Los Paleteros abre unidades em São Bernardo do Campo e Campinas

Engajados em dar continuidade ao plano de expansão no Estado de São Paulo, a conceituada rede de franquia, Los Paleteros, terá mais duas inaugurações. A cidade de São Bernardo do Campo será a primeira do ABC Paulista a receber uma unidade da marca. Já no interior, Campinas recebe a segunda loja da rede. Após estas implantações, a Los Paleteros passa a contar com 42 pontos de operação nas regiões Centro-Oeste, Sudeste e Sul do Brasil.

Os consumidores do Golden Square Shopping, em São Bernardo do Campo, poderão degustar os mais de 25 sabores de paletas mexicanas, divididas nas categorias frutadas, cremosas, recheadas e premium, a partir do dia 28 de agosto. Já os visitantes do Parque Dom Pedro Shopping, em Campinas, terão o privilégio de saborear esta delícia gelada a partir do dia 29 de agosto.

Com 120g, o dobro de um picolé tradicional, as paletas mexicanas são vendidas em porção única e tornaram-se opções saudáveis por não conterem conservantes ou corantes químicos. Para se ter ideia da qualidade do produto, a marca utiliza morangos chilenos, doce de leite argentino e matérias-primas de alto padrão para atender ao gosto requintado dos clientes. Recentemente, a Los Paleteros lançou os sabores romeu e julieta e maracujá, sucesso de vendas nas lojas.

Entre as opções mais vendidas, podemos destacar os sabores recheados de morango com leite condensado, doce de leite e brigadeiro. E aos que desejam algo diferenciado, a Los Paleteros oferece a paleta de framboesa com hibisco, além dos sabores ardentes, como abacaxi com pimenta e manga com pimenta. As lojas também disponibilizam opções que se assemelham as conhecidas sobremesas, como torta de limão, trufa de chocolate e mousse de maracujá. Os preços variam de R$ 6 a R$ 8.

Além de São Paulo, marca também está presente no Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Até o final do ano, a franquia planeja contar com 62 pontos em funcionamento e expandir a atuação para o Espírito Santo e Mato Grosso, além do Distrito Federal.

 Los Paleteros – Golden Square Shopping

Av. Kennedy, 700 – SBC – SP

Los Paleteros – Parque Dom Pedro Shopping

Av. Guilherme Campos, 500 – Campinas – SP

:::Saiba mais sobre a franquia Los Paleteros:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

CREPS abre unidade no Espírito Santo

O CREPS – fast food onde o cliente monta seu crepe na horainaugura em agosto sua primeira unidade no shopping Vila Velha. A rede acelera o plano de expansão e pretende abrir mais seis filiais nos próximos dois anos no estado do Espírito Santo.

Para Vitória constam duas lojas na capital. Serão prospectadas também duas unidades no município de Cariacica e uma na Serra.  E mais uma franquia na região de Vila Velha no shopping Praia da Costa.    

Os investimentos chegam à casa de R$ 3 milhões e o Creps projeta um crescimento no faturamento com a expansão dos negócios nos próximos 24 meses.

 Mais sobre o Creps

Um fast food de crepes! Este é o Creps, concebido para ser uma opção de alimentação saudável e saborosa no qual o cliente é o chef, montando seus crepes salgados ou doces ao escolher entre três tipos de molho, quarenta opções de ingredientes, além de complementos como saladas e sorvetes. 

Entre os crepes salgados, os mais pedidos são os de filé de frango desfiado com requeijão cremoso, mussarela e milho e o de carne seca desfiada com requeijão cremoso, mussarela e cebola. Entre os doces, um dos que faz mais sucesso com a clientela é o de brigadeiro branco com morango. Outra pedida chama a atenção, como o de creme de chocolate com avelã e morango.

Aberto em 2009 na região da Savassi, em Belo Horizonte, a maior rede de creperias do Brasil possui hoje 26 lojas no país: 23 franquias e 3 unidades próprias. O cardápio mistura recheios convencionais aliados a sabores diferenciados.

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Bolos da Cecília inaugura mais uma franquia em São Paulo

O cheirinho de bolo caseiro saído do forno está ganhando os bairros de São Paulo. Agora é a vez de Mirandópolis, na região da Saúde, receber a franquia Bolos da Cecília, marca que virou febre na cidade.  A rede é comandada pela chef confeiteira Cecília Victório e mais seis investidores experientes em franchising. O sucesso das vendas e da expansão é resultado da qualidade dos produtos, artesanais, sem adição de conservantes.

A nova franquia será comandada pelo empresário Fabio Gonçalves. Antes de fechar o negócio, ele visitou cada concorrente para avaliar primeiramente o atendimento e provar cada receita de bolo.  Otimista com o potencial do negócio, ele enxerga na diversificação de produtos outra oportunidade de aumentar a receita. “Somos também uma cafeteria e isso faz toda a diferença. Os clientes têm espaço para sentar, bater um papo, provar um pedaço de bolo entre as diferentes receitas da chef”, diz Gonçalves.

Para quem quiser conhecer o espaço e experimentar esses diferenciais, a nova franquia já está de portas abertas e fica na Rua Luis Gois, 271. Telefones: (11) 3477-3632 / 3477-3634

Expansão

Prestes a inaugurar outras 15 unidades, a marca que leva o nome da chef confeiteira Cecília Victório já foi concebida para ser a maior rede de franquias do setor. Para isso, conta com uma equipe de mais seis investidores, cada qual especializado em uma área de atuação, desde administração, direito e marketing, até arquitetura.

A Bolos da Cecília já nasceu no sistema de franchising e cada investidor é um consultor experiente em um ramo do negócio. Temos um sistema bastante integrado”, explica Cecília Victório, que já possui mais de 60 receitas próprias.

Franqueado da Max Sushi teve retorno do investimento em 13 meses

A rede de culinária japonesa Max Sushi foi fundada em 2007 e desde então tem conquistado não somente clientes, como também investidores. Começou com duas unidades em Goiânia e logo teve sua primeira loja franqueada na mesma cidade. Pouco tempo depois surgiram interessados em levar a marca para fora do estado e hoje são encontradas franquias no Pará, em Minas e Curitiba. O plano dos franqueadores é de ocupar mais cidades do Sudeste, como São Paulo e Rio de Janeiro.

Luciano Medeiros é um dos franqueados da rede e possui uma loja no Shopping Uberlândia. “Decidi investir na Max Sushi porque acho o mercado de comida japonesa promissor. Gostei da comida e da relação custo x benefício da franquia. Além disso, a análise de resultados é muito atraente”, explica o investidor.

Em geral, os restaurantes de comida japonesa atendem por rodízio e têm um preço acima da média que o consumidor pretende gastar em refeições diariamente. Por ser um modelo onde o cliente escolhe a quantidade que deseja, o consumidor acaba gastando menos no Max Sushi. “É uma comida japonesa de excelente qualidade com um preço bem justo”, conta Medeiros.

Uma franquia Max Sushi tem o investimento mínimo de R$ 310 mil. Medeiros, no entanto, aplicou R$ 450 mil para abrir sua unidade. O retorno previsto pela franqueadora é de 24 meses, mas o investidor conta que os lucros vieram bem antes do esperado. “Para nossa surpresa, conseguimos um retorno em apenas 13 meses. Foi uma situação que não esperava, ainda mais sendo o primeira loja da rede na cidade”.

Segundo Luciano, a loja de Uberlândia atende uma media de 330 clientes por dia, 10 mil por mês. O sucesso do negócio leva o empreendedor a pensar em investir em uma segunda unidade da rede. “Estudo um local para abertura de outra loja e a franqueadora Max Sushi dá um grande suporte na questão de escolha de ponto e negociação, o que facilita o resultado da operação”, afirma.

Aos interessados em abrir um negócio próprio no ramo de alimentação, Luciano recomenda a Max Sushi. “Antes de investir em uma franquia, é muito importante levantar os dados da rede, uma vez que muitas marcas nos passam informações erradas e não cumprem o apoio que nos prometem dar quando fechamos negócio”, conclui o investidor.

:::Saiba mais sobre a franquia Max Sushi:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Grupo Ornatus realiza workshop sobre empreendedorismo

No próximo dia 29, às 9h, a sede do Grupo Ornatus, em Santana de Parnaíba, receberá Ana Vecchi, diretora da consultoria Vecchi Ancona, a Franchising Store – loja de franquias do Grupo Cherto que apresentará seus cases de sucesso – além de consultores de Expansão do Grupo Ornatus para uma palestra sobre mercados de franquias, shopping centers, diferenças entre empreendedor e empresário e a apresentação de cases de sucesso.

Pesquisa realizada pela Empreendedores Brasileiros 2013 revelou que 76% dos brasileiros prefeririam ter o próprio negócio a ser funcionário, uma das maiores taxas do mundo, atrás apenas da Turquia (82%).  Para atender a essa demanda, o Grupo Ornatus realiza workshops com investidores que pretendem adquirir uma franquia, a fim de ajudá-los a enfrentar e a entender os desafios do setor.

O debate é uma boa oportunidade para aqueles que já têm empresa e querem saber mais sobre esse segmento, a fim de aperfeiçoar suas atividades. Os convidados poderão entender como funciona o relacionamento entre franqueadora e franqueado e conhecer o perfil das marcas que compõem o portfólio do Grupo Ornatus.

Workshop Grupo Ornatus

Data: 29 de agosto

Horário: das 9 às 13h

Local: Sede do Grupo Ornatus

Endereço: Alameda Ásia, 383 – Santana de Parnaíba – SP

 Grupo Ornatus

Grupo Ornatus é detentor das marcas de franquia Morana e Balonè, de acessórios femininos, e Jin Jin Wok, Jin Jin Sushi, Little Tokyo e MySandwich, de alimentação. Possui mais de 300 lojas distribuídas pelo País e algumas fora do Brasil – nos Estados Unidos e em Portugal.

Saiba o significado de alguns termos usados no Franchising

Franqueador – é o proprietário e gestor da rede de franquias. A empresa franqueadora tem como papel definir e desenvolver o conceito de negócio que será franqueado e testar na prática este conceito em uma ou mais unidades-piloto. Também deve estabelecer as normas, processos, políticas e padrões a serem observados pelos franqueados, no que se refere à implantação, operação e gestão das respectivas franquias.

Franqueado – investidor que compra e gerencia uma franquia da rede. O franqueado também precisa observar os padrões, normas, processos e políticas da rede em tudo o que se refere à implantação, operação e gestão de sua unidade franqueada, mantendo a consistência de imagem, de produto e de serviços que deve caracterizar a rede da qual faz parte.

Taxa de franquia – é o valor que o franqueado paga ao franqueador quando ingressa na rede, para remunerar o conhecimento e os processos que receberá prontos da empresa franqueadora. Geralmente é um preço fixo pago na assinatura do contrato ou do pré-contrato. Às vezes também é cobrado na renovação do contrato.

Royalty – é uma taxa que o franqueado paga periodicamente ao franqueador, como modo de remuneração para os benefícios e serviços oferecidos pela marca e continuar com o direito de usá-la. Não é um valor padronizado, cada rede calcula, de acordo com seu modelo de negócio e vendas de suas unidades, o valor mais justo a ser cobrado.

Taxa de Propaganda – contribuição periódica de todas as unidades da rede de franquias para um fundo comum de despesas de divulgação da marca e de seus produtos (Fundo de Marketing). Geralmente esse fundo é administrado pelo franqueador, mas a gestão pode ter participação de membros da rede (comitê de marketing) para gerir os investimentos em divulgação.

Capital para instalação – é o valor total que o franqueado irá investir para montar uma unidade da rede. Não estão inclusos valor do ponto nem a taxa de franquia.

Consultoria de campo – é um suporte do franqueador oferecido ao franqueado para ajudá-lo a melhor o desempenho da franquia. Um consultor que conhece todos os processos e métricas da franqueadora visita a franquia periodicamente para verificar padrões, resultados e planejar ações que ajudem aquela franquia a vender mais e melhor.

Marketing para inauguração – é um conjunto de ações de marketing para promover a divulgação do novo ponto que a marca inaugura. Desde a contratação de uma assessoria de imprensa para ajudar a divulgar nas mídias de massa, até promoções para atrair os novos clientes.

Estoque inicial – é o volume de produtos que uma nova loja da rede precisa ter em estoque para começar a funcionar.

Manual da rede – é o conjunto de processos operacionais padronizados pela rede para instruir as equipes de todas as unidades da rede a atuarem da mesma forma. Desde como gerir o estoque, até o modo de atendimento ao cliente. É um passo-a-passo que ajuda o franqueado e sua equipe a aprenderem todos os processos da rede e assim assimilarem o conhecimento e as estratégias que fizeram a empresa ser bem-sucedida.

Conversão – Converter, no mundo das franquias, significa transformar um negócio já existente e independente em uma franquia, utilizando a marca e os processos da empresa franqueadora. Um bom exemplo disso foi o que ocorreu no mercado farmacêutico – as farmácias de bairro foram transformadas em farmácias franqueadas de grandes redes, adotando a marca e todos os processos da franquia.

Fonte: Franchise Store (www.franquia.com.br)

Conheça a história da rede de alimentação saudável Boragó

Antes de decidir montar um restaurante, o criador da franquia de culinária saudável Boragó já havia feito uma extensa pesquisa de mercado que apontava a alimentação saudável como uma forte tendência. Ele notou que, no mundo todo, há uma grande preocupação das pessoas em ingerir alimentos frescos e cuidar da saúde. E o que faltava no Brasil eram restaurantes que oferecessem produtos saudáveis e, ao mesmo tempo, se preocupassem com o sabor.

Foi para oferecer alimentos saudáveis, com toque gourmet em um ambiente agradável e aconchegante que, em 2011, foi inaugurado o restaurante Boragó em Bauru (SP). O cardápio da casa, elaborado por um grande chef de cozinha, traz sanduíches gourmet, saladas, grelhados, sobremesas saudáveis e uma linha especial para café da manhã.

O sucesso do Boragó foi imediato e motivou a expandir o negócio pelo Franchising. “Há demanda no mercado por franquias de vendam alimentos saudáveis e a Boragó apresenta diferenciais interessantes frente à concorrência”, afirma Filomena Garcia, diretora da Franchise Store (loja de franquias responsável pela expansão da Boragó).

Os principais diferenciais da Boragó são os produtos de qualidade e as receitas exclusivas, o ambiente amplo e aconchegante (as lojas têm cerca de 100 m2 e são projetadas para que o cliente faça uma refeição sem pressa) e um modelo de negócio bem ajustado, com baixos custos, poucos funcionários e lucratividade acima da média do mercado.

A rede Boragó, com a ajuda da Franchise Store, agora busca franqueados em todo Brasil. As unidades da marca podem ser abertas em shoppings ou lojas de rua e o investimento mínimo é de R$255 mil, com faturamento médio mensal estimado em R$ 100 mil.

:::Saiba mais sobre a franquia Boragó:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

5 motivos para investir em uma franquia da Fórmula Academia

A preocupação crescente com saúde, bem estar e qualidade de vida fez a procura por academias de ginástica aumentar significativamente nos últimos anos. A Fórmula tem se destacado neste mercado. A rede de franquias conta atualmente com 28 academias eem operação e mais 27 unidades já contratadas.

André Ibeas, diretor de franquias da Fórmula Academia, listou alguns fatores que explicam por que o modelo de negócio da Fórmula Academia tem atraído novos franqueados e se destacado frente à concorrência:

1.Serviços completos que atraem e retêm os alunos

As academias têm espaço funcional, diversidade de aulas coletivas, indoor cycle e outros atrativos para os alunos. “Uma oferta completa de aulas certamente garante um maior índice de retenção dos alunos e possibilita maior competitividade frente à concorrência”, afirma Ibeas.

2.Locação de equipamentos e retorno do investimento a partir de 36 meses

“Ao montar a academia, o franqueado não precisa comprar os equipamentos. Nós trabalhamos com um modelo de locação de equipamentos de última geração, com troca garantida a cada 5 anos”, diz Ibeas. “Isso assegura que o franqueado tenha sempre equipamentos modernos e ainda contribuiu para reduzir o capital necessário para montagem da academia. O retorno do investimento ocorre a partir de 36 meses.”

3.Capilaridade e grande potencial de expansão

“Estudos feitos pela empresa mostram que o modelo de negócio tem grande capilaridade, com potencial de sucesso em cidades que tenham a partir de 200 mil habitantes também em bairros de classe média das grandes cidades”, diz o diretor de franquias da Fórmula Academia.

4.Apoio ao franqueado na busca do ponto e na gestão do negócio

 “Damos suporte total na busca do ponto, que inclui desde o uso de ferramentas de geomarketing até orientações sobre como negociar os valores de locação com shoppings, por exemplo”, destaca Ibeas. “O franqueado também recebe treinamentos, acesso ao sistema de gestão e controle do negócio.”

5.Marca forte e Luciano Huck como sócio e garoto propaganda

A Fórmula Academia é uma marca da Bodytech Company, empresa que é referência no mercado fitness. “Temos uma marca forte, com boa imagem e consideração e nosso franqueado ainda pode contar com todo suporte e know-how da Bodytech Company”, afirma Ibeas. “Para reforçar ainda mais a imagem da marca, temos a figura do Luciano Huck como sócio e garoto propaganda, o que dá ainda mais credibilidade ao projeto.”

:::Saiba mais sobre a franquia Fórmula:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Onodera Estética anuncia novos modelos de franquia

 

A Onodera Estética, rede com mais de 33 anos de atuação no mercado brasileiro, anuncia a revitalização de seus negócios com a adoção de nova identidade visual, novo padrão de atendimento e três opções adicionais de modelo de franquias: Store in store, In company e Slim. Com as mudanças, a empresa estima crescer 20% em 2015, além de expandir o número de unidades, inaugurando 40 novas clínicas em 2015.

Os novos modelos fazem parte da revitalização da marca e estão alinhados ao plano de expansão da rede, que tem foco inicial nas regiões do interior de São Paulo, Rio de Janeiro e Nordeste. Com a mudança, os franqueados passam a contar com três novas opções para atuação no mercado de estética por meio da companhia, descritas abaixo. O modelo Full, praticado atualmente, continua existindo com a estimativa de oito novos pontos em 2015 e o investimento inicial a partir de R$ 450 mil.

• Store in Store: unidades de menor porte inseridas em outros negócios, como academias e salões de beleza. Inicialmente, será disponibilizado para os parceiros da rede, para atuar extensão de suas franquias. Assim, é previsto um incremento de até 12% no faturamento da unidade, com investimento a partir de R$ 20 mil e retorno após 18 meses. Em relação a este modelo, a Onodera estima a criação de 20 pontos em São Paulo, até o final de 2015. 

• In Company: atuação dentro de grandes empresas, por meio da presença de equipe reduzida e da oferta de tratamentos para os colaboradores do local. É o modelo com menor investimento inicial – a ser verificado caso a caso, conforme demanda da companhia -, uma vez que visa pulverizar a presença da marca. Essa opção será testada pela rede ao longo de 2015 por meio de projeto piloto.

• Slim: versão reduzida do Full, os franqueados que optarem por uma clínica Slim atuarão com um menor espaço físico e não contarão com todos os tratamentos oferecidos pelo modelo atual. Com investimento inicial a partir de R$ 294 mil e retorno após 18 meses, a Onodera estima inaugurar 12 unidades com esse perfil, em 2015. 

Lucy Onodera, diretora-geral da rede, comenta sobre as novidades: “O mercado brasileiro de beleza e estética é o segundo maior do mundo, atrás apenas dos EUA. Assim, atuamos em um cenário cheio de oportunidades, mas também bastante desafiador. É preciso muito preparo para trabalhar com o público feminino, que preza não só pela qualidade e diversificação dos serviços, mas principalmente por proximidade e profissionalismo. Por isso, estamos nos readequando para possibilitar que nossos parceiros, os franqueados, tenham em mãos as melhores opções para chegar às suas clientes e colham bons frutos com isso”.

Além dos novos modelos, as mudanças incluem nova identidade visual – que será adotada a partir de setembro – e a inauguração da unidade conceito, no bairro de Moema, em São Paulo, prevista para o mês de outubro. O objetivo é reforçar o posicionamento que motivou a criação da rede por Edna Onodera: inspirar a beleza feminina e a autoaceitação, contribuindo para que a mulher se sinta mais bela, atraente, elegante, sexy e confiante. 

A infraestrutura das unidades também será modernizada, o que garantirá um novo modelo de atendimento: mais próximo, consultivo e voltado a valorizar cada característica das mulheres que passam pelas unidades. Após o lançamento da clínica conceito, a readequação de processos e espaços será iniciada em todas as franquias e lojas próprias. Com isso, as clientes contarão com experimentação de tratamentos, avaliação física detalhada com emprego de tecnologias mais precisas, salas individualizadas e outras novidades.

Para liderar a nova fase da marca junto à Lucy Onodera, diretora-geral da companhia, um novo executivo será contratado até o final de 2014.

:::Saiba mais sobre a franquia Onodera:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Paletas com pimenta integram sabores exóticos da Los Paleteros

Gelado, mas quente! Essa é a sensação ao experimentar as duas paletas de sabor mais exótico da rede de franquias Los Paleteros: abacaxi com pimenta e manga com pimenta. Juntar pimenta a uma fruta e transformar essa mistura em um sorvete pode até parecer estranho em um primeiro momento. Mas além de refrescante, a inusitada combinação é uma explosão de sabor e traz uma série de benefícios à saúde.

As paletas mexicanas da Los Paleteros são verdadeiras sobremesas no palito, pois possuem 120g, o dobro de um picolé tradicional. A linha de sorvetes premium da Los Paleteros é produzida de maneira artesanal e não contém a adição de conservantes ou corantes químicos. Nas paletas picantes, massa de pimenta rosa e flocos de pimenta calabresa são usadas na preparação, combinando com o doce da manga e o ácido do abacaxi.

Considerado um alimento funcional, a pimenta tem ação antioxidante e contribui para prevenir o envelhecimento precoce, devido à presença da capsaicina. É ótima para turbinar dietas de emagrecimento, em virtude do efeito termogênico, que acelera o metabolismo. Muito benéfica ao organismo, a pimenta possui ainda componentes antimicrobianos, anti-inflamatórios e anticancerígenos. Outro efeito do consumo frequente de pimenta é uma melhora da digestão e diminuição dos níveis de colesterol ruim.

Além destes sabores exóticos, a Los Paleteros disponibiliza mais de 25 sabores, todos desenvolvidos com matérias-primas de qualidade, para atender ao gosto requintado dos clientes. Os interessados podem degustar estas delícias geladas em lojas e quiosques espalhadas pelos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Já são 40 unidades no Brasil e, até o final do ano, a franquia planeja contar com 62 pontos em funcionamento, expandindo sua atuação para o Espírito Santo e Mato Grosso, além do Distrito Federal.

:::Saiba mais sobre a franquia Los Paleteros:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Rede Bem chega à capital paulista

Rede Bem Drogarias acaba de anunciar a abertura da primeira franquia na capital paulista no bairro do Ipiranga. A marca iniciou o processo de expansão no início do ano e de lá para cá já conseguiram resultados expressivos em um mercado consolidado pelas grandes marcas. Com boa parte das unidades concentrada no interior de São Paulo, a rede já possui 17 franquias e pretende fechar o ano com 50 e um faturamento de R$ 7,5 milhões. Em longo prazo os executivos são ousados e querem atingir a meta de 300 até 2016.

Para alcançar esses números, a rede pode contar com o apoio da franqueada que estará no comando da unidade no Ipiranga, pois, Juliana Rampani já planeja ter cinco unidades nos próximos quatros anos. Formada em farmácia sempre idealizou ser uma empreendedora na área de saúde, contudo, considerava realizar em um futuro mais distante. “Estou realizada por ter tido essa oportunidade. Agora estou ansiosa para abrir as portas e começar a trabalhar no meu próprio negócio. Estou na área de saúde desde os 17 anos, hoje tenho 31 e estou entusiasmada para essa nova fase”, comemora.

O contato surgiu por meio de um e-mail que a sogra de Juliana recebeu com a apresentação da Rede Bem. “Ela estava pesquisando sobre algumas redes quando teve acesso a proposta da drogaria e pensou em mim de imediato. Avaliei, conversei com os executivos da marca e resolvi investir, pois, percebi diversos diferenciais e estratégias que garantem um excelente posicionamento da rede no mercado”, conta. “Além disso, não é um investimento de risco, pois, em situações de crise cortam-se diversos gastos do orçamento familiar. Entretanto, medicamentos e produtos de higiene pessoal são mantidos”, assegura.

Para ela, o plano de marketing e a assistência farmacêutica foram os fatores mais atraentes. No entanto, também reforça o apoio, treinamento e atendimento como essenciais para o sucesso do negócio. Todavia, chegar a esse conceito exigiu muitas pesquisas de mercado. O diretor superintendente da Rede Bem, César Vieira diz que visitaram farmácias em diversas cidades, conversaram com o público para identificar o que se esperavam desse serviço e, a partir dessas informações, conseguiram estruturar um modelo diferenciado – humanizando o atendimento e potencializando o relacionamento com os clientes.

“Quando as pessoas precisam ir à uma farmácia para comprar um medicamento, entendemos que não estão passando por um momento confortável, pois, por menor que seja o problema é algo que está incomodando como uma dor de cabeça, por exemplo. Por isso, formatamos a Rede Bem para oferecer excelência no atendimento”, conclui.

A Rede Bem também atua com a conversão de bandeira, ou seja, oferece aos donos de pequenas drogarias todas as ferramentas de gestão usadas pelas grandes redes, além de reduzir os preços dos medicamentos e cosméticos graças a acordos comerciais firmados com as principais indústrias e distribuidores do País. Em relação as compras, cada unidade faz as suas de forma independente, sem precisar adquirir determinados itens compulsoriamente.

“Conseguimos alavancar os resultados com algumas mudanças práticas. Muitas vezes o dono do negócio não percebe o que pode fazer para alcançar melhor margem de lucro e, aí é que entra a Rede Bem, apresentando estratégias que fazem toda a diferença a curto, médio e longo prazo”, explica Vieira.

O varejo farmacêutico brasileiro vive um paradigma. De um lado, redes estruturadas e cada vez mais fortes, fruto de fusões e aquisições, muitas vezes com a participação de capital estrangeiro. De outro, as farmácias independentes, em maior número, porém, perdendo espaço a cada ano. De acordo coma consultoria IMS, até 2017 as grandes redes serão responsáveis por 61% do faturamento do mercado nacional, estimado em R$ 49,6 bilhões. Os grandes já respondem por pelo menos 50% desta receita, mas do total de 65 mil farmácias do Brasil, pelo menos 58,5 mil são independentes.

“O pequeno varejista farmacêutico está fadado a fechar as portas caso não se profissionalize. A concorrência é brutal e somente as empresas estruturadas vão sobreviver,” afirma o diretor superintendente da Rede Bem, Cesar Vieira.

:::Saiba mais sobre a franquia Rede Bem:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Grupo Ornatus oferece palestra gratuita sobre franchising

O Grupo Ornatus (detentor das marcas Morana, Balonè, Jin Jin Wok, Jin Jin Sushi, MySandwich e Little Tokyo) oferece no próximo dia 29 de agosto um workshop sobre diferentes perfis no mundo dos negócios e a expansão no mercado do franchising. A convidada Ana Vecchi, consultora de gestão e inteligência empresarial ministrará palestra “Empreendedores x Empresários”, em que ela explica a diferença entre os dois perfis.

A equipe de expansão do Grupo Ornatus falará sobre o mercado de shoppings centers e a Franchise Store, consultoria especializada em franquias, contará aos participantes seus cases de sucesso e apresentará oportunidades de novos negócios.

Para confirmar sua participação, envie um email para Rafaela Lima (rafaela.lima@grupoornatus.com), ou entre em contato pelo número (11) 2110-3300.

As vagas são gratuitas, mas limitadas. Participe!

Feira de Franquia mostra oportunidades em Araçatuba

O Shopping Praça Nova Araçatuba realiza a primeira feira de franquia da cidade. O evento acontece no próximo dia 21 de agosto, a partir das 9h30, no Stand de Vendas do Shopping Praça Nova (Rodovia Marechal Rondon, km 5345).

A Feira de Franquia Praça Nova Araçatuba tem como objetivo mostrar aos investidores interessados em montar um negócio próprio, as oportunidades de negócio que surgiram nos últimos anos com o crescimento econômico da cidade. Grandes redes de diversos setores do franchising já confirmaram presença no evento para atender às dúvidas de todos os visitantes.

Para participar, confirme presença até 19/08, pelo número (18) 3631-6771 ou (18) 3631-6740. A entrada é gratuita.

Minds Idiomas expande para o Rio de Janeiro e planeja chegar a 20 lojas

A Minds English School – rede de franquias especializada em idiomas está investindo a expansão no Rio de Janeiro e pretende chegar a 20 unidades até 2018. Atualmente a rede possui quatro escolas localizadas em Niterói, Botafogo, Petrópolis e Rio das Ostras.

Segundo Leiza Oliveira, fundadora da rede, o projeto é crescer 100% no mercado carioca. “Acreditamos no Rio de Janeiro e vamos nos estabilizar no estado. O setor é totalmente promissor, nosso público está em ascensão e o Rio tem muitas regiões com potencial para expansão”, afirma a empresária.

De acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF), o faturamento do setor no Rio de Janeiro registrou expansão de 12% (15 bilhões) em faturamento comparado com o ano de 2012, com cerca de 320 redes no mercado carioca. Além disso, o segmento de educação, que a marca está inserida, teve um crescimento de 16,6%, beneficiado pelo aumento da procura de ensino de idiomas e treinamentosA expectativa é que o gasto com educação particular no Brasil cresça ainda mais. Segundo estudo do Data Popular,  em 2014, as famílias gastarão cerca de R$ 72 bilhões com educação. Nos últimos 10 anos, o investimento em educação das famílias brasileiras mais que dobrou.

Dando sequência a seu programa de expansão no país, a rede de franquias pretende aumentar em cerca de 10% até o final do ano. Com 70 unidades, a Minds tem perspectivas otimistas no mercado, pois possui diferenciais que vão desde a metodologia até os horários das aulas – dois aspectos relevantes que diminuem significantemente a taxa de desistência.  “Tem muita conversação, as aulas são dinâmicas e práticas. Usamos jogos, vídeos e materiais extras como apoio. Cada nível tem o seu grau de dificuldade e habilidades diferentes que são trabalhadas, sempre voltadas ao ambiente de negócios e lazer”, conta a fundadora da Minds Idiomas.

Perfil dos investidores

A rede busca tanto franqueados dispostos a trabalhar no dia a dia quanto investidores, pois oferece treinamentos, consultoria, sistema de gestão, campanhas de mídia, competições internas de melhor equipe, descontos para destaques anuais de melhor franqueado e uma central com atendimento diário para qualquer problema com apoio jurídico e contábil, entre outras assistências capazes de garantir o bom gerenciamento da escola.

Mais uma vantagem de ser um franqueado da Minds é que o empreendedor terá 100% de lucratividade em cima do material didático, possui consultoria pedagógica, além de trabalhar com metodologia totalmente exclusiva. O franqueado investirá de R$ 200 mil a R$ 250 mil, com lucratividade de 25 a 35%.

:::Saiba mais sobre a franquia Minds Idiomas:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Patroni Pizza volta às origens no bairro Paraíso, em São Paulo

Depois de conquistar o faturamento de R$ 319 milhões em 2013 e investir em ações de co-branding em cardápios comemorativos, a Patroni Pizza volta às origens para comemorar os 30 anos da marca no mercado. A rede de pizzaria irá reinaugurar a loja no Bairro Paraíso, em São Paulo, onde implantou em 1984 a unidade pioneira, que deu início a história de sucesso da franquia. O que levou Rubens Augusto Junior a iniciar uma trajetória duradoura foi apostar na abertura de um negócio para o pai.

Segundo o presidente da Patroni Pizza, Rubens, a rede ainda possui muitos clientes que se recordam da loja e da qualidade das pizzas, proporcionando ao negócio um fundo de comércio de qualidade. “Esse público sente saudades da época em que a Patroni foi inaugurada, momento em que as pizzarias eram novidade por aqui. O grande diferencial na reinauguração do ponto é que a loja atenderá também in loco, com refeições, bebidas e petiscos”, revela.

Aos que não conhecem a história da marca, o pai do presidente da Patroni Pizza, Rubens Augusto, perdeu o emprego e sofreu um enfarto aos 50 anos. O filho, preocupado com a situação, alugou um sobrado e abriu uma pizzaria com outros dois cunhados no bairro do Paraíso, em São Paulo. Após esta iniciativa, o pai passa a participar do dia a dia do negócio e Rubens Augusto Junior continua com seu emprego na CESP (Companhia Energética de Trabalho) e, após seu período de trabalho fixo, ajuda a família com a pizzaria.

Em 1985, além da pizza, o negócio passa a oferecer um sistema diferenciado de consumo: o delivery que, até então, era uma prática inovadora no Brasil. Para solucionar o problema das pizzas frias, já que o produto era entregue a pé ou de bicicleta, foi criada uma embalagem de fibra de vidro que tinha a capacidade de manter a temperatura adequada das redondas. Em 1986, o fundador não acreditava que os clientes não comiam as bordas da pizza, e criou uma das inovações mais queridas dos amantes de pizza: as bordas recheadas. Com o sucesso do negócio, a pizzaria abre sua segunda unidade, na região do Planalto Paulista, em 1988.

O ano de 1997 é marcado por mudanças, devido ao falecimento do pai e de um dos cunhados que era sócio da Patroni Pizza. Com esta situação, Rubens Augusto Junior deixa o emprego convencional e passa a trabalhar integralmente na pizzaria. No mesmo ano, recebe o convite de abrir a primeira unidade em shopping center, no Grand Plaza, localizado em Santo André, no ABC Paulista. Como diferencial, são incorporados ao cardápio novas categorias de produtos, como massas e carnes, para atender a demanda de almoço, oferecendo um produto exclusivo e de qualidade artesanal, mesmo no mercado de fast food.

Após seis anos da inauguração da primeira unidade do shopping, em 2003, a rede chega a nove unidades e adere ao mercado de franchising. Além disso, cria uma cozinha artesanal que produz todos os insumos da rede, padronizando em 100% os produtos.

“É uma honra poder retornar ao local onde tudo começou e, principalmente, poder atender clientes que até hoje nos procuram, seja pelo SAC ou por pessoas que às vezes encontramos no mercado e coincidentemente moravam ou moram no bairro do Paraíso. O trabalho foi feito com muito carinho e o principal sempre foi o relacionamento com os clientes. É uma sensação de felicidade e nostalgia voltar ao bairro de origem no ano que a rede completa 30 anos. Foram tantos desafios, conquistas, alegrias e tristezas“, explica emocionado o presidente da Patroni Pizza, Rubens.

A loja de rua será reinaugurada na primeira quinzena de agosto. O horário de funcionamento será de segunda a quinta-feira, das 10h às 22h; de sexta-feira a domingo e feriados, das 10h às 24h. A unidade está localizada na Rua Otávio Nébias, 198, em São Paulo. No local, os clientes irão contar com 28 sabores diferentes de pizzas, além de entradas, opções para crianças, carnes, pratos executivos, massas, peixes, petiscos e bebidas. Após esta implantação, a rede passa a contar com 142 unidades em operação em diferentes Estados do Brasil.

:::Saiba mais sobre a franquia Patroni Pizza:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Grupo Americanflex anuncia primeira franquia da rede

O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro cresceu 2,3% em 2013, enquanto franchising chegou à marca de 12%. Este número demonstra o potencial do setor e oferece possibilidades de desenvolvimento ao varejo. Essa tendência chama a atenção até mesmo de indústrias, como o Grupo Americanflex, que anunciou sua entrada no franchising no primeiro semestre. 

Para a consolidação do projeto, foi investido mais de R$ 2 milhões. As lojas, que terão layout diferenciado e alto padrão, vão oferecer todos os produtos da marca como colchões de molas e espuma, camas box, cabeceiras, travesseiros, enxovais, essências e demais acessórios. A marca Americanflex faz parte do segmento de Casa e Construção, que segundo estatísticas da Associação Brasileira de Franchising (ABF) cresceu 14,3% no último ano.

Jane Jardini, diretora do Grupo, salienta que a empresa já está consolidada e que chegou o momento de expandir os negócios. “Estamos no mercado de colchões há 55 anos e depois de um estudo apurado e de planejamento estratégico, decidimos apostar no franchising, que segue em posição de destaque na economia brasileira e chama a atenção de empresas de diversos segmentos”, acrescenta.

A primeira franquia da rede será em Limeira. O local é estratégico, pois a sede da empresa está em São José do Rio Preto, também no interior de São Paulo. A franquia será inaugurada no dia 16 de agosto e já começa a comercializar os principais produtos da marca, além dos últimos lançamentos. O plano de expansão da empresa também visa regiões do centro oeste, sudeste e nordeste.

A previsão da marca é que com a entrada no franchising as vendas tenham aumento de até 30% ao final de dois anos de expansão.

Diferencial da loja

A experiência de compra é decisiva para o consumidor, por isso a Americanflex tem um conceito de loja diferenciado, que possibilita maior conhecimento do produto. O cliente tem a possibilidade de degustar os colchões e escolher qual deles mais se adapta ao seu perfil. “O contato com o produto é fundamental para diferenciar um colchão do outro e conhecer as características de cada um”, afirma Jane.

Os consultores das lojas são profissionais treinados e especializados para tirar todas as dúvidas dos consumidores a respeito dos produtos.  Eles orientam sobre o colchão ideal para cada pessoa, levando em consideração informações pessoais.  

:::Saiba mais sobre a franquia Americanflex:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Rede de franquias Office Limp oferece prestação de serviços com tecnologia e inovação

O segmento de prestação de serviços de limpeza ganha espaço no franchising brasileiro ano a ano. De acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF), a expansão deste setor em número de redes foi de 18,7% em 2013. No ano passado, as redes de limpeza e conservação faturaram R$ 1,073 bilhão com a prestação de serviços.

Os serviços relacionados à limpeza e conservação profissional estão ganhando cada vez mais destaque entre as franquias. Em 2013, a ABF registrou mais de 3,3 mil unidades franqueadas do segmento em todo o Brasil, 21,6% a mais do que no ano anterior. As prestadoras de serviço de limpeza profissional assumem um lugar de destaque, já que o mercado vê a terceirização como estratégia de gestão.

Agregando tecnologia e serviço inovador a este mercado com bom potencial para expansão, a Office Limp disponibiliza aos empreendedores, um modelo de negócio voltado para o segmento de limpeza e conservação. A marca comercializa franquias de prestação de serviço de limpeza mecanizada de fachadas, realizado por um equipamento alemão que traz inúmeras vantagens em relação aos métodos convencionais.

Segundo a Federação Nacional das Empresas de Serviços e Limpeza Ambiental (Febrac), entre 80 e 90% da limpeza feita em prédios públicos é realizada por empresas privadas. A participação no setor privado também é uma realidade em 50% dos estabelecimentos privados.

Ainda de acordo com a Febrac, condomínios, supermercados, instituições de ensino, hotéis, hospitais e indústrias são os que mais delegam o serviço de asseio e conservação a outras empresas. A limpeza da fachada, considerada um verdadeiro cartão de visitas e um atrativo para a clientela, tem ganhado cada vez mais importância no marketing institucional por evidenciar o cuidado com a marca.

Franquia

A cidade de São José do Rio Preto, considerada polo do franchising no interior paulista, foi escolhida para sediar a franqueadora da marca. O diretor-presidente, Otávio Lyra, decidiu se mudar de Maringá/PR para investir no modelo de negócio da prestadora de serviço de limpeza Office Limp. O jovem empreendedor deseja transformar sua marca em referência no segmento.

Para ele, “a fachada precisa ser constantemente limpa para transparecer o cuidado e o zelo pelo negócio. As cidades possuem centenas de empresas que precisam de um serviço especializado nesse tipo de limpeza, ou seja, há um mercado grande para nosso segmento”, destaca Lyra. A primeira unidade franqueada da marca também fica em São José do Rio Preto.

“O setor de limpeza é uma das atividades com maior potencial de crescimento mundial. A cada dia surgem mais e mais prédios que precisam ser limpos. Por ser um serviço essencial, que não depende de moda, cor ou estação do ano, é considerado um setor resistente a crises, pois ninguém pode ficar sem limpeza, que é uma necessidade, não um luxo”, avalia o especialista em franchising Marcos Nascimento.

O investimento inicial na franquia da Office Limp é de cerca de R$ 180 mil, incluindo o equipamento, a estrutura e os treinamentos necessários para o início da operação. O faturamento médio estimado é de R$ 60 mil e o retorno do capital investido a partir de 18 meses.

:::Saiba mais sobre a franquia Limp Office:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Bolos da Cecília inaugura loja no Brooklin

A cozinha da Bolos da Cecília, em Santo Amaro, ficou pequena para atender à demanda da clientela de toda a capital. Nesta semana, inaugurou sua segunda loja, a primeira franquia, no Brooklin. A marca tem se destacado pela produção artesanal dos bolos caseiros, utilizando frutas frescas no lugar de misturas pré-prontas.

A nova loja é comandada por dois clientes que conheceram os bolos e identificaram o grande potencial do negócio. José Junior e Joelma Antonella acreditaram na ideia e estão de portas abertas na Rua Guaraiuva, 510, no bairro Brooklin, em São Paulo.

A loja piloto da Bolos da Cecília, inaugurada há apenas sete meses, tem surpreendido nas vendas.  São dois negócios em um: bolateria e cafeteria.  O cardápio da chef é específico, com 60 receitas próprias.

Rede de franquias

Prestes a inaugurar outras 15 unidades, a marca que leva o nome da criadora Cecília Victório já foi concebida para ser a maior rede de franquias do setor. Para isso, conta com uma equipe experiente de mais seis investidores, cada qual especializado em uma área de atuação, desde administração, direito e marketing, até arquitetura.

“A Bolos da Cecília já nasceu no sistema de franchising e cada investidor é um consultor experiente em um ramo do negócio. Temos um sistema bastante integrado”, explica Cecília.

Ela é de família italiana, desde cedo ajudava na cozinha e preparava os cafés regados a risos altos, então, viajou o mundo e realizou diversos cursos, buscando, para cada bolo, um gostinho próprio.

A loja piloto está localizada em São Paulo, na Rua Paul Valéry, 55. Telefone (11) 3938-6008. Mais informações sobre a franquia podem ser obtidas no site www.bolosdacecilia.com.br

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Cultura Inglesa é eleita uma das melhores empresas para se trabalhar no Rio de Janeiro

 

Na última quarta-feira, 6 de agosto, a Cultura Inglesa foi eleita pelo sétimo ano consecutivo uma das melhores empresas para se trabalhar no Rio de Janeiro, de acordo com a pesquisa realizada pelo Great Place to Work. A Cultura, que ficou em 4º lugar entre as 35 premiadas, é a única instituição do ramo de educação no ranking.

Entre as principais características que levaram a Cultura Inglesa a conquistar mais uma vez a premiação estão a valorização diferenciada de todos os seus colaboradores, o que contribui para um ótimo ambiente de trabalho, a excelente relação entre a equipe e o orgulho de trabalhar numa empresa com 80 anos de experiência e excelência no mercado. A pesquisa, direcionada apenas para empresas com sede no Rio de Janeiro, avalia o nível de confiança dos colaboradores com o ambiente de trabalho e as melhores práticas de gestão de pessoas das empresas do estado.

“Ficamos muito contentes com mais essa conquista, que é o resultado do esforço de toda a equipe para manter uma atmosfera de trabalho agradável e acolhedora em todas as nossas unidades”, afirma Maria Lucia Willemsens, Diretora Superintendente da Cultura Inglesa.

No dia 19 de agosto, o Great Place to Work divulgará a lista das 100 Melhores Empresas para Trabalhar no Brasil.

:::Saiba mais sobre a franquia Cultura Inglesa:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Nova unidade da Academia Fórmula é inaugurada em Ribeirão Preto

Após sete inaugurações em solo paulista, a Fórmula Academia marca presença e estreia sua mais nova unidade em Ribeirão Preto, São Paulo. Localizada no centro da cidade, bairro de fácil acesso, os sócios Alexandre Accioly, João Paulo Diniz e Luiz Urquiza se unem às franqueadas Fernanda Venturini e Leandra Nascimento. O investimento na nova academia foi de R$ 4 milhões.

“Ribeirão é uma cidade próspera, que está em crescimento, e é onde nasci e cresci. Estou muito contente em poder inaugurar essa franquia da Academia Fórmula na região, com aparelhos de ponta e serviço de qualidade”, afirma a empresária Fernanda Venturini, ex-jogadora de vôlei e sempre ligada ao esporte.

Com 600 m² a estreia acontece em grande estilo: a nova academia possui uma sala para aulas coletivas, uma para aulas de indoor cycle, área de cárdio, musculação, área de estar e vestiários.

Entramos com força total em São Paulo e já somamos oito academias. Com novas previsões, seguimos rumo à expansão na região”, diz Mário Esses, diretor-geral da rede Fórmula. A rede conta atualmente com 29 academias. Em São Paulo, a Fórmula Academia já está presente em Sorocaba, São Bernardo do Campo, Itaim, Brooklin, São Caetano e agora, em Osasco, além da Fórmula in Company, academia para a multinacional Allianz.

A Fórmula se destaca por ser uma academia completa, com instrutores à disposição para atender aos alunos na sala de musculação, além da variedade de aulas coletivas como MatPilates, Zumba e outros ritmos, aulas de Core Training, Muay Thai, aulas de jump, GAP (aula com ênfase em três grupos musculares: glúteo, abdômen e perna), ginástica localizada e alongamento. A unidade conta com equipamentos importados de última geração da marca Life Fitness, como por exemplo, esteiras com telas de LCD.

Outro grande destaque são os exercícios funcionais, que têm impacto direto nas atividades do dia a dia e são realizados com o peso do próprio corpo. “O treinamento funcional foca o movimento e não apenas os músculos. Na atividade é dada grande ênfase à parte central do corpo, o que denominamos core training, que é exatamente onde ocorrem as transferências dos membros superiores para inferiores e vice versa”, explica Dudu Netto, diretor técnico da Bodytech Company.

A Academia Fórmula localizada em Ribeirão Preto – SP é a 29º da rede. A marca está presente em cidades como Blumenau (SC), Campos dos Goytacazes (RJ), Londrina (PR) e Feira de Santana (BA). As operações começam com uma promoção exclusiva: os 350 primeiros alunos que se matricularem na nova unidade pagarão R$ 139,00 de mensalidade pelo plano anual.

A unidade está localizda na Rua Garibaldi, nº 999 – Centro – Ribeirão Preto – SP.

:::Saiba mais sobre a franquia Fórmula:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::