CEBRAC encerra o ano com aumento de 30% no faturamento da rede

Em clima de comemoração, o CEBRAC (Centro Brasileiro de Cursos), encerra 2014 com ótimos resultados. De acordo com o balanço anual realizado, a rede superou a marca de 150 unidades em todo o país, o que significa um acréscimo de 30% no faturamento se comparado ao ano anterior.

“Nosso crescimento este ano foi gerado nas regiões sudeste, nordeste e centro-oeste que se destacaram com mercados em ascensão com grandes oportunidades de expansão e sucesso do CEBRAC. Além disso, trabalhamos na melhoria e na profissionalização de nossa estrutura de gestão, o que auxiliou em nosso desenvolvimento. Trouxemos executivos experientes do mercado para robustecer nossa equipe”, conta Fábio Pozza, diretor de marketing.

O plano para 2015 continua sendo audacioso. “A expansão continuará ocorrendo em todos os estados brasileiros e planejamos inaugurar cerca de 24 unidades no próximo ano”, completa Pozza.

Em 2015, o CEBRAC lançará uma nova campanha de marketing no início do ano. “Temos previsto o desenvolvimento e lançamento de novos produtos e reforçaremos nosso posicionamento de marca líder no segmento de cursos profissionalizantes”, afirma Pozza.

Empreender em 2015

 “O ano de 2015 será muito desafiador para o franchising brasileiro. O baixo crescimento da economia tem trazido desaceleração, porém o setor de franquias ainda apresenta crescimento maior que outros setores da economia, trazendo, também oportunidades”, diz o Wilson Giustino fundador do CEBRAC.

E para quem sonha em ter seu próprio negócio, o sistema de franquia é tido com uma oportunidade com menos risco, já que se trata de um modelo já testado no qual o empresário conta com todo suporte da rede.

O CEBRAC é uma rede diferenciada que aposta em disciplinas teóricas e práticas, que aproximam o aluno do dia a dia do mercado de trabalho. No carro-chefe da empresa, o curso de Assistente Administrativo Completo, por exemplo, o empreendedorismo é trabalhado intensivamente, oferecendo aos alunos conteúdos sobre como abrir uma empresa, pesquisar mercado, quais são os desafios envolvidos e, depois, como administrar a companhia já estruturada.

O CEBRAC possui índices atrativos para quem quer abrir uma franquia: aproximadamente 30% das unidades faturam mais de R$ 2 milhões por ano, e mais da metade das escolas tem faturamento superior a R$ 1 milhão por anoO CEBRAC conta com 95,6% de satisfação dos franqueados, segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF).

::Saiba mais sobre a franquia CEBRAC:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Loja das Torcidas inaugura mais uma unidade em Minas Gerais

Há 59 anos com as portas abertas o, já tradicional, Bazar Santos, localizado na cidade de Pouso Alegre, interior de Mina Gerais, e conhecido em toda a região, agora terá mais um ótimo motivo para atrair clientes para o local. A nova unidade da rede de franquias Loja das Torcidas será instalada dentro da loja e contará com mais de 7 mil itens à disposição dos consumidores apaixonados pelo futebol.

Dono do slogan “Aqui tem de tudo, ou quase tudo…”, agora pode dizer que tem muito mais, isso porque a Loja das Torcidas será oficialmente inaugurada no dia 19 de dezembro, próxima sexta-feira, oferecendo produtos licenciados de todos os grandes times de futebol do Brasil. “O Bazar Santos é da família há muito tempo e procuro sempre trazer coisas novas. Já tem algum tempo que busco por uma franquia que pudesse se encaixar no que eu precisava, fazer um comércio dentro do meu próprio comércio. Achei a Loja das Torcidas por meio da ABF – Associação Brasileira de Franchising e como sei que tudo relacionado ao mundo do futebol vende muito bem, fiz a minha escolha e estou muito confiante”, contou o empresário Fabian Sarli de Oliveira, sócio proprietário da unidade Loja das Torcidas Pouso Alegre e do Bazar Santos. “Essa é a primeira unidade da rede que será instalada no modelo store in store e acreditamos que será muito bem sucedida”, reforça o diretor da rede, Samadhi Muller.

Essa será a primeira loja na cidade que unirá produtos de todos os times em um único lugar, possibilitando o cliente a achar o que ele gosta e ótimas opções de presente. Apenas 200 km separam de Pouso Alegre a cidade de São Paulo, por isso, o empresário deu uma atenção especial a times como São Paulo, Corinthians, Palmeiras e Santos. “Teremos produtos de todos os times, mas conversei com o pessoal da franqueadora, eles me conduziram bem no que é referente à saída de produtos e como fazer o meu estoque, então investi mais nos principais times da capital paulista, acredito que a procura será maior”, contou Fabian.

Como toda cidade brasileira, Pouso Alegre respira futebol em dia de clássicos. Os mineiros são apaixonados pelo seu time do coração, e esse é um dos motivos pelo qual Sarli aposta no sucesso de sua unidade que reunirá desde chaveiros com escudos de times a objetos para colecionador. “Fizemos a loja em tempo recorde, mas ficou do jeito que eu queria. Tenho conhecimento que tudo que envolve o comércio é um risco, porém, só entro em algo quando eu acredito que possa dar certo, e como nesse caso depende muito de mim, tenho certeza do sucesso”, reforça. Outro grande diferencial de todas as unidades Loja das Torcidas espalhadas pelo Brasil é que todos os produtos encontrados são licenciados, ou seja, ao adquirir um produto do seu time, o torcedor estará também ajudando o seu clube com parte deste valor.

A agilidade na montagem da loja está diretamente relacionada ao Natal. O empresário quer que os pouso-alegrenses tenham opções diversificadas e criativas para os presentes de fim de ano. “Vamos atender a todos os gostos, nossos clientes podem encontrar aquela lembrancinha mais em conta para o amigo secreto, como também, o presentão do Papai Noel, depende do gosto de cada um”, enfatizou Fabian, de olho nos diversos negócios que a loja permite que sejam realizados.

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Calçados Bibi conquista Selo Prata Origem Sustentável

Engajada em promover o consumo consciente das novas gerações, a Calçados Bibi conquistou o Selo Prata de Sustentabilidade neste mês de dezembro de 2014. A marca é a primeira indústria a receber esta homologação, a qual atesta o compromisso com as iniciativas nos processos industriais, bem como o desenvolvimento de ações em sintonia com os pilares estabelecidos pelo programa Origem Sustentável: Econômico, Ambiental, Social e Cultural, promovido pela Abicalçados / Assintecal com apoio da USP (Universidade de São Paulo e MIT – Massachutts Institut of Technology).

Em 2013, a Bibi já havia recebido o Selo Bronze de Sustentabilidade e, agora, ao evoluir um nível da certificação – que segue a escala Branco, Bronze, Prata, Ouro e Diamante, foi auditada pela SGS que atestou a incorporação da sustentabilidade em seus processos, a marca comemora o reconhecimento por suas atitudes junto ao meio ambiente, ao mercado brasileiro e à sociedade.

O programa, que certifica empresas da cadeia produtiva do calçado, foi estruturado pela Coordenadora do Laboratório de Sustentabilidade da USP – Profa. Tereza Cristina Carvalho e implementado pela Abicalçados e  Assintecal, contando  ainda com o apoio do Sebrae Nacional.

Vários movimentos da Bibi representam a conquista o Selo Prata Origem Sustentável. A empresa também se destaca por suas atividades sociais, como aFábrica de Talentos que em parceria com o SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial), qualifica profissionalmente jovens com idade entre 16 a 20 anos. O programa é realizado nas fábricas em Parobé (RS) e Cruz das Almas (BA). Anualmente, 56 jovens, em média, são capacitados para os desafios da vida, trazendo uma visão de empresa, de planejamento familiar e financeiro, ética, assim como o ofício de desenvolvimento e produção de calçados. Muitos desses novos talentos são recrutados e passam a integrar o time oficial da calçadista.

Preservando a relação com seus colaboradores, fornecedores, clientes e parceiros, a Bibi tem seu próprio Código de Conduta, visando sempre a ética, transparência, agilidade e o bom convívio. O material mostra os valores, as responsabilidades, a missão e todos os propósitos da marca junto aos públicos interno e externo, mercado e meio ambiente.

Na educação, a Bibi distribui a Cartilha Financeira aos colaboradores e aos alunos da rede municipal de ensino da comunidade, trazendo noções de educação financeira. O material faz parte da parceria entre Secretaria Municipal de Educação (SMED) e Rotary Club. Além de destacar a importância do planejamento e da disciplina financeira, a cartilha foca a racionalização de gastos, apresentando tabelas para cálculos de orçamentos e sugestões de listas de compras.

Fundada em 1949, a Calçados Bibi, é referência no mercado de calçado infantil. Com fábricas sediadas em Parobé (RS) e em Cruz das Almas (BA), produz cerca de 3 milhões de pares ao ano, reprocessando 100% dos resíduos industriais. Presente em mais de 65 países nos cinco continentes, no Brasil está em mais de 5 mil pontos de venda multimarcas, além do e-commerce e uma rede de franquias com mais de 70 lojas. A loja apresenta um conceito inovador, oferecendo uma experiência única de compra para crianças e pais.

A marca de calçados infantis é pioneira e líder em desenvolver produtos a partir de pesquisas e estudos científicos. Conquistou reconhecimento do setor a partir do trabalho que desenvolve com os calçados fisiológicos e no emprego de tecnologia Fisioflex Bibi – que proporciona a sensação de andar descalço no seu público-alvo: as crianças.

Há 65 anos no mercado, a Bibi é reconhecida por ser uma empresa que se preocupa com a saúde dos pés das crianças, e numa atitude pioneira no mercado brasileiro de calçados infantis, a Bibi, em parceria com o IBTeC (Instituto Brasileiro de Tecnologia do Couro, Calçados e Artefatos), monitora todos os seus materiais, e utiliza somente aqueles que estão de acordo com os padrões internacionais quanto a substâncias tóxicas, assegurando o desenvolvimento saudável das crianças e a tranquilidade das mães e pais.

 ::Saiba mais sobre a franquia Bibi Calçados:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Franchising cresce 9,3% de acordo com Pesquisa de Desempenho do 3º trimestre

A indústria do franchising ampliou seu faturamento em 9,3% no 3º trimestre deste ano, comparado ao mesmo período do ano passado. Isto é o que indica a Pesquisa de Desempenho Trimestral do Franchising que acaba de ser divulgada pela ABF – Associação Brasileira de Franchising. Em relação ao 2º trimestre de 2014, o 3º tri apresentou um faturamento 10,6% maior. O crescimento do setor nos meses de julho a setembro indica uma recuperação após o fraco desempenho registrado no 2º trimestre deste ano.  “É importante observarmos que dados como esses revelam o vigor do franchising brasileiro, mesmo diante de um cenário econômico adverso e de um ano tão atípico como foi 2014”, avalia a presidente da ABF, Cristina Franco. Na comparação do desempenho do setor nos nove primeiros meses de 2014 com igual período de 2013, o estudo registra uma alta do faturamento de 6,8%. Ainda de acordo com a pesquisa, 69% das redes ampliaram o faturamento na comparação entre o 3º e o 2º trimestre deste ano. Os números positivos referendam as projeções da entidade. Com este novo cenário, a ABF projeta um crescimento do faturamento do setor em torno de 7% em 2014. O percentual é ainda consideravelmente acima do PIB, que, segundo a mais recente revisão feita pelo Governo, deve ficar em torno de 0,5%. A respeito do número de pontos de venda (PDVs), a ABF prevê uma alta de 10% para o ano de 2014 em relação a 2013.

Com relação a abertura e fechamento de unidades, o levantamento apontou neste 3º tri um crescimento de 2,9% em novos PDVs ante 1,0% de unidades fechadas. Para a presidente da ABF, apesar da melhora de cenário, o momento requer atenção. “O franchising no Brasil é de fato uma indústria madura, que tem sua força, contudo está inserida na economia e sofre os efeitos do baixo crescimento do País. Sabemos que a expectativa para 2015 é que também seja um ano de dificuldades. Portanto, mantemos a recomendação de cautela aos empresários do setor, de cuidado na gestão de suas operações, para que possamos manter o franchising em uma trajetória de desenvolvimento sustentável”, afirma Cristina. Expectativas para 2015 – Estudos da entidade projetam um crescimento do faturamento do setor para o próximo ano de 7,5% a 9,0%, e para abertura de novas unidades, entre 9% e 10%. “As redes de franquia continuam aprimorando a performance das unidades abertas e executando seus planos de expansão em cidades que oferecem oportunidades de negócio, sobretudo no interior do País. As pessoas querem consumir onde residem e as marcas de franquia já perceberam isso”, conclui a presidente.

 Sobre a ABF A ABF – Associação Brasileira de Franchising é uma entidade sem fins lucrativos, criada há 27 anos para divulgar, defender e promover o desenvolvimento técnico e institucional do modelo de negócio batizado como Franchising/Franquia.

Sendo assim, a instituição reúne todas as partes envolvidas na franquia – franqueadores, franqueados, consultores e prestadores de serviços – para garantir e disseminar a prática do bom franchising no Brasil. Entre as funções desempenhadas pela entidade, estão orientar o investidor como pesquisar corretamente uma franquia, indicar literaturas especializadas e fornecer dados sobre as empresas franqueadoras no Brasil e no exterior.

Para as empresas interessadas em expandir seus negócios por meio do sistema de franquia, a ABF indica quais ações são necessárias para formatar o negócio, assim como relaciona profissionais de consultoria em Franchising para auxiliarem o processo.

Minds English School divulga balanço e projeta faturamento de R$ 109 milhões em 2015

A Minds English School – rede de franquias especializada na língua inglesa obteve um crescimento de 10% em unidades, com 70 escolas espalhadas por todo o Brasil, e registrou um faturamento de R$ 7% a mais do que o ano passado. Para 2015 a expectativa é chegar a 80 operações e que a rede fature R$ 120 milhões.

“Este ano foi de reestruturação das unidades, trabalhamos focados nos franqueados existentes para dar continuidade a um crescimento gradativo e reforçando a importância de organizar a casa”, comenta Leiza Oliveira, fundadora da Minds English School.

A região que a Minds Idiomas mais cresceu foi o Nordeste. “A região continuará sendo nosso foco. Atualmente temos 25% das nossas escolas nos estados nordestinos”, completa.

Para 2015, o plano é ter um crescimento de 15% com mais 10 unidades. “Esperamos crescer ainda mais no próximo ano e marcar presença em novos estados, consolidando-se como a melhor escola de inglês e também aprimorando nossas unidades existentes”, afirma Leiza.

A Minds tem perspectivas otimistas no mercado, pois possui diferenciais que vão desde a metodologia até os horários das aulas – dois aspectos relevantes que diminuem significantemente a taxa de desistência.  “Tem muita conversação, as aulas são dinâmicas e práticas. Usamos jogos, vídeos e materiais extras como apoio. Cada nível tem o seu grau de dificuldade e habilidades diferentes que são trabalhadas, sempre voltadas ao ambiente de negócios e lazer”, diz.

 ::Saiba mais sobre a franquia Minds English School:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Petland inaugura loja no bairro de Moema, na capital paulista

O sonho de ter o primeiro negócio foi concretizado pelo casal Eduardo Guerra e Flávia Romani ao se tornarem franqueados da Petland, rede internacional de pet shops. Na semana do Natal, eles abrem as portas da loja de Moema Pássaros, na Av. Pavão, nº 602, zona sul de São Paulo. “Passamos meses buscando um pet shop saudável para aquisição. Identificamos na Petland a oportunidade de refinar a oferta e aproveitar o crescimento do setor, oferecendo produtos e serviços de qualidade”, diz Guerra, que é formado em Processos pela FATEC e tem pós graduação em Administração pela FGV. Para início de janeiro, está prevista a abertura de mais uma unidade no bairro de Moema, totalizando cinco lojas da rede em operação.

Um dos segredos de sucesso da marca, atualmente com 142 unidades em 11 países, é promover a experiência de compra. As lojas, de 100 m2 até 400 m2, têm espaços de socialização que permitem uma interação das pessoas com os animais. “Os colaboradores, chamados de ‘Petlanders’ são treinados a combinar o animal de estimação certo com a família certa, para satisfazer as necessidades de ambos por meio das quatro necessidades básicas – ambiente, comportamento, manutenção e nutrição.

“Você nunca vai ouvir um colaborador nosso dizer: posso lhe ajudar?. Temos que levar informação de valor ao cliente e, por isso, investimos constantemente em treinamento”, explica Rodrigo Albuquerque, sócio-diretor e responsável pela expansão da Petland no Brasil. Entre as raças de filhotes de cães que estarão sendo vendidos na nova unidade da Petland de Moema Pássaros estão: Yorkshire terrier, Lhasa apso, Pequinês, Maltês e Shih-tzu.

Para interessados na franquia, a empresa calcula o faturamento do primeiro ano em R$ 438,00/m². Com a loja madura (retorno de 24 a 36 meses), pode chegar a R$ 876,00/m². O investimento inicial na franquia é de R$ 290 mil, incluindo o treinamento de 10 dias na Universidade Petland (EUA), e o contrato é de cinco anos.

Todas as unidades da Petland apresentam uma comunicação visual atrativa e interativa para com os clientes. “Além disso, nosso modelo de negócios trabalha para aumentar a participação de acessórios, diminuir a dependência do serviço e da ração e, ainda, agregar valor ao mix com a possibilidade da venda de filhotes. Desta forma, conseguimos melhorar a distribuição da receita aos franqueados – explica Albuquerque – acreditamos que a grande oportunidade para o crescimento do setor está nos pets de bairro, que representa 69% do mercado”.

A empresa quer chegar em 302 unidades na grande São Paulo até 2020. Fora do estado, o plano de expansão para a Bahia prevê 25 lojas e para o Paraná, 40 lojas, através de máster franqueados.

 ::Saiba mais sobre a franquia Petland:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Franquias brasileira atraem olhares europeus, africanos e até asiáticos

Oferecer conforto e praticidade aos consumidores foram os conceitos que levaram o empresário paulista Tom Ricetti a criar a Pão To Go, primeira rede de padarias drive-thru do Brasil. Em apenas um ano de atuação, a marca conquistou mais de 140 unidades comercializadas e faturou milhões.

O rápido crescimento da marca aguçou a curiosidade dos clientes e despertou o interesse de investidores em todas as regiões brasileiras, mas ultrapassou barreiras e chegou a olhares estrangeiros. Por isso, a rede agora inicia sua expansão internacional. Para Ricetti, o ineditismo do conceito foi o ponto chave para que o negócio fosse visto como viável. “Em um mundo globalizado, em que o tempo vale ouro, quem oferecer um serviço que torne a vida do consumidor mais prática acaba se destacando, e o nosso grande diferencial é oferecer ganho de tempo ao consumidor”, comenta.

A rede está em negociações com empreendedores em Portugal, Espanha, Angola, China e Estados Unidos. De acordo com Ricetti, para conquistar os consumidores dessas regiões a marca investirá na tropicalização do seu cardápio. “O drive-thru facilita a entrada em outros países, pois o conceito já é bem disseminado ao redor do mundo. Porém, para conquistar os clientes é preciso oferecer produtos que ele conheça e goste. Assim, além dos itens típicos vendidos no Brasil, vamos adaptar nosso cardápio de acordo com os costumes da região”, explica.

A fácil administração do negócio, que possui modus operandi de padaria e não exige experiência no ramo, também promete ser um dos ingredientes que irão estimular os empreendedores estrangeiros a apostarem na Pão To Go. “ Nosso modelo de negócio, foi desenvolvido para facilitar a administração das lojas, e esse diferencial tem sido um dos pontos mais elogiados pelos interessados na marca”, afirma Ricetti.

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising::: 

Franquias brasileira atrai olhares europeus, africanos e até asiáticos

Oferecer conforto e praticidade aos consumidores foram os conceitos que levaram o empresário paulista Tom Ricetti a criar a Pão To Go, primeira rede de padarias drive-thru do Brasil. Em apenas um ano de atuação, a marca conquistou mais de 140 unidades comercializadas e faturou milhões.

O rápido crescimento da marca aguçou a curiosidade dos clientes e despertou o interesse de investidores em todas as regiões brasileiras, mas ultrapassou barreiras e chegou a olhares estrangeiros. Por isso, a rede agora inicia sua expansão internacional. Para Ricetti, o ineditismo do conceito foi o ponto chave para que o negócio fosse visto como viável. “Em um mundo globalizado, em que o tempo vale ouro, quem oferecer um serviço que torne a vida do consumidor mais prática acaba se destacando, e o nosso grande diferencial é oferecer ganho de tempo ao consumidor”, comenta.

A rede está em negociações com empreendedores em Portugal, Espanha, Angola, China e Estados Unidos. De acordo com Ricetti, para conquistar os consumidores dessas regiões a marca investirá na tropicalização do seu cardápio. “O drive-thru facilita a entrada em outros países, pois o conceito já é bem disseminado ao redor do mundo. Porém, para conquistar os clientes é preciso oferecer produtos que ele conheça e goste. Assim, além dos itens típicos vendidos no Brasil, vamos adaptar nosso cardápio de acordo com os costumes da região”, explica.

A fácil administração do negócio, que possui modus operandi de padaria e não exige experiência no ramo, também promete ser um dos ingredientes que irão estimular os empreendedores estrangeiros a apostarem na Pão To Go. “ Nosso modelo de negócio, foi desenvolvido para facilitar a administração das lojas, e esse diferencial tem sido um dos pontos mais elogiados pelos interessados na marca”, afirma Ricetti.

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising::: 

Morana chega à Espanha

O Grupo Ornatus acaba de inaugurar mais uma unidade da Morana na Europa. A nova operação está instalada na cidade de Málaga, na Espanha, dento do El Corte Inglés, a maior loja de departamentos da Europa.

A operação é um quiosque de 18m², um formato diferenciado quando comparado ao mesmo modelo de negócio no Brasil. De acordo com Jae Ho Lee, CEO do Grupo Ornatus, a marca está tendo boa aceitação do consumidor europeu. “Estamos no caminho certo. É extremamente importante para a Morana estar dentro do El Corte Inglés e ao lado das principais grifes internacionais”, afirma o executivo.

Presente nos Estados Unidos desde 2013 e em Portugal desde 2007, o Grupo Ornatus enxerga essa nova operação como uma porta de entrada para a expansão da Morana na Espanha, dentro das mais de 100 lojas que o El Corte Inglés tem no país. “Pretendemos chegar a um número maior de unidades, cerca de 40, em pouco tempo. A instalação é simples, pois já existe a estrutura dentro do El Corte Inglés, afirma Lee.

Os planos de internacionalização da Morana não param por aí. Para o próximo ano a marca prevê abrir cinco unidades nos Estados Unidos.

::Saiba mais sobre a franquia Morana:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Limpeza com Zelo vê faturamento saltar de R$ 90 mil para R$ 1 milhão

Aumento do número de pessoas morando sozinhas, apartamentos cada vez menores, dedicação em tempo integral à profissão são alguns fatores que certamente influenciaram a consolidação do setor de Limpeza e Conservação no Brasil este ano. Sem contar no destaque que a PEC das Domésticas proporcionou, impulsionando o surgimento de novas empresas no mercado de limpeza doméstica.

Essas mudanças na estrutura familiar e no comportamento das pessoas fizeram com que a Limpeza com Zelo tivesse um salto no faturamento de 2013 para 2014: de R$ 90 mil a R$ 1 milhão e a previsão é ousada: atingir os R$ 6 milhões de faturamento em 2015. Renato Ticoulat, franqueador da Limpeza com Zelo ressalta que o crescimento se deve aos diferenciais oferecidos ao cliente final. São técnicas exclusivas e processos internacionais que garantem excelência no atendimento realizado por duas profissionais treinadas, uniformizadas e acompanhadas por um supervisor. “É um serviço que garante praticidade e segurança, pois, todos os produtos, panos com cores diferentes para cada cômodo, o que evita contaminação cruzada e equipamentos são levados pela dupla de profissionais”, explica ele.

Com mais de três mil atendimentos por mês, a marca possui 22 franquias distribuídas em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia, Rio Grande do Sul, Amazonas e no Distrito Federal.  A expectativa é se tornar líder de mercado até 2016, levando em consideração que esse mercado é promissor e que a empresa possui estrutura para atender a demanda cada vez maior.

Como garantia de qualidade – o serviço é feito sempre em dupla para proporcionar controle, eficiência e agilidade, ou seja, uma limpeza que demoraria 8 horas é realizada em 2 horas;segurança – as profissionais chegam ao local uniformizadas tendo sempre uma supervisão rigorosa, inclusive a empresa cobre qualquer objeto quebrado ou danificado; pontualidade – cumprimento no horário determinado pelo cliente para efetuar a limpeza; praticidade – trazem os produtos e todo o equipamento necessário; custo – a marca oferece o serviço por um preço atrativo de uma diarista, a partir de R$ 140 reais.

Para quem tem interesse, o investimento inicial é a partir de R$ 40 mil e a oportunidade de trabalhar em casa, a Limpeza com Zelo tem mais uma vantagem: transfere clientes fidelizados para as novas unidades. As estratégias utilizadas pela empresa garantem um faturamento médio mensal de R$ 50 mil. O franqueado recebe treinamento que envolve todas as áreas do negócio, consultoria constante, além de outros suportes disponíveis para os franqueados.

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

AlphaGraphics Jundiaí é homologada pelo agBook e torna-se livraria sob demanda

A AlphaGraphics Jundiaí é a nova unidade da rede a fazer parte do agBook (www.agbook.com.br), rede física de livros sob demanda em que os autores podem publicar seu livro de forma 100% gratuita. Com isso, os residentes da cidade de Jundiaí também poderão retirar seus pedidos do agBook na própria loja, sem precisar pagar pelo frete cobrado pela entrega.

Dessa forma, a AlphaGraphics Jundiaí se junta às também já homologadas unidades Faria Lima (SP), Bela Vista (SP), Pinheiros (SP), CENU (SP), Jardins (SP), Vila Olímpia (SP), Chácara Santo Antônio (SP), Guarulhos (SP), Ribeirão Preto (SP), Guanabara (RJ), Brasília (DF) e Fortaleza (CE).

Desde o seu lançamento, em dezembro de 2009, o agBook acumula mais de 45 mil pedidos. Ao longo desses cinco anos, a tecnologia do agBook permitiu com que os autores, até então anônimos, realizassem o sonho de lançar seu próprio livro, sem a necessidade de passar pelo crivo da editora.

endereço e os contatos da unidade AlphaGraphics Jundiaí:

Endereço: Rua Candido Rodrigues, 189, Centro – Jundiaí/SP

Telefone: (11) 4586-9756

E-mail: jundiai@alphagraphics.com.br

Site: www.alphagraphics.com.br

 ::Saiba mais sobre a franquia AlphaGraphics:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Casa Pilão chega ao Nordeste e inaugura loja em Maceió (AL)

A marca Pilão, líder no mercado de café torrado e moído, continua seu projeto de expansão da rede de cafeterias Casa Pilão. Após a abertura de 13 lojas entre o eixo Rio-São Paulo, chegou a vez da capital alagoana conhecer a proposta da Casa Pilão: enaltecer o jeitinho brasileiro de tomar café em um ambiente acolhedor. A loja foi inaugurada no Parque Shopping Maceió.

No menu da cafeteria, diversos tipos de café: espresso, cappuccino, coado, que pode ser feito no filtro de pano, e os rituais da prensa francesa e globinho. Para estimular o consumo de quitutes brasileiros, os acompanhamentos oferecidos vão desde o tradicional pão de queijo e sanduíches até tapiocas, queijadinhas, quindins, bolos caseiros e brigadeiros. O menu também contempla sucos e sorvetes como sugestões que podem anteceder o prazer em degustar a principal paixão dos brasileiros, o café.

Segundo Ricardo Souza, Diretor de Marketing da D.E Master Blenders 1753, a expansão de Casa Pilão reforça a proposta de agregar valor à marca e oferecer experiências novas e agradáveis aos clientes. “É com muita satisfação que chegamos a Maceió. Temos um portfólio completo com produtos de qualidade e somos reconhecidos por sermos o café forte do Brasil. Nada mais natural do levar para os Estados do Nordeste um espaço que favorece uma aproximação entre nós, nossos produtos e nossos clientes”, conclui o executivo.

SERVIÇO

Casa Pilão em Maceió – Av. Comendador Gustavo Paiva, 5945 – Cruz das Almas, Maceió – AL, 57038-000. (34 lugares). Horário de funcionamento: segunda à sábado das 10h às 22h, domingos e feriados 12h às 22h. CC e CD: Visa e Mastercard.  R$ 3,50 o período de 4 horas.

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Patroni Pizza aposta na reformulação da identidade visual para 2015

 

Após completar 30 anos em 2014, a Patroni Pizza decidiu apostar em uma nova identidade visual nas unidades da rede. A mudança visa o ganho de clientes, maior alinhamento com a percepção do consumidor com relação à marca, mais clareza nas opções de refeições oferecidas e redução de 35% no custo de montagem da loja, no que diz respeito a comunicação visual. A primeira unidade com a marca “Patroni” reformulada foi implantada em meados de novembro, no Shopping SP Market, em São Paulo.

Para realizar esta ação, a franquia efetuou uma pesquisa qualitativa e quantitativa junto aos clientes das unidades da rede. Dessa forma, foi possível traçar o perfil do consumidor, que elege o atendimento como fator decisivo para a fidelização. “Após a conclusão do estudo, verificamos que o nome do restaurante deve ser apenas Patroni. Tal denominação é bem aceita e reconhecida pelos consumidores e também não carrega nenhuma definição de tipo de refeição, podendo explorar os diferentes tipos de pratos oferecidos pela rede, como pizzas, carnes e massas, ganhando assim uma nova parcela do mercado”, revela o diretor de marketing, Rafael Augusto.

A pesquisa também irá auxiliar na elaboração de um novo cardápio, inspirado nos hábitos de consumo dos clientes, que tem previsão de lançamento para fevereiro de 2015. Além da reformulação da identidade visual da marca, a Patroni disponibiliza ao mercado um novo modelo de negócio, o Patroni Expresso, com investimento inicial de R$ 150 mil, projetado para pontos com movimentação intensa de pessoas e em um cardápio com opções para consumo rápido, como pedaços de pizzas, lanches e salgados.

A Patroni prospecta um aumento de 30% no faturamento deste ano, ante aos R$ 319 milhões conquistados em 2013. 

 ::Saiba mais sobre a franquia Patroni Pizza:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Feira de Franquia em Rio Grande (RS) atraiu 700 visitantes e expôs mais de 50 marcas

No último dia 4 de dezembro, a Franchise Store participou da Feira de Franquia Partage Experience, no município de Rio Grande, Rio Grande do Sul. O evento foi realizado pelo Grupo Partage, responsável pela construção do novo shopping da cidade, o Partage Shopping Rio Grande, a fim de atrair investidores para o empreendimento.

Mais de 50 marcas interessadas em expandir para a cidade participaram da exposição, que atraiu por volta de 700 visitantes. Além disso, foram realizadas palestras com a Sócia-Diretora da Franchise Store, Filomena Garcia, com o Sócio da Cherto Atco, Américo José da Silva Filho e com o Batalhão de Operações Especais – BOPE.

O evento aconteceu no espaço onde são finalizadas as obras do futuro shopping. A previsão é de que seja inaugurado no primeiro semestre de 2015 e já terá a presença de importantes marcas, como Renner, Marisa, Lojas Americanas e Cinemark. O novo empreendimento será localizado na Av. Engenheira Lúcia Maria Balbela Chiesa, 2842 – Rio Grande – RS. 

Petland abre mais uma loja em São Paulo na Praça Vilaboim

Mais uma unidade da Petland abre na capital paulista até dia 20 de dezembro. A loja própria em Higienópolis retriever distribuindo balões da marca com um dog walker. Quem for até a unidade, ganha 50% de desconto no primeiro banho do seu animal, além de uma lembrança especial da loja. Para início de janeiro, está prevista a abertura de mais duas unidades no bairro de Moema, totalizando cinco lojas da rede em operação.

Com espaços exclusivos dedicados à maior interação e conforto para os filhotes da loja, a Petland é uma rede mundial de franquias para petshops, e tem um plano de expansão estruturado para o Brasil. A empresa quer chegar em 302 unidades na grande São Paulo até 2020. Fora do estado, o plano de expansão para a Bahia prevê 25 lojas e para o Paraná, 40 lojas.

O segredo da companhia é conquistar os clientes por meio da experiência de compra. “Um dos nossos grandes diferenciais são os ambientes de socialização que permitem aos visitantes interagir com os pets. Nossos Petlanders são dedicados a combinar o animal de estimação certo com a família certa, para satisfazer as necessidades de ambos por meio das quatro necessidades básicas – ambiente, comportamento, manutenção e nutrição. Por isso, o nosso modelo de negócios faz da Petland o grupo de franquias líder no mundo em comercialização de animais de estimação”, diz Rodrigo Albuquerque, sócio diretor da empresa no Brasil. 

Para interessados na franquia, a empresa calcula o faturamento do primeiro ano em R$ 438,00/m². Com a loja madura (retorno de 24 a 36 meses), pode chegar a R$ 876,00/m². O investimento inicial na franquia é de R$ 290 mil, incluindo o treinamento de 10 dias na Universidade Petland (EUA), e o contrato é de cinco anos.

“Todas as unidades da Petland apresentam uma comunicação visual atrativa tem 200 m² e está localizada na Praça Vilaboim nº 20. Por isso, quem estiver no bairro próximo à praça vai se surpreender com um golden e interativa para com os clientes. Além disso, nosso modelo de negócios trabalha para aumentar a participação de acessórios, diminuir a dependência do serviço e da ração e, ainda, agregar valor ao mix com a possibilidade da venda de filhotes. Desta forma, conseguimos melhorar a distribuição da receita aos franqueados – explica Albuquerque – acreditamos que a grande oportunidade para o crescimento do setor está nos pets de bairro, que representa 69% do mercado”.

 ::Saiba mais sobre a franquia Petland:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

O que o empreendedor espera para 2015?

Final de ano sempre é uma época para novos projetos, listar o que é importante ser realizado no ano seguinte, assim como refletir sobre as mudanças que devemos encarar para nos tornarmos pessoas e profissionais melhores. É neste clima que muitos empreendedores já sabem o que esperam de 2015 e já começaram a preparar um ano mais promissor. Confira abaixo as dicas:

 

TRABALHO – Marcos Pertile, diretor do Mapa da Mina

“O ano de 2015 será de muito trabalho para a rede Mapa da Mina. Em 2014, já demos início ao projeto de abertura da primeira loja em um shopping Center e começamos a nos aproximar dos consumidores da classe B. Mas neste novo ano, queremos estreitar ainda mais nosso relacionamento com estes centros comerciais. Nossa meta é abrir 15 franquias em shoppings, o que será o nosso grande desafio. Também queremos reforçar ainda mais a marca nas principais feiras do segmento”.

INOVAR – Leiza Oliveira, fundadora da Minds English School

“Nosso desejo sempre é de um ano de mais mudanças e comprometimento. Acredito que vai ser um ano para reiventar, atualizar todos os dias, fazer diferente, inovar, modernizar e dinamizar para ter sucesso no mercado. Teremos mudanças na Minds e pretendemos mais 10 novas unidades no ano seguinte”.

 

CAUTELA – Ricardo Marcondes, gerente de expansão da TIP TOP

“Acredito que teremos um ano difícil economicamente em 2015, mas estamos trabalhando para não ficarmos a mercê de eventuais problemas. Estamos planejando 2015 com muita cautela mas não deixando que estimativas ruins influenciem demasiadamente nossos objetivos… Prevemos um crescimento de 20 lojas no ano que vem e estamos com foco muito grande em melhorar os resultados das lojas existente. Ou seja, criar ações e preparar cada vez mais os gestores das lojas para melhorarem seus resultados, capacitando-os ainda mais para a obtenção de seus objetivos em 2015”. 

CONSOLIDAÇÃO – Renato Ticoulat, franqueador da Limpeza com Zelo

“Com os contratos que já temos assinados e estão em inicio de implantação temos garantido um crescimento de 70% no mínimo em 2015, esperamos até que seja maior do que 100%. Como o problema de mão de obra só aumenta, pois as faxineiras preferem ou ser diaristas, ou receber os auxílios governamentais temos mais chances que nossos concorrentes de crescer, pois o sistema de franquia minora este problema. Hoje as donas de casa não conseguem mais mão de obra e não terão opção, ou fazem a própria limpeza ou contratam empresas especializadas. O Futuro da Franquia de Limpeza no Brasil será o mesmo do que acontece hoje nos Estados Unidos, onde o franqueado é o próprio faxineiro, no nosso caso nosso franqueado que põe a mão na massa, que trabalha 44 horas por semana sem assistente,  pode ganhar liquido R$ 5.000,00 mensais, mais do que 90% da população brasileira, com um desembolso de apenas R$ 7.500,00 iniciais”.

EXPECTATIVA – Vitor Pedrosa, diretor de franquias da Viva Eventos

“Em 2014 conseguimos dobrar o número de unidades de 6 para 12, as expectativas são que em 2015 consigamos crescer 100% novamente e chegar a 24 unidades. Para que isso seja possível, iremos colocar em operação novos módulos de nosso software que irá integrar todos os setores da empresa. Nosso principal foco de trabalho será no interior de São Paulo e nas principais capitais do país que ainda não atuamos”.

OPORTUNIDADE – Wilson Giustino, Fundador do CEBRAC

“O ano de 2015 será muito desafiador para o franchising brasileiro. O baixo crescimento da economia tem trazido desaceleração ao setor, tornando o cenário mais complexo para a expansão e o crescimento das redes. Por outro lado, mesmo com taxas de crescimento menores (projeta-se algo em torno de 7% para 2015), o setor de franquias ainda apresenta crescimento maior que outros setores da economia, trazendo, também oportunidades. O próximo ano será o ano das redes focarem em suas operações, reduzirem custos e expandirem seletivamente, com foco na rentabilidade”.

 

POSITIVISMO – Aluizio de Freitas, fundador da Sigbol

“Para 2015, a expectativa é a consolidação do c,rescimento das unidades franqueadas Sigbol, expansão acelerada no interior de São Paulo e Região Sudeste do Brasil, com abertura de 21 novas unidades em cidades do estado de São Paulo, por exemplo, não atendidas pela marca. As expectativas são positivas, já que nossos cursos proporcionam formação profissional para que o aluno ingresse no mercado de trabalho ou parta para atividade independente ao abrir seu próprio negócio. Estamos buscando maior visibilidade da marca nestes mercados para impulsionar o crescimento da rede”. 

CEBRAC inaugura unidade em Mossoró (RN)

Neste mês, o Centro Brasileiro de Cursos (CEBRAC) inaugura a segunda unidade do estado do Rio Grande do Norte, dando continuidade a sua expansão arrojada por todo o Brasil. A nova escola está localizada na cidade de Mossoró, que possui cerca de 260 mil habitantes.

 “Rio Grande do Norte é um estado um muito forte para interiorização, uma tendência que o CEBRAC tem percebido e explorado, e Mossoró passa a ser um novo polo e mercado em ascensão, como Natal. Nosso objetivo é inaugurar ainda uma unidade em Parnamirim e chegar a três unidades no estado”, conta Fabio Pozza, diretor de marketing e expansão da marca.

Como diferencial, a rede aposta em disciplinas teóricas e práticas, que aproximam o aluno do dia a dia do mercado de trabalho. No carro-chefe da empresa, o curso de Assistente Administrativo Completo, por exemplo, o empreendedorismo é trabalhado intensivamente, oferecendo aos alunos conteúdos sobre como abrir uma empresa, pesquisar mercado, quais são os desafios envolvidos e, depois, como administrar a companhia já estruturada.

O CEBRAC possui índices atrativos para quem quer abrir uma franquia: aproximadamente 30% das unidades faturam mais de R$ 2 milhões por ano, e mais da metade das escolas tem faturamento superior a R$ 1 milhão por ano. O CEBRAC conta com 95,6% de satisfação dos franqueados, segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF).

Serviço:

Unidade de Mossoró

Endereço: Rua Doutor Francisco Ramalho, 115 – Centro – Mossoró/RN

::Saiba mais sobre a franquia CEBRAC:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Ortodontic Center dá continuidade à expansão e planeja a abertura de 280 unidades em quatro anos

Apostando em um plano de expansão que visa a implantação de 280 novas clínicas no prazo de quatro anos, a rede de franquia odontológica, Ortodontic Center, inaugura novas unidades em diferentes estados brasileiros. Após estas implantações, a rede passa a contar com 140 pontos em operação em 15 estados, mais o Distrito Federal. A marca é reconhecida nacionalmente e possui forte atuação na região Sul e Sudeste do país e atingiu, em 2014, a taxa de crescimento de 72%. 

Em Salvador, na Bahia, a Ortodontic Center irá inaugurar a primeira clínica na capital baiana, projetada no padrão Full, voltado para cidades que possuem mais de 150 mil habitantes. O mesmo modelo de negócio, para cidades que possuem de 90 mil a 150 mil habitantes, será implantado na unidade de Umuarama, no Paraná, que passará pelo processo de conversão de bandeira. Seguindo os conceitos de padronização, os pontos disponibilizarão tratamentos na área da saúde bucal, prestados por profissionais altamente especializados nas respectivas áreas de atuação. 

Já o município de Jacarezinho, no Paraná, contará com uma nova franquia da marca no padrãoPresence, voltado para cidades entre 30 mil e 50 mil habitantes. Além disso, a unidade de Taquara, do Rio Grande do Sul, seguirá o mesmo padrão, mas a abertura será realizada por meio de conversão de clínica particular. Ou seja, os dentistas autônomos se tornam franqueados e passam a ter, além da visibilidade da marca, todo o suporte de gestão e de marketing da rede. 

Nos dois modelos de negócios são realizados treinamentos específicos para cada função, visando prestar um atendimento de qualidade a todos os clientes. “Nosso foco principal é oferecer serviços para saúde bucal com qualidade e custo acessível. Para isso, investimos pesado em programas de fidelização que bonificam pacientes que chegam à consulta no horário, efetuam o pagamento mensal em dia ou indicam novos pacientes, por exemplo. Hoje, a rede é composta por 140 unidades e a projeção é chegar em 400 clínicas até 2018”, revela o sócio fundador, Fernando Massi. 

::Saiba mais sobre a franquia Ortodontic Center:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Mestre-Cervejeiro.com inaugura décima loja da rede e dobra de tamanho em apenas um ano

Indaiatuba será a próxima cidade a receber uma franquia do Mestre-Cervejeiro.com. A décima loja será inaugurada no dia 04 de dezembro na Av. Presidente Kennedy. A nova unidade é a primeira da região de Campinas e a terceira no estado de São Paulo. Caraguatatuba e Piracicaba são as outras cidades paulistas que contam com lojas da marca.

“Além do grande interesse pessoal que tenho pelas cervejas premium,   observei um aumento significativo no consumo das bebidas diferenciadas em Indaiatuba. Por isso a opção pela abertura de uma franquia como a Mestre-Cervejeiro.com”, afirma Sérgio Menochelli, dono da nova unidade.  Monochelli aposta no know-how do sommelier  e fundador da rede Daniel Wolff, e nos   100 rótulos nacionais e internacionais que estarão disponíveis. Entre eles, destaque para os nacionais Invicta (Ribeirão Preto/SP), Bodebrown (Curitiba/PR), Evil Twin (Dinamarca) e DeuS Bière Brut (Bélgica). 

A abertura da décima loja do Mestre-Cervejeiro.com faz parte do plano de expansão da rede. Além de São Paulo, a marca está presente nos estados do Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Mato Grosso. Desde o início do ano, a rede dobrou de tamanho e a perspectiva é inaugurar novas unidades em Minas Gerais, Espírito Santo e no Distrito Federal e chegar a 18 lojas ainda no primeiro trimestre de 2015. “O brasileiro está em busca de sabores e rótulos diferenciados que não são oferecidos pelas cervejarias massificadas, o que explica o boom de  microcervejarias e abre excelente oportunidade de negócios para lojas como o Mestre-Cervejeiro.com”,  afirma Wolff.

Com uma população de aproximadamente 200 mil habitantes, Indaiatuba tem tudo para se tornar uma vitrine da marca nas cidades vizinhas. “Frequentemente, recebemos consultas de Campinas, Sorocaba e Americana e temos certeza que a nova loja de Indaiatuba repetirá o sucesso da unidade de Piracicaba. “O Brasil é o terceiro maior mercado consumidor de cervejas do mundo e está apenas no início do que podemos chamar de transformação no consumo. Apesar de um expressivo crescimento anual, omarket share das cervejas especiais não chega a 1%. Nos Estados Unidos o percentual é de 17%, o que mostra o imenso potencial de mercado”, avalia o fundador da rede Mestre-Cervejeiro.com.

::Saiba mais sobre a franquia Mestre-Cervejeiro.com:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Aumento do consumo do café estimula crescimento do segmento de cafeterias no franchising

Tomar um cafezinho após o almoço ou convidar alguém para um bate-papo num ambiente aconchegante como uma cafeteria já faz parte da rotina dos brasileiros – embora ainda longe da frequência vista em outros países, mas seguindo o mesmo caminho –. Por conta disso, as lojas desse segmento têm conquistado cada vez mais espaço e clientes, o que tem aumentado os investimentos no setor de snacks e café. Segundo pesquisas recentes, as franquias nessa área apresentaram um crescimento sempre acima dos 10% nos últimos anos. Para os interessados em abrir um negócio próprio, o segmento se mostra promissor. Segundo dados da ABIC (Associação Brasileira da Indústria de Café), o consumo de café fora do lar cresceu 36% em 2013. Além disso, as franquias do segmento comercializam produtos de consumo recorrente, o que gera um alto índice de lucratividade.

Opções nacionais e estrangeiras disputam o interesse de candidatos a investirem no segmento. Porém, para se destacar, muitas investem em outros itens que vão além do simples cafezinho, tudo para fidelizar ainda mais os consumidores. Podem ser doces e salgados mais simples, ou então produtos um tanto mais elaborados, complementando o glamour do café. É o caso da Bella Gula, maior rede de tortaria e café da Região Sul, presente no mercado há mais de 20 anos. A marca aposta em uma expansão qualitativa, contando com 36 unidades em quatro estados, e estima terminar 2014 com um faturamento superior a R$ 2 milhões. O sucesso veio com a iniciativa de unir o gostinho do café – servido de diversas formas – ao sabor das tortas e quiches, produzidos de maneira artesanal até hoje.

Outro fator positivo para a viabilidade da marca está atrelado a seu modelo de negócio diferenciado, que, além de unir produtos artesanais exclusivos e de alta qualidade, procura manter um relacionamento de parceria com seus franqueados. Segundo Bernardo Thomaz, diretor-presidente da rede, a Bella Gulainveste constantemente em qualificação em busca dos melhores resultados. “Sabemos que o nosso crescimento depende do sucesso dos nossos parceiros. Por isso, investimos constantemente na profissionalização dos mesmos, oferecendo palestras e treinamentos. Também buscamos dar suporte total aos nossos franqueados, oferecendo um supervisor a cada nove unidades, o que proporciona uma comunicação direta entre os franqueados e a nossa diretoria”, afirma.

Os empreendedores interessados no modelo de negócios da Bella Gula podem optar por abrir lojas ou quiosques entre 30m² ou 60m². A escolha do ponto leva em conta o fluxo de pessoas e a visibilidade da loja no local escolhido. A rede proporciona um alto nível de rentabilidade aos franqueados. Em média, as lojas da marca tem faturamento mensal de R$ 100 mil. “Importante sempre lembrar que o empreendedor não precisa ser especialista em café. Nós o preparamos para ter total conhecimento”, completa Thomaz.

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::