15 quiosques para quem quer abrir uma franquia sem gastar tanto

Para tentar driblar os altos custos de locação e também reduzir o valor do investimento necessário para abertura de uma franquia, muitas redes criaram nos últimos anos modelos de negócio que ocupam espaços menores – como quiosques, por exemplo.

Hoje, existem empresas de todos os segmentos que crescem com a abertura de quiosques, desde marcas de artigos esportivos até empresas de alimentação e vestuário.

A primeira vantagem está nos custos. Para instalar um quiosque em um corredor de shopping center, o franqueado não precisa adquirir o ponto. Não será necessário o pagamento de luvas. Ele arcará apenas o valor de um aluguel mensal.

O investimento com reforma e mobiliário e o valor gasto com estoque inicial também são mais baixos que o de uma loja comum. Assim, é possível montar uma franquia no formato de quiosque investindo a partir de R$ 50 mil.

“A operação do quiosque também costuma ser mais simples e exige menos funcionários”, explica Filomena Garcia, sócia-diretora da Franchise Store. “Em geral, é necessário contratar no mínimo quatro pessoas, sendo que duas trabalham em cada turno.”

O modelo de quiosque só não costuma funcionar bem para negócios que tenham um mix de produtos e estoque muito amplos e que necessite de um espaço maior para exposição.

Ao comprar um quiosque, o ponto de atenção é o tempo do contrato. Quiosques costumam ter direito a uma permanência de no máximo um ano no espaço do shopping.

“Contudo, esta pode ser uma experiência para o investidor com o negócio e com a marca”, aconselha Filomena. “Se a parceria der certo, ao final do contrato ele poderá investir em um modelo maior e por mais tempo.”

Confira abaixo 15 opções para quem quer abrir um quiosque e o investimento mínimo necessário:

Budha Khe Rhi (Vestuário e Calçados) – R$ 120 mil

Contém 1g (Maquiagem) – R$ 150 mil

Fantasia (Presentes) – R$ 139  mil

FOM (Presentes) – R$ 137.500,00

Havaianas (Calçados e Acessórios) – R$ 300 mil

It Beach (Calçados e Acessórios) – R$ 205 mil

Liga Retrô (Vestuário e Acessórios) – R$ 140 mil

LupaLupa (Óticas) – R$ 120 mil

Mapa da Mina (Semijoias e folheados) – R$ 80 mil

Maybelline (Maquiagem)- R$ 130 mil

Mestre-Cervejeiro.com (Cervejas artesanais)- R$ 99 mil

Morana (Acessórios pessoais) – R$ 200 mil

Parmeggio Café (Cafeteria) – R$ 120 mil

Sandaliaria (Calçados) – R$ 120 mil

Yoggi (Frozen yogurt)- R$ 200 mil

10 dicas que você precisa ler antes de visitar a feira de franquias

De 4 a 7 de junho, acontece em São Paulo a ABF Franchising Expo – a maior feira de franquias do mundo. São 480 expositores que apresentarão seus modelos de negócio para as cerca de 60 mil pessoas que visitarão a feira.

Se você tem interesse em investir e vai visitar a feira, aqui vão 10 dicas que podem ajudá-lo a aproveitar melhor o evento e encontrar a franquia mais adequada ao seu perfil:

1)   Autoconhecimento

Faça uma autoavaliação honesta e consciente: quais são seus sonhos? Quais são suas principais forças e fraquezas? O que impede ou dificulta suas realizações? O que você mais gosta de fazer? Você compreende realmente as reais implicações de ser um empresário? E de ser um empresário franqueado? Você está realmente pronto para enfrentar os desafios que estarão por vir? Está pronto para atuar de acordo com as normas e padrões estipulados pelo franqueador?

2)   Conheça o mercado

Quais tipos de negócios poderão ter sucesso na região que você pretende atuar? Qual o poder aquisitivo das pessoas que moram ou trabalham nessa região? Você analisou essa questão a fundo? Clientes sem interesse ou sem poder aquisitivo compatível com o que você terá para oferecer não sustentarão o seu negócio.

3)   Defina as possibilidades

De quanto dinheiro você dispõe para investir? Em quanto tempo espera recuperá-lo? Qual o grau de risco que você aceita em um investimento? Tenha consciência de que pode levar alguns meses até que o negócio comece a gerar lucro. Portanto, é importante que você possua mais recursos do que o necessário para a implantação do negócio, pois você precisará se manter até lá.

4)   Estude as oportunidades

Procure conhecer as oportunidades disponíveis no mercado. Visite sites e  consulte guias para que você possa colher informações antes de tomar a sua decisão. 

5)   Conheça a equipe do franqueador

Conheça o histórico e a credibilidade dos integrantes da equipe do franqueador da marca que você deseja operar.

6)   Converse com quem já é franqueado

Procure visitar e conversar pessoalmente com o maior número possível de integrantes das redes de franquias nas quais estiver interessado. Converse também com franqueadores que já se desligaram da rede.

7)   Analise o contrato

Leia o contrato a fundo. Se for o caso, contrate um advogado de sua confiança e que entenda de contratos para poder auxiliá–lo.

8)   Estude a Circular de Oferta de Franquia

A Circular de Oferta de Franquia (COF) é um documento descrito na Lei 8.955. O franqueador deve entregá-lo a todos os candidatos no mínimo 10 dias antes que estes firmem qualquer documento ou pagamento relacionado à aquisição de uma franquia. Este documento deve conter informações a respeito da organização da franqueadora, da situação legal da marca ou marcas, da própria franquia, da situação financeira da empresa, dos investimentos que o franqueado deverá fazer, dos pagamentos que deverá efetuar, e assim por diante.

9)   Não tome decisões impulsivas

Pense, analise, investigue muito antes de investir seu dinheiro, seu tempo, seu esforço e sonhos em uma franquia. Sua decisão vai impactar não apenas a sua vida, mas também a da sua família.

10) Esteja consciente do papel de cada parte

Como franqueado, seu papel será o de seguir os passos e padrões definidos pelo franqueador, portanto não tente fazer as coisas à sua própria maneira. Se você achar que não vai conseguir viver assim, sob esses padrões, talvez seja melhor repensar sua decisão de investir em uma franquia.

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

AlphaGraphics busca novos franqueados na ABF Franchising Expo 2014

 

Líder em soluções de impressão digital e comunicações personalizadas, a AlphaGraphics confirma participação na feira ABF Franchising Expo 2014, um dos principais eventos sobre franquias no Brasil, com início no dia 4 de junho, em São Paulo. O objetivo da rede é expandir sua operação no Brasil, focando principalmente em investidores vindos de todas as capitais brasileiras e do interior paulista. A expectativa é a de assinar quatro novos contratos provenientes dos contatos feitos durante a 23ª edição da ABF Franchising Expo, além de realizar networking com futuros empreendedores e gerar leads.

Os visitantes que passarem pelo estande da AlphaGraphics, localizado entre as ruas K e L, próximo à entrada do evento, poderão conhecer todo o portfólio de soluções de impressão e comunicações personalizadas, desde serviços tradicionais até o universo de novas possibilidades de negócios, como soluções de e-commerce, agFoto (www.agfoto.com.br) e agBook (www.agbook.com.br), além de impressões em 3D.  

Com a expectativa de reunir mais de 50 mil visitantes e 480 marcas expositoras, a ABF Franchising Expo prevê a geração de mais de R$ 520 milhões em negócios. Neste ano, a AlphaGraphics recebeu pela 6ª vez o Selo de Excelência em Franchising 2014, outorgado pela Associação Brasileira de Franchising, por excelência em seu sistema de franquias.

:::Saiba mais sobre a franquia AlphaGraphics:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Los Paleteros abre a 30ª unidade da rede

Em junho será implantada a trigésima unidade da Los Paleteros e a segunda na capital paulista. O local escolhido para receber o quiosque com as famosas paletas mexicanas, que viraram febre nacional, foi o Shopping Metrô Boulevard Tatuapé, na Zona Leste de São Paulo.

Esta será a quinta unidade implantada pelos sócios curitibanos, Edson Lima e Claudio César Batista Junior, os franqueados que possuem o maior número de lojas abertas da Los Paleteros atualmente. Após implantar unidades em Curitiba e Foz do Iguaçu, ambos decidiram investir no Estado de São Paulo.

“Decidimos explorar uma região que ainda não possuía nenhum ponto da rede. A principal metrópole do Brasil tem um mercado com ótimo potencial a ser explorado. Além das lojas do SP Market e do Shopping Metrô Boulevard Tatuapé, iremos investir em mais duas unidades.”, explica um dos sócios da Los Paleteros, Claudio César Batista Junior.

Os visitantes do Shopping Metrô Boulevard Tatuapé poderão degustar os mais de 25 sabores das paletas mexicanas que possuem 120g, o dobro do tamanho de picolés tradicionais. Produzidas de forma artesanal e com ingredientes naturais, a marca explora o conceito de produto saudável, feito sem a adição de conservantes ou corantes químicos. Os sabores são divididos nas linhas frutadas, cremosas, recheadas e premium. Os últimos lançamentos da marca foram as versões no sabor pistache e torta de limão.

Atualmente, a rede de franquias Los Paleteros possui 30 unidades localizadas nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul. Recentemente, foram inauguradas uma loja e um quiosque no interior paulista, nas cidades de Bauru e Piracicaba.

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Mister Mix pretende chegar a 200 unidades neste ano

O Mister Mix, maior rede especializada em milk shakes do Brasil, marca presença pelo quarto ano consecutivo na ABF Franchising Expo 2014, maior evento de franquias do País. A feira será realizada de 04 a 07 de junho, no Expo Center Norte, em São Paulo. A 23º edição contará com a participação de 480 empresas e possui como previsão receber 66 mil visitantes durante os quatro dias de feira que devem movimentar, em média, R$ 520 milhões em negócios.

Após crescer 67% e atingir o faturamento de R$ 45 milhões em 2013, o Mister Mix segue um plano de expansão que visa inaugurar mais 70 lojas até o mês de dezembro. Entre os potenciais locais, constam cidades com mais de 50 mil habitantes, em todas as regiões do País. “Nossa participação na ABF Franchising Expo será uma ótima vitrine para alcançarmos o objetivo de fechar o ano com mais de 200 lojas em operação”, revela o gerente de expansão, Ricardo Almeida.

Hoje, a franquia se destaca no setor ao vender mais de um milhão de milk shakes por mês e mais de 12 milhões por ano, nas 153 unidades espalhadas por todo o Brasil. Graças às vendas otimistas, a marca investe em um plano de expansão estratégico, atrelado aos lançamentos de sabores diferenciados e diversas ações de marketing ao longo do ano, tudo para fidelizar os clientes. Dessa forma, a rede almeja aumentar o faturamento em 70%, em 2014.

“Preparamos para o visitante uma réplica da loja do Mister Mix, com alguns produtos da marca que poderão ser degustados. Os interessados em abrir seu próprio negócio poderão conferir quais são os principais diferenciais da rede, experimentar nosso milk shake e verificar a qualidade do produto. Além disso, esta é uma ótima oportunidade para conhecer mais sobre a franquia e tirar dúvidas relacionadas ao investimento e outras questões que englobam a marca”, explica o sócio fundador da franqueadora, Clederson Cabral.

Aos que desejam ingressar no segmento de franchising, o investimento inicial para ter uma loja do Mister Mix é a partir de R$ 120 mil, com taxa de franquia de R$ 30 mil. O faturamento médio da unidade é de R$ 40 mil, com prazo de retorno em até 18 meses. Vale ressaltar que ao decidir implantar uma franquia da marca, o franqueado conta com todo o apoio operacional, como a escolha do ponto, treinamento, ações de marketing, atendimento ao cliente, entre outras questões.

Além do milk shake, as lojas da rede também possuem opções de sundae, mega sundae, sorvete mix, cascão, petiti gateau e brownie com sorvete. Com a proximidade de temperaturas mais baixas, a marca investe também em opções de chocolate quente, nos sabores tradicional, prestígio e cappuccino, e mini churros, que compõem a linha de Delícias de Inverno. O valor dos produtos varia de R$ 4,25 a R$ 10,90. Mais informações em www.mrmix.com.br.

:::Saiba mais sobre a franquia Mister Mix:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Cultura Inglesa quer abrir 15 franquias em 2014

 

A Cultura Inglesa S.A inicia uma parceria com a Franchise Store, primeira loja de franquias no Brasil, que reúne cerca de 50 marcas franqueadoras de diferentes segmentos e portes de investimentos. O objetivo é aumentar o número de interessados em abrir uma franquia da única escola de idiomas no ranking Great Place to Work, que lista as melhores empresas para se trabalhar no Brasil. Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Tocantins são os estados onde os interessados podem abrir uma franquia.

A Franchise Store apoia o futuro franqueado a selecionar o negócio mais adequado ao seu perfil de acordo com as necessidades e possibilidades, a esclarecer dúvidas sobre franchising, como também, auxilia na análise da Circular de Oferta de Franquia (COF) e do contrato com a marca escolhida. Tudo em um só lugar, o que facilita as negociações e reduz riscos.

“Para o ano de 2014 estamos com uma expectativa de abrir 15 novas franquias no Brasil, nos estados do RS, RJ, ES e GO, e, com esta parceria, esperamos concretizar nossos planos de expansão”, afirma Maria Lucia Willemsens – diretora superintendente da Cultura Inglesa”

O modelo das franquias da Cultura Inglesa é baseado na consolidação e expansão da qualidade e seriedade com que a escola trabalha nas unidades próprias. Os principais diferenciais da marca são a qualidade do ensino e dos professores, a constante inovação tecnológica aplicada à educação, a excelente reputação em todas as praças onde atua, o material didático exclusivo, os altos índices de satisfação dos alunos e a experiência de 80 anos de mercado.

:::Saiba mais sobre a franquia Cultura Inglesa:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Koni completa sete anos e apresenta novos modelos de negócio

 

O Koni, marca do Grupo Trigo e case de sucesso no mercado de culinária rápida japonesa, comemora sete anos em 2014 e chega à ABF 2014 oferecendo novos modelos de negócios voltados para lojas de rua e shopping centers. O objetivo da rede brasileira – que projeta crescimento de 45% para 2014 – é atrair franqueados para o conceito express, que oferece mais facilidade e eficiência ao consumidor.

A marca, que participa pela 5ª vez da principal feira de negócios de franquias da América Latina, de 4 a 7 de junho no Expo Center Norte, em São Paulo, investe no crescimento pelo Brasil através desse novo projeto, cujo principal objetivo é oferecer um serviço mais rápido aos clientes. O modelo express é menor em relação às lojas tradicionais da rede e o cliente faz o pedido diretamente no caixa, acompanhando o preparo do prato.

O investimento inicial para obter uma franquia Koni de shopping center ou de rua é a partir de R$ 405 mil (sem taxa) para uma loja de 30m2. O faturamento médio estimado está em R$ 135 mil.

O Koni atinge a marca de 100 lojas em 2014 e pretende fechar o ano com 148 unidades entre abertas e assinadas. A rede também quer aumentar sua penetração no país em locais como Amazonas, Bahia, Paraíba, Paraná e Rio Grande do Norte. Atualmente está presente em 10 estados (Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro e São Paulo)  com  75 unidades, sendo que 50 já operam com esse novo modelo de negócio. A marca quer se fortalecer no cenário nacional através desse projeto, e busca novos franqueados nas capitais brasileiras – sobretudo São Paulo.

O investimento nas 48 novas franquias até o final do ano gira em torno de R$ 24 milhões. A rede espera chegar a R$ 136 milhões de faturamento até o fim de 2014.

Um pouco mais sobre o Koni

Aberto em dezembro de 2006 no principal endereço da boemia carioca, o Baixo Leblon, a primeira loja especializada em comida japonesa logo virou febre entre os cariocas. Há sete anos no mercado, o KONI, marca do Grupo Trigo, se reinventa para crescer nacionalmente no mercado de fast food. O menu do restaurante conta com opções de Sashimis, Rolls, Yakisobas, Kombos, Kombinados e os famosos Konis. A finalidade é oferecer variedades no cardápio para os clientes que buscam por uma refeição de qualidade e instantânea. 

:::Saiba mais sobre a franquia Koni:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Rede de Hamburguerias Fry’s inaugura loja no Rio de Janeiro

 

O Fry´s – fast casual brasileiro de hambúrgueres e hot dogs – quer se consolidar ainda mais no Rio de Janeiro e ganhar outros mercados, como o de São Paulo.  Lançado há um ano na “Cidade Maravilhosa”, a rede possui duas unidades próprias na Barra da Tijuca (Barrashopping e Downtown) e parte para sua terceira no final de maio, no Shopping Nova América (Zona Norte). Com um espaço de 250 m², serviços exclusivos e na entrada principal do shopping, a loja flagship conta com duas operações: balcão de atendimento e table service. Aporte de R$ 1 milhão e meio da marca. Para o Rio de Janeiro, o plano de expansão contempla unidades na Zona Sul e Niterói até o fim do ano. 

A partir de julho, o Fry´s entrará no cobiçado mercado de food service paulista abrindo a primeira franquia, no shopping Center Norte. A segunda também já está fechada e será uma loja de rua no bairro do Itaim – área nobre da capital – com uma loja de 250m2. A previsão de abertura é para setembro. Dois novos pontos já estão em negociações avançadas. Segundo o sócio José Guilherme Aranha, sócio fundador da marca, a expectativa é fechar o ano com oito lojas na capital, consumindo um investimento de R$ 12 a 15 milhões.  

Um pouco mais sobre o Fry’s

Inspirado nas redes americanas, o FRY´S oferece o verdadeiro sabor do hambúrguer de máxima qualidade dos Estados Unidos, com um preço de fast food. Os clientes montam seu sanduíche escolhendo entre os cinco tipos de molho, seis opções de uma bancada fresca de vegetais e quatro sugestões de queijos, além debatata frita com casca, cebolas empanadas, sundaes e milkshakes. A carne dos clássicos hambúrguer, cheeseburguer e cheesebacon é sempre fresca, preparada diariamente e sem congelamento.  

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

12 franquias que podem transformar torcedores em empreendedores

A presença dos times de futebol no mercado de franquias cresce a cada ano. Em países europeus, há tempos os grandes clubes faturam ao explorar suas marcas e vender todo tipo de produto para os fãs do esporte. Já no Brasil, o movimento é mais recente.

Ao passar a enxergar os torcedores também como consumidores fiéis, os times nacionais têm investido cada vez mais na abertura de lojas exclusivas. Elas vendem desde chaveiros, bolas até uniformes completos – tudo com o escudo do clube.

Com o sucesso das lojas exclusivas, muitos clubes quiseram expandir o negócio e abrir unidades em outras regiões. Encontraram no Franchising o sistema ideal para conquistar novos mercados. Foi assim que as lojas dos principais times do Brasil se tornaram franquias.

“Para quem é um torcedor fanático ou apenas um investidor que enxerga o enorme potencial do mercado esportivo, a boa notícia é que já é possível comprar uma franquia do time do seu coração”, diz Glauce Pascoal, gerente da Franchise Store. A maioria dos principais times do país já tem uma rede de lojas exclusivas.

Para comprar em uma franquia do ramo, o empreendedor precisa escolher entre dois modelos de negócio: loja ou quiosque, que custarão a partir de R$ 100 mil. O negócio pode ser instalado em shoppings, ruas ou outros centros comerciais.

Também é muito importante ser apaixonado pelo clube. “Mas o fanatismo não basta – a maioria dos times exige ainda que o empreendedor tenha algum conhecimento sobre varejo”, afirma Glauce.

Outro fator que deve ser estudado com cautela é a localização do ponto. Regiões próximas à sede do clube ou aos estádios costumam atrair um maior número de torcedores e também favorecem a compra por impulso.

Mas isso não significa que lojas em outras regiões – inclusive fora das cidades de origem do clube – não possam dar certo. Afinal, grandes clubes possuem torcedores espalhados por todo Brasil.

“De forma geral, o investidor deve encarar a loja do time como outra franquia qualquer – analisando os prós e contras do modelo de negócio e sendo cauteloso ao fazer o investimento”, recomenda Glauce.

Mas não dá para negar que, num país de fanáticos por futebol, ter uma franquia que venda produtos do time do seu coração tem um sabor especial. Afinal, transformar a paixão em negócio pode ser um golaço.

Confira a seguir 12 opções de franquias de clubes de futebol:

Loja da Seleção – Loja oficial da Seleção Brasileira

Santos na Área – Loja oficial do Santos

Academia Store – Loja oficial do Palmeiras

Grêmio Mania – Loja oficial do Grêmio

São Paulo Mania – Loja oficial do São Paulo

Poderoso Timão – Loja oficial do Corinthians

Flashop – A loja oficial do Flamengo

Rede Inter Shop – A loja oficial do Internacional

Gigante da Colina – Loja oficial do Vasco da Gama

Espaço Glorioso – Loja oficial do Botafogo

Maior de Minas – Loja oficial do Cruzeiro

Planeta Vitória – Loja oficial do Vitória

::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising::: 

Conheça a franqueadora Kopenhagen por dentro

No dia 29 de maio, a Cherto Atco realizará uma visita de benchmarking à sede do Grupo CRM, que administra as redes Kopenhagen e Chocolates Brasil Cacau. A empresa não costuma expor sua fábrica. Portanto, trata-se de uma rara oportunidade de conhecer em detalhes como funciona a operação dessa grande franqueadora, que planeja encerrar 2014 com cerca de 1.000 lojas e faturamento de R$ 1 bilhão.

A visita de benchmarking permite que os participantes entendam exatamente o que faz uma empresa de franquias ser bem sucedida. Eles poderão conhecer não apenas o funcionamento da fábrica (que deve produzir cerca de 9,5 mil toneladas de chocolate em 2014), mas também toda a gestão da  franqueadora.

Os visitantes também terão contato com diretores da empresa e poderão tirar dúvidas sobre a estratégia de expansão e seleção de franqueados, a gestão da rede, o trabalho de consultoria de campo, treinamentos e capacitação de equipe e outras informações do dia-a-dia da franqueadora que constroem sua história de sucesso.

Inscreva-se já pelo (11) 3549-9910 ou pelo e-mail atendimento@cherto.com.br

“Visita de Benchmarking ao Grupo CRM”

Data: 29/05/2014

Investimento: R$ 1.080,00

Natortilha apresenta novo modelo de negócio na ABF Franchising Expo 2014

Natortilha, rede de restaurante rápido mexicano irá participar pela segunda vez da ABF Franchising Expo 2014, que acontecerá entre os dias 04 a 07 de junho, no Expo Center Norte ,em São Paulo. Durante a maior feira do setor da América Latina, a marca irá apresentar os novos modelos de negócio e as inovações no cardápio.

Os visitantes poderão conferir as franquias móveis – uma excelente opção para quem deseja investir. O formato proporciona mobilidade, rentabilidade e praticidade aos empreendedores. “A ideia surgiu de uma análise detalhada para reduzir custos de alugueis em shoppings e outros pontos comerciais, além de aumentar a lucratividade e conseguir atingir novos públicos”, afirma Ricardo de Leon, fundador da Natortilha.

A marca oferece o modelo de Loja Box, em oito minutos e com um sistema completamente automatizado, o lojista é capaz de levar seu negócio para qualquer lugar da cidade.

Outra novidade que a Natortilha traz no evento é a ampliação do seu cardápio, oferecendo pratos prontos para agilizar na hora do almoço. Os destaques são as receitas típicas da culinária mexicana, as Fajitas de Carne e Frango, além das tradicionais, Quesadilhas e Tacos ShellOs três carros-chefes vem acompanhados de arroz, feijão, salada e nachos – que substituem as batatas fritas – uma opção mais saudável, conceito da marca.

“Estamos apostando nestes novos pratos para fortalecer a diversidade da culinária mexicana, adaptada as necessidades do consumidor, além é claro de uma estratégia da marca que visa sempre, oferecer novidades aos nossos clientes”, comenta Leon.

Com esses destaques na ABF Franchising Expo, a Natortilha prevê dez novos negócios até o final do ano. “A feira é uma grande oportunidade para expor a marca, ter contatos com empreendedores de qualidade além de posicionar a Natortilha para o mercado como uma ótima opção de negócio”, afirma o franqueador.

Atenta ao mercado, Natortilha compõe um mix de cinco modelos de negócios diferentes, sem perder a qualidade da marca, são eles: O quiosque, com investimento inicial de R$ 135 mil, a loja de rua e a loja de shopping a partir de R$ 230 mil; além das lojas box, no valor de R$ 180 mil.

A Natortilha trabalha com tortilhas de 22 e 28 cm e nachos, tudo produzido com receitas tradicionais mexicanas. “Valorizamos a gastronomia mexicana com ingredientes regionais. Temos uma grande preocupação com os consumidores para oferecer um estilo mais saudável, para atender à demandapor produtos que permitem economia de tempo, mas com qualidade atestada”, afirma Ricardode Leon.O empresário chegou há 15 anos ao Brasil, e percebeu muitas diferenças com relação ao paladar, por aqui não é comum comer a pimenta inteira, e sim o molho dela. A partir de particularidades como essa, foi possível buscar receitas que aproximassem o sabor mexicano do modo brasileiro de comer.

O restaurante foi inaugurado em 2011, já com o projeto de crescer por meio do franchising. Como o setor de alimentação é o que mais cresce no Brasil, o empresário considera que o cenário é positivo para a expansão do Natortilha pelo país, pois oferece um produto inovador: é leve, rápido, gostoso e saudável; tem operação simplificada, com rapidez no preparo e menor custo de mão de obra; conta com parcerias estratégicas com fornecedores homologados; oferece completo sistema de gestão, com módulos de compras, operacional e financeiro; e tem investimento atrativo, que não necessita de cozinha e de periféricos no local.

“Em função de um mercado pulsante, pretendemos inaugurar 30 unidades este ano, já com o planejamento de alcançarmos 200 franquias em cinco anos”, anuncia o executivo.

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Grupo Americanflex anuncia entrada no franchising

O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro cresceu 2,3% em 2013, enquanto franchising chegou à marca de12%. Este número demonstra o potencial do setor e oferece possibilidades de desenvolvimento ao varejo. Essa tendência chama a atenção até mesmo de indústrias, como o Grupo Americanflex, que acaba de estrear no franchising. 

Para a consolidação do projeto, foi investido mais de R$ 2 milhões. As lojas, que terão layout diferenciado e alto padrão, vão oferecer todos os produtos da marca como colchões de molas e espuma, camas box, cabeceiras, travesseiros, enxovais, essências e demais assessórios. A marca Americanflex faz parte do segmento de Casa e Construção, que segundo estatísticas da Associação Brasileira de Franchising (ABF) cresceu 14,3% no último ano.

Jane Jardini, diretora do Grupo, salienta que a empresa já está consolidada e que chegou o momento de expandir os negócios. “Estamos no mercado de colchões há 55 anos e depois de um estudo apurado e de planejamento estratégico, decidimos apostar no franchising, que segue em posição de destaque na economia brasileira e chama a atenção de empresas de diversos segmentos”, acrescenta.

As lojas modelo da franquia já estão em funcionamento em Ribeirão Preto (SP), no shopping Santa Úrsula e na cidade de Marília (SP), loja de rua, os dois modelos disponíveis para negociação. “Esse é o primeiro passo para o início da concretização efetiva do processo. A partir desses modelos poderemos iniciar a comercialização das franquias e expandir ainda mais a marca e as lojas Americanflex”, afirma Saulo Luís Ferreira, consultor de lojas exclusivas do Grupo Americanflex.

A previsão da marca é que com a entrada no franchising as vendas tenham aumento de até 30% ao final de dois anos de expansão.

Diferencial da loja

A experiência de compra é decisiva para o consumidor, por isso a Americanflex tem um conceito de loja diferenciado, que possibilita maior conhecimento do produto. O cliente tem a possibilidade de degustar os colchões e escolher qual deles mais se adapta ao seu perfil. “O contato com o produto é fundamental para diferenciar um colchão do outro e conhecer as características de cada um”, afirma Jane.

Os consultores das lojas são profissionais treinados e especializados para tirar todas as dúvidas dos consumidores a respeito dos produtos.  Eles orientam sobre o colchão ideal para cada pessoa, levando em consideração informações pessoais.  

:::Saiba mais sobre a franquia Americanflex:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Nova sede da RE/MAX Brasil reforça meta de liderança do mercado imobiliário

 

Logo após comemorar a conquista do Selo de Excelência em Franchising 2014 da ABF, a  RE/MAX Brasil, maior rede de franquias imobiliárias em volume de transações do mundo, dá mais um passo decisivo rumo à meta de alcançar 1.000 franquias até 2018. A empresa inaugurou recentemente sua nova sede localizada à Rua Estados Unidos, 1.725, nos Jardins, em São Paulo, ao lado das maiores empresas imobiliárias do País.

“Este investimento em amplas e modernas instalações nos permite dar maior visibilidade à empresa para disputar a liderança do mercado imobiliário”, afirma Renato Teixeira, presidente da RE/MAX Brasil. Além de abrigar a sede da franqueadora e todo o back office de Comunicação e Marketing da RE/MAX, este novo Centro Empresarial RE/MAX abrigará uma unidade independente jurídica e financeiramente para atender clientes de imóveis de terceiros e de lançamentos de São Paulo. Outra grande novidade será a operação de uma plataforma específica de crédito imobiliário à disposição de todos os clientes da rede e também de outras imobiliárias que quiserem utilizar esta plataforma. “O cliente não terá qualquer preocupação com a burocracia para a obtenção de crédito imobiliário para os imóveis de seu interesse. Este serviço será oferecido em nossa unidade com toda a comodidade e agilidade que o cliente exige, já que ele não terá que perder tempo com documentações e todos os detalhes que demandam estas transações”, acrescenta Teixeira.

Também funcionará no local a Universidade RE/MAX, com a mais completa e avançada estrutura para oferecer treinamentos e eventos aos corretores e franqueados de todo o País. A Universidade é um dos grandes atrativos da rede, pois proporciona treinamentos online – e também presenciais – 24 horas por dia durante 365 dias ao ano. “O conhecimento e a informação trazem vantagens competitivas para corretores e franqueados e permitem um atendimento qualificado aos clientes”, enfatiza o presidente da rede. Ainda na esteira das novidades da Universidade na nova sede, serão realizados cursos para os  clientes sobre como preparar seus imóveis para a venda, entre outros.

A rede tem forte atuação em 97 países, com mais de 6.300 unidades franqueadas e mais de 90 mil corretores no mundo. A companhia abriu o seu capital na Bolsa de Nova York (EUA) no final do ano passado, e vivencia uma excelente fase de franca expansão. No Brasil desde 2009, possui 221 unidades ativas, sendo 145 abertas em 22 Estados constituindo a maior rede de franquias imobiliárias em unidades comercializadas. Em São Paulo, a rede conta com 19 unidades abertas e 30 em fase de abertura. O valor do VGV (Valor Geral de Vendas) da rede em 2013 foi de R$ 1,5 bilhão e para 2014 a meta é de R$ 3,5 bilhões. “Estes números tendem a crescer de forma exponencial, pois o treinamento que damos aos franqueados e corretores visa prepará-los para resultados sempre promissores”, acrescenta o presidente da rede.

Segundo ele, acontecerá no Brasil o mesmo processo que ocorreu nos Estados Unidos. “Na década de 70, apenas 3,7% das imobiliárias norte-americanas eram franqueadas e, em 2012, este percentual era de 89,6%. No Brasil, apenas 1,7% aproximadamente das 34 mil imobiliárias registradas como pessoa jurídica atuam hoje neste mesmo formato. Acreditamos que a  melhor maneira para estas imobiliárias crescerem é se converterem a uma grande rede de franquias internacional como a nossa”, conclui.

:::Saiba mais sobre a franquia RE/MAX:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Franqueadores debatem os principais desafios e oportunidades do Franchising hoje

A importância de melhorar a produtividade das franquias foi o tema do evento realizado hoje (14/5) pelo Grupo Cherto em São Paulo. Mais de 60 franqueadores compareceram ao auditório da Livraria da Vila, no Shopping Pátio Higienópolis, para assistir à apresentação feita por Marcelo Cherto sobre as “Tendências e Pendências do Franchising para 2014”.

Cherto analisou o cenário atual do mercado de franquias, falou sobre os principais desafios e oportunidades que se impõem aos franqueadores e mostrou o que pode ser feito para driblar os entraves ao crescimento. “É preciso prestar atenção aos detalhes, fazer uma revisão de processos, de estratégia tributária e até mesmo do modelo de negócio pra que a empresa possa se tornar mais competitiva”, disse Marcelo Cherto.

Embora os franqueadores enfrentem diversas dificuldades atualmente – custos em alta, dificuldade para atrair novos franqueados,  falta de mão de obra qualificada, etc – Cherto também considera que é na crise em que nascem as oportunidades de melhorar e depurar o mercado. “Esse é um momento positivo para o Franchising, em que haverá uma depuração do mercado e os melhores sobreviverão e se fortalecerão”, diz Cherto.

Alguns franqueadores presentes ao evento listaram quais desafios enfrentam hoje e suas expectativas para 2014. Confira:

“Nossa projeção é de 25% de alta no faturamento. Porém, a conjuntura econômica não tem sido muito favorável e há muitos feriados em 2014. Se contarmos apenas os dias úteis, foi como se tivéssemos três meses de fevereiro este ano”.

Alexandre Lorenzon , da rede de locação de equipamentos para construção civil Casa do Construtor

 “Queremos crescer 40% em 2014. Mas o principal desafio do CEBRAC hoje é encontrar bons franqueados que se interessem pelo segmento de educação e pelo nosso negócio. A franquia é uma relação de parceria entre franqueado e franqueador, mas o resultado depende mais do desempenho do franqueado, por isso é importante acharmos as pessoas certas.”

Jefferson Vendrametto, da rede de cursos profissionalizantes CEBRAC

 “Em 2014, estamos vivendo um momento fraco para o varejo, em que há muita concorrência não apenas entre lojas do mesmo segmento, mas uma disputa geral pelo consumidor. Por isso, é mais difícil se sobressair nesse cenário.”

Jaime Drummond, da rede de lojas de cosméticos Mahogany

“As vendas estão em alta, mas não sabemos como será a partir de agora. Há um aumento de custos e também uma indefinição em relação ao que acontecerá durante a Copa, já que o comércio não funcionará em dias de jogos e perderá receita. É um period de atenção.”

Alberto Carneiro – Rede de cafeterias Casa do Pão de Queijo

“Assim como a maioria dos franqueadores, nós da Lavasecco encontramos grande dificuldade para recrutar mão-de-obra qualificada. Mesmo assim, pretendemos contratar mais pessoas este ano e crescer cerca de 14%.”

Maria Alzira  Linares- Rede de lavanderias Lavasecco

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Onodera Estética recebe Selo de Excelência em Franchising 2014

 

A Onodera Estética, rede de clínicas de estética com 33 anos de atuação no mercado brasileiro, recebeu o Selo de Excelência em Franchising 2014, na categoria Master. O reconhecimento certifica a qualidade e excelência da instituição quanto a sua atuação como franqueadora, segundo critérios estabelecidos pela Comissão de Ética da Associação Brasileira de Franchising (ABF).

O selo foi criado para medir a satisfação dos franqueados e avaliar o franqueador em várias áreas, das finanças ao marketing da rede. Para isso, a ABF estabeleceu um rigoroso processo de avaliação das franquias que considerou critérios como: o crescimento da rede, atuação no mercado e seus programas de comunicação e marketing.

Segundo a diretora da rede, Lucy Onodera, “É uma enorme satisfação sermos reconhecidos pela qualidade de entrega dos nossos serviços. Temos o compromisso de acompanhar as tendências do mercado, oferecer um sistema de comunicação e marketing claro e completo para nossas franquias, com objetivo final de proporcionar os melhores serviços aos clientes”.

:::Saiba mais sobre a franquia Onodera::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Mais três Estados brasileiros recebem novas unidades do Mister Mix

 

Dando continuidade ao plano de expansão, o Mister Mix, maior rede de franquia de milk shake do Brasil, inaugura unidades nos estados de Minas Gerais, Rio Grande do Norte e Ceará, somando quatro novos pontos. Graças a estas aberturas, a marca alcança o índice de 153 lojas em operação no Brasil. Nos próximos dois meses, a rede pretende inaugurar mais 22 unidades.

O município de Ubá recebe uma unidade do Mister Mix, que é a 13ª no Estado de Minas Gerais. A região escolhida concentra médias e grandes indústrias, principalmente de móveis e confecções, além de um comércio abundante e variado, se destacando por ser uma das praças que mais cresce no interior do Estado, proporcionando geração de empregos.

O Camocim contará com sua primeira loja Mister Mix, sendo a 23ª no Ceará. A nova unidade está localizada na microrregião do litoral de Camocim e Acaraú, e irá disponibilizar os diferentes produtos da marca aos mais de 60 mil habitantes da região.O Estado do Rio Grande do Norte passa a ter cinco unidades do Mister Mix, após a implantação de mais duas novas lojas. Uma delas será inaugurada em Natal, no bairro Alecrim, um dos mais populares e antigos, considerado um verdadeiro centro de comércio da cidade. A outra loja irá atender a população do município de Assu, que possui como principais fontes de renda a exploração petrolífera, a fruticultura e a pesca, destacando-se na economia potiguar como uma das cidades mais importantes do Estado.

O Estado do Rio Grande do Norte passa a ter cinco unidades do Mister Mix, após a implantação de mais duas novas lojas. Uma delas será inaugurada em Natal, no bairro Alecrim, um dos mais populares e antigos, considerado um verdadeiro centro de comércio da cidade. A outra loja irá atender a população do município de Assu, que possui como principais fontes de renda a exploração petrolífera, a fruticultura e a pesca, destacando-se na economia potiguar como uma das cidades mais importantes do Estado.

O Estado do Rio Grande do Norte passa a ter cinco unidades do Mister Mix, após a implantação de mais duas novas lojas. Uma delas será inaugurada em Natal, no bairro Alecrim, um dos mais populares e antigos, considerado um verdadeiro centro de comércio da cidade. A outra loja irá atender a população do município de Assu, que possui como principais fontes de renda a exploração petrolífera, a fruticultura e a pesca, destacando-se na economia potiguar como uma das cidades mais importantes do Estado.

“Estamos otimistas com a expansão da rede, que visa fechar o ano com mais de 200 lojas. Para se ter ideia, vendemos 10% mais produtos durante a edição limitada da Páscoa Trufada. Além disso, a rede é responsável por vender, em média, um milhão de milk shakes por mês. Essa é uma ótima oportunidade aos que desejam investir no próprio negócio”, revela o sócio-fundador do Mister Mix, Clederson Cabral.

O Mister Mix possui mais de 40 sabores de milk shakes, além de sundae, mega sundae, sorvete mix, cascão, açaí, petiti gateau e brownie com sorvete. O valor dos produtos varia de R$ 3,00 a R$ 10,90.

:::Saiba mais sobre a franquia Mister Mix:::

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

Maria Brasileira quer somar 150 unidades em 2014

 

A rede de franquias, Maria Brasileira, especializada no agenciamento de trabalho doméstico completa um ano no mês que vem, mas já pode comemorar o sucesso do negócio.

Com 40 unidades em operação e 73 lojas comercializadas em 19 estados brasileiros, a marca tem planos audaciosos e pretende chegar a 150 pontos de venda até o final de 2014, contando com 100 unidades em operação e uma expectativa de faturamento de R$ 15 milhões no ano.

De acordo com o diretor de operações da Maria Brasileira, Eduardo Pirré, o negócio nasceu da dificuldade em contratar serviço de mão de obra confiável e com agilidade. ”Na rede oferecemos desde a diarista, ao jardineiro, cuidador de idosos, zelador ou dog walker, que são os passeadores de cachorros”, conta.

A carta de clientes é extensa e cada região do país demanda um tipo de atendimento diferenciado. Com mais de 12 atividades em seu portfólio, a rede acaba de lançar mais um produto que promete auxiliar as pessoas em casos de viagem de férias ou a negócios, em que se passa um longo período longe de casa. “O ‘Bom Vizinho’ visitará o local diariamente a fim de recolher correspondências, alimentar o animal de estimação como peixe, gato, cachorro, fazer uma varredura na frente do imóvel, apagar ou acender luzes a fim de demonstrar o não abandono do imóvel, por exemplo”,  explica o diretor.

Para quem deseja ingressar no mundo do franchising, a Maria Brasileira oferece oportunidade de investimento a partir de R$ 45 mil, com previsão de retorno em até 18 meses. O faturamento médio por unidade é de R$ 25 mil.

Vale lembrar que a rede trabalha com valores de investimento inicial competitivos, além da taxa de royalties não ser estimada com base no faturamento mensal, é um valor fixo que equivale a dois salários mínimos. Outro diferencial, é que não existe o pagamento da taxa de publicidade na rede, algo que gira em torno de 3% a 5% nas demais franquias. Outras informações em www.mariabrasileira.com.br.

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::

ABF realiza 8º Seminário Setorial de Food Service

Com 4 entre as 10 redes que possuem o maior número de unidades franqueadas no Brasil, de acordo com o ranking ABF 2013, o setor de alimentação será analisado em profundidade no 8º Seminário Setorial de Food Service. Na ocasião será divulgada a Pesquisa Balanço Setorial das Redes de Franquias no Setor de Alimentação 2013, realizada pela ECD Food Service. Outro destaque é a apresentação do Pós-NRA, em que especialistas tratarão dos principais temas debatidos no maior e mais completo evento do setor industrial de restaurantes, hotelaria e varejo das Américas. Iniciativa da ABF – Associação Brasileira de Franchising, o Seminário acontecerá dia 29 de maio, das 8h30 às 18h30 na sede da entidade.

O setor de alimentação é um dos mais consolidados e expressivos do franchising nacional. Somente em 2013, cresceu 16,6%. O número de marcas no Brasil também aumentou significativamente, em 11,2%, e de unidades subiu 25%.“É sem dúvida um desempenho significativo e comprova, ainda, que o segmento de food service continua aquecido”, observa a presidente da ABF Cristina Franco.

A programação envolve, ainda, outros assuntos importantes que serão abordados por profissionais da área, como a conjuntura do mercado, o cenário econômico em 2014 e as perspectivas para o setor. Confira a programação:

8:30 – Welcome coffee
9:00 – Abertura – Cristina Franco – Presidente da ABF
9:30 – Cenário Econômico 2014 para o Setor de Alimentação
10:00 – Food Service e o seu cliente – Maria Aparecida Toledo – Toledo & Associados
11:00 – Coffee break
11:20 – Pesquisa – Balanço Setorial das Redes de Franquias no Setor de Alimentação 2013 – Enzo Donna – ECD Food Service
12:20 – Perguntas, discussões e considerações sobre a pesquisa – João Batista –  Rei do Mate e coordenador do Comitê Food Service ABF
12:30 – Brunch
14:05 – Pós NRA – Macrovisão do Mercado – João Batista – Rei do Mate e coordenador do Comitê Food Service ABF
14:15 – Pós NRA – Destaques da NRA 2014: extrato da Pesquisa Tendências e Equipamentos – Simone Galante – Galunion Consultoria
15:30 – Pós NRA – Tecnologia – Hugo Cordeiro – HFPX Participações
15:50 – Pós NRA – Visitas técnicas e franquias: tendências – André Friedheim –  Francap e diretor Internacional da ABF
16:10 – Coffee break
16:30 – Painel Desconstrução e Inovação – Debate: O que fazer para continuar ganhando dinheiro? Moderadora: Adriana Baraldi. Debatedores: Carlos Sadaki – Treend Foods, Marcos Farah – Emplarel e Alexandre Guerra – Giraffas
18:30 – Encerramento – João Batista – Rei do Mate e coordenador do Comitê Food Service ABF

Serviço:8º Seminário Setorial de Food ServiceLocal: ABF – Associação Brasileira de FranchisingEnd.: Av. das Nações Unidas, 10.989 – Cj. 92, 9º and. Vl. Olímpia, São Paulo – SP Data: 29 de maio de 2014 Horário: das 8h30 às 18h30

Seletti Culinária Saudável quer crescer em quatro reigiões do Brasil

O Seletti Culinária Saudável, rede pioneira em alimentação saudável no Brasil, participa pela 5ª vez consecutiva da ABF Franchising Expo, maior feira de franquias do mundo, que acontece entre os dias 04 e 07 de Junho, no Expo Center Norte, em São Paulo, para ampliar ainda mais a presença da rede no país.

De acordo com Léo Barros, gerente de expansão do Seletti, a meta é de que a rede cresça, aproximadamente, 50%. Isso quer dizer que em 2014 serão assinados cerca de 17 contratos.“A projeção é encerrar este ano com 50 lojas, entre abertas e contratadas”, afirma o executivo.  O plano global de crescimento da marca prevê chegar a 150 operações em todo o Brasil até o ano de 2017 de maneira sustentável.

Para 2014, o planejamento do Seletti tem como focos principais a consolidação e fortalecimento da rede no Sudeste, especialmente em São Paulo e no Rio de Janeiro, no Sul do país e crescimento reforçado nos estados do Nordeste e Centro Oeste.

O Seletti Culinária Saudável tem, atualmente, 33 unidades em operação. São 31 restaurantes na região Sudeste, que contemplam São Paulo (capital e interior), Rio de Janeiro e Minas Gerais. As outras duas unidades estão no Distrito Federal e em Pernambuco. Na mira, aparecem: Florianópolis (SC); Curitiba (PR); Porto Alegre (RS); cidades do interior de São Paulo, como São Carlos, São José dos Campos, Taubaté, Sorocaba, Ribeirão Preto e Campinas, além de Santos, no litoral; Rio de Janeiro (RJ); Vitória e Vila Velha (ES); Fortaleza (CE); Recife (PE); Natal (RN); Aracajú (SE); Maceió (AL); João Pessoa (PB); Salvador (BA); Teresina (PI); Goiânia (GO) e Campo Grande (MS). “A ideia é ter pelo menos duas novas lojas em São Paulo, três no Rio de Janeiro e uma em cada capital do Nordeste, do Centro-Oeste e do Sul. Isso deve resultar em um aporte de R$ 9 milhões para inauguração de, no mínimo, 17 lojas”, afirma Barros.

O interesse por todas essas regiões e capitais é reflexo de um estudo feito pela Euromonitor intitulado “As dez tendências globais de consumo para 2014”. O ano, de acordo com o relatório, será marcado pela maior consciência dos consumidores quanto à importância da alimentação saudável. A preferência por uma refeição balanceada não está ligada apenas às estatísticas de obesidade e ao aumento da população com sobrepeso, mas ao fato de que uma alimentação mais saudável pode estender a expectativa de vida e melhorar a qualidade do dia a dia. Esse hábito, cada vez mais cristalizado, vem se refletindo no ambiente de negócios. De acordo com as previsões, a venda de produtos com redução de sal, açúcar e gorduras deve crescer 6,9% na América Latina, assim como produtos sem glúten e lactose.

O Brasil Foods Trends 2020, por exemplo, identificou as exigências e tendências dos consumidores mundiais de alimentos, que foram agrupados em categorias. Entre elas, estão: sensorialidade e prazer; saudabilidade e bem-estar; conveniência e praticidade; confiabilidade e qualidade; e sustentabilidade e ética.

“Relatórios como esse endossam o conceito da nossa operação e mostram que, de fato, a alimentação saudável vem se tornando essencial à vida dos brasileiros. No Rio de Janeiro, por exemplo, as pessoas têm uma grande preocupação com o corpo, por conta da localização litorânea da capital. Em São Paulo, o bem-estar torna-se primordial, pois as pessoas desejam render mais em suas atividades. No Nordeste as pessoas também se preocupam muito com o melhor desempenho do organismo, praticam muito esporte e precisam estar com a saúde em dia para isso. O que era tendência virou realidade e está se consolidando com muita rapidez”, avalia Luis Felipe Campos, diretor e idealizador do Seletti Culinária Saudável.

A franqueadora prevê, para 2015, a estreia de dois novos modelos de operação: loja de rua, que vai contar com serviço delivery e café da manhã, e a unidade compacta, cujo piloto está em teste e apresenta como benefícios maior capilaridade, ideal para academias, centros comerciais, universidades e postos de gasolinas.

Novo Formato – Modelo compacto

De olho em todas as possibilidades de crescimento, Luis Felipe Campos, mira uma nova modalidade de loja. A ideia é iniciar a expansão da marca também por meio de modelo compacto, que exigirá investimento menor. A unidade piloto já está em operação em uma Loja de Conveniência na zona oeste da cidade de São Paulo. O executivo comemora o sucesso da primeira fase de operação do modelo.

Segundo Campos, a ideia de montar um modelo compacto de operação apresenta vantagens, como a gestão, administração e operação, mais simples, mão de obra reduzida, menu diferenciado e adaptado de acordo com o formato de negócio, além da questão do ponto comercial. A expectativa é de que outras três unidades sejam inauguradas em mercados estratégicos, como São Paulo e Rio de Janeiro, em 2015. “A estratégia é escolher a dedo esses centros comerciais menores e conseguir, com o formato reduzido, uma capilaridade maior para exposição da marca e, automaticamente, facilitar a sedimentação do Seletti nesse mercado”, avalia o executivo.

 

Nordeste é foco de expansão de redes de franquia

As regiões Sudeste e Sul são os maiores pólos de consumo do país. Por isso, por muito tempo, as redes buscaram expansão somente nas cidades dentro destas regiões. Mas o forte crescimento econômico do Nordeste nos últimos tempos levou muitas redes de franquia a elegerem a região como foco do seu plano de expansão.

Nos últimos anos, praticamente todas as capitais já foram exploradas pelas redes que buscam conquistar a região. Para atingir novos consumidores, a estratégia agora é expandir para outras cidades. “A tendência desta expansão é de que o foco saia das capitais e se voltem para as grandes cidades do interior do Nordeste. É importante mapear a região para saber onde a marca de adequa melhor ao público consumidor daquela área”, aconselha Filomena Garcia, Sócia-Diretora do Grupo Cherto Consultoria.

Filomena também explica que não há um segmento específico que mais cresça, mas pontua os de alimentação (por ser o de maior número de marcas do franchising), serviços, beleza e saúde e calçados e acessórios. “Outro fator importante, depois de planejar a expansão, é a adequação dos produtos para o público consumidor, que algumas vezes podem ser diferentes dos hábitos dos consumidores de onde a rede já é consolidada”, explica Filomena.

Mas os interessados em investir na região devem ficar atentos.Filomena faz uma observação muito importante a este respeito. “As marcas que já se consolidaram no Nordeste são uma forte concorrência para quem chega agora. Elas conhecem bem os hábitos de consumo do local e já são conhecidas pelo público consumidor. É preciso fazer um estudo de mercado antes de levar a marca para lá”, finaliza a Diretora.

Confira 16 franquias que pretendem expandir para o Nordeste:

AlphaGraphics

American Flex

Bob’s

Coca-Cola Clothing

Colcci

Contém 1g

Di Santinni

Doggis

Fórmula

Fórum

Freddo

Mestre Cervejeiro

Red Balloon

SPA das Sobrancelhas

Yoggi

Zip Lube

:::Leia mais notícias sobre franquias:::

:::Encontre sua franquia:::

:::Veja vídeos sobre franchising:::