonização e de empreendedorismo, entre outros fatores fundamentais para que eles possam oferecer aos consumidores brasileiros em nossos pontos de venda um atendimento consultivo de qualidade”, afirma o fundador da marca Daniel Wolff, sommelier de cervejas e desde 2004 uma das referências do segmento de cervejas brasileiro.

Apesar de ter expandido suas atividades para o mercado de franquias, o Mestre-Cervejeiro.com continua atuando como fonte de informação sobre cervejas, disponibilizando vídeos e textos informativos com novidades, dicas de harmonizações e curiosidades. Além disso, a marca promove viagens cervejeiras e workshops para empresas e para o público.

O Mestre-Cervejeiro.com oferece dois modelos de franquia – os formatos de loja de rua e de quiosque. Além de fechar 2015 com 40 unidades em funcionamento, a rede espera chegar até dezembro deste ano com 70 contratos assinados para abertura de lojas em 2016. O principal foco da marca para expansão são as regiões Sul e Sudeste.

Criada em 2004 por Daniel Wolff, sommelier de cervejas, a rede de franquias Mestre-Cervejeiro.com é referência nacional na promoção de todos os aspectos da Cultura da Cerveja e já marca presença em 14 cidades pelo Brasil. Com um catálogo de mais de 600 rótulos de cervejas artesanais, a rede traz mais do que a experiência sensorial, proporcionando a aprendizagem através de conteúdos divulgados por vídeos e artigos, colaboração em revistas especializadas, promoção de viagens cervejeiras e workshops para empresas e para o público. O Mestre-Cervejeiro.com oferece dois modelos de franquia: o formato de loja de rua e o modelo de quiosque e só no ano passado abriu 7 novas lojas.

Quinta Valentina pretende chegar a 500 unidades até o final do ano

A rede de franquias Quinta Valentina, especializada em comércio de calçados femininos com canal de venda direta personalizada, mais especificamente em uma rede de franquias home-based, planeja chegar a 500 unidades até o final de 2015. A rede soma 44 unidades em operação distribuídas por 13 estados, com faturamento estimado de R$ 10 milhões para 2015.

“Somos a primeira rede de franquias no segmento de calçados a unir o sistema de franchising à venda direta personalizada. O franqueado leva até a casa da cliente uma quantidade significativa de sapatos dos modelos e numerações pedidos. Esse sistema elimina custos com aluguel, contratação de funcionários e outras despesas operacionais, o que tem chamado a atenção dos empreendedores, permitindo nossa expansão arrojada”, explica o fundador, Renato Kuyumjian.

A franquia foi formatada e lançada oficialmente em meados de 2014. O estoque inicial, com 88 pares, custa cerca de R$ 16 mil. Para garantir a melhor gestão da operação, os franqueados contam com um completo sistema de gerenciamento por meio de intranet, que permite controle fácil de compra e venda, estoque e outros itens. O sistema também oferece ao franqueado informações precisas, em tempo real, sobre suas vendas, entregas de produtos, controle financeiro, carteira de clientes, estoque e pedidos de compras.

A grande vitrine da marca é a shoe bag, uma mala especial para transporte dos pares, com capacidade média de 20 a 30 pares. Para compor o próprio mostruário, a franqueadora conta com cerca de 280 modelos de calçados, renovados constantemente.

Em média, as franquias trabalham com um mix de 60 modelos, selecionados de acordo com o perfil de sua clientela. Há opções para todos os gostos, dos clássicos aos fashions, com tíquete médio entre R$ 189 e R$ 279. Quem faz a seleção é o próprio franqueado.

Sobre a Quinta Valentina:

A Quinta Valentina teve início em 2009, com a instalação de uma loja de sapatos femininos de alta qualidade no modelo de varejo tradicional, em Goiânia, Goiás.

Visando melhor atender ao seu público-alvo — mulheres das classes A e B —, a empresa adotou a modalidade de venda direta personalizada no varejo tradicional, para atender à clientela que não podia deslocar-se até a loja. Com esse novo modelo de negócios, vendedoras iam até a casa ou local de trabalho de suas clientes para apresentar e demonstrar os sapatos, com a vantagem de deixar os produtos com as clientes para que elas pudessem experimentá-los no conforto de suas casas. Ao oferecer essa praticidade a suas clientes, a Quinta Valentina obteve um resultado surpreendentemente superior às expectativas, e o varejo tradicional deu lugar ao sistema de franchising com vendas diretas personalizadas, gerando uma excelente oportunidade de negócios para franqueados.

Para testar o novo modelo de negócio, foi implantada em São José do Rio Preto a franquia piloto, que serviu de laboratório para o aperfeiçoamento do negócio, elaboração do material de treinamento em atendimento e vendas, e desenvolvimento de ferramentas para a gestão da franquia.

AutoSpa Express lança novo modelo de negócio

A rede AutoSpa Express, que oferece serviços automotivos voltados para a lavagem ecológica delivery e estética automotiva acaba de lançar seu novo modelo de franquias.

O “Tuc tuc”, modelo de triciclo motorizado com cabine para transporte de passageiro é muito utilizado em diversos países do sul e sudeste da Ásia, e a partir de agora fará parte do plano de expansão da rede.

O valor de investimento do AutoSPA “Tuc tuc” é a partir de R$ 29 mil, e a moto já está inclusa no valor inicial. Para obter o novo modelo de negócio, é importante que o franqueado tenha carteira de habilitação para motocicletas.

“Este novo formato escolhido pelo AutoSPA Express é ideal para os grandes centros urbanos, pois possui um formato de locomoção muito mais ágil, não ficando parado nos congestionamentos”, conta Edson Ramuth, fundador do AutoSPA Express.

Há cinco anos em operação, a AutoSpa Express, marca pertencente ao Grupo Multifranquias, está inserida dentro do segmento de microfranquias, franquias com investimento inicial de até R$ 80 mil. Hoje a rede possui mais de 40 unidades em funcionamento, atingindo a marca de R$ 3 milhões em faturamento no ano de 2014. E para 2015, a rede pretende crescer 25% e expandir para os EUA.

Perfil do franqueado Spedini é essencial para sucesso de franquia

O alcance do sucesso de uma franquia passa por alguns importantes fatores, dentre eles a escolha do franqueado que tenha o perfil condizente com o negócio. Nesse processo, cada marca desenvolve um padrão de itens essenciais para que a parceria firmada entre franquia e franqueadora se torne um case bem sucedido.

Na Spedini Trattoria Expressa, especializada em culinária italiana, mais importante que experiência, itens como espírito empreendedor e tempo para dedicação ao negócio são avaliados nos candidatos a abrir uma unidade da rede.

“Buscamos identificar pessoas empreendedoras e entusiasmadas com a perspectiva de se tornarem empresários bem sucedidos”, afirma Romano Fressato Neto, gerente Comercial da Spedini.

Para se tornar um franqueado, a rede pede que o candidato tenha, preferencialmente, no mínimo 21 anos, 2º grau completo, além de conhecimentos básicos em matemática financeira, contabilidade e administração de empresas. “Apesar de a franqueadora oferecer todo o apoio necessário para a condução do negócio, essas tarefas são rotineiras e, por isso, essenciais ao franqueado”, explica o executivo.

Outras aptidões buscadas pela Spedini nos interessados em se tornar franqueados da rede são a facilidade de comunicação e bom relacionamento interpessoal; senso de organização; habilidade em delegar tarefas, além de possuir relativo senso de liderança.

A expectativa de investimento realizado para a abertura de uma unidade da rede é de cerca de R$ 600 mil (incluído taxa de franquia), sem contar o ponto comercial. O faturamento médio mensal de uma franquia é de R$ 125 mil e a rentabilidade varia de 12% a 20%. Atualmente, a Spedini conta com 20 unidades distribuídas em praças de alimentação de shoppings de São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Paraná.

Ex-funcionário do McDonald’s cria rede de hamburguerias Let’s Eat

A paixão do empresário Marcos Nunes por gastronomia e culinária desde criança foi uma das motivações para investir em seu próprio negócio e criar a rede Let’s Eat, rede de hamburgueria e comida mexicana que fatura aproximadamente R$ 700 mil reais por mês.

Estudante de administração com 22 anos, em 1998, decidiu passar um ano nos Estados Unidos para estudar inglês. Além dos estudos, Nunes trabalhou em vários restaurantes e fast-food, passando por várias funções, desde lavar louças, montar lanches, a servir e auxiliar no salão dos empreendimentos  ̶ o que despertou ainda mais a curiosidade e o desejo de atuar na área de gastronomia.

Após um ano, voltou para o Brasil, concluiu sua faculdade e resolveu morar em Londres (Inglaterra) para adquirir conhecimento. Lá, trabalhou em bares e também em restaurante de fast food. Mas o destaque é para a oportunidade que teve na rede McDonald’s onde em três meses subiu de cargo e se tornou chefe da cozinha. “Era um trabalho puxado para montar lanches e aprender todos os processos. Mas foi onde me identifiquei e vi que era uma ótima oportunidade. Assim, em pouco tempo já estava em outro cargo de confiança”, comenta Nunes.

Esta experiência foi o start para o empresário voltar ao Brasil e se dedicar a algo novo, investindo suas experiências, esforços e ideias na área de alimentação. “Minha proposta era oferecer produtos de alta qualidade dentro de um ambiente diferenciado, com excelente matéria prima, seguindo um modelo chamado de slow food ou comfort food”, completa.

Assim em 2010, em Itu (São Paulo) surgia a Let’s Eat, especializada em hambúrgueres gourmet e comida mexicana, inspirada em tradicionais hamburguerias norte americanas, com investimento de R$ 100 mil reais. “Criei a marca não para vender hambúrguer e sim, vender uma experiência gastronômica. Os produtos têm muito valor agregado, como a introdução da cultura americana, o ambiente aconchegante da casa e o bom atendimento”, diz.

Segundo Nunes, para obter resultados e ter sucesso em seu investimento, é fundamental trabalhar e conhecer a fundo o setor. “Minha experiência em restaurantes no exterior foi a minha bagagem para montar uma marca mais adequada ao paladar brasileiro com processos e organização de redes grandes, como o McDonald’s, onde é baseada a minha cozinha, devido a agilidade e eficiência”, diz Nunes.

O empresário, afirma que nem tudo deu certo e enfrentou alguns obstáculos. “Na inauguração enfrentamos alguns problemas, como por exemplo, a parte elétrica que deu errado e ficávamos sem energia, assim demorando na entrega dos pratos. Foi uma correria e tanto”, conta.

Com o passar dos meses, Marcos foi observando as deficiências do restaurante,  o que era necessário mudar, e foi melhorando sempre a qualidade e agilidade. “Tenho muita preocupação com qualidade dos meus produtos. Na Let’s Eat preparamos os lanches e porções em uma espécie de grill, que não retém o óleo e deixa o alimento menos gorduroso e mais saudável, por exemplo”, explica.

O sucesso da unidade foi chamando atenção e sempre estava com a casa cheia, o que despertou o interesse de pessoas pela Let’s Eat. “Foi experimentando nossos produtos e identificação com a marca, que nosso primeiro franqueado surgiu”, completa.

A segunda unidade da marca surgiu em 2014, em Indaiatuba, sendo a primeira franquia administrada por três jovens com média de 25 anos. “Achamos uma ótima oportunidade expandir e levar nosso conceito para outras cidades, por isso resolvemos expandir a marca”.

Com o “boca a boca” a rede começou sua expansão ano passado e possui atualmente cinco unidades no Estado de São Paulo, sendo uma própria (Campinas) e quatro franquias (Indaiatuba, Piracicaba, Itu e capital paulista). Além desses restaurantes, já está prevista a inauguração da primeira unidade no Nordeste, em Aracaju.

O restaurante que inicialmente tinha oito funcionários, agora conta com 10 colaboradores fixos e quatro freelancers aos finais de semana, além de toda estrutura necessária para crescer por meio do franchising com o qual espera alcançar a marca de 20 unidades até o final deste ano.

A rede conta com fornecedores de qualidade, treinamento para aperfeiçoamento dos franqueados e suas equipes, além de todo o suporte de marketing e administrativo.

Com o intuito de crescer em todo o Brasil, em cidades de mais de 150 mil habitantes, o investidor interessado precisará dispor de R$ 600 mil reais, valor que engloba taxa de franquia.

Zip lube aposta em técnica ecológica para limpeza de carros

Em meio à maior crise hídrica já registrada em todo o país, fica cada vez mais difícil lavar um automóvel. Com a possibilidade de racionamento, os consumidores precisam buscar soluções que ajudem a economizar água. Para isso, a Zip lube, rede de franquias especializadas em serviços rápidos automotivos, oferece um novo conceito de limpeza de carros.

A Zip lube utiliza o serviço Zip wash, no qual a limpeza de automóveis é realizada de forma sustentável a fim de deixar o carro limpo e brilhante sem gastar uma gota d’água. Dessa forma, a nova aposta do Grupo é uso sustentável de uma cera líquida que garante uma camada protetora sobre a pintura do veículo que dá brilho e diminui o acúmulo de sujeira urbana como poeira e lama.

As cidades de Araras, Ribeirão Preto e São José do Rio Preto, no interior do Estado de São Paulo, já contam com a novidade nas unidades da Franquia. O diretor da empresa, Lineu Moran explica quais as vantagens do novo serviço oferecido. “Sempre tivemos o compromisso de trabalhar de forma sustentável. Desta forma, podemos lavar os veículos que estejam em qualquer nível de sujeira”.

Lineu Moran ressalta ainda a satisfação pessoal e profissional pelo reconhecimento dos serviços que presta. “Além disso, tem a questão ambiental. Estamos passando por uma grande crise hídrica e conseguimos, dessa maneira, contribuir para a preservação do meio ambiente.”

A Zip lube foi fundada há dois anos, hoje já possui 24 unidades e está presente em 9 cidades no interior do Estado de São Paulo e 1 unidade em Mato Grosso do Sul. “Nosso principal diferencial é prestar os serviços de forma ágil e sustentável com o suporte de uma equipe de profissionais que garantem um atendimento de qualidade e satisfação” explica o empresário.

Participe de workshop gratuito sobre franquias de serviços em 20/05

A Franchise Store convida você para participar de uma palestra gratuita sobre o segmento de Serviços.

No dia 20 de maio, realizaremos um café da manhã no escritório da Franchise Store, em São Paulo, para apresentar a você:

– As principais tendências do setor

– O desempenho das franquias que atuam nesse ramo

– Os modelos de negócio existentes na área

– As principais oportunidades para quem quer investir em uma franquia do ramo

Para se inscrever, basta ligar para (11) 3729-2093 ou mandar um e-mail para franchisestore@franchisestore.com.br. Confirme sua presença. As vagas são limitadas!

 

Palestra sobre franquias de Serviços

Data: 20/05/2015

Horário: Das 8h30 às 10h30

Local: Franchise Store – Avenida Paulista, 1337 – 11º andar

Inscrições: franchisestore@franchisestore.com.br ou (11) 3729-2093

Let’s Eat foca no Rio de Janeiro para crescer

A Let’s Eat, rede paulista especializada em hambúrgueres gourmet e comida mexicana, tem plano de expansão para o Rio de Janeiro, onde pretende inaugurar três unidades.Ao todo a rede possui cinco restaurantes espalhados no estado de São Paulo e Sergipe e prevê inaugurar mais 20 até o final do ano.

Segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), o Rio de Janeiro é responsável por 12,6% do mercado de franquias. “A cidade carioca tem um potencial incrível, ainda mais com os preparativos para os eventos que irão acontecer no estado, como as Olímpiadas e o Rock in Rio, que vão favorecer o faturamento do mercado impactando positivamente para a marca”, afirma Fabricia Vidaurre, consultora de expansão da Let’s Eat.

Para Fabricia, além da capital fluminense, há cidades do interior com alto poder aquisitivo e que representam boas oportunidades para quem deseja ter seu próprio negócio. “Com poucas opções de lazer e de compras, essas praças podem ser muito atrativas e a baixa concorrência deve ser levada em consideração”, completa.

A rede Let’s Eat fatura aproximadamente R$ 700 mil reais por mês. O investidor interessado precisará dispor de R$ 500 mil reais, valor que já engloba taxa de franquia. O faturamento mensal de cada unidade é de 140 mil reais. A marca conta com fornecedores de qualidade, treinamento para aperfeiçoamento dos franqueados e suas equipes, além de todo o suporte de marketing e administrativo.

Franquia de vestuário Budha Khe Rhi inova ao criar o modelo de quiosques

Os quiosques da Budha Khe Rhi são um modelo de negócio voltado para atrair investidores que procuram modelos compactos, inovadores e criativos. Com projeto arquitetônico inspirado em Tuk Tuks tailandeses, os quiosques expressam a identidade da marca e chamam a atenção de shopping centers e recebem boas oportunidades de negociação.

Este modelo de negócio se diferencia do sistema tradicional de franquias, pois além de uma metragem menor, os investimentos com a montagem e capital de giro são mais baixos. Esta foi uma alternativa criada com o objetivo de cumprir as metas de expansão da marca para o cenário atual do varejo em 2015 e 2016.

A primeira inauguração está prevista para Julho, na cidade de Vitória, Espírito Santo. A Budha Khe Rhi, rede de vestuário, calçados e acessórios, é uma marca gaúcha de moda irreverente e descolada. Com espírito jovem e muito bom-humor, a marca tem como inspiração filmes, música e artes para a criação de seus produtos.

Spedini recebe Selo de Excelência em Franchising 2015

A rede Spedini Trattoria Expressa, especializada em culinária italiana, recebeu o Selo de Excelência em Franchising 2015, entregue pela Associação Brasileira de Franchising (ABF). Esse foi o quinto ano consecutivo que a rede recebeu a certificação, a mais importante do segmento.

O Selo é dado para as marcas que têm reconhecidas a qualidade e excelência em relação a sua atuação como franqueadora. Além do reconhecimento do trabalho junto aos franqueados, o prêmio também objetiva estimular a melhoria do segmento, por meio da valorização das melhores práticas e do profissionalismo das empresas que atuam no sistema de franchising.

“A conquista em mais esse ano é um importante indicador de que o trabalho junto aos franqueados tem sido bem desenvolvido. Nos motiva a dar sequência ao que vem sendo realizado, em permanente busca rumo à excelência do negócio para todos os envolvidos: franqueadora, franqueado, parceiros, fornecedores e, claro, o consumidor”, diz Romano Fressato Neto, gerente Comercial da rede.

Atualmente, a Spedini possui 20 unidades distribuídas em shoppings de São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Paraná. Em 2014, a rede registrou faturamento superior a R$ 24 milhões, valor 10% maior do que em 2013. Para este ano, a previsão é de alcançar faturamento de R$ 28 milhões.

O investimento realizado para a abertura de uma unidade da rede é de cerca de R$ 600 mil, incluindo taxa de franquia e sem contar o ponto comercial. O faturamento médio mensal de uma franquia é de R$ 125 mil e a rentabilidade varia de 12% a 20%.